Crédito Habitação

Boa tarde pessoal, no meio desta pandemia eu e a minha namorada estavamos mesmo à espera do mês de Abril para ter o nosso IRS pronto e pedir crédito habitação? O que posso esperar no futuro? juros altíssimos? incapacidade de aceder a crédito nos próximos meses? Abraço

O que tem passado para fora, eu entendo pouco, é que a nível das Euribor, prevê-se uma subida das mesmas.
Em termos de aprovação do crédito, estará mais dependente das vossas condições financeiras do que propriamente outra coisa.
Mesmo o valor médio do imobiliário, disparou nos últimos tempos e, opinião pessoal, acredito que a generalidade das pessoas agora não queira vender/comprar.

Mas há pessoal muito entendido na área aqui no fórum. Aguarda resposta deles.

Obrigado pela resposta @Phillipric, neste caso nos ja tinhamos tudo alinhavado, só estavamos mesmo á espera da altura de tratar do IRS para ir ao banco. O feedback que iamos tendo é que ia ser analisado o caso, mas com boas expectativas, e numa simulação que fizemos em casa a prestação seria à volta dos 180€. Neste momento entregamos os papéis ontem no banco, e sentimos um sorriso do gestor quando lhe perguntamos se achava que a quarentena iria adiar isto, ele deu a entender que sim. O que me preocupa mais nem é o adiamento, é no futuro uma prestação que estavamos a contar ficar nos 180 passar para os 250 ou assim. Se alguém no fórum me puder esclarecer melhor agradeço. Abraço

É taxa variável ou fixa?

Se for variável, estão sujeitos a essa mesma flutuação. Hoje assinar por um valor e daqui a uns meses estarem a pagar outro.

Variável sim, já me informei com um amigo dentro do ramo que me desaconselhou a taxa fixa. Disse me também não acreditar que a taxa variável suba muito nos próximos tempos, apesar da pandemia.

Tenho Euribor 3m com spread de 0,5%. A partir do próximo mês vou ficar com TAE negativa.

Seguro de recheio, alguém tem ?
Se sim, porquê?
Queria que me convencessem de que vale mesmo a pena. :grinning:

Ainda não estou convencido, apesar de a maior parte das pessoas que eu conheço terem um e me terem aconselhado a ter, a verdade é que eu nunca tive e em 8 anos que moro com a minha mulher só precisaria dele uma vez devido a um incidente elétrico que me avariou a televisão, a maquina de café e a caldeira.
A caldeira consegui meter pelo seguro do edificio, portanto o prejuízo foi a televisão e a máquina de café: 220 euros.

A ultima simulação que fiz foi no Aegon Santander e deu-me 125 euros anuais. Por esse valor não acho que se justifique, parece-me demasiado alto.

Sei q a minha esposa fez 1 mas não te sei dar pormenores, por enquanto.

Vou lhe perguntar

1 Like

Olha, para um valor de 60.000€ pagamos 82€/ano.

Tranquilidade.