Skip to main content
 
Linha 52: Linha 52:
 
|-
 
|-
 
| 1ª Liga||2018/19||Rio Ave <small>(emp)</small>|||||||||||||||||||
 
| 1ª Liga||2018/19||Rio Ave <small>(emp)</small>|||||||||||||||||||
 +
|-
 +
| 1ª Liga||2019/20||Olympiacos|||||||||||||||||||
 
|-
 
|-
 
|-style="background:#E1EFC2;"
 
|-style="background:#E1EFC2;"
Linha 92: Linha 94:
 
Como consequência esteve quase um ano parado e no início da temporada de 2018/19 foi emprestado ao Huesca, mas aí também não foi feliz e acabou por ser devolvido ao Villarreal.  
 
Como consequência esteve quase um ano parado e no início da temporada de 2018/19 foi emprestado ao Huesca, mas aí também não foi feliz e acabou por ser devolvido ao Villarreal.  
  
Em Janeiro de 2019 foi novamente emprestado, desta vez ao Rio Ave.
+
Em Janeiro de 2019 foi novamente emprestado, desta vez ao Rio Ave, onde conseguiu relançar a sua carreira e no final da época foi contratado pelo Olympiacos da Grécia.
  
 
[[Utilizador:To-mane|To-mane]] 20h29min de 5 de Setembro de 2013 (WEST)
 
[[Utilizador:To-mane|To-mane]] 20h29min de 5 de Setembro de 2013 (WEST)

Edição atual desde as 17h02min de 14 de novembro de 2019

Dados de Rúben Semedo Rúben Semedo-15.16.jpg
Nome Rúben Afonso Borges Semedo
Nascimento segunda-feira, 4 de Abril de 1994
Naturalidade Amadora - Portugal
Posição Futebolista (defesa central)
Escalão Época Clube Jogos Golos Titulos Internacionalizações
S20 S21 BB AA Golos
Juvenis 2009/10 Fut. Benfica
Juvenis 2009/10 SPORTING 10 1 Campeonato Regional
Juvenis 2010/11 SPORTING 17 0
Juniores 2011/12 SPORTING 14 1 Campeonato Nacional
Juniores 2012/13 SPORTING 41 6
Total = 82 8
2ª Liga 2013/14 SPORTING B 23 1 4 1
1ª Liga 2013/14 SPORTING 1 0
1ª Liga 2014/15 SPORTING 1 0 Taça de Honra
2ª B 2014/15 Reus (emp)
1ª Liga 2015/16 Vit. Setúbal (emp)
1ª Liga 2015/16 SPORTING 16 0 Supertaça 1 1
1ª Liga 2016/17 SPORTING 31 0 9 2
1ª Liga 2017/18 Villarreal
1ª Liga 2018/19 Huesca (emp)
1ª Liga 2018/19 Rio Ave (emp)
1ª Liga 2019/20 Olympiacos
Total B= 23 1
Total = 49 0 4 10 4

Filho de pais caboverdianos, Rúben Semedo nasceu em Portugal e cresceu no Bairro de Casal de Mira, tendo começado a jogar futebol nos Infantis do Sacavenense.

As dificuldades em arranjar transporte para o outro lado da Cidade, obrigaram-no a uma paragem de 3 anos, até que recomeçou nos Juvenis do Futebol Benfica, onde depressa se destacou, sendo descoberto pelo Prof. Luís Dias.

Chegou ao Sporting como médio, a meio da temporada de 2009/10 e só na época seguinte é que recuou para central, quando Eric Dier foi para Inglaterra e Tobias Figueiredo se lesionou.

Foi uma adaptação feliz mas levou o seu tempo até se impor como um defesa central rápido, possante e muito forte nos duelos individuais, assumindo-se como titular indiscutível apenas no seu último ano de júnior, curiosamente numa altura em que a sua permanência na Academia Sporting esteve em causa, quando se descuidou e na sua página do Faceboock assumiu ser benfiquista, o que causou alguma polémica, principalmente por ter escrito que estava no Sporting mas apenas por enquanto.

Prevaleceu o bom senso e a tolerância e Rúben Semedo continuou no Sporting, sendo um dos jogadores em maior destaque na equipa de Juniores que brilhou no Next Generation Tournament, chegando a receber uma proposta do Liverpool, mas resolveu ficar no Sporting, sendo um dos primeiros jogadores a renovar contrato com a nova Direcção liderada por Bruno de Carvalho.

No inicio da época de 2013/14 foi surpreendentemente integrado por Leonardo Jardim nos trabalhos da equipa principal e beneficiando do impedimento de Eric Dier e Marcos Rojo, chegou mesmo a actuar como titular no jogo com a Fiorentina para o Troféu Cinco Violinos, no qual marcou um golo realizando uma excelente exibição sem se deixar intimidar no confronto com jogadores consagrados como Mário Gomez.

Terminada a pré-época passou a jogar na Equipa B, mas continuou a ser uma opção válida para Leonardo Jardim, que sempre demonstrou acreditar no valor dele, de tal forma que o plantel principal ficou com apenas três centrais, com Rúben Semedo a funcionar à partida como a quarta opção para o lugar.

Estreou-se no dia 20 de Outubro de 2013, entrando ao intervalo de um jogo a contar para a Taça de Portugal, no qual o Sporting goleou o Alba por 8-1, mas não voltou a ter nenhuma oportunidade até ao fim da época, tendo sido também prejudicado por um problema disciplinar, quando numa madrugada foi apanhado a conduzir sem carta.

No início da época seguinte chegou a participar na vitória na Taça de Honra, mas Marco Silva não apostou nele e foi relegado para a Equipa B, onde se envolveu num novo problema disciplinar, sendo emprestado ao Reus da 2ª divisão B de Espanha.

Regressou para ser integrado na pré temporada de 2015/16 sob o comando de Jorge Jesus, que o experimentou no lugar de médio defensivo, que estava vago na sequência de uma lesão de William Carvalho e assim participou na vitória sobre o Benfica no jogo da Supertaça, entrando na 2ª parte para dar mais músculo ao meio campo.

Mas as contratações de Alberto Aquilani e de Bruno Paulista aumentaram a concorrência no meio campo leonino e considerou-se que seria preferível emprestar Rúben Semedo, para que ele pudesse jogar mais e assim no dia 14 de Agosto a Sporting SAD informou ter chegado a acordo com o Vitória de Setúbal, para a cedência do jogador por uma temporada.

Em Setúbal, Semedo confirmou ser um valor em ascensão e foi titular, jogando principalmente como central, de tal forma que em Janeiro na reabertura do mercado foi chamado de regresso ao Sporting, para compensar a lesão de Tobias Figueiredo. Agarrou a oportunidade e ganhou um lugar no centro da defesa ao lado do recém contratado Sebastián Coates.

No dia 1 de Julho de 2016 foi distinguido com o Prémio Leões Honoris Sporting na categoria Jogador Revelação do Ano e em Dezembro recebeu o Prémio Stromp também na categoria Revelação.

Depois de uma ano e meio como titular do Sporting, em Julho de 2017 foi vendido por 14 Milhões de Euros ao Villarreal de Espanha, ficando a SAD leonina com direito a 20% de uma hipotética futura venda do passe do jogador. Para trás ficaram 49 jogos oficiais disputados ao serviço da equipa principal do Sporting.

Em Espanha foi envolvido numa tentativa de extorsão que procurou resolver por meios próprios, acabando por ser detido e acusado de agressões, sequestro, posse de arma ilegal e roubo com violência.

Como consequência esteve quase um ano parado e no início da temporada de 2018/19 foi emprestado ao Huesca, mas aí também não foi feliz e acabou por ser devolvido ao Villarreal.

Em Janeiro de 2019 foi novamente emprestado, desta vez ao Rio Ave, onde conseguiu relançar a sua carreira e no final da época foi contratado pelo Olympiacos da Grécia.

To-mane 20h29min de 5 de Setembro de 2013 (WEST)