Gonçalo Inácio

Miudo muito novo mas com muita qualidade e personalidade, e nos jogos aparenta estar sempre super focado.

Apesar de não ser um jogador exuberante é muito eficaz, muito sobrio dentro de campo, calmo e concentrado e psicologicamente muito maduro para a idade que tem.

Que este afastamento da equipa por Covid não o retire deste bom momento em que se encontra.

SL.

Com a alteração da lei, penso que falha apenas este jogo.

Alguém devia fazer um vídeo só com passes deste miúdo, fantástico

Espero q as pessoas comecem a dar mais importância a este jogador, n vou dizer q foi por n jogar q perdemos o jogo, mas para mim quando n joga ficamos sempre mais fracos.

Especialmente porque o substituto é o Neto. Se tivéssemos um do nível do Gonçalo ou só um pouco mais abaixo não se notava tanto a ausência.

1 Curtiu

Nem quero hoje ir malhar ao tópico dele, mas faz-me impressão qdo um puto de 20 anos aqui e ali tem uma falha virem logo aqui dizer q contra adversários mais fracos fez isto e aquilo. Já nem falo na diferença em termos técnicos entre os 2.

Mas hoje o problema foi um todo, de Esgaio para Porro é um abismo, o Matheus Nunes esteve fora dela, o Bragança até entrou tarde demais mas depois acontece aquilo do vermelho, o Pote até jogou bem mas n está perto da capacidade de finalização do ano passado, o Paulinho agora no fim desperdiça uma oportunidade de minimizar os danos e a lembrar a diferença entre termos um bom finalizador e um jogador de equipa, o próprio Adán nos últimos 2 jogos n tem feito a diferença, podia estar aqui até amanhâ.

2 Curtiram

A diferença que é quando jogamos com este “puto” de 20 anos…

Quando se tem qualidade, ela está lá seja aos 20, 25 ou 30!

Concentração, saber sair a jogar com a bola no pé quando necessário, qualidade no passe, rapidez, boa colocação, jogar em antecipação, tudo aquilo que o seu substituto de hoje não tem, porque não tem qualidade para fazer parte do plantel, quanto mais ser titular…

SL.

1 Curtiu

Apesar de alguma desinspiração na frente o problema foi de longe Esgaio+Neto. 3 golos, os 3 daquele lado e com erros individuais de pelo menos um deles. Não fazermos muitos golos é relativamente comum, sofrer 3 em jogos nacionais a doer acho que nunca tinha acontecido. Tivéssemos sofrido o nosso habitual, 0-1, e teríamos ganho. Já no último jogo só com o Esgaio não foi ótimo mas ainda havia o Inácio a fazer as dobras, neste as dobras foram feitas (ou não) pelo Neto…

2 Curtiram

Este ano até estamos a criar mais oportunidades do q o ano passado, mas continuo a achar q a nível do meio campo também n controlámos nada bem o jogo, mesmo hoje a saída do Matheus Nunes devia ter sido bem mais cedo, mas de acordo q n é a mesma coisa Inácio e Porro comparado com Neto e Esgaio, se há pessoal q pensa q o nosso plantel em número de opções é o melhor do campeonato hoje foi um abre olhos.

1 Curtiu

Sim podemos melhorar obviamente. Apenas digo que em relação a tantos outros jogos em que também não estivemos tão bem quanto queríamos mas ganhámos a principal diferença foi na defesa. O primeiro golo deles então, como referiu o mister CF, é um cruzamento para a área numa situação de 4v1. A bola tem de ser nossa sem desculpas.

1 Curtiu

Acho que ninguém considerava Gonçalo Inácio pouco importante neste plantel e neste modelo, não foi por ontem que se abrem alguns olhos.

Está de fora, nada a fazer agora. Que sirva para ele recuperar física e mentalmente do desgaste que tem tido, será fundamental na segunda volta.

Gonçalo Inácio aponta ao Leça

Central deve terminar o isolamento na terça-feira, no próprio dia da partida da Taça

BEM-VINDO. Gonçalo Inácio tem o regresso no horizonte

Numa altura em que a derrota com o Santa Clara levanta questões sobre o Sporting, o leão espera uma boa notícia. É que Gonçalo Inácio pode ser ‘reforço’ para o jogo com o Leça. O central está em isolamento profilático, após ter testado positivo à Covid-19, todavia, segundo as diretrizes da Direção-Geral da Saúde, deve terminar o período de reclusão na terça-feira no dia do duelo dos ‘quartos’ da Taça de Portugal, em Paços de Ferreira.

Para fazer estas contas é preciso relembrar que o defesa viu confirmada a infeção na passada terça-feira, dia 4, após um controlo à hora de almoço. Assim, poderá beneficiar do facto de que, atualmente, as pessoas com doença ligeira passam a cumprir isolamento de sete dias, ao contrário dos dez que vigoravam antes – também Tabata pôde, por isso, voltar mais cedo contra o Santa Clara.

Gonçalo Inácio está, assim, condicionado pela alta médica que pode receber em dia de jogo, o que não seria caso virgem. Por exemplo, Paulinho recuperou de covid no dia da visita ao Gil Vicente, a 18 de dezembro. Foi chegar e jogar, dado que só se uniu à comitiva horas antes do duelo.

Porro e Feddal a postos

Quanto a regressos, Porro e Feddal fazem mira à Taça. Ambos debelaram as respetivas lesões, tanto que o central esteve no banco nos Açores, logo são candidatos a estancar a ‘hemorragia’ na defesa. Ontem, no regresso aos treinos, Jovane, lesionado, foi o único ao cuidado do corpo clínico.

Amorim ainda vai ter de esperar

Se Gonçalo Inácio faz mira à convocatória, já Rúben Amorim ainda terá de esperar, pelo menos mais umas horas. Isto porque o técnico testou positivo um dia depois do central, em concreto na quarta-feira, pelo que à data do jogo com o Leça estará forçado a permanecer em isolamento, logo Carlos Fernandes deve voltar a fazer as vezes do treinador principal. Seja como for, o regresso está também no horizonte, dia 16, na visita a Vizela, na Liga.

1 Curtiu
2 Curtiram

Um jogo muito descansado.

A falta que ele faz à linha defensiva!

Dei pouco por ele no jogo, o que será positivo. Intervenções simples e eficazes.

INÁCIO RENOVA APÓS O FECHO DO MERCADO

SPORTING 08:18

É apontado como um dos mais jovens promissores do futebol europeu e a administração leonina sabe disso. Tanto assim é que as negociações que visam a renovação do contrato de Gonçalo Inácio, defesa central de 20 anos, já se iniciaram há algum tempo, os princípios do acordo estão praticamente definidos, mas os responsáveis leoninos, assim como o próprio jogador, em óbvia sintonia com o seu representante, Miguel Pinho, só devem voltar a pegar neste dossier durante o mês de fevereiro e, aí sim, acertar um ou outro detalhe que ainda não está clarificado, passo essencial para que o jogador possa, então, renovar o seu vínculo laboral com os leões, à semelhança do que fizeram nos últimos tempos Daniel Bragança, João Palhinha, Antonio Adán, Luís Neto, Matheus Nunes ou Pedro Gonçalves.

1 Curtiu

RENOVAÇÃO APÓS FECHO DO MERCADO

Estrutura verde e branca quer blindar o craque leonino contra o ataque dos gigantes europeus

Duarte Pereira da Silva

Texto

15 de Janeiro 2022, 11:34

summary_large_image

Gonçalo Inácio deve renovar com o Sporting após o fecho do mercado. Segundo avança o jornal ‘A Bola’, o Clube de Alvalade quer blindar o jovem defesa-central do assédio dos gigantes europeus e, para tal, conta com a colaboração do próprio jogador.

“As negociações que visam a renovação do contrato de Gonçalo Inácio, defesa central de 20 anos, já se iniciaram há algum tempo, os princípios do acordo estão praticamente definidos, mas os responsáveis leoninos, assim como o próprio jogador, em óbvia sintonia com o seu representante, Miguel Pinho, só devem voltar a pegar neste dossier durante o mês de fevereiro e, aí sim, acertar um ou outro detalhe que ainda não está clarificado, passo essencial para que o jogador possa, então, renovar o seu vínculo laboral com os leões”, escreve o jornal ‘A Bola’, na edição deste sábado, 15 de janeiro.

Esta temporada, Gonçalo Inácio já leva 23 jogos (1.906 minutos), três golos e duas assistências.

Fotografia de Sporting

1 Curtiu

Faz muita falta principalmente com bola a qualidade na saída é logo outra.

A diferença para o Neto é gigante.