[Arbitragem] Para quando um vermelho à incompetência?

Cartão vermelho à intolerância? E para quando um vermelho à incompetência?.. É preciso coragem para entrar por estas lamentações quando, em 7 jornadas de campeonatos, já tivémos mais de duas dezenas de erros graves e muito graves, tanto na BwinLiga como na Vitalis?

Ainda ontem, no âmbito da Carlsberg Cup, passou um programa na RTP 1 que mostrou como os árbitros das várias Associações se preparam para os fins-de-semana de futebol. E, além de treinarem situações de jogo no terreno e de tentarem corrigir alguns erros nesses encontros semanais, os árbitros ainda vão passar a ter ginásio e tudo mais. Ou seja, têm cada vez mais condições. Mas a trampa continua a mesma…

Deste modo, aproveitando o ridículo (na minha opinião) desta capa de pasquim, abro este tópico para ver quem é que ganha até final de temporada: se a intolerância ou se a incompetência. :think:

Mas o Pasquim de Merda tem razões de queixa? por isso esse título.

Também o Cá Macho anda a mandar umas bocas defendendo os seus (os árbitros).

Ganha a incompetência (mas estou como o DF, às vezes é porque querem mesmo prejudicar alguém).

Curioso também o facto do Olarápio Benquerença ser o árbitro que levanta o “vermelho à intolerância” mais alto. Ele há com cada uma. :smiley:

Como é que querem que haja tolerância se até mesmo hoje, no jogo da Taça da Liga, sem que o Sporting tenha razões de queixa da arbitragem nem coisa que se pareça, os senhores do apito conseguiram mostrar como são incompetentes?

Passo a explicar: em pouco mais de um minuto, o auxiliar que acompanhava o ataque do Sporting conseguiu ver uma coisa a 40 metros que não existiu e conseguiu não ver outra que aconteceu a 10 metros dele. Assinalou pontapé de baliza numa bola que Romagnoli, dentro do campo, foi captar dentro do terreno de jogo e não apontou para o canto quando Moutinho ia para cruzar e foi desarmado por um adversário.

Pode parecer estúpido, mas tanto é incompetente o árbitro que deixa passar dois penáltis como um elemento de uma equipa de arbitragem que faz asneiras “miudinhas” o jogo todo.

O problema da arbitragem infelizmente vai muito, muito mais longe do que meramente influencia de um clube, ou de uma pessoa.

E um sistema de corrupcao, compadrio e influencias que se estende dos distritais aos campeonatos profissionais, de dirigentes a empresarios, a jogadores a arbitros, a associacoes, clubes, enfim tudo. Eu confesso que so me apercebi disso quando comecei a ter algum contacto com o que passava nos distritais e ate em campeonatos de veteranos, a instituicao de corrupcao que comeca assim que um arbitro poe pela primeira vez o pe num campo de futebol e assustadora.

Alem do mais ,muitos dos arbitros parecem ter um conhecimento realmente deficiente das regras e ate de como se comportar em campo, ou de como reagir perante situacoes de duvida, muitas vezes eles fazem asneiras porque ve-se claramente que nao se aperceberam do que se passou e reagem em funcoes dos protestos, publico, tempo, fase da lua, etc…

muito, mas muito teria de ser feito nesse campo, mas infelizmente nada sera feito e tudo continuara como antes.

O terceiro a contar da esquerda da capa, o tal que marca penáltis quando a bola bate na cabeça de um jogador que está dentro da área mas continua a apitar no principal escalão, esteve ao seu nível ontem em Guimarães.

Incrível como não se marca uma grande penalidade daquelas [Nilson sobre João Paulo], que dá para ver de qualquer ponto do estádio e, quem sabe, até do lado de fora.

Para já, depois do apelo do Pasquim, o score está:

Intolerância 0
Incompetência 1

Os senhores da U.Leiria, apesar de terem andado anos e anos a comer da mão dos douradinhos, têm razão para mostrarem a sua intolerância para com o senhores do apito.

PS: E ainda só houve um jogo da BwinLiga desde a capa do Pasquim.

Recentemente não vi nada mais ridículo, logo fica aqui a vergonhosa arbitragem do Napoli - Juventus desta noite:

http://www.dailymotion.com/video/x3bgc3_napolijuventus-31-goals-wwwonlinepa_news

Isto sim, uma prova indelével. Um claro atestado de incompetência.

Os dois penáltis assinalados a favor do mítico Napoli são algo de inimaginável… :cartao:

O saldo da Juve ainda está largamente positivo. Acho que mesmo que fossem roubados com 2 penalties por jogo esse saldo não ficaria equilibrado, uma das equipas mais beneficiadas de sempre, aliás, provado em tribunal.

O 1º penalti ainda é daqueles complicados, agora o segundo, mergulho digno de simulão sabrosa :mrgreen: :liar:

São os dois inaceitáveis, Alemid. Os dois.

E hoje, em mais um jogo nacional que espreitei, mais uma prova de incompetência: o Major Pedro Henriques a fazer das suas. Na Luz não atendeu à sinalética do seu auxiliar, mas hoje, na Amoreira, sem tantas objectivas em cima, concordou em assinalar uma grande penalidade inexistente a favor dos canarinhos e que lhes deu o 2-1. Estava 1-1 o jogo, com o Santa Clara por cima, e acabou 5-1. Muita bem, Major! :cartao:

Assim, o score passa a estar:

Intolerância 0
Incompetência 2

Será que vale a pena continuar com este placard?.. :think:

Por que não continuar com as análises a pente fino? Tu que és uma pessoa que está sempre em cima dos jogos é fácil fazeres uma análise. E no fim do ano meter no LivreIndirecto.Net o saldo de erros, vai ser um post útil que poderá chegar aos ouvidos de quem anda lá dentro. :victory:

É uma ideia a ter em conta, Miguel. Só não sei se “pago para a Santa” se estiver a perder tempo a divulgá-la… :smiley:

Volto a este tópico para deixar uma gargalhada: :lol:

É que o Napoli recorreu do castigo de dois jogos que ia ser aplicado ao Zalayeta por aquele mergulho que fez corar o Karadas, onde quer que ele esteja agora, e a Federação Italiana já não vai castigar o uruguaio. Tudo porque o Napoli conseguiu “provar” que Zalayeta tinha sido agarrado por um defesa da Juve e com isso tinha perdido o equilibrío. Não acredito… :rotfl:

Incompetências deste fim-de-semana:

  • fora-de-jogo quilométrico de Postiga no golo do Fóculporto.

  • Paixão a inventar um livre que, por azelhice dos pacenses, deu no golo dos encarnados. O Léo pensava que o Rovérsio era um corpo gasoso e atirou-se contra ele na esperança de assim o ultrapassar…

  • auxiliar do Sporting - Naval dá uns quantos de passos em direcção à linha de fundo, como sinal de que ia marcar penálti, mas depois arrepende-se. Fala com o árbitro, inventam um “jogo perigoso” e decidem marcar livre indirecto, dois metros ao lado de onde foi feita a falta e fora da área. Livre quê? Indirecto? E a sinalética, El Mano? Três ou quatro erros graves de arbitragem só numa decisão. É obra! >:D

Posto isto, apesar de El Mano Santos e Paulo Baptista não pertencerem ao lote dos 10 que mostraram o “vermelho à Intolerância”, aqui vai o score:

Intolerância 0
Incompetência 5

PS: se alguém vir algum sinal de intolerância injustificada para com o trabalho de uma equipa de arbitragem, avise que é para actualizar isto. :whistle: