Andebol do Sporting!

Seguimos em frente com uma vitória confortável e demonstrativa do valor que esta equipa ainda mantém!

Andebol: Taça das Taças Sporting, 30 – Goldmanndruck, 22

O Sporting seguiu em frente na Taça das Taças, ao vencer o Goldmanndruck por 30-22. O encontro foi muito disputado, sobretudo no primeiro tempo, tendo na segunda parte o Sporting entrado mais forte e por isso conseguiu construir uma vantagem bastante confortável. Na primeira-mão, os “leões” tinham alcançado uma vitória por 33-32.

Na primeira parte, a equipa verde e branca não esteve ao melhor nível, a defesa raramente acertou com as movimentações e as trocas de bola do ataque austríaco e a linha avançada também não esteve bem, falhando muito na finalização.

O intervalo foi um bom conselheiro para os jogadores “leoninos”, já que entraram na segunda parte muito empolgados. A defesa melhorou consideravelmente, o contra-ataque foi bem praticado e rapidamente o Sporting cavou uma diferença de sete golos. Esta vantagem permitiu a Fran Teixeira dar minutos de jogo e ritmo competitivos aos atletas que têm sido menos utilizados. O Sporting passou em frente na eliminatória da Taça das Taças e foi um justo vencedor da partida.

O sorteio da próxima eliminatória realiza-se na terça-feira, às 11 horas portuguesas, em Viena Áustria.
Ficha de jogo

Local: Pavilhão do Casal Vistoso
Árbitros: Krstic e Ljubic (Eslovénia)
Sporting: Miguel Fernandes, João Ferreirinho, Milan Sthor (4), Pedro Gama, Luís Gomes (4), Rui Silva (6), Pedro Jerónimo (2), Álvaro Martins (4), Inácio Carmo (4), Ricardo Dias (3), Armando Pires, Hugo Carvalho (2) e Hugo Canela (1)
Treinador: Fran Teixeira

Parabens :smiley: !

vi o jogo, a espaços.
temos uma boa equipa e, acima de tudo, um treinador competente.

Parabéns à equipa de andebol. :slight_smile: Infelizmente, não somos cabeças de série no sorteio para os oitavos de final. Corremos o risco de calhar com uma equipa de um país mais cotado na modalidade.

Mas somos leões! Venham quem vier, é para ganhar. :arrow:

Estamos em grande forma, acho que estamos em melhor forma ainda que a época passada.

Parabéns … estão a demonstrar o verdadeiro Sporting :wink:

Eu sou sincero,

Abominei a ideia de abandonar a Liga e de voltarmos para o campeonato dos “pobres”, mas ao ver a palhaçada que se instalou, só posso dizer que foi uma decisao acertada e que a secção de andebol esteve bem.
Ando a dar o braço a torcer vezes demais ultimamente :x :oops:

Quanto à Taça das Taças, parece-me que se não foi possivel o ano passado com a grande equipa que tinhamos, mais dificil ainda será este ano, mas nunca se sabe, e como diz a excelente assinatura de um membro nosso- “Quem luta pode perder, Quem não luta já perdeu”…

Enquanto la estivermos…

Também me parece que não vamos ter tarefa fácil, mas há que ter esperança!

Pois, aconteceu o que eu temia. Calhámos com o HSV Hamburg da Alemanha.

Não há nada a fazer. O caminho é só um: A ELES!!! :arrow:

O Sporting somou a quinta vitória consecutiva acima dos 30 golos na Divisão de Elite.

Parece que estamos com raça nas modalidades “amadoras!”
Espectáculo… se triunfassemos em tudo este ano… :lol:

23-10-2004 Andebol: Fermentões, 23 – Sporting, 34

O Sporting somou a quinta vitória consecutiva acima dos 30 golos na Divisão de Elite. Os “leões” adquiraram cedo uma vantagem confortável e o treinador aproveitou para rodar todos os jogadores e poupá-los para o encontro de domingo, com o Módicus, no Pavilhão do Casal Vistoso (17:00 horas).

A equipa “leonina” chegou rapidamente aos quatro golos de vantagem, fruto do acerto defensivo e da eficácia do contra-ataque. O sistema defensivo de 6-0 funcionou em pleno, o que permitia os contra-ataques rápidos.

Na segunda parte o técnico Fran Teixeira colocou em campo os jogadores menos utilizados, com João Ferreirinho a defender a baliza. E a equipa manteve os níveis competitivos, chegando aos 35 golos.

FICHA DE JOGO
Local: Pavilhão Municipal de Fermentões
Árbitros: Fernando Humberto e Rui Velez
Resultado ao intervalo: 11-17
SPORTING: Miguel Fernandes e João Ferreirinho; Hugo Canela (2), Milan Stohr (2), Pedro Gama, Hugo Carvalho (1), Armando Pires (9), Luís Gomes (6), Rui Silva (2), Ricardo Dias (3), Pedro Jerónimo (4), Inácio Carmo (3) e Álvaro Martins (2)
Treinador: Fran Teixeira

Isso de triunfar tudo não vai dar, no hoquei é impossível, já no Andebol e no Futsal temos muito boas hipóteses!

Depois da vitória tangencial contra o Francisco de Holanda temos o regresso aos jogos com mais de 30 golos! :slight_smile:

30-10-2004 Andebol: Sporting, 37 – P. d’Arcos, 19 Em jogo a contar para a nona jornada do Campeonato Nacional de Elite, o Sporting recebeu e venceu o Paço d’Arcos por 37-19. Uma excelente exibição da equipa de Alvalade, sobretudo em termos defensivos. Ao intervalo o marcador marcava 16-7.

Os “leões”, no encontro com o Paço d’Arcos, tiveram menos dificuldades do que se previa, pelas prestações que adversário tem realizado ao longo da prova. Os pupilos de Fran Teixeira realizaram uma primeira parte irrepreensível, sobretudo na defesa. O ataque teve algumas falhas, mas isso também se deveu a alguma desconcentração perante as facilidades encontradas.

A segunda parte tornou-se mais fácil, mas não teve história. Domínio total dos “leões” que alcançaram mais uma justa vitória. Na segunda-feira, dia 1 de Novembro, o Sporting defronta fora a equipa da Juventude do Liz.

Ficha de jogo

Local: Pavilhão do Casal Vistoso

Sporting: Miguel Fernandes, João Ferreirinho, Luís Gomes (5), Inácio Carmo (3), Pedro Jerónimo (5), Rui Silva, Milan Sthor (8), Álvaro Martins (3), Pedro Gama (3), Hugo Canela (4), Armando Pires (3) e Hugo Carvalho (3)
Treinador: Fran Teixeira

Já somos a unica equipa com tudo vitórias.

Mais uma nos trintas! :smiley:

01-11-2004 Andebol: Juventude do Lis, 21 – Sporting, 33 Em jogo a contar para a 10.ª jornada do Campeonato da Divisão de Elite, o Sporting venceu a Juventude do Lis por 33-21. Os “leões”, à imagem do que aconteceu no encontro frente ao Paço d’Arcos, realizaram uma excelente exibição, sobretudo em termos defensivos.

A equipa orientada por Fran Teixeira resolveu a partida logo no primeiro tempo. Prova disso foi estar a vencer por 20-13 ao intervalo.

No segundo tempo, os “leões” souberam gerir muito bem a vantagem e alcançaram mais uma justa vitória.

Ficha de jogo
Local: Pavilhão da Juventude do Lis
Árbitros:
Sporting: Miguel Fernandes, João Ferreirinho, Hugo Canela (1), Milan Sthor (4), Pedro Gama (4), Hugo Carvalho (2), Armando Pires (2), Luís Gomes (3), Rui Silva (3), Pedro Jerónimo (2), Inácio Carmo (4) e Álvaro Martins (8)
Treinador: Fran Teixeira

Está a ser um passeio… :smiley:

Como já seria de esperar… :wink: :smiley:

Bom, assim é de facto mas… isto não me está a dar grande entusiasmo. :?

A Divisão de Elite é mesmo uma cagada (desculpem-me o termo). Andamos sempre a bater em mortos e do ponto de vista da competitividade, perde todo o interesse. Eu sou capaz de apostar já em Novembro que vamos ser campeões de andebol. Qualquer um de nós o pode fazer sem grande margem de risco.

A culpa obviamente não é nossa mas sim do lamaçal em que o nosso andebol se transformou, e que impede que as grandes equipas disputem todas a mesma competição.

O gozo de ganhar ao Módicus ou ao Juventude do Lis (com todo o respeito que todas as equipas me merecem) não pode ser comparado ao gozo de ganhar ao ABC, aos tripas, ao Águas Santas ou ao Belém.

Mas pronto, siga o baile… :roll:

Derrota esperada na Taça das Taças! :?

06-11-2004 Andebol – Taça das Taças Sporting, 24 – Hamburgo, 28 O Sporting perdeu 24-28 com o Hamburgo em jogo da primeira mão da segunda eliminatória da Taça das Taças em andebol. A equipa “leonina” deu a réplica possível a uma equipa multinacional de “galácticos” de uma Liga milionária, mas o Hamburgo foi de facto superior.

Além da maior valia natural do adversário,o Sporting entrou mal no jogo permitindo que os visitantes chegassem a 5-0 quase sempre em jogadas de contra-ataque nascidas de perdas de bola. Os “leões” não conseguiram entender-se com a defesa 3x2x1 extremamente agressiva do adversário e erraram muitos passes além de não procurarem jogar sem bola nos espaços vazios.

A reacção sportinguista ainda permitiu chegar a 4-5, mas a equipa alemã voltou a ditar as suas leis e chegou ao intervalo a vencer por 18-10. Se dúvidas ainda tivesse havido, a eliminatória estava resolvida. Além de uma defesa muito agressiva e eficaz os alemães utlizaram um ataque veloz, com com jogo muito cruzado e aberto, a provocar deslocações defensivas muito exigentes, e entradas letais do pivot Bertrand Gille, 131 vezes internacional pela França, que não falhou uma única oportunidade.

O Sporting nunca baixou os braços, lutou sempre muito pela recuperação e acabou por triunfar no parcial da segunda parte (14-10). É certo que os alemães rodaram muito a equipa, mas a verdade é que o Sporting jogou nesse período com mais tranquilidade embora sem aproveitar, por exemplo, situações de superioridade numérica. Acresce que o guarda-sérvio Stojanovic, 120 vezes internacional pelo seu país, realizou uma extraordinária exibição e com 17 defesas tornou ainda mais problemática a reacção sportinguista.

A diferença de 4 golos final acaba por ser uma compensação para o enorme esforço sportinguista perante uma equipa que, além de congregar muitos dos melhores jogadores do mundo, está sujeita no seu país a uma competição muito mais intensa.

O Sporting foi vítima dessa diferença de competitividade, embora tenha dado mostras de grande valor colectivo e individual.

FICHA DE JOGO

Local: Pavilhão do Casal Vistoso
Sporting: Miguel Fernandes e João Ferreirinho; Rui Silva (2), Luís Gomes (5), Milan Stohr (2), Álvaro Martins (1), Pedro Gama (4), Pedro Jerónimo (1), Inácio Carmo (3), Ricardo Dias, Hugo Canela (2), Armando Pires (2) e Hugo Carvalho (2, de sete metros).
Treinador: Fran Teixeira

Já era de esperar, visto que o sorteio não nos foi muito favorável… :?

O resultado acaba por não ser “humilhante”, embora o adversário tenha desacelerado na 2a parte. Espermos que lá a equipa consiga um resultado similar. O sorteio foi muito nefasto, provaelmente este adversário será o vencedor desta competição.

Fomos eliminados mas caímos de pé! :!:

14-11-2004 Sporting eliminado Andebol: Hamburg, 25- Sporting, 24 O Sporting perdeu por 25-24 com o Hamburg, na 2.ª mão da 3.ª eliminatória da Taça das Taças de andebol. Os “leões” realizaram a melhor exibição da época e discutiram a eliminatória até dez minutos do fim, quando ganhavam por dois golos.

A partida começou muito equilibrada, com a equipa “leonina” a dar boa réplica a uma das melhores formações europeias. A defesa em 6-0 conseguia anular a segunda linha dos alemães e permitia o lançamento dos contra-ataques.

Ao intervalo o Sporting perdia por um golo (11-10) e deixava tudo em aberto para a segunda parte, face à diferença de quatro golos averbada em Lisboa (24-28).

Os jogadores verde e brancos continuaram muito coesos defensivamente e a dez minutos do venciam por 20-18, com os seis mil alemães que enchiam o pavilhão em silêncio, dado que a eliminatória estava em aberto. Contudo, o Hamburg fez valer a maior experiência e superioridade técnica e conseguiu passar para a frente do marrcador.
A eliminatória acabou por ser perdida em Lisboa, no primeiro jogo.

FICHA DE JOGO

SPORTING: Miguel Fernandes e João Ferreirinho; Hugo Canela, Milan Stohr (1), Pedro Gama (3), Hugo Carvalho (1), Armando Pires, Luís Gomes (3), Rui Silva (6), Ricardo Dias (3), Pedro Jerónimo (3), Inácio Carmo (1) e Álvaro Martins (3)
Treinador: Fran Teixeira
Resultado ao intervalo: 11-10