Bruno de Carvalho - Presidente do Sporting Clube de Portugal

Aquilo que o BdC disse é simples, e acho que não deixa espaço para muitas diferenças de interpretação (menos para pessoas como essas do “camarote da croquettagem” que distorcem tudo o que é dito e feito, para que assim consigam continuar com os seus caminhos de ódios mesquinhos e ridículos):

A maioria dos Sportinguistas não percebeu o que implicava/significava o novo regulamento eleitoral, e a maior parte sempre achou que a simples mudança de número de votos dos sócios é que tinha alterado todo o “paradigma”. Acho que isto não é mentira nenhuma.
Porque mesmo com o novo sistema de votos, mas com o regulamento eleitoral antigo (que praticamente era inexistente), seria sempre possível de fazer a mesma trafulhice que fizeram em 2011. E assim, a mudança do regulamento eleitoral, veio acabar com muitas “portas do cavalo” que existiam.

E ele disse isso tudo para explicar que, tal como se fez no Sporting, é também preciso mudar regulamentos no futebol - que muitas vezes não são aqueles que estão mais à vista - para que se consiga ir eliminando a facilidade de viciação do “sistema”.

Claro que o “gozo” maior foi a croquettagem não ter percebido o que iria mudar com a alteração do regulamento eleitoral. Andavam muito preocupados com o sistema de votos dos sócios, porque pensavam que o maior perigo para eles e para a sua “dinastia” estaria apenas aí.

lembrei-me disso há uns tempos, mas esqueci-me de perguntar aqui.

Parece-me que não avançou. Devem ter pensado melhor e devem ter falado bem entre eles (e também com o Leonardo Jardim) e meteram a ideia na gaveta.

Devo dizer que era uma medida que sempre me deixou com algumas dúvidas acerca da sua eficácia, e duvido muito que fosse fácil de implementar, porque tínhamos que ter um treinador disposto a perder alguma autonomia do seu preparador físico.

Se optaram por aquilo que acharam melhor, então ainda bem.

Ou então ainda não há verba.

estive a rever o site oficial da campanha do BdC. Será que o nosso Presidente já obrigou Bacelar Gouveia e Artur Torres Pereira a tornarem-se socios do clube? :twisted:

!!!

Se não fossem nem sequer se podiam candidatar aos órgãos sociais do clube.
Cada sócio para se poder candidatar tem que ter pelo menos 5 anos de sócio, e isto não é algo de novo, já tem muitos anos, está nos estatutos.

Não percebi sinceramente… Alguém te enganou.

E já agora, para que não existam dúvidas:

48.757-0 JORGE BACELAR GOUVEIA 68.307-0 ARTUR RYDER TORRES PEREIRA

p.s: Ou era alguma piada da tua parte que eu não entendi ?
É que todos os dias nascem mentiras destas que depois se espalham e as pessoas acreditam, por isso já nem dá para perceber muito bem quando é piada ou não.

Isso foi uma aldrabice plantada pelos do costume…

Ao contrário desse senhor que postou o texto, considero uma das mais importantes entrevistas sobre o futebol português dos últimos tempos, que infelizmente vai passar ao lado devido ao ruído sobre o falecimento de Eusébio, se este vai ou não para o Panteão, um circo e uma banalização do que deveria ser o Panteão é o que se verifica.

A entrevista, tal como já tinha o Presidente mencionado em outras ocasiões, fala da necessidade de criar regras que salvaguardem tanto o futuro dos jogadores como o dos clubes formadores e também de regras para ajudar os árbitros (aqui penso que é mais discutível o que o Presidente disse, nomeadamente sobre o auxilio ás imagens para tomar decisões, deveria ser antes posto em fase de testes).

Em suma, uma grande entrevista.

Eu sei que há muita gente que chama “tia” à própria mãe. Isso dá uma data de “tias”. Mas num universo como o sportinguista, mesmo uma catrefada de tias não é suficiente para ser considerada uma facção!

Há depois aquela espécie de mulheres-a-dias-masculinos (presumo que é assim que se designam aqueles tipos que gostam de se vestir de avental) que usavam o Sporting como quintal das traseiras onde, depois das jantaradas nas lojas em que distribuem negociatas, iam embevecer-se com uma série de jovens adónis, bem constituídos a pular no prado. Esses não desistirão assim tão facilmente desse “sonho”!

Mas, mesmo estes, têm uma veia lampiã: para tentar meter medo aos outros, gostam de simular que são muitos mais do que na verdade são! E, convenhamos, única coisa que têm de facção é… façam o favor de ir para o rai-que-os-parta!

Fora estes casos patológicos, sobra quem?

A união não é unidade. E não há clube com maior diversidade que o Sporting onde, felizmente, nunca haverá unidade.
Mas eu, que vi jogar o Yazalde com estes olhos que a terra há-de comer, vos digo:
Em tantos anos, nunca vi união, genuína, como a que existe agora!

Quando se diz a palavra “Sporting” num café, na rua, numa festa, os olhares não se escondem.
Ao invés, as cabeças viram-se, muitas, imensas, com um sorriso rasgado e olhos orgulhosos que dizem: “Dá-lhe! Estamos juntos”

Por isso, meu caro Lion, percebe-se a tua preocupação, legítima, por ainda haver um punhado gente ínvia escondida na sombra a destilar revanchismo. Mas, como a história prova, não serão meia-dúzia de velhos cataclísmicos e medrosos que nos hão-de impedir de partir à conquista! Esses, ou acordam para a vida e vêm connosco, ou ficam na praia a falar sozinhos!

A nau já partiu e…
O SPORTING É NOSSO!
DE TODOS!!!

Acredito e espero bem que sim, meu caro. :great:

É nosso sem duvida e por mais que mintam já vão tarde, tudo serve para dizer mal acreditam os maus Sportinguistas.

Só precisei de ler o título do blog para saber o que vinha aí… Que deixe o “camarote” e que vá para a curva.

Quanto menos publicidade derem a essa “gente”, melhor é.

Não sou ninguém para pedir algo aos outros foristas, mas… ficaria agradecido se ninguém voltasse a colocar aqui textos ou links para blogs como esse, que são verdadeiros viveiros de desonestidade intelectual e parvoíce.
O que essa gente quer é publicidade e atenção. Não lhes dêem isso.

Bom trabalho que está a ser feito ate agora com os excedentários neste mercado de inverno !

:clap: :clap:

:arrow: :arrow:

Concordo totalmente!

O pior que podemos fazer é dar importância e publicidade a tais blogs, utilizadores e textos, não vale a pena.

Paulatina e assertivamente, tem estado a arrumar a casa. A resolver os inúmeros casos bicudos e a apagar os muitos fogos que existiam e ainda existem em Alvalade. Muito há ainda a fazer, mas as indicações dificilmente poderiam ser mais positivas.
Pode-se gostar mais ou menos do estilo comunicacional de BdC, mas acho que é inegável que o nosso Presidente tem feito um trabalho de grande qualidade até ao momento.

Gosto particularmente da falta de medo em por a “boca no trombone”.
Isto tudo feito de forma bem explicita, sem nunca referir nomes. O que me dá um duplo gozo. Em primeiro lugar, porque diz aquilo que pensa, e em segundo, porque é inteligente ao ponto de nunca falar em nomes, para não ser castigado pelos amigos do sistema. Ao mesmo tempo, com a sua postura, retira alguma da pressão que poderia existir em torno do plantel profissional, dado que os jornaleiros adoram tudo o que é fait divers, desde que meta BdC ao barulho.

Espero e desejo que BdC siga no trilho que tem caminhado até ao momento. Tem dado frutos e tem sido tremendamente refrescante e extraordinariamente positivo e fundamental para o nosso clube.

A foto de capa do facebook do record:

Não há vergonha na cara.

Que grande porco, pena não te arrasarem de uma vez por todas, ladrão.

Querem derrubar o Sporting Clube de Portugal com o Roubo, mas não derrubam, cambada de cães.

Que provocador :cartao: :cartao: Dá raiva ver jogos apitados por este f.d.*

que foto é essa? Não consigo ver estou no PC do trabalho!