Investimentos financeiros 08/09

Pois! O problema é que aí neste ponto já nem chega a ser uma questão de opiniões… É mesmo teimosia!

“Um pouco mais”? O teu “pouco mais” cifra-se em quase um milhão, que é quase mais um terço do que se teria de pagar!

A sério, onde é que tu leste que a cláusula de rescisão era de 3,5 milhões de euros?! Mas tu acreditas mesmo que o Sporting decidiu oferecer 1 milhão a mais do que teria de pagar?!

Nenhum de nós está a par dos factos, mas a tua teoria faz tanto sentido quanto os (apenas) 6 pontos de castigo aplicados a um clube corrupto.

Epá, eu não li! Eu ouvi da própria boca do empresário Paulo Bostosa já há largos meses… Não venhas agora tentar o dito pelo não dito e querer defender o indefensável! E nunca tal foi desmentido pelos dirigentes do Sporting! Mas oki, é sempre bom saber que em Alvalade até há dinheiro!

Então se amanhã o Sporting anunciar a compra do passe do Grimmi por 6 milhões, eu daqui a um ano posso afirmar que o preço foi 4 milhões porque ouvi o empresario dele falar nesse numero e o Sporting ainda não desmentiu :inde:

Dei uma olhada nas primeiras páginas do tópico do Izmailov e encontrei isto:

Também me lembro de se falar em dòlares, mas va-se lá saber quantas mais versões foram publicadas :inde:

mais me ajudas, em Janeiro já ele estava em super-forma, ou seja por 2,5 que o porto havia pago até esse mês, já Lisandro não era um bom reforço, mas sim uma peça vital.

Eu não ando com jogos de cintura, só que não acredito que se o Sporting tivesse os 6 milhões, o Quaresma viria para o Sporting. O Deco avaliado em 21 milhões quando o Ricardo Carvalho foi vendido na mesma altura por 25 milhões … só acredita quem quer.

Até podiam tê-lo avaliado em 210 milhões, a partir do momento em que o valor oficialmente atribuído ao Quaresma nesse negócio foi de 6 milhões - e já provei que foi -, era por esse valor que o Sporting tinha direito a ficar com ele.

O Sporting nao tinha 6M€ para o Quaresma porque havia rebentado as financas antes a comprar jogadores que valiam menos que o preço pago.
Tal situacao volta-se a verificar esta época, já nao falo do Izmailov, o Grimi vale 4M€ desde quando? O Milao pagou 2M€ por ele e desde lá até hoje já foi dispensado de 2 clubes.

Ainda a esse propósito, seria interessante se alguém deixasse aqui os valores que o Sporting gastou nessa época.

È que, tanto quanto me recordo, houve aqui dois aspectos de discussão:

Um apontava no sentido de que o Sporting não deveria estoirar o que dispunha, ou a maior parte do que dispunha para investir, apenas no Quaresma. Friso o apenas.

Outro de que se tratava de um “produto” vendido e que não fazia sentido comprá-lo de volta, ou seja, aqui não se aceita devoluções.

Hoje vê-se…

De facto, 6 milhões de euros foi o valor atribuído ao Quaresma, pois se tivesse sido atribuído um valor superior, o Sporting ainda teria direito a receber mais algum. Tudo foi delineado e executado para que isso não acontecesse. Restou portanto ao Sporting receber a percentagem de formação do jogador.

Hoje, com lamento meu, verifico que tinha razão quando defendi na altura que o Sporting, com mais ou menos sacrifício, deveria investir os 6 milhões no Quaresma, e ainda ficariamos a ganhar, pois manteriamos o Roca.
A tacanhisse, a calimerisse e a falta de visão dos nossos dirigentes … o que se poderia esperar?

Nesse ano o Sporting contratou Hugo Viana (empréstimo), Douala, Rogério, Pinilla e Enakarhire (e mais tarde Mota, por empréstimo), mas para além de o Pinilla ter custado 1,5 milhões por metade do passe, não me recordo dos valores dos restantes. No Relatório e Contas desse exercício as amortizações chegam aos 13 milhões, mas incluem todo o imobilizado e não dá para perceber em concreto quanto diz respeito aos jogadores comprados nesse ano.

O total de custos da época 2004/05 foi de 45,5 milhões.

Em termos de vendas, a única que teve significado económico em 2004 foi a saída do Quiroga. No entanto, foi nesse ano que terminaram os contratos chorudos de jogadores como João Pinto, Paulo Bento, Rui Bento e Toñito, que saíram do Clube, e de Pedro Barbosa, Rui Jorge e Tello, que renovaram “em baixa”.

Segundo o pasquim do norte:

[ul]

2008/09 4

Izmailov 4,5 milhões

Hélder Postiga 2,5 milhões

(50%)

Caneira 1 a 1,5 milhões*

Grimi ?*

Total: 8 a 8,5 milhões*

*Contratações e números a confirmar

2007/08 8

Gladstone 250 mil euros

(emprestado)

Romagnoli 1,2 milhões

(compra do passe)

Izmailov 125 mil

(empréstimo)

Vukcevic 2 milhões

(50%)

Stoi 1 milhão

Purovic 2 milhões

Pedro Silva 200 mil

Marian Had 100 mil

(empréstimo)

Total: 7, 475 Milhões

2006/07 4

Paredes zero

Farnerud zero

Bueno emprestado

Alecsandro emprestado

Total: 0

2005/06 7

Wender 800 mil

João Alves 2,5 milhões

Deivid 3 milhões

Tonel Menos de 500 mil

Luís Loureiro veio ao abrigo

dos 8 milhões Enakarhire

Manoel zero

Edson 500 mil

Total: 7,3 milhões

2004/05 5

Enakarhire 1 milhão

Hugo Viana emprestado

Rogério zero

Douala 900 mil

Pinilla 1,5 milhões

Total: 3,4 milhões

2003/04 7

Ricardo 2 milhões

Mário Sérgio 750 mil

Polga zero

Rochemback emprestado

Silva 850 mil

Clayton Troca com

Ricardo Fernandes

Liedson 3 milhões

Total: 6,6 milhões

2002/03 4

Contreras emprestado

Kutuzov emprestado

Danny 2 milhões

Marcos Paulo emprestado

Total: 2 milhões

2001/02 6

Diogo zero

Rui Bento zero

Luís Filipe 3,250 milhões

Niculae 5 milhões

Jardel 5,5 milhões

Total: 13,750 milhões

[/ul]

Realmente é impossivel agradar aos sócios. Anda-se um ano inteiro a aturar uma ladainha de que a direcção não tem ambição, que andamos aos restos dos empresários, que reforços de 1 e 2 milhões de euros não valem nada, e agora que a direcção anuncia uma restruturação financeira (gostem dela ou não) e com correspondete maior investimento no futebol, como o provam as recentes contratações, é porque 4 milhões são um exagero, um absursdo porque os jogadores não valem, ou então que só são reforços se custarem mais de 10 milhões. Vá-se lá entender esta gente :inde:

Depois também me continua a fazer confusão como em 2008 ainda há quem fica indignado ao saber que na aquisição de um jogador a custo zero há sempre pagamento de “luvas” ao atleta!!! Que raio é que julgavam??? Custo Zero = Pagamento Zero ao clube anterior. O jogador recebe sempre um “incentivo”. Já recebem nas transferências normais, mais recebem nas custo zero. De qualquer forma sai sempre mais barato que uma transferência normal. Agora de borla não há nada.

Outro dado que continuo a não entender é como se aceita como veridico o facto da propalada clausula de rescisão do Izmailov ser em dólares, quando ainda não vi um único documento oficial a prová-lo. Se tomarmos por veridicas as noticias dos jornais, então o Postiga também tem uma série de clausulas que forçam o Sporting a vender por 6 milhões, etc etc etc.
E também andamos todos a especular sobre clausulas e valor de compra do Grimi sem ter documentos que suportem os valores propalados. Até se ver a comunicação à CMVM, qualquer valor avançado de compra do Grimi é especulação, e especulação são também os valores adiantados acerca da sua clausua de rescisão.

Independentemente do resultado final da próxima epoca, acho que realmente a direcção está a fazer um esforço real de reforço do plantel. Não concordo com todas as contratações, mas estão a apostar em valores seguros (Rochembach, Izmailov, Grimi) e num avançado internacional português (postiga) em vez de dar tiros no escuro, que podem correr bem, mas na maioria dos casos correm mal. E ainda tentam o Caneira.

Decididamente, não se pode agradar a gregos e a troianos…

O problema não está em gastar mais ou gastar menos!
Está sim no gastar bem ou mal! Gasta-se agora de uma forma despropositada, depois esse dinheiro irá faltar quando realmente aparecer uma boa oportunidade de negócio! Mas o pessoal vê o dinheiro a ser gasto e fica feliz com isso, porque pensa que isso é sinal de ambição! Enfim, que é que um gajo há-de dizer para demonstrar o contrário? :wall:

"Há sete temporadas que o Sporting não efectuava um investimento tão avultado na compra do passe de um atleta, como foi o caso, no presente período de defeso, da aquisição, aos russos do Lokomotiv de Moscovo, do internacional russo Marat Izmailov. Os 4,5 milhões de euros - valor estipulado na cláusula de opção de compra ao abrigo da cedência, por empréstimo, do médio ao Sporting no início da temporada transacta - desembolsados pela SAD verde e branca permitiram que a mesma assegurasse a continuidade de Marat Izmailov nas próximas cinco épocas - tendo uma cláusula de rescisão fixada em 25 milhões de euros - e representam uma enorme fatia do investimento para a temporada 2008/09, tendo em mente o objectivo prioritário: ser campeão nacional.

De resto, foi precisamente no defeso correspondente à última época em que os leões conseguiram erguer o título de campeão nacional, concretamente em 2001/02, que se verificaram os maiores investimentos na aquisição do passe de um atleta. Foi assim com Jardel - cujo valor de contratação, sem contar com o valor dos passes de Horvath, Spehar e Mpenza, igualmente envolvidos na transacção com os turcos do Galatasaray, ascendeu aos 5,5 milhões de euros - e com Marius Niculae - pelo qual os leões pagaram, aos romenos do Dínamo de Bucareste, cinco milhões de euros. Mesmo o passe de Luís Filipe, também em 2001/02, custou, aos leões, 3,25 milhões de euros.

De então para cá, até ao presente defeso, o investimento na aquisição do passe de apenas um atleta foi reduzindo substancialmente, por força do rigor orçamental imposto pelas sucessivas Direcções do emblema de Alvalade, contudo, nesse contexto, só Liedson, em 2003/04, e Deivid, em 2005/06, ambos por três milhões de euros, foram excepções a tal prática."

Em : O Jogo

Já somos campeões :smiley:

Eu percebo a tua ideia, mas ela é tremendamente subjectiva. Qualquer que fosse o jogador contratado suscitaria sempre avaliações contraditórias por parte dos adeptos. Haverá sempre quem ache caro, ou que o jogador Y seria melhor opção, o que o jogador X seria tão bom e custaria metado do preço.
Agora de inação, este ano não podem acusar a direcção (não queria rimar :smiley: )

Este é o cerne da questão:

Referindo só as coisas boas:
3 milhões pelo Liedson: dinheiro bem gasto!
6 milhões pelo Quaresma: seria dinheiro muito bem gasto. Aliás, dinheiro mais bem gasto que este, neste momento, só me ocorre outro, ou seja, os 15 milhões pagos pelo CR. :twisted:

É muito fácil dizer isso, após alguns anos …

Vou-te dar um exemplo, o Hugo Viana foi vendido por 12 milhões e na altua a sua “fama” era tão grande como a do João Moutinho de agora. A maior parte das pessoas dizia que o Hugo Viana era muito mais “jogador” que o Quaresma … hoje a situação de ambos é precisamente o contrário.

Outro exemplo interessante, quando houve a guerra Pinto Costa/João Rocha o Sporting perdeu Futre porque não quis aumentar significativamente o seu salário, quando viu que o Futre fugiu apressou-se a fazer um contrato milionário com o Litos, outra promessa que despontava na altura. Infelizmente o Litos nunca confirmou em senior aquilo que mostrava nas camadas jovens.

Vamos lá a ver daqui a 3/4 anos o que valem David Caiado, Diogo Tavares e outros que alguns criticaram a sua dispensa pelo Sporting (já para não falar do João Paiva). Por outro lado, tambem pode muito bem acontecer algum dos jogadores que passaram nos ultimos anos a seniores e que ninguem dá nada por eles, brilharem noutro clube qualquer.

Mas nesse forte investimento, Jardel era uma truta que toda a geste sabia de antemão que valia golos atrás de golos. Só na apresentação dele em Alvalade estavam lá mais de 10 mil pessoas, foi a loucura, era um sinal claro que já cheirava a título.
Esta equipa não precisa de uma truta, mas repetindo o que já disse um forista, necessitamos de um abre latas. Precisamos de um jogador tipo Nani, Daniel Carvalho e penso que a direcção tb tem essa ideia, não é por acaso que na época passada aparece o Celsinho, mas infelizmente não se conseguiiu impôr.