Liga BWIN 2021 / 2022

Parece-me que o texto está mal redigido e seria certificado digital, “ou” teste, ou…

Quanto a quem vai ter acesso ao estádio penso que não tem nada que saber e vai-se dar primazia a quem tem gamebox e a anos acumulados da mesma. O critério tem sido esse sempre e não creio que mude agora.

Gostava era de saber como se vai suceder em relação a adeptos visitantes. Parece-me que vão ser impedidos o que é uma pena havendo logo uma deslocação a Braga na segunda jornada.

1 Like

O Sporting terá uma época complicada desde logo pela maioria das equipas este ano serem cá do Norte, quer por algumas equipas serem hostis, nomeadamente o regresso do Arouca.

Ora vamos lá ver as deslocações aos campos difíceis de Inverno.

Precisamente o Arouca, mas logo na primeira semana de Outubro, ainda deve estar Verão.
(Chaves, fomos lá 13 vezes, 11 em Janeiro LOL)

Paços de Ferreira: início de Novembro.
Possibilidade de já estar mau tempo, e batatal, mas apostaria que ainda não.

Agora mesmo no Inverno:

  • Gil em Dezembro.

  • Santa Clara, Vizela e Belenenses em Janeiro.
    Açores é incógnita.
    O campo do Vizela e o Estádio Nacional vão estar batatais.

  • Maréteme em Fevereiro.
    Será incógnita a viagem à ilha.

  • Moreirense e Guimarães em Março.
    Provavelmente ainda Inverno e campos pesados.

  • Tondela já em Abril.
    Já não estará Inverno Inverno, mas tanto pode já estar bom tempo como chover a potes.

O que eles chamam de cura é uma pessoa ter apanhado o Covid e ter recuperado.
Existe um certificado que indica que a pessoa já esteve infectada e ficou curada, esse certificado já utilizado para as pessoas não terem que fazer testes quando vão viajar por exemplo e é válido durante 180 dias.
Os 180 dias é porque durante esse espaço de tempo a pessoa pode acusar positivo nos testes apesar de não ser transmissível mas já apareceram casos de pessoas que continuaram a testar positivo depois de 6 meses.
A cura não é definitiva, há pessoas que voltam apanhar.

1 Like

:+1: Obrigado pelo esclarecimento… Não tinha conhecimento desse certificado…

O campo do Vizela vai estar batatal porquê?

Esperemos que não.
Mas existia a tradição do Sporting fazer visitas complicadas com mau tempo no Inverno.

Sporting x Vizela dia 6 às 20:15 é o 1º jogo do campeonato

Capturar

1 Like

Gosto da jornada inaugural dos lampiões. Têm os russos a 4 e 10 de Agosto, no meio da ida a Moreira.

Não entendo o motivo de sermos os primeiros a jogar, ainda para mais se houver adeptos no Estádio.

Maravilha, meter pressão aos adversários. Ainda nem chegaram ao fim de semana da primeira jornada e já olham para cima :sunglasses:

2 Likes

Será que a liga desta época vai mesmo ter árbitros estrangeiros? Confesso que estou curioso em relação a isso.

Agora é descobrir em que hospital está o Ivo Vieira.

Ex-jogadores muita mimadinhos. Msm mal habituados.

Bruto Alves pondera terminar a carreira :laughing:

O Brutus Alves no Parma, mesmo a suplente, penso que não teve problemas com ninguém. Até era o capitão. Chega ao tugão e tem desentendimentos com o treinador ainda antes de Agosto… Não vamos fingir que em Portugal não há muito treinador com a mania que sabe muito

Esta história do Bruno Alves está mal contada. Gostava de saber pormenores.

Artigo dum director exectivo da Liga no JN de hoje, parece-me muito pertinente. Era urgente uma maior protecção aos clubes que competem e defendem o nome de Portugal na Europa. Muito bem.

Há inverdades que, por mais erróneas ou ficcionais sejam, se semeiam na consciência coletiva, tornando-se a partir de certo ponto quase impossíveis de contrariar ou rebater com evidências.

Nessa estirpe de criação de mitos, em que o futebol é terreno fértil, facilmente integramos a perceção generalizada - perdão, semeada - de que as organizações que tutelam o nosso futebol deixam ao abandono, completamente desprotegidos e à mercê dos caprichos de um calendário sobrecarregado os clubes portugueses que competem nas competições internacionais. Nesta discussão a verdade ocupa o polo diametralmente oposto e pode até chegar como choque para alguns adeptos menos informados: a Liga Portuguesa está (destacada) no topo das competições que mais medidas desenvolve com vista à potenciação desportiva das suas equipas na Europa!

A começar pela inserção de fortes condicionalismos no sorteio de calendário interno que, entre outras medidas, bloqueiam o confronto entre equipas em participação europeia em 12 das 34 jornadas da prova e os momentos da época em que as mesmas viajam até às ilhas, passando pela prioridade absoluta na escolha dos dias/horários dos seus jogos domésticos que impactem com partidas internacionais ou a participação retardada na Allianz Cup, são várias as determinações programadas à partida para salvaguardar os interesses das equipas nacionais.

A todas estas diligências acrescente-se ainda o relevante facto de a Liga Portugal ser a única do top-6 que mantém a imposição regulamentar de 72 horas de descanso efetivo entre jogos oficiais. Um pormenor tão recorrentemente mencionado pelos nossos treinadores perante um calendário comprimido e que nenhum dos seus colegas de profissão das principais ligas europeias tem o direito normativo de reivindicar.

É um mito que não existe proteção às nossas equipas? Não! É mesmo mentira.