Jorge Jesus

Pessoal,

Consta por aí que Jorge Jesus, o actual treinador dos passarinhos do colombo, é afinal sportinguista, com lugar cativo e tudo. Que já o seu pai era e que até já recebeu uma distinção do clube. Eu já vi um video no YouTube em que ele aparece mo meio dos adeptos do Sporting (Jorge Jesus assiste como adepto do Sporting à Final da Taça de Portugal 2001/2002), mas as imagens não são conclusivas.

Afinal ele á sportinguista ou não? Alguém tem informações sobre isso (datas, nºs, links etc)?

Não é que isso seja importante, mas sempre servia para picar os lampiões…

quem é? não conheço.

Mas achaste importante o suficiente para abrir um tópico, não foi? ::slight_smile:

Procurei noutros tópicos, mas não encontrei nenhum que me parece o certo para pôr a questão.

Até parece que não se falou mais do que uma vez no sportinguismo do Jorge Jesus!

Yazalde, é tido e sabido que ele é dos nossos, não disponho é de nenhuma informação palpável. :wink: :arrow:

Pois, mas era isso mesmo que eu procurava: alguma informação palpável para esfregar na cara dos lampiões para ver se eles desincham. Já não posso com tanta basófia.

Quanto a ele ser “dos nossos”; talvez volte a ser um dia, mas neste momento de certeza que não é! :wink:

De qualquer maneira, obrigado! :great:

Ao que parece são 50 anos de sócio!

Esfregar para quê , se eles sabem que ele é do Sporting e devem-se estar pouco importando para isso , pelo menos enquanto estiverem a ganhar.

Já nós temos um lampião a treinar a equipa , não dá uma para a caixa e está tudo bem.

Se calhar é essa que vais levar de resposta , eu já a levei , mais ou menos do género , podem ficar com ele. :cartao:

Não me anima mas saber que eles só lá vão com um sportinguista ao poder é lisonjeador! :arrow:

É isso: há anos que não jogavam nada e a coisa só começa a funcionar quando põem um sportinguista a tomar conta daquilo. No Sporting é ao contrário…

inclusivamente já foi jogador do sporting…

É público até que o Jesus é sportinguista. Há duas ou três semanas saiu uma reportagem sobre a vida privada dele na revista do DN de sexta-feira, e no título da capa dizia que ele é sportinguista.

É sportinguista…socio ha 50 anos e o pai ha 75…é publico que o maior desejo dos 2 é que ele treine o sporting.

alias, na epoca passada vi-o em alvalade!

O que me espanta é saber disso e depois vê-lo no jogo fora com o Everton com o cachecol dos lampios ao pescoço.
Uma coisa é ser profissional e cumprir a sua obrigação para a qual é pago, outra é ser um sportinguista de meio século e usar aquela bosta.

Quando tá frio geralmente os treinadores usam um cachecol do clube.

Até o Del Neri já andou com um da Roma e é adepto de outro clube grande em Itália. E eles lá ligam mesmo muito a isso.

Não esquecer que o Jorge Jesus começou a carreira de jogador no Sporting e o único derby que ele disputou em toda a vida, como jogador, foi com a camisola do Sporting.

Eu sei que ele é sportinguista.

Único dérbi do leão Jesus MÉDIO ENTROU AOS 28' E SAIU AOS 80' NA LUZ

Apesar de ter jogado durante 15 épocas, Jorge Jesus só fez parte do plantel principal do Sporting em 1975/76. Daí ter disputado apenas um dérbi eterno em toda a carreira, o qual terminou empatado (0-0).

A 28/12/75, perante 70 mil espectadores nas bancadas da Luz, o médio leonino entrou aos 28’ para render o lesionado Manuel Fernandes. “Foi de uma utilidade total. Não quebrou o ritmo da equipa e saiu esgotado pelo esforço positivo despendido”, escreveu Record na apreciação individual ao médio do Sporting que foi substituído por Baltasar aos 80’.

Na altura, Juca lançou Jorge Jesus para ajudar a fechar o meio-campo. O defesa-esquerdo Da Costa falhou um penálti e Nené atirou uma bola ao poste nos momentos mais emocionantes do dérbi arbitrado por César Correia, o qual não exibiu qualquer cartão em todo o encontro. Algo raro nos dias de hoje…

Antes do pontapé de saída, o capitão Toni levantou o troféu de campeão da época anterior. Os encarnados acabaram por revalidar o título, enquanto os leões ficaram em 5.º lugar, igualando a pior classificação de sempre obtidas nas épocas de 1964/65, 68/69 e 72/73.

Considerado um médio com técnica bastante razoável e boa visão de jogo, Jorge Jesus tinha forte concorrência e nunca conseguiu impor-se como titular nos leões - realizou 12 jogos no campeonato e fez 1 golo no triunfo por 4-1 em Coimbra, com a Académica - tendo saído no final da época para o Belenenses. Acabou a carreira de jogador em 1989 no Almancilense depois de passar pelo V. Setúbal, Farense e E. Amadora.

http://www.record.pt/noticia.aspx?id=e4dc2fb4-8194-49d6-84e0-bdfc2f843f3e&idCanal=00000006-0000-0000-0000-000000000006&h=2

Tal como diz o romário sobre o pélé, eu digo o mesmo sobre o jesus, calado é o melhor poeta do mundo… pensava que ia dar uma goleada ao sporting, saiu-lhe o tiro pela culatra.

Pois o Vitor Pereira também é, e vê-se o que tem feito ao seu clube do “coração”.
Sporting SOMOS NÓS :victory:

Não me vou alongar, mas a pequenez moral e educacional deste “homem” tem-me surpreendido bastante. É nojento, até. Tendo em conta estas características, está bem onde está, só falta a garrafa de vinho, o papel judicial por causa de violência doméstica, e o “quadro” fica perfeito.