[Mundial 2010] Curiosidades [Vídeos, imagens, estatísticas, etc.]

África do Sul:
Média de idades: 25,87 anos
Média de altura: 179 cm
Média de peso: 74 Kg

[hr]

Alemanha:
Média de idades: 23,91 anos
Média de altura: 184 cm
Média de peso: 77 Kg

[hr]

Argélia
Média de idades: 25,22 anos
Média de altura: 182 cm
Média de peso: 74 Kg

[hr]

Argentina
Média de idades: 26,13 anos
Média de altura: 182 cm
Média de peso: 77 Kg

[hr]

Austrália
Média de idades: 27,43 anos
Média de altura: 183 cm
Média de peso: 78

[hr]

Brasil
Média de idades: 27,61 anos
Média de altura: 182 cm
Média de peso: 75 Kg

[hr]

Camarões
Média de idades: 24,13 anos
Média de altura: 182 cm
Média de peso: 77 Kg

[hr]

Chile
Média de idades: 24,87 anos
Média de altura: 177 cm
Média de peso: 75 Kg

[hr]

Coreia do Norte
Média de idades: 23,91 anos
Média de altura: 178 cm
Média de peso: 71 Kg

[hr]

Coreia do Sul
Média de idades: 26,13 anos
Média de altura: 182 cm
Média de peso: 74 Kg

[hr]

Costa do Marfim
Média de idades: 25,52 anos
Média de altura: 181 cm
Média de peso: 76 Kg

[hr]

Dinamarca
Média de idades: 26,70 anos
Média de altura: 185 cm
Média de peso: 78 Kg

[hr]

Eslováquia
Média de idades: 25,04 anos
Média de altura: 184 cm
Média de peso: 78 Kg

[hr]

Eslovénia
Média de idades: 25,70 anos
Média de altura: 185 cm
Média de peso: 79 Kg

[hr]

Espanha
Média de idades: 24,91 anos
Média de altura: 181 cm
Média de peso: 75 Kg

[hr]

Estados Unidos
Média de idades: 25,83 anos
Média de altura: 181 cm
Média de peso: 77 Kg

[hr]

França
Média de idades: 25,87 anos
Média de altura: 179 cm
Média de peso: 74 Kg

[hr]

Gana
Média de idades: 23,52 anos
Média de altura: 181 cm
Média de peso: 76 Kg

[hr]

Grécia
Média de idades: 26,58 anos
Média de altura: 185 cm
Média de peso: 79 Kg

[hr]

Holanda
Média de idades: 26,61 anos
Média de altura: 181 cm
Média de peso: 75 Kg

[hr]

Honduras
Média de idades: 27 anos
Média de altura: 178 cm
Média de peso: 74 Kg

[hr]

Inglaterra
Média de idades: 27,65 anos
Média de altura: 183 cm
Média de peso: 79 Kg

[hr]

Itália
Média de idades: 27,22 anos
Média de altura: 181 cm
Média de peso: 74 Kg

[hr]

Japão
Média de idades: 26,78 anos
Média de altura: 178 cm
Média de peso: 70 Kg

[hr]

México
Média de idades: 26,17 anos
Média de altura: 178 cm
Média de peso: 71 Kg

[hr]

Nigéria
Média de idades: 24,83 anos
Média de altura: 183 cm
Média de peso: 78 Kg

[hr]

Nova Zelândia
Média de idades: 26,35 anos
Média de altura: 184 cm
Média de peso: 79 Kg

[hr]

Paraguai
Média de idades: 27,26 anos
Média de altura: 180 cm
Média de peso: 77 Kg

[hr]

Portugal
Média de idades: 26,74 anos
Média de altura: 181 cm
Média de peso: 77 Kg

[hr]

Sérvia
Média de idades: 24,96 anos
Média de altura: 186 cm
Média de peso: 79 Kg

[hr]

Suíça
Média de idades: 25,74 anos
Média de altura: 183 cm
Média de peso: 77 Kg

[hr]

Uruguai
Média de idades: 25,65 anos
Média de altura: 180 cm
Média de peso: 75 Kg

[hr]

[size=13pt]Equipa mais inexperiente:

  • Argélia (média de 19 internacionalizações)

[size=13pt]Equipa mais experiente:

  • Japão (média de 47 internacionalizações)

Média total

  • 30 internacionalizações

[size=13pt]Ligas mais representadas:

  • Liga inglesa -> 119 jogadores
  • Liga alemã -> 83 jogadores
  • Liga italiana -> 80 jogadores
  • Liga espanhola -> 60 jogadores
  • Liga francesa -> 43 jogadores

[size=13pt]Clubes mais representados:

  • Chelsea / Barcelona -> 13 jogadores
  • Liverpool -> 12 jogadores
  • Bayern Munique -> 11 jogadores
  • Arsenal / Real Madrid / Inter de Milão / Panathinaikos -> 10 jogadores | O Panathinaikos é também o clube que mais jogadores coloca numa selecção: 8 na Grécia.

[size=13pt]Clube mais representado em diferentes selecções:

  • Wolfsburgo -> 9 jogadores em 8 selecções

  • [size=13pt]A Sérvia é a única selecção em que os 23 jogadores são todos de clubes diferentes.

  • [size=13pt]A Nigéria é a única equipa que não leva qualquer jogador da sua liga nacional.

  • [size=13pt]Inglaterra, Itália e Alemanha, por outro lado, levam apenas jogadores dos seus campeonatos.

  • [size=13pt]Em média, cada selecção tem 8 jogadores do seu próprio campeonato nacional.

A Itália também leva apenas jogadores a actuar na Serie A. :great:

:great: Corrigido.

Pensei que levassem o Giuseppe Rossi.

A experiência é um pouco subjectiva. Uma selecção pode ter uma média de 100 internacionalizações e ser inexperiente, sem jogadores habituados aos grandes palcos. Quando uma outra pode ter de média 10 e ser muito mais, com jogadores nas melhores equipas do mundo a disputar jogos em alta rotação, quer nos campeonatos mais fortes quer na CL.

Trabalho espectacular!

Gostaria de conhecer a lista dos jogadores neste Mundial que jogaram na nossa Liga 2009/10.

Que eu me lembre há estes quinze:

Portugal (Beto, BrunoAlves, Coentrão, Eduardo, Liedson, Meireles, PedroMendes, Rolando e Veloso)
Uruguai (AlvaroPereira, Fucile e MaxiPereira)
Argentina (DiMaria)
Brasil (Luisão)
Paraguai (Cardozo)

São 3 nossos, 1 do Braga, 6 do Porto e 5 dos Lamps.
Há mais algum que me tenha escapado?

Matías Fernandez :xock:

Tens o atum ramires, tens o stoicovick…

Djuricic (Leiria) e Stojkovic na selecção da Sérvia.

Não é muito difícil saberes… Através do zerozero.pt dá para produzir a lista bem rápido.

Argélia: Rafik Halliche (Nacional)
Argentina: Ángel di María (Rec. Carnide)
Brasil: Luisão (Rec. Carnide) e Ramires (Rec. Carnide)
Chile: Matías Fernández (SPORTING CP)
Eslovénia: Nejc Pecnik (Nacional)
Paraguai: Óscar Cardozo (Rec. Carnide)
Portugal: Eduardo (Sp. Braga), Beto (FC Fruta), Bruno Alves (FC Fruta), Rolando (FC Fruta), Pedro Mendes (SPORTING CP), Miguel Veloso (SPORTING CP), Raúl Meireles (FC Fruta), Fábio Coentrão (Rec. Carnide) e Liedson (SPORTING CP)
Sérvia: Anđelko Đuričić (U. Leiria)
Uruguai: Jorge Fucile (FC Fruta), Álvaro Pereira (FC Fruta) e Maxi Pereira (Rec. Carnide)

Há ainda dois jogadores que não jogaram na liga 2009/10 mas cujos passes pertence a clubes da Liga.
Argélia: Hassan Yebda (Rec. Carnide)
Sérvia: Vladimir Stojković (SPORTING CP)

Contagem oficial:

Rec. Carnide: 6+1
FC Fruta: 6
SPORTING CP: 4+1
Nacional: 2
Sp. Braga: 1
U. Leiria: 1

Para quem gosta de folhas de cálculo:
[font=courier new]
Selecção Altura Peso Idade


África do Sul 179 74 25.87
Alemanha 184 77 23.91
Argélia 182 74 25.22
Argentina 182 77 26.13
Austrália 183 78 27.43
Brasil 182 75 27.61
Camarões 182 77 24.13
Chile 177 75 24.87
Coreia do Norte 178 71 23.91
Coreia do Sul 182 74 26.13
Costa do Marfim 181 76 25.52
Dinamarca 185 78 26.70
Eslováquia 184 78 25.04
Eslovénia 185 79 25.70
Espanha 181 75 24.91
Estados Unidos 181 77 25.83
França 179 74 25.87
Gana 181 76 23.52
Grécia 185 79 26.58
Holanda 181 75 26.61
Honduras 178 74 27.00
Inglaterra 183 79 27.65
Itália 181 74 27.22
Japão 178 70 26.78
México 178 71 26.17
Nigéria 183 78 24.83
Nova Zelândia 184 79 26.35
Paraguai 180 77 27.26
Portugal 181 77 26.74
Sérvia 186 79 24.96
Suíça 183 77 25.74
Uruguai 180 75 25.65


min. 177 70 23.52
méd. 182 76 25.87
max. 186 79 27.65[/font]


Selecção Altura Peso Idade.xls (28.5 KB)

Ter-me esquecido do nosso Matias é um pecado grave.
O Atum não foi grave. Os outros desconhecia.
Muito obrigado, Joaommx

Não são bem estatísticas mas acho que este é o tópico onde isto fica melhor:

Faço uma vénia ao (cómico) mas extraordinário artigo do Rui Pedro Silva no I:

[size=14pt][b]Acredita em coincidências? Então Portugal vai vencer o Mundial[/b][/size]

Lembra-se do Euro-2000? Sim, Portugal foi eliminado no prolongamento pela França nas meias-finais e viu de casa a selecção gaulesa derrotar a Itália. Lembra-se do Mundial-2006? Sim, Portugal foi outra vez eliminado pela França nas meias-finais, mas isso agora não interessa nada. Mantenha o pensamento positivo. É que a final desse Mundial foi novamente a reedição da final do Euro-2000, mas com um vencedor diferente, com a Itália a levar a melhor sobre a França nas grandes penalidades.

E o que tem Portugal a ver com isto? O Euro-2004 foi o Europeu que se seguiu ao de 2000 e este é o primeiro Mundial depois do de 2006. Logo, se a lógica deste milénio se mantiver, vamos assistir à reedição da final do Euro-2004 mas com um vencedor diferente. Logo, assistiremos a uma final entre Portugal e Grécia (que pode acontecer caso as duas equipas vençam os grupos ou fiquem ambas em segundo lugar). Charisteas ainda faz parte da selecção grega, mas desta vez as coincidências estão a nosso favor.

A curiosidade mais elaborada

2006 marcou o final da tendência mais assustadora do futebol mundial. O epicentro desta curiosidade está em 1982, quando a Itália foi campeã em Espanha. Os mundiais organizados antes e depois de 1982 foram ganhos pela Argentina (1978 e 1986). Antes e depois destes títulos da Argentina, os mundiais foram ganhos pela Alemanha (1974 e 1990). Antes e depois da Alemanha, foi o Brasil a levantar o caneco (1970 e 1994). A seguir? Foram os países organizadores a conquistar o mundo, com a Inglaterra em 1966 e a França em 1998. E em 2002 e 1962? Novamente o Brasil, isso mesmo.

Em 2006, se a lógica imperasse, teria de ser novamente o Brasil a vencer, graças ao título conquistado em 1958. Mas a Itália deu cabo das expectativas de milhões de brasileiros e amantes de coincidências.

Já agora, se é um deles não aposte muitas fichas na possibilidade de a Itália defender o título na final. Desde 1970, quando foram finalistas vencidos, só surgem no jogo decisivo de 12 em 12 anos: venceram em 1982, perderam em 1994 e ganharam em 2006.

E há mais destas… basta procurá-las.

:idea:

[mod][b]Título do tópico alterado para ‘Curiosidades’.

Coloquem aqui estatísticas, notícias e curiosidades que não se enquadrem nos outros tópicos da secção.[/b][/mod]

[b][size=14pt]Dois jornalistas portugueses vítimas de assalto à mão armada em Magaliesburg[/b] [Font=Tahoma][size=12pt] Dois jornalistas portugueses e um espanhol foram assaltados em Magaliesburg, na África do Sul. Tudo aconteceu durante a madrugada, quando estavam a dormir, no complexo onde se encontram alojados. Apesar da gravidade da situação, os jornalistas não foram vitimas de violência física. O repórter fotográfico do jornal O Jogo, um jornalista do Expresso e um do espanhol A Marca foram surpreendidos por homens armados. Ficaram sem os passaportes, as credenciais do Mundial, roupa e material fotográfico. A polícia está no local e já conseguiram recuperar parte do material roubado. Já foi também detido um dos assaltantes.

Fonte: RTP

[b][size=14pt]Jornalistas portugueses assaltados na África do Sul[/b] [Font=Tahoma] [size=12pt][b][i]Ladrões actuaram no interior do complexo hoteleiro onde pernoitavam os jornalistas que acompanham estágio da selecção nacional. Um dos assaltantes já foi detido.[/b]

O grupo de jornalistas portugueses que se encontra a acompanhar os trabalhos da selecção nacional em Magaliesburg, na África do Sul, e em que está integrado o enviado-especial do DN, foi assaltado esta madrugada no interior das próprias instalações onde têm pernoitado. Tudo aconteceu por volta das 05.00 locais (menos uma hora em Portugal continental), quando um grupo armado surpreendeu os jornalistas que estavam colocados numa zona mais limítrofe do complexo hoteleiro (uma espécie de turismo rural, que não passa de um conjunto de casas de madeira) e que está situado a 15 kms do centro de Magaliesburg, onde a selecção nacional está instalada no Valley Lodge.

Ameaçados com armas de fogo, não tiveram alternativa senão entregar o material profissional que tinham em sua posse, bem como algum dinheiro e outros objectos. O grupo de assaltantes pôs-se em fuga, beneficiando do facto de este complexo hoteleiro se encontrar numa zona de grande vegetação. Os repórteres da Global Imagens, do Expresso e ainda um jornalistas do jornal espanhol foram os mais atingidos. Os danos foram apena materiais, pois nenhum jornalista chegou a ser agredido. Ao local acorreram cerca de vinte polícias, com cães pisteiros para bater a zona.

Segundo informações recolhidas pelo DN no local, um dos assaltantes, que furtara um iPhone a um dos jornalistas, já foi detido pela polícia.

A polícia técnica de Mogale City, que está a tomar conta da ocorrência, encontrou mas montanhas junto ao complexo hoteleiro diverso equipamento fotográfico que tinha sido roubado aos jornalistas e que terá sido abandonado pelos ladrões durante a fuga.

Um representante da embaixada de Portugal em Joanesburgo já se deslocou ao local para se inteirar da situação dos jornalistas portugueses.

Este é mais um problema de segurança que vem assombrar o Mundial da África do Sul, um dos países mais violentos do continente africano.

Fonte: Diário de Notícias

http://desporto.sapo.pt/mundial2010/artigo/2010/06/09/detido_um_dos_assaltantes.html

Detido um dos assaltantes

Um dos homens que assaltou na madrugada de quarta-feira o hotel onde estavam alojados jornalistas portugueses já foi detido.

Segundo as informações da policia sul-africana, foram dois os assaltantes, sendo que um já foi detido. Através de um sinal de telemóvel emitido por uns dos telemóveis furtados a um dos jornalistas lusos, a policia conseguir detectar o suspeito, que acabou detido.
Nesta altura, as medidas de segurança junto do hotel foram reforçadas.
Um grupo de jornalistas foi esta madrugada de quarta-feira assaltado com armas o hotel Nutbush Boma Lodge, a cerca de 15 quilómetros do centro de Magaliesburg. Um dos jornalistas esteve mais de hora e meia com uma arma apontada enquanto roubavam todo o material.
“Acordei eram umas cinco da manhã com dois homens no quarto e estive mais de uma hora com armas apontada à cabeça taparam-me com edredão por cima vi a morte à frente”. Encostaram-me a arma à cabeça ouvi remexer nas coisas e senti a arma encostada ao corpo, pensei que ficava ali”, disse ao Sapo Desporto o repórter fotográfico da Global Imagens, António Simões.
Neste hotel, localizado “no meio do mato” e reservado pela Cosmos, a agência que trata das viagens dos jornalistas e da Selecção, estão mais jornalistas e neste assalto foram ainda roubados mais dois quartos, do jornalista espanhol da Marca, que ficou sem a roupa, e do Expresso, a quem levaram o telemóvel.Nestes dois casos, no entanto, como não acordaram, não deram conta do assalto.

Brilhante o artigo do Rui Silva. :clap:

Aliás, o Rui (o nosso RS do Fórum) nunca mais foi visto por cá (só se foi pela NBA).

[size=14pt][b]Mundial: Lennon é o jogador mais próximo da relva[/size]

[Font=Tahoma][size=10pt]De todos os jogadores que estão convocados para o Mundial 2010, Aaron Lennon é aquele que está mais próximo da relva. Com um metro e sessenta e cinco centímetros, o extremo inglês é o jogador mais baixo em competição.

Arthur Boka (Costa do Marfim), Walter Martinez e Danilo Turcios (Honduras) e ainda o argentino Clemente Rodríguez têm apenas mais um centímetro.

Simão Sabrosa é o mais baixo dos jogadores portugueses, mas tem mais cinco centímetros que Aaron Lennon (1,70m).

Para quem julga que os jogadores sul-coreanos são rápidos mas pouco imponentes fisicamente, aqui fica uma nota: o jogador mais baixo (que na verdade são dois) tem 1,77 metros.

O mais baixo de cada selecção:
África do Sul: Tshabalala e Thwala (1,70m)
México: Guardado (1,69)
Uruguai: Sebastian Fernandez (1,67)
França: Valbuena (1,67)
Argentina: Clemente Rodríguez (1,66)
Nigéria: Obafemi Martins (1,70)
Coreia do Sul: Jung Hwan Ahn e Lee Young Pyo (1,77)
Grécia: Spiropoulos e Salpingidis (1,71)
Inglaterra: Lennon (1,65)
Estados Unidos: Cherundolo e Francisco Torres (1,68)
Argélia: Ziani (1,68)
Eslovénia: Komac (1,70)
Alemanha: Trochowski (1,68)
Austrália: Jason Culina (1,75)
Sérvia: Tosic (1,71)
Gana: Kwadwo Asamoah (1,68)
Holanda: Wesley Sneijder (1,70)
Dinamarca: Mtiliga (1,70)
Japão: Okubo (1,70)
Camarões: Jean Makoun (1,70)
Itália: Di Natale (1,70)
Paraguai: Rodolfo Gamarra (1,68)
Nova Zelândia: Clapham (1,72)
Eslováquia: Stoch (1,68)
Brasil: Josué (1,69)
Coreia do Norte: Mun In Guk (1,67)
Costa do Marfim: Arthur Boka (1,66)
Portugal: Simão (1,70)
Espanha: Pedro (1,69)
Suíça: Shaqiri (1,69)
Honduras: Walter Martinez e Danilo Turcios (1,66)
Chile: Alexis Sanchez e Orellana (1,68)

[hr][size=14pt]Sérvia tem o «gigante» da prova

[Font=Tahoma][size=10pt]2 metros e dois centímetros. É esta a estatura do jogador mais alto do Mundial 2010. O «gigante» da prova é Nikola Zigic, internacional sérvio, que na última época foi colega de Miguel e Manuel Fernandes no Valência, mas que agora vai para Inglaterra servir o Birmingham.

O avançado sérvio vence Peter Crouch por um centímetro, de acordo com os dados revelados pela FIFA. São os dois jogadores mais altos da competição.

Um centímetro separa também os dois mais altos da selecção portuguesa. Daniel Fernandes vence esta «competição», com 1,94m. Hugo Almeida fica na segunda posição, com 1,93m.

O benfiquista Óscar Cardozo partilha o estatuto de jogador mais alto do Paraguai com Bobadilla (1,92m). Elderson Echiejile, reforço do Sp. Braga, é o mais alto da Nigéria.

Os jogadores mais altos, por selecção:
África do Sul: Matthew Boot (1,98m)
México: Francisco Rodriguez (1,91)
Uruguai: Abreu (1,93)
França: Diarra (1,90)
Argentina: Sergio Romero (1,91)
Nigéria: Echiejile(1,98)
Coreia do Sul: Jung Sung Ryong (1,90)
Grécia: Chalkias (1,98)
Inglaterra: Crouch (2,01)
Estados Unidos: Guzan e Goodson (1,93)
Argélia: Bolhi e Bougherra (1,90)
Eslovénia: Handanovic (1,97)
Alemanha: Mertesacker (1,96)
Austrália: Mark Schwarzer (1,96)
Sérvia: Nikola Zigic (2,02)
Gana: Asamoah Gyan e Agyei (1,86)
Holanda: Skelenburg (1,97)
Dinamarca: Soren Larsen, Kroldrup e Bendtner (1,94)
Japão: Narazaki, Iwamasa e Nakazama (1,87)
Camarões: Matip (1,94)
Itália: Chiellini (1,92)
Paraguai: Cardozo e Bobadilla (1,92)
Nova Zelândia: Paston e Bannatyne (1,95)
Eslováquia: Kuciak (1,95)
Brasil: Doni (1,94)
Coreia do Norte: Ri Myong Guk (1,87)
Costa do Marfim: Guy Demel (1,91)
Portugal: Daniel Fernandes (1,94)
Espanha: Llorente (1,94)
Suíça: Diego Benaglio (1,93)
Honduras: Welcome (1,92)
Chile: Marin (1,86)

Fonte: Mais Futebol

Um em cima do outro! :mrgreen: