Melhor meio campo do Sporting dos últimos 15 anos?

Tive esta discussão recentemente e não chegámos a um consenso, portanto gostava de saber qual a opinião dos utilizadores do fórum. Destes três meio campos, por qual é que optavam?

1. Veloso - Moutinho - Izmailov (07/08)

2. William - Adrien - João Mário (15/16)

3. Palhinha - João Mário - Pedro Gonçalves (20/21)

Meio campo clássico à holandesa, eu sei que no papel várias vezes estas equipas não jogavam desta forma mas podiam / podem perfeitamente jogar assim e é só para efeitos deste exercício hipotético.

2 Likes

Um meio campo a 3 com trinco?

Se for a 3 com trinco, o primeiro, a léguas dos outros dois pela classe dos intervenientes, se bem que trocava o Palhinha pelo Veloso.

Para mim o de 15/16 é melhor que o de 07/08, não só quase fomos campeões (um quase muito relativo…), como a equipa dava espetáculo em quase todos os jogos.

A ideia aí é qualidade individual, ou rendimento do meio campo em si ?

É que a julgar pelo rendimento, o funcionamento do mesmo, adorei o do LJ. William na sua época monstro, Adrien no seu melhor ano (a meu ver) e um André Martins muito eficiente no que se pedia. Cada um com funções bem delineadas e desempenhadas, fazendo um composto global bem sólido.

Por exemplo, superior ao 1o que aí está (o Izmailov, depois da primeira época, passou a ser mais regular já sem esses 2), e em relação ao 3o nem se fala, dado que, pelo menos para mim, Pote e JM tem estado bastantes furos abaixo dos restantes nomes.
(Conversa de golos e assistências incoming, para os mesmos tipos que diziam que o Dost marcava golos mas não oferecia puto à equipa)

E menção honrosa, um trio não consistente, mas que no pico exibicional da equipa foi gigante: Rinaudo, Schaars e Matias.

O meio campo de 15/16 só não foi campeão nacional porque não nos deixaram. Era soberbo. Prova disso é que fomos campeões europeus com ele.

Nem o meio campo do Porto de 2004 deu o titulo de campeão europeu à seleção nacional.

Face a isto, não tenho evidência para o colocar (pelo menos para já) atrás de qualquer outro. William, Adrien e João Mário, nessa altura, e especialmente em conjunto, jogavam que se fartavam.

2 Likes

William, Adrien e JM melhor que Costinha, Maniche e Deco :grimacing:

Num dia que o foculmorto me tivesse a meter nojo e eu estivesse com uns copos a mais, ainda comprava que fosse melhor que o Fernando/Paulo Assunção, Meireles e Lucho.

Não foi isso que eu disse. Mas eu também não espero que compreendas o que eu digo à primeira, afinal, tu achas que o Salvador ofereceu o Paulinho de borla ao Sporting em troca do Sporting não pagar o Rafael Leão :joy:

Mas eu explico de uma forma que talvez se torne mais percetível para ti: não tenho evidência para afirmar que o meio campo deste ano do Sporting ou de 2007 era superior ao de 2015/2016. Porque o de 2015/2016 mostrou tanto pelo clube como pela seleção mais que os restantes dois em análise em do Sporting.

Já o meio campo do Porto foi vice campeão europeu pela seleção, foi campeão nacional pelo Porto, e foi campeão europeu pelo Porto. Há mais que evidência para comprovar a sua superioridade e apenas o chamei à conversa para mostrar um dos grandes feitos do meio campo do Sporting de 2015/2016, e não para dizer que este último era superior.

De qualquer forma se não tiveres percebido assim, avisa, que eu tento explicar de outra forma.

Edit: Falaste bem aqui.

A minha ideia era do estilo “tens de montar uma equipa: qual destas três opções de meio campo escolhias?”. Portanto fica um bocado ao critério de cada um, mas é um misto de qualidade e rendimento.

1 Like

Para mim esse constante argumento que se usa sempre que vem à tona um demonstrativo de qualidade de x ou y jogador, de ser campeão europeu, vale o mesmo que 0.
Nem é só pelo facto de 2016 ter sido um Europeu completamente anormal, em que nos quase não ganhamos um jogo em 90 minutos, passando do grupo com 3 empates, e com o golo do maior cepo numa final, como também pelo facto de existir uma panóplia de cepos com europeus ou Mundiais conquistados, e que não é por isso que passam a ser bons.
Na mesma equipa, tinhas um Eliseu, um Eduardo e um Eder, como já tiveste um Arbeloa com mundiais, champions e europeus, como já tiveste um kleberson campeão do mundo, ou até o Polga (e este durante anos não foi mau).

Aquele meio-campo do Porco do Mourinho é, provavelmente, o melhor meio campo de sempre já visto numa equipa portuguesa, de tal forma que o Deco até ganhou o prémio de melhor jogador da champions dessa época. Níveis completamente diferentes,
E a qualidade de jogo da seleção em que eles jogaram a final, também completamente diferente da de 2016, onde não jogávamos pivia e confiava-se na brita ou no Sao Patrício.

Uma coisa é valorizar os nossos. Outra é ter este tipo de exageros que levam a que depois sejamos gozados, semelhante à fanfarronice lampiã. Aliás, em termos de pura qualidade individual, o único jogador que o nosso meio-campo poderia bater o deles é no William, e mesmo aí é subjetivo.

Meio campo em si mesmo, tem funções distintas. Quando é chamado pra esta conversa, deveria ser analisado sobre as várias vertentes e o nosso meio-campo na seleção so servia pra defender. O próprio Fernando Santos já revelou que gostava de usar o nosso Mc porque já estava rotinado sem bola, na organização defensiva.

Quanto à parte do Paulinho. Ya é bue ridículo. Saber que a acontecer isso, não era o negócio que o Braga receberia menos por um jogador negociado pelo Mendes, é que coise. Deve ir pra além do senso comum, se calhar. Vai ver quanto rendeu o Danilo Barbosa ao Braga quando foi pra o Nice.

hmm, ok.

É que já tivemos miolos com qualidade individual interessante, que não funcionam nada enquanto meio-campo.

Em termos de meio-campo em si mesmo, e não um composto de jogadores, adorei o de 2013/2014. Sentia o meio-campo controlado contra qualquer equipa.
Aliás, o LJ sempre trabalhou bem esse aspecto. Fabinho Bakayoko no Monaco Campeão dele, era qualquer coisa.

O meio campo de 15/16, acho que só não é unânime porque nos roubaram o campeonato.
Tenho pena que JJ tenha abandonado tudo aquilo que fez aquela equipa bater recordes.
Acho que o meio campo desta época não está nem de perto a esse nível, e que os resultados se devem mais à qualidade individual dos nossos laterais.

Penso que deve-se ver a equipa como um todo.
Se me perguntassem qual a melhor equipa, diria a de 1994…Paulo Sousa, Valckx, Figo, Balakov…

1 Like