Equipa Sub-23 - 2021/2022

Foto Isabel Silva

JOÃO PEREIRA INTEGRA EQUIPA TÉCNICA DOS SUB-23

Por Sporting CP
24 Jun, 2021

SUB-23

Ex-jogador inicia carreira de treinador no Clube

João Pereira, que encerrou a sua carreira de jogador no final da temporada transacta sagrando-se campeão nacional pelo Sporting Clube de Portugal, vai integrar em 2021/2022 a equipa técnica dos sub-23 Leoninos liderada por Filipe Pedro.

Em declarações aos meios do Clube, João Pereira admitiu que seguir a carreira de treinador era um passo ambicionado. “É um bichinho que foi crescendo ao longo da minha carreira de futebolista. Essa vontade foi-se desenvolvendo e é uma nova aventura para a qual estou motivado”, começou por dizer, antes de admitir, bem-disposto, que já se habituou a ser tratado por ‘mister’ quando ainda era jogador: “A verdade é que alguns colegas de equipa, sobretudo os mais novos, como o Max e o [Daniel] Bragança, já me chamavam ‘mister’ de vez em quando, por isso já me fui habituando um pouco (risos)”.

Encerrada a carreira, João Pereira olha “passo a passo” para o futuro enquanto treinador e, fruto da sua longa carreira, quer “transmitir essa experiência aos mais novos”.

“Quero construir a minha carreira da mesma forma, dando passo a passo. Neste momento sou um aprendiz, é como se estivesse a começar nos escolinhas”, reforçando: “Estou aqui para aprender com todos e para transmitir a minha experiência. Acima de tudo, quero ajudar naquilo que for preciso”.

Embora se mostre preparado para aprender e dar os primeiros passos numa equipa técnica, o ex-jogador verde e branco já olha para a formação de jogadores como o seu novo e principal objectivo no Sporting CP.

“Com as condições que a formação tem na Academia temos o dever de formar bons jogadores, principalmente para que integrem a equipa principal.”

Por fim, João Pereira, ainda de Leão ao peito, mas agora preparado para ajudar fora das quatro linhas, deixou um apelo aos Sportinguistas: “Que esta união em redor da equipa principal continue e se alargue à formação, principalmente quando a pandemia passar para que possam apoiar os mais novos. É importante para eles sentir essa presença e o apoio da bancada para saber como lidar com isso também ao chegar à equipa principal”.

1 Like

O broche continua…

Vai já para treinador dos sub 23 ? Mais um ano de sub 23 sem ganhar nada :roll_eyes:

A sério que vão manter o 0 do mesmo treinador?

Boa piada.
SL

Assim já sabem que facilmente terão uma desculpa para a meio da época o mandarem embora pela falta de rendimento e resultados e o João Pereira assumir o cargo sem se levantar muitas ondas :joy:

2 Likes

Vai ser o treinador ou fazer parte da equipa técnica?

Será adjunto

1 Like

Boa sorte nas novas funções.

Depressa vai ser ele a dar instruções, vai sacar o lugar ao Filipe Pedro.

1 Like

Mais um ano com aquele senhor no banco!! :expressionless::expressionless:

Que aprenda o possível, sabendo-se que nunca poderá aprender muito com aquele líder de equipa técnica.

Curioso para saber qual será o plantel da próxima época.

Há jogadores que quero muito ver nesta equipa ao longo do ano.

Começando pela baliza e defesa. Desde logo, e evidentemente, o Diego Callai. Se possível, o David Monteiro que é muito jovem mas que tem margem para crescer (além de que a sua utilização aqui abriria espaço nos júniores a um óptimo projeto de lateral-ala direito, o Travassos). O Frobenius e o Emanuel Fernandes como centrais — sendo que há algumas dúvidas sobre se o Rodrigo Rêgo irá subir à B ou ficar aqui. E o Flávio Nazinho, se não subir à B (faria sentido, dado que abriria espaço na B ao Gonçalo Costa).

No meio-campo, o Renato Veiga tem-me parecido em franco crescimento dos jogos que tenho visto dele nas últimas semanas. Mas o Dario Essugo também é muito promissor. Entre o Daniel Rodrigues e o Lucas Dias, um — o outro pode subir à B. E, ainda de médios, o Miguel Menino e o Gonçalo Batalha merecem algumas oportunidades. Talvez o Mateus Fernandes, cheio de potencial, possa estar aqui por vezes, também, embora também possa jogar nos júniores.

Nas alas, penso que é garantido que de canhotos o Diogo Cabral estará. Depois, diria que entre o Rodrigo Marquês e o Isnaba Mané, faz sentido um estar nos sub-23 e o outro nos júniores. O Rodrigo tem-me parecido mais adulto a jogar, também é mais velho. Do lado contrário, veremos se o André Gonçalves já passou o calvário daquela lesão longa — era muito promissor. E ainda temos o Rafael Moreira, para ver no que dá.

Já nos avançados, o Chermiti faz sentido estar e ser aposta. Pessoalmente acho que faz sentido o Danilo Luís (julgo que irmão do Essugo) fazer parte do plantel, embora em princípio não seja um jogador para chegar aos A. E há a dúvida Skoglund: vai para a B ou, sendo contratado um avançado para esse escalão (como já se chegou a levantar a hipótese), fica aqui?

Quanto à equipa técnica, não tenho qualquer expectativa relativamente às capacidades do Filipe Pedro — a época passada foi tão desastrosa que não permite isso. Pode ser que o João Pereira tenha alguma capacidade de dar energia ao grupo e sobretudo passar-lhes experiências práticas de treino relativamente parecidas com aquilo que sabe que se faz na equipa principal, porque trabalhou aí com o mister Rúben Amorim durante alguns meses e sabe que tipo de coisas pede ele aos jogadores.

1 Like

Com a aparente (e tardia) saída do Ricciuli e com o Eduardo Quaresma a não poder ser opção regular, diria que o Rodrigo sobe à equipa B.

Se não estou em erro, só sobram Goulart e Lamba nessa posição.

1 Like

Rafael Fernandes deve subir também. Mas realmente não para jogar, mais para treinar e figurar no plantel. Portanto se calhar é isso, Goulart-Lamba-Rodrigo como trio principal.

Pois, assumo que seja esse trio + Quaresma esporadicamente, se ficar em Alvalade.

Salvo alguma eventual contratação que possa ser feita, embora não pareça ser o caso.

Etienne Catena reforça Sporting

Etienne Marius Catena, de 17 anos, deixa a Roma e reforça o Sporting. O central chegará ao clube leonino a custo zero. Ao que Record apurou vai integrar os sub 23

06:08

Catena assina pelo Sporting até 2024 com + 2 de opção

Central vai atuar nos sub-23

Gosto destas contratações - tenho pena é não terem treinador que os desenvolva.

1 Like

Acho que ainda ninguém tinha posto aqui, Carlos Silva de saída

1 Like

Foto César Lomba

SUB-23 E SUB-19 DE REGRESSO

Por Sporting CP
12 Jul, 2021

FUTEBOL FORMAÇÃO

Equipas de Filipe Pedro e Pedro Coelho apresentaram-se ao trabalho

As equipas de futebol sub-23 e sub-19 do Sporting Clube de Portugal deram, esta segunda-feira, o pontapé de saída da temporada 2021/2022.

Os dois conjuntos Leoninos juntaram-se no Auditório Artur Agostinho, no Estádio José Alvalade, com a presença de - para além das equipas técnicas e dos atletas - Frederico Varandas, presidente do Conselho Directivo, Tomaz Morais, director do futebol de formação, Paulo Gomes, director geral da Academia Sporting, e de João Couto, director técnico do futebol de formação.

Os quatro dirigentes dirigiram-se aos jovens futebolistas, assim como os treinadores Filipe Pedro e Pedro Coelho, e deu-se início ao próximo ano desportivo.

No final, Filipe Pedro, técnico dos sub-23, falou aos meios de comunicação do Sporting CP. “As expectativas são cada vez maiores porque a verdade é que o nosso Clube cada vez nos oferece mais condições. Isso só nos dá mais responsabilidade. Os jogadores estão com essas expectativas, vêm com a esperança de uma nova época, um novo desafio e novas oportunidades. Esperamos consegui-las aproveitar da melhor forma”, disse.

Mateus Fernandes, jogador da equipa orientada por Filipe Pedro, não escondeu que “é muito bom estar de volta e ver os colegas outra vez”: “É um grupo muito forte e queremos desfrutar de cada momento. (…) Temos união dentro do balneário há muito tempo e isso fortalece. Entramos para vencer em cada jogo muito por causa disso”.

Para Pedro Coelho, treinador dos sub-19, 2020/2021 foi uma temporada atípica, “mas os objectivos mantiveram-se iguais”. “É algo que é dominante na nossa Academia, a preparação dos jogadores para chegarem à equipa A. Assim o tentamos fazer. Queremos que os jogadores sejam cada vez mais fortes. Temos talento, qualidade individual e as condições do ponto de vista estrutural para os jogadores chegarem o mais rápido possível à equipa A”, lembrou.

Por fim, Samuel Justo, jogador sub-19, contou “é sempre bom voltar aos treinos e a esta casa”: “As nossas férias foram curtas, mas já pareciam uma eternidade. O que gostamos de fazer é treinar. A época passada não foi a melhor em termos de competição, mas isso torna-nos mais fortes mentalmente. (…) O importante é nunca perder o foco. Um dia estamos aqui, noutro podemos estar na equipa A e temos de evoluir”.

1 Like