Skip to main content
 
Linha 35: Linha 35:
 
|-
 
|-
 
|-style="background:#E1EFC2;"
 
|-style="background:#E1EFC2;"
| colspan="3" align=right |'''Total = ''' |||||||||||13||10||2||29||||||||8
+
| colspan="3" align=right |'''Total = ''' |||||||||||12||11||2||29||||||||8
 
|-
 
|-
 
| 1ª Divisão||2010/11||C. Brugges <small>(emp)</small>|||||||||||||||||||6||||||0
 
| 1ª Divisão||2010/11||C. Brugges <small>(emp)</small>|||||||||||||||||||6||||||0

Edição atual desde as 00h17min de 29 de novembro de 2019

Esta página é sobre o futebolista Nuno Reis. Se procura o andebolista Nuno Reis, consulte Nuno Manuel Reis.
Dados de Nuno Reis NunoReis.jpg
Nome Nuno Miguel Pereira Reis
Nascimento 31 de Janeiro de 1991
Naturalidade Murten - Suíça
Posição Futebolista (defesa central)
Escalão Época Clube Jogos Golos Titulos Internacionalizações
S/16 S/17 S/18 S/19 S/20 S/21 AA Golos
Iniciados B 2004/05 SPORTING Campeonato Regional
Iniciados 2005/06 SPORTING Campeonato Nacional
Juvenis 2006/07 SPORTING Campeonato Regional 12 1
Juvenis 2007/08 SPORTING 32 0 11 1
Juniores 2008/09 SPORTING 40 10 Campeonato Nacional 2 15 2
Juniores 2009/10 SPORTING 34 6 Campeonato Nacional 14 4
Total = 12 11 2 29 8
1ª Divisão 2010/11 C. Brugges (emp) 6 0
1ª Divisão 2011/12 C. Brugges (emp) 13 1 0
1ª Divisão 2012/13 Olhanense (emp) 1 0
2ª Liga 2013/14 SPORTING B 23 0
1ª Liga 2013/14 SPORTING 2 1 Taça de Honra
1ª Divisão 2013/14 C. Brugges (emp)
2ª Liga 2014/15 SPORTING B 31 2
2ª Divisão 2015/16 Metz
1ª Divisão 2016/17 Panathinaikos
1ª Divisão 2017/18 Panathinaikos
1ª Divisão 2017/18 Vit. Setúbal
1ª Divisão 2018/19 Vit. Setúbal
1ª Divisão 2018/19 Levski Sofia
1ª Divisão 2019/20 Levski Sofia
Total B= 54 2
Total = 2 1 19 2 8

Nascido em Murten na Suíça, Nuno Reis chegou ao Sporting em 2003, oriundo da Associação Desportiva Recreativa Cultural Vasco da Gama, de Fátima, quando ainda era Infantil.

Na Academia Sporting logo se impôs com um dos jogadores mais prometedores, actuando como defesa central e assumindo-se como Capitão de várias das equipas em que jogou, tendo sido Campeão Nacional em todos os escalões jovens, e internacional em todas as categorias desde os sub-16.

Em 2009 foi distinguido com o Prémio Stromp na categoria Academia e, no ano seguinte participou no Europeu de sub-19 que se disputou na França, onde Portugal garantiu a qualificação para o Mundial de sub-20 de 2011, que se viria a realizar na Colômbia, onde Nuno Reis foi uma das grandes figuras do torneio e o Capitão da Selecção Nacional que que atingiu a Final dessa competição, que perdeu por 3-2 com o Brasil.

Na temporada de 2009/10 quando ainda era júnior, chegou a ser convocado por Carlos Carvalhal, para um jogo dos oitavos de Final da Liga Europa, onde no entanto não saiu do banco.

Na época seguinte ao ser promovido a sénior, foi emprestado ao Cercle de Brugge, onde esteve duas temporadas ao abrigo de um protocolo estabelecido entre este clube da Bélgica e o Sporting, assumindo a titularidade da equipa belga, onde deixou a marca de qualidade dos jogadores da Academia Sporting, ganhando rodagem num campeonato competitivo.

Na época de 2012/13 apesar do Sporting ter arrancado com a sua Equipa B, Nuno Reis foi considerado um jogador já num patamar acima, pelo que se achou preferível emprestá-lo ao Olhanense, para que pudesse jogar na 1ª Liga portuguesa, o que acabou por ser um azar para o jogador, pois esta foi uma temporada em que três centrais da equipa secundária se estrearam na equipa principal, onde ele poderia ter tido uma grande oportunidade para se impor.

Em Olhão Nuno Reis foi regularmente titular e no final da temporada regressou ao Sporting, tendo participado na conquista da Taça de Honra da AFL e sendo integrado na Equipa B onde jogou regularmente, assumindo o papel de Capitão, como muitas vezes tinha acontecido no seu percurso nas equipas jovens do Sporting.

Apesar de todos estes bons indicadores Nuno Reis nunca foi opção para o treinador da equipa principal Leonardo Jardim, sendo mesmo preterido em relação ao jovem Ruben Semedo, pelo que em Janeiro de 2014 foi novamente emprestado ao Cercle de Brugges , tendo ficado definida uma opção de compra no valor de 500 mil euros, ficando a Sporting SAD com 50% da mais valia numa eventual futura venda, mas o clube belga não accionou a referida clausula, pelo que Nuno Reis regressou ao Sporting, sendo integrado nos trabalhos da Equipa B.

Em Novembro de 2014 o Presidente Bruno de Carvalho anunciou ter recuperado os 15% dos direitos económicos sobre o jogador que pertenciam ao Sporting Portugal Found, numa operação envolvida na reestruturação financeira em curso, passando a SAD leonina a deter a totalidade do passe de Nuno Reis.

Concluída a sua ligação ao Sporting, Nuno Reis prosseguiu a carreira em França ao serviço do Metz, clube que ajudou a subir a Ligue 1

Em Julho de 2016 assinou um contrato válido por 3 temporadas com o Panathinaikos da Grécia.

Em Janeiro de 2018 regressou a Portugal para representar o Vitória de Setúbal, que em Setembro o vendeu por 200 mil Euros ao Levski Sofia.

To-mane 22h41min de 30 de Janeiro de 2014 (WET)