Basquetebol no Sporting Clube de Portugal

É optimo perceber toda esta alegria em ver a possibilidade de regressar o Baket ao nosso Sporting. Será muito importante para quem forem os mentor esdeste projecto poderem aqui chegar e perceberem que as novas gerações estão muito motivadas. Eu acredito plenamente que será um projecto que trará até nós largas dezenas de jovens com vontade de envergar o nosso símbolo!

Boas tardes,

Talvez deva começar por desejar a melhores felicidades aos “loucos” que iniciam agora este projecto. :slight_smile:

Um grande abraço cheio de bons desejos.

Pedro

PS. Tenho imensas e boas recordações do basquetebol no Sporting!

È das melhores notícias que poderíamos ter ao nivel de reativar modalidades extintas :great:

Mais,

Sempre conheci o SPORTING como sendo o clube mais eclético de todos por isso apoio na totalidade este regresso e que seja

sustentado e de preferência SEM :cartao: andar com a casa ás costas.

Cumps

csl

Grande notícia!

O Sporting é dos clubes com maior tradição no Basket em Portugal! Tendo inúmeros títulos de campeão nacional!

Muito boa notícia.

:clap:

Das maiores tristezas que tive na minha infância…nunca ter podido defrontar o Sporting CP, enquanto passei os anos a defrontar benfica, algés, queluz, belem, etc…

Até que enfim, o regresso ao meu 2º desporto. A confirmar-se, uma excelente notícia. :clap:

Eu recordo-me :exclaim:

Tenho na minha memória um jogo no Pavilhão do Queluz para decidir o campeão da 2 Divisão, onde uma turma bem grande foi a Queluz. Ao intervalo o pavilhão teve que ser evaquado devido a 1/2 potes de fumos lançados.

Ganhamos esse jogo e fizemos o 3-0 tendo sido campeões.
O João Carlos Guimareães, irmão do Jean-Jaques (jogador do Carnide, mas grande Sportinguista) meteu uma choriçada do meio-do campo a acabar a 1ª parte.

Eu joguei, tanto na Nave, como no antigo pavilhão (interface do Metro actual), até os tacos saltavam.

Mário Albuquerque, Nelson Serra, Rui Pinheiro, Augusto Baganha, Israel Mike Plaowden … e Carlos Lisboa…

Estes nomes dizem-vos alguma coisa?

Eu vi-os jogar, bem puto, na Nave…

Acabámos com o Basket e quem lucrou com isso foi o Queluz e depois o carnide com a ida do Lisboa para lá.

No Pavilhão queres tu dizer :slight_smile:

A Nave só apareceu lá para 86 ou 87 eheh

Nunca jogou no Sporting, penso eu.

SL

Mas jogou em Alvalade. Pelos adversários… :mrgreen:

Um senhor, para mim era superior ao Lisboa e já o vi em fim de carreira e nos torneios de veteranos que havia nos anos 90’ e muitos no pavilhão da Ajuda, este senhor ainda espalhava magia. Ainda apitei alguns jogos, mas desisti porque era ameaçado de porrada, até o meu pai quando lhe marcava faltas. :mrgreen:

Excelente ;D

[youtube=650,535]Basquetebol, Sporting - 102 Porto - 91 de 1988/1989 - YouTube

:drool:

Epá, sem palavras. :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap:

Tenho saudades de ver o SCP no basket.

Os meus parabéns aos mentores do projeto e que nos encham de orgulho tal como a secção de hóquei em patins. Sportinguismo real, são, terra-a-terra.

Tens razão, no Pavilhão. Na nave vi foi grandes jogos de andebol. A idade começa a pregar partidas… :-[ :-[ :-[

Não me posso esquecer que a maior parte do pessoal aqui tem menos de metade da minha idade e têm uma “mimória” de elefante…

Eh pá, enganei-me, não era o Mike Plowden :wall: :wall: :wall:… ajudem-me lá, quem era o americano também escurinho que jogou no Sporting lá pelos anos em que jogou o Lisboa e o Rui Pinheiro?

Ah, e se faz favor, não gozem que vocês hão-de chegar à minha idade, se Deus quiser. :mrgreen:

Gêbêeme,

Eu não sou desse tempo mas tenho ideia que não tivemos nenhum americano escurinho na altura do Rui Pinheiro e companhia, a não ser que te refiras ao Mike Carter (que não era bem escurinho). Uns anos antes, esteve cá o Mark Crow, que hoje em dia é um dos principais olheiros da NBA na Europa.

Tivemos foi nos finais da secção o Steve Carney e o Anthony Carver

O Americano que jogava na epoca do Brasileiro Israel era branco.
Penso que como diz o Hugo se chamava Mark Crow.

SL

Era branco… e loiro. Salvo erro o 1º norte americano a chegar, não me ocorre o nome!
E o Sobreiro, no pavilhão da Ajuda, mais o Augusto Baganha(que veio da Académica)? Mais o Valente. o Encarnação, o Guimarães, o Mário de Albuquerque, Rui Pinheiro…

Que bom, voltarmos ao Basket!