Frederico Varandas - Presidente do Sporting Clube de Portugal - Parte 5

Acho tá desatualizado. Tomaram posse novos órgãos ontem ou que foi…

Alto, foram reeleitos em Dezembro.
Então mantêm-se.

Já cá faltava o apoio dos notáveis de pacotilha , grande parte deles lesivos do clube quando tiveram cargos no mesmo.

É tão mas tão óbvio para onde isto caminha, nem se importam de repetir fórmulas gastas, na volta o outro tem mesmo razão …

SL

8 Curtiram

190 dos 200 é malta que conhecemos de cor, só da merda que já fizeram.

1 Curtiu

Apoiado pela corja que durante anos destruiu e delapidou o clube… vergonha alheia quem vota nesta pessoa…

1 Curtiu

Depois do tão badalado date entre Bruno e Liliana na casa do Big Brother, eis que a CNN resolve repetir a fórmula e promove mais um encontro, desta feira entre Frederico e Rui. Será que vai dar casal? Não esquecer que Frederico tem uma pessoa cá fora.

Não perca!

A surpresa não é essa corja nojenta apoiar o bananas. Surpreendente é como um sportinguista consegue apoiar ou sentir orgulho nestes montes de bosta!

4 Curtiram
3 Curtiram

Quem vota nas eleições não são só os notáveis, nem só os foristas. São os sócios do Sporting! E agora há eleições, para quem está contente, para quem não está, para quem está mais ou menos…
Que se apresentem candidaturas de todas as vertentes e se respeitem os resultados!

Não é quem vota, mas sim o mais do mesmo que se encosta e apoia, com medo de perder a mama para outro dos 200.

São 200 cães a uma teta, todos querem mamar, nem que seja umas gotinhas.

Sporting:
A vaca predileta dos croquetes desde 1906.

1 Curtiu

Aí estão eles novamente, os nojáveis.

5 Curtiram

Sou altamente contra estas manifestações públicas de apoio, tal como sou contra comissões de honra e outras merdas.

O mandato vai terminar bem mas ninguém se pode esquecer da bandalheira que isto era até Março de 2020. Clube completamente ao sabor do vento. E o Amorim veio tapar muitas coisas que ainda acontecem e só quem não tem espírito crítico é que não se lembra, coisas transversais ao clube.

Todas estas conversas de apoio e “ah gostamos muito do trabalho, é preciso é estabilidade”, isto é música para os ouvidos de quem manda. Não é por ter ganho que merece apoio. Tem é de ser exigido ganhar mais e criar bases para isso.

Infelizmente não tenho muito boas sensações em relação ao próximo mandato 22-26. Se há coisa que detesto neste Clube são Presidentes idolatrados.

4 Curtiram

1 Curtiu

Ai o Tomás é filho da orca do Rascord?!!!

Bom dia :sunglasses:

Gente de bem…
Só estes 5, tudo somado, quantos milhões deram de prejuízo ao Sporting?

2 Curtiram

O Sporting é isto. Uma corja que se acha dona do Clube por decreto e status social, que tudo faz para manter os seus privilegios.
Mais nenhum clube portugues vive refém dos seus “notaveis”, como o Sporting. Tirando o breve periodo entre 2013/18, foi sempre assim desde a saida de Joao Rocha. Eles (o oraculo leonino) falam e o rebanho vai atras.
Eles vêem a luz e mostram o caminho, porque são iluminados, nós só temos de dizer amen e dar graças por tamanha sabedoria.

Ainda voltei a ser sócio em 2013, na esperanca que o Clube cortasse definitivamente com o passado, mas não valeu a pena. Tempo e dinheiro perdido.
Os sportinguistas são assim, não mudam.
Nem querem mudar.

3 Curtiram

Eu mandei-os à merda em 95, com a entrada do Satanás Flopes.
E nunca mais voltei a ser Sócio; nem com a entrada do Bruno.
E era Sócio desde que nasci…
Vi logo o que vinha aí, o badalado Projecto Roquette, um sinal que a corja fidalga preparava-se para “actos de boa gestão”, e já se sabe o que isso queria dizer.

Sempre fomos “educados” e condicionados que estes senhores são gente séria, da alta finança, bons gestores de grandes empresas e sabedores com know-how financeiro, pessoas com valores correctos, que querem o bem do Sporting, que dão tudo pelo Clube…
Balelas.

Despesismo, mama, endividamento, e a quase ruína num tempo futuro.

Se já não gramava fritos, desde aí ganhei-lhes um asco tremendo.

É o feudo particular dos betinhos, onde uma família dá de mamar à outra, onde fazem as suas convenções do social, os almocinhos e encontros, os Grupos Stromp e Cinquentenários, verdadeiros bastiões da croquettagem, que o Bruno, infelizmente, não teve tempo ou oportunidade para extinguir, esse cancro interno que nos mina e definha lentamente até à medula.

Voltar a ser Sócio perdendo a antiguidade? Talvez.
Se tal for exequível.
Mas para tal acontecer, terá de haver uma conjunção astral favorável, e o cheiro a fritos que grassa em Alvalade tem de desaparecer de vez.

Um Sporting de todos e para todos (menos para a corja, esses podem refundar o Campo Grande Football Club num terreno qualquer da nova cidade panelas).
Não são dos nossos, e nunca serão!

Um Sportinguista que tem orgulho em designar-se como tal, nunca, mas nunca, faria mal ao Clube para benefício próprio, ou de outros.

Maldito probóscide que não teima em morrer de vez, e esconder-se na Quinta da Marinha ou numa África do Sul desta vida.

3 Curtiram

CARTA ABERTA APELA À RECANDIDATURA DE FREDERICO VARANDAS

SPORTING 11:40

Uma carta aberta assinada por mais de 200 sportinguistas, entre os quais vários três ex-presidentes, apela à recandidatura da direção presidida por Frederico Varandas às eleições para os órgãos sociais dos leões.

«É tempo de razão e balanço. É hora de convocar a memória e de assegurar o futuro. Serve a presente para solicitar aos membros do Conselho Diretivo do Sporting, na pessoa do Presidente, o Dr. Frederico Varandas, que, pela estabilidade, pelo bem e pela glória do Sporting, se recandidatem às próximas eleições aos órgãos sociais», pode ler-se.

Na missiva, assinada pelos antigos presidentes Dias da Cunha, Soares Franco, José Roquette, Santana Lopes e Sousa Cintra, é assinalada a «dimensão das dificuldades e os desafios colossais» que os atuais responsáveis encontraram, destacando a «dignidade recuperada».

«Em virtude da obra feita, das reformas estruturais implementadas, é justo que continuem o excelente trabalho que está em curso. Foram conquistados muitos títulos, nacionais e internacionais, com uma cadência e regularidade como há muito o País não via», salientando o título nacional de 2020/21.

Os signatários desafiam, por isso, a direção presidida por Frederico Varandas a recandidatar-se nas eleições marcadas para 5 de março, no Pavilhão João Rocha, em Lisboa.

«Defenderam princípios e valores. Criaram condições para formar e vencer. Conseguiram, transversalmente, em todas as modalidades, fazer uma revolução de mentalidade em termos competitivos. Essa terá sido, porventura, uma das maiores conquistas deste mandato», reforça a carta.

Frederico Varandas foi eleito, em setembro de 2018, o 43º presidente do Sporting, sucedendo a Bruno de Carvalho, destituído do cargo em junho desse ano.