Movimento "Hoje e Sempre Sporting”

Conheço pessoalmente o Afonso e sei o que pensa. Têm mais valor sozinho do que todos os notáveis leoninos. Escrevi leoninos com letra pequena , pois é o que eu penso de quem SÓ SE SERVIU do clube. O Afonso é um jovem humilde , conhecedor da vida do clube (também vai com frequência ao pavilhão ) e acima de tudo . Não tem agenda . E não segue agenda de outrem.

1 Curtiu

Mais uma resposta coerente . Demonstram que não trazem nada na manga…ao contrário do que o Rogerinho pretende.

3 horas bem passadas. O Afonso tem as ideias acimentadas.

2 Curtiram

gostei bastante.

Um conjunto de pessoas com espírito crítico positivo. Na generalidade concordo com quase tudo. Gostaria que a questão academia fosse melhor explicada . São a favor da venda da actual?.. Desejam a existência de duas com valências diversificadas?.. Ou desejam só uma na margem norte?.. De resto ,concordo com quase tudo. E foram bem esclarecedores .

Movimento ‘Hoje e Sempre Sporting’ diz ter negado “aliança” à candidatura de Nuno Sousa

Subscritores desmentem “formal e categoricamente” qualquer “aproximação ao putativo candidato” à presidência do clube

O Movimento ‘Hoje e Sempre Sporting’ desmentiu “formal e categoricamente” qualquer “aproximação ao putativo candidato Nuno Sousa”, isto depois de o gestor ter garantido que recusou uma parceria com o referido movimento. Nesse sentido, os subscritores Roberto Carvalho, Vítor Afonso e Afonso Pinto Coelho garantem que eles próprios recusaram “liminarmente” uma “aliança” proposta pela candidatura de Nuno Sousa.

“Em momento algum existiu da parte do Movimento Hoje e Sempre Sporting uma aproximação ao putativo candidato Nuno Sousa, pese embora a relação de amizade e respeito existentes entre este e alguns elementos deste Movimento. Durante a realização de um jantar, a convite do putativo candidato Nuno Sousa e onde esteve
também presente um elemento da sua candidatura, foi proposto a este Movimento uma ‘aliança’, com integração de alguns elementos na lista candidata a sufrágio, o que foi liminarmente recusado”, sublinha, em comunicado,o Movimento ‘Hoje e Sempre Sporting’, que “repudia este tipo de comportamentos, pouco éticos, que não prestigiam nem servem o Sporting Clube de Portugal, antes acabando por catalogar quem os utiliza para fins que consideramos indignos e inqualificáveis”.

“O Movimento Hoje e Sempre Sporting tem ideias bem definidas acerca daquilo que pretende para o presente e futuro do Sporting Clube de Portugal, tendo por base as linhas já anteriormente divulgadas, sendo evidente a falta de convergência em pontos que consideramos fundamentais para o sucesso desportivo e financeiro do clube, bem como no que respeita à democraticidade associativa”, reforçam.

A terminar, os três subscritores e sócios do Sporting garantem que vão tornar pública, “muito em breve”, a sua “posição relativamente a este ato eleitoral pugnando, desde o primeiro momento, por uma solução agregadora das várias sensibilidades do clube, o que entendemos ser fundamental para a manutenção da matriz diferenciadora face aos demais competidores”.

Recorde-se que as eleições à presidência do Sporting terão lugar a 5 de março. Nuno Sousa é, de momento, o único candidato assumido, a despeito da intenção de recandidatura de Frederico Varandas, que será oficializada em breve. Também Ricardo Oliveira vai a votos.