[Dicas Ambientais] Google com fundo preto

Pode parecer extremismo mas tambem não custa nada tentar, o grafismo até é apelativo, o conceito é bom e se não cansar a vista do pessoal (a mim até facilita embora haja quem diga o contrário) é uma boa opção para Homepage.

Black Google Would Save 750 Megawatt-hours a Year

As noted, an all white web page uses about 74 watts to display, while an all black page uses only 59 watts. I thought I would do a little math and see what could be saved by moving a high volume site to the black format.

Take at look at Google, who gets about 200 million queries a day. Let’s assume each query is displayed for about 10 seconds; that means Google is running for about 550,000 hours every day on some desktop. Assuming that users run Google in full screen mode, the shift to a black background will save a total of 15 (74-59) watts. That turns into a global savings of 8.3 Megawatt-hours per day, or about 3000 Megawatt-hours a year. Now take into account that about 25 percent of the monitors in the world are CRTs, and at 10 cents a kilowatt-hour, that’s $75,000, a goodly amount of energy and dollars for changing a few color codes.

A quem quiser experimentar: http://www.googlepreto.com

:clap:

Recebi esses “aviso” por mail, parece uma boa solução/alternativa.

Isto é muito bem intencionado mas quem é que ainda usa monitores com TRC? :slight_smile:

É que essa dica só é efectiva para esse monitores, nos LCD’s e TFT já não é verdade… :idea:

É mais uma manobra interessante de marketing por parte do Goolge que está a funcionar em pleno … já vi esta informação em vários locais!

Eu, e não troco por nenhum LCD :wink:

Engano caro Avantix.
Este site não pertence ao Google. Segundo aquilo que me parece é um site que apenas aplica uma style sheet (ou algo parecido) na página principal e nos resultados. Se reparares, apenas a pesquisa da Web é a negro. Todas as outras pesquisas (Imagens, Grupos, etc) mantêm-se a branco.
Por último, se vires no site a última frase é a seguinte: “Nota: Este site não pertence a Google Inc,
porém as pesquisas aqui realizadas são feitas por intermédio do mesmo
.”

Hmmm as minhas desculpa então ao google, mas sempre me passaram a informação como se fosse uma nova “feature” do google. Se foram uns “idiotas” a inventar isso, e a google não tem nada a ver com isso, então mil perdões à empresa!

Boas,

Essa versão que vocês aqui falam não é a oficial do Google, a oficial do Google é a Blackle (=Black + Google), e como o Avantix referiu, foi criada pelo marketing do Google em resposta a um artigo de Mark Ontkush no seu blog ecoIron, intitulado “Black Google Would Save 750 Megawatt-hours a Year”.

Mais referências: http://blog.activemedia.pt/2007/06/29/google-goes-blackle/

Cumps,

pEDRo

Continua a não ser verdade! O Google não tem nenhuma versão a negro.
http://en.wikipedia.org/wiki/Blackle.com

Não vale a pena inventar pessoal… Para ter o Google a preto, sem passar por moradas manhosas e sem se saber a quem pertencem, a melhor solução é:

Firefox + extensão “GreaseMonkey” + script “Google Dark Extended”

http://userscripts.org/scripts/show/4211

A única coisa que faz é aplicar uma folha de estilo alternativa ao Google.com.