Futuro da Sporting S.A.D.

Sermos campeões é a altura ideal pra se tentar livrar da nossa dívida, os bancos não são parvos… outra oportunidade não voltarão a ter tão cedo…

1 Curtiu

Se isso for assim nem a conquista do título salva este CD.
Fora!

a única coisa que sei é que tu e Inteligência são coisas que divergem.

… e já agora, sabes quem fez uma conversão de diminuição do passivo (-80M€), para + 80M€ em VMOC?

1 Curtiu

A culpa é do Bruno que quando disse que ia adquirir as Vmocs por 0,20 e poupar mais de 100 milhões ao scp e ficar com 90% da sad criou um problema para ele e para o sporting se tivesse uma gestão como teve o Godinho Lopes e como está a ter o varandas não havia esse problema porque o clube já não existia . Sim a culpa é do Bruno . Vai ver a cmtv e o Rui Pedro Brás que esse sim sabe muito bem fazer contas quando disse no final do ano acho que 2017 que Bruno de Carvalho tinha apresentado um défice positivo ! Como se alguma vez isso existisse . Sim tu sim es muito inteligente e mais o Rui Pedro Brás ,vai ouvir tvi que ele deve de estar dizer que foi a culpa do Bruno

1 Curtiu

Não respondes. Eu percebo.

Isso já foi contratualizado o ano passado por esta Direção. Eu Referi isso em cima, na citação.

Clube

CARLOS VIEIRA: “BANCOS SÓ PODEM VENDER VMOC’S SE O SPORTING ENTRAR EM DEFAULT. ISSO NUNCA ACONTECEU”

Em declarações exclusivas ao Leonino, ex-vice-presidente do Sporting explica como irá decorrer processo de compra das VMOC’s, garantindo que os leões estão salvaguardados

Duarte Pereira da Silva

Texto

22 de Maio 2021, 09:14

summary_large_image

Carlos Vieira garante que o Sporting está salvaguardado quanto à compra dos Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis (VMOC’s). Nesta sexta-feira, 21 de maio, a ‘Bloomberg’ avançou que o Novo Banco (NB) e Banco Comercial Português (BCP) querem vender a parte da dívida leonina de que dispõem. No entanto, o ex-vice-presidente do Clube de Alvalade revela que tudo não passa de uma forma de pressão das entidades bancárias.

“O fundo compra e depois vende ao Sporting. Foi sempre isto que esteve pensado”

Questionado pelo Leonino sobre a notícia avançada pelo ‘Bloomberg’, Carlos Vieira desvalorizou e explicou o que se deverá passar nos próximos tempos: “O fundo compra e depois vende ao Sporting. Fica tudo na mesma e, reforço, foi sempre isto que esteve pensado. O que se passa é que os bancos têm um problema reputacional, uma vez que estão a ser acusados de vender as coisas abaixo do preço, com grandes perdas para o erário público”.

Quanto a uma eventual perda da maioria da SAD por parte do Clube, o ex-dirigente leonino recorda que “os bancos só podem vender as VMOC’s se o Sporting entrar em default. Isso nunca aconteceu e, por isso, a posição do Clube está defendida”, acrescentando que “os bancos querem vender as VMOC’s. No final do dia, e tendo em conta as ‘perdas’ que já reconheceram nos balanços, até acabam por ganhar dinheiro. Vão fazer com o Sporting o que já fizeram com outros clubes”.

“Não me admirava nada que o valor por ação fosse mais baixo”

Quanto ao valor acordado com os bancos aquando da reestruturação financeira, Carlos Vieira confirma que estavam ‘apalavrados’ os 0,3 cêntimos por ação e diz que hoje esse valor até pode vir a ser inferior: “O acordo fechado com os bancos era de 0,3 cêntimos por ação. Esta administração formalizou isso numa adenda aos contratos de crédito. Não me admirava nada que, ao dia de hoje, fosse mais baixo. Os bancos vão fazendo analises permanentes da recuperabilidade dos valores”.

1 Curtiu

Raio de mania a tua de tornar tuas as opiniões de terceiros. Custa muito pensares pela tua própria cabeça?

Quero lá saber o que avençados da TVI ou outros dizem

1 Curtiu

Deves estar confundido com outra pessoa , por eu ter opinião própria é que sou aqui bastante criticado ! Umas vezes acerto outros erro , so nao erra quem nada faz .

BANCOS QUEREM VENDER CRÉDITOS DA SAD

SPORTING 10:15

OS dois bancos credores do Sporting, nomeadamente o Novo Banco e o BCP, estão no mercado à procura de compradores para os Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis (VMOC).

A informação foi avançada pela Bloomberg, que adianta ainda que as duas entidades financeiras contrataram o banco de investimento Rothschild & Co. para encontrar possíveis interessados para estes créditos que a 26 de dezembro de 2026 serão convertidos em capital social da SAD.

Segundo a agência de informação económica e financeira, esta solução visa, sobretudo, o desejo dos bancos em não se tornarem acionistas da SAD a partir de 2026.

Venda de jogadores ou verbas pela participação na Champions são receitas da SAD. Mas a compra das VOMCs “está
sujeito à obrigação de utilização exclusiva dos saldos actuais e futuros das Contas Reserva para aquisição de VMOC.”

Estas Contas Reserva estão no clube e no tempo de BdC chegaram a ter um saldo de cerca de 12M€. Acho que este saldo agora tem perto de 0€ e a divida do clube à SAD aumentou imenso.

1 Curtiu

E como “enches” essa conta reserva ?

Nesta altura é bom que seja recordado o acordo de reestruturação de 09/10/2019, mas sobretudo que era esta a situação em 30/12/2020 da conta reserva

imagem

imagem

1 Curtiu

Tudo feito propositadamente

1 Curtiu

image

Lyon ‘ajuda’ Sporting: Champions dá mais 1 milhão de euros aos cofres da SAD

Leões sobem uma posição na hierarquia dos 32 clubes apurados para a prova milionária

A participação do Sporting na Champions vai dar aos cofres da SAD pelo menos 24,114 milhões de euros, valor que face ao quarto lugar do Lyon na Ligue 1, confirmado no domingo, aumentou: com a ausência dos franceses, que disputarão a Liga Europa, os leões sobem uma posição na hierarquia dos 32 clubes apurados para a prova milionária, o que lhes garante mais uma parcela de 1,108 M€, a acrescentar às sete já confirmadas (os verdes e brancos serão, no pior dos cenários, a oitava equipa menos cotada, no 25º posto) e aos 15,25 milhões só da entrada.

1 Curtiu

SAIBA COMO OS COFRES LEONINOS AINDA PODEM AUMENTAR COM A CHAMPIONS

Sporting já garantiu 25 milhões de euros com a entrada na Liga dos Campeões, mas ainda vê cinco milhões pendentes

Maria Pinto Jorge

Texto

25 de Maio 2021, 11:23

summary_large_image

Com o regresso do Sporting à Liga dos Campeões na próxima temporada de 2021/2022, os cofres de Alvalade já haveriam garantido 15,250 milhões de euros apenas pela presença na fase de grupos da competição, além dos 10 milhões que deram entrada pela no ranking – perfazendo cerca dos 25 milhões já falados. No entanto, nos próximos dias, os leões podem ver esta verba aumentar.

No caso de o Manchester United vencer a Liga Europa, diante do Villarreal, o Sporting encaixa mais 1.1 milhões, uma vez que os ingleses já têm a presença garantida. Por sua vez, se algumas das equipas com melhor classificação no ranking que o Sporting não conseguirem o acesso à fase de grupos, este valor pode ainda chegar até aos cinco milhões.

Mas vamos a contas pelo lado positivo. Se Villarreal, Benfica, Shakhtar, Olympiakos e Salzburgo falharem a próxima edição da Liga dos Campeões, o Sporting salta do 24.º lugar do ranking para o 19.º, perfazendo mais 5,54 milhões de euros em parcelas. No caso de tal acontecer, o Sporting arrecadaria um total de 30,762 milhões de euros: 15,25 fixos pela presença direta na fase de grupos e um bónus extra de 15,512 milhões de euros.

Portanto, é torcer para que as lamparinas nao entrem… win win!

COMUNICADO SPORTING CLUBE DE PORTUGAL - FUTEBOL, SAD

Por Sporting CP
25 de maio de 2021

COMUNICADOS

Ao longo dos últimos anos, as Sociedades Desportivas têm-se deparado com alterações significativas no desenvolvimento da sua actividade.

As mudanças que afectam as Sociedades Desportivas verificam-se em matérias diversas e que vão do enquadramento jurídico e fiscal, passando pela apropriação por terceiros da comercialização dos direitos televisivos até à completa ausência de apoios relacionados com as consequências dramáticas resultantes do impacto da COVID-19 no sector.

Independentemente da vontade e dos esforços tanto da LPFP, da FPF ou mesmo a Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto, o resultado final é manifestamente negativo.

É chegado o momento das Sociedades Desportivas se entenderem em matérias estruturantes e que afectam todo o sector, sem intermediários e sem a intervenção de entidades que ultrapassam os seus desígnios e que, por vezes, contra elas concorrem.

Os clubes e as Sociedades Desportivas são aqueles que mais desenvolvem o desporto mais querido em Portugal. São os que assumem riscos, são grandes empregadores e os grandes contribuintes e por isso devem ser respeitados e apoiados.

Mediante um entendimento alcançado entre todos nesta data, quer nos desafios que se colocam, quer nas soluções que importa implementar, os Clubes irão procurar estabelecer um diálogo construtivo com os principais Stakeholders do sector e, de forma directa, com o Governo nos aspectos a ele respeitantes.

Os assuntos assumidos como prioritários pelas Sociedades Desportivas são:

  1. Acesso de público aos recintos desportivos;
  2. Quadros competitivos;
  3. Centralização da comercialização dos direitos televisivos;
  4. Conflito de interesses na captação de patrocinadores e espaços publicitários;
  5. Processo da Autoridade da Concorrência;
  6. Distribuição das receitas das apostas desportivas;
  7. Seguro de acidentes de trabalho;
  8. Apoios ao sector – fundo de apoio ao futebol profissional;
  9. Apoios ao sector – linhas de financiamento com garantia do estado;
  10. Fiscalidade – IVA nos ingressos;
  11. Fiscalidade – residentes não habituais.

As Sociedades Desportivas signatárias assumem que a resolução das temáticas atrás referidas é absolutamente critica para a sobrevivência do sector e desde já se comprometem a tudo fazer na defesa dos seus legítimos interesses.

Mealhada, 25 de Maio de 2021

As Sociedades Desportivas

Sporting Clube de Portugal SAD

Futebol Clube do Porto SAD

Sport Lisboa e Benfica SAD

Sporting Clube de Braga SAD

Futebol Clube Paços Ferreira SDUQ

Santa Clara Açores SAD

Vitória Sport Clube SAD

Moreirense Futebol Clube SAD

Futebol Clube Famalicão SAD

Os Belenenses SAD

Gil Vicente Futebol Clube SDUQ

Clube Desportivo Tondela SAD

Boavista Futebol Clube SAD

Portimonense SAD

Marítimo da Madeira SAD

Rio Ave Futebol Clube SDUQ

Estoril Praia SAD

Futebol Clube Vizela SAD