18 vezes Campeão ou 22?

Tenho esta dúvida. Acho que são 22. Campeonato Português são 18 conquistas e no Campeonato de Portugal são 4, ou seja, se juntarmos o Campeonato Portugês ao Campeonato de Portugal dá 22 títulos de campeão ao Sporting.

Penso que é assim que o Benfas tem 31 titulos, com a soma das duas competições, que só apenas diferem no nome, mais nada…

Estás correcto em relação ao Sporting…
O Enfica tem venceu o campeonato por 34 vezes (31+3)

Em relação ao benfica são 28 mais 3 que igual a 31 é assim!
E o SCP é 18 mais 4 igual 22! Estes sâo os dados corretos.

Creio que estás enganado, mas o que interessa o Benfica anyway?

Para dissiparem as dúvidas, visitem este link do blog ‘Recordes da Bola’, do “estatístico” José Guilherme do Record:

http://recordesdabola.blogspot.com/2007/05/fc-porto-festeja-pela-25-vez-o-ttulo-de.html

Mas esses totais não serão os correctos porque o antigo Campeonato de Portugal não era tido como um Campeonato Nacional (também não o sei precisar). :arrow:

A questão é que esse formato antigo é mais parecido a uma Taça do que com um Campeonato.

Se esse Campeonato de Portugal contasse, o Marítimo podia dizer que já tinha sido campeão.

E o Olhanense e o Carcavelinhos também. :smiley:

Gafanha da Nazaré?:slight_smile:

E foram… Essa era a prova mais importante nessa altura e o vencedor era Campeão de Portugal. Essa estatistica deixou de ser incluida por motivos de o clube oficial do antigo regime ter só 3 titulos e o Sporting e o Porto 4. Logicamente que a prova da Liga(Nos quadro anos antes do Campeonato Nacional da 1ª divisão), que tambem era em modos totalmente diferente foi incluida pois ai os rosinhas tinham vantagem.

A Taça do C. Europeus passou a ser Liga do Campeões, mas continua a dizer os os clubes formam Campeões Europeus os do antigo formato. A historia é feita de lavagens(não era só o Estaline :)), uma mentira dita muitas vezes passa a verdade, o caso dos 6 milhões de galinhas rosinhas é um dos casos.

Pode dizer e diz!

O que não conta é no somatório de Campeão Nacional da I Divisão/I Liga. Mas todos aqueles títulos de Campeão de Portugal não são miragens.

De 1922 a 1938, o Campeonato de Portugal apurou o Campeão de Portugal. A I Liga, que foi disputada entre 1934 a 1938 era uma competição experimental, que não conferia nenhum título. Por isso, sim, o Olhanense, o Carcavelinhos e o Marítimo foram Campeões Nacionais.

O formato em poule não é o critério decisivo - o que é decisivo era a competição que apurava o Campeão do país. Em Itália, por exemplo, os primeiros campeonatos disputavam-se em eliminatórias - e são hoje contabilizados como Scudettos, equivalentas à actual Série A. Aliás, em bom rigor, o formato moderno, com promoções e despromoções, só ficou estabelecido em 1946/47 - até aí, os participantes no Campeonato da I Divisão era apurados com base nos resultados dos campeonatos regionais. Em teoria, era possível um clube ser Campeão Nacional num ano e não poder defender o seu título no ano seguinte, caso não conseguisse o apuramento.

Quando era miúdo, na década de 80, lembro-me que as tabelas com os campeões começarem a lista apenas em 1938/39 - depois, nos anos 90, é que reescreveram a história - sempre a favor do Benfica, claro.

E o FCP ? :think:

Com o Porto é 21 mais 4. O quadro (que não está actualizado), cujo link está em baixo, mostra a evolução das competições. A confusão é que a I Liga dos anos 30 (que o Sporting nunca venceu) decorreu ao mesmo tempo do Campeonato de Portugal.

A estatística correcta é:

Sporting - 4 Campeonatos de Portugal + 18 campeonatos nacionais
Porto - 4 Campeonatos de Portugal + (1 I Liga) + 21 campeonatos nacionais
Benfica - 3 Campeonatos de Portugal + (3 I Ligas) + 28 campeonatos nacionais

http://www.esec-tomas-cabreira.rcts.pt/futebol/