Empréstimos e Jogadores por colocar 2020/2021

Assustador o salário do Battaglia.

Cintra e as suas desventuras… Esse é que devia ter sido expulso…

1 Like

O mercado está meio parado mas os campeonatos já terminaram há várias semanas e vejo poucas decisões.

É cedo mas está igual há um ano atrás, em que a gestão dos excedentários foi péssima.

Prioritário colocar uns quantos jogadores rapidamente, sobretudo os que estão mais próximos de terminar contrato.

Todos queremos novidades, mas calma. O mercado ainda nem abriu, só depois do euro é que isto vai começar a aquecer

Eu tenho calma mas todos os anos pedem calma e, depois, vê-se o resultado que a calma dá: jogadores emprestados sem critério, apenas para poupar salários, e acabam desvalorizados e deste lado novamente.

Enquanto não se perceber que a gestão dos excedentários tem que ser realizada durante todo o ano e não apenas no Verão com vista curta, os resultados serão sempre os mesmos.

E o do Diaby?

■■■■■■■ até mesmo o do pino do ilori.

No mercado do ano passado não foi isso que aconteceu, mexeram-se bastante bem.

Mas concordo que se têm que mexer o ano todo, a questão aqui é, sabes se eles se mexeram ou não? Eu não sei, e nos jornais também não adiantam muito (e mesmo que digam alguma coisa, vale o que vale…)

Também. Não se pode continuar a gerir o clube assim.
Ridículo, como estes barretes mamam estas quantidades de guito ao fim do mês.
O problema é que quando estes acabarem o contrato connosco, já estarão outros como eles na mesma situação. Aqui está a grande ruína financeira, dos clubes, juntamente com a mama dos empresários.
Tem que se ajudar uns aos outros.

Mexeram-se bastante bem? Curiosamente, tenho a opinião oposta: foi péssima a intervenção no mercado há um ano atrás.

E refiro-me à gestão dos excedentários, é disso que estou a falar aqui.

Quanto ao mexerem-se o ano todo… Bom, tendo em consideração a forma como os jogadores foram sendo emprestados e a quantidade que ficou a treinar diariamente em Alcochete até janeiro, diria que ficou à vista que não houve uma estratégia, foi mesmo só despejar jogadores a quem lhes pagasse salário.

Quando vejo pessoas (incluindo CS) a fazer prespectivas de ganhar 40 ou 50M com excedentários só me dá vontade de rir…

A maioria tem salários inversamente proporcional ao talento e não vai querer abdicar desse vencimento.

Há aí pessoal a ganhar 1ou 2M que o salário pagava metade do orçamento das equipas que se adequam as suas qualidades futebolisticas.

Por isso no final, ou se rescinde se ou voltamos a emprestar com o objectivo de aliviar folha salarial. Duvido que se consiga fazer algum cash relevante com este entulho todo

É aqui, espero eu, que entra o Amorim.

Deixam de haver gajos a mamarem salários chorudos mas que não contam. Pôs claramente um travão nesse tipo de contratações sem sentido e agora há uma seleção mais rigorosa.

Espero mesmo que sim. E este ano foi um bom indicador nesse sentido. Que seja para continuar assim.
Um gajo olha, para aquela lista, e pensa no que se gastou/gasta na contratação, mais comissões e salários e quase tem um AVC.

1 Like