Skip to main content
Linha 110: Linha 110:
 
Teve algumas dificuldades em adaptar-se ao futebol italiano muito tático e físico e nunca conseguiu convencer totalmente os milaneses, acabando por ser emprestado ao West Ham de Inglaterra em Janeiro de 2018, ainda a tempo de integrar os selecionados de Portugal para o Mundial da Rússia.  
 
Teve algumas dificuldades em adaptar-se ao futebol italiano muito tático e físico e nunca conseguiu convencer totalmente os milaneses, acabando por ser emprestado ao West Ham de Inglaterra em Janeiro de 2018, ainda a tempo de integrar os selecionados de Portugal para o Mundial da Rússia.  
  
Na época seguinte regressou ao Inter.
+
Na época seguinte regressou ao Inter, mas voltou a não ser feliz em Itália e em Agosto de 2019 foi emprestado ao Lokomotiv Moscovo.
  
 
[[Utilizador:To-mane|To-mane]] 20h05min de 14 de Dezembro de 2011 (WET)
 
[[Utilizador:To-mane|To-mane]] 20h05min de 14 de Dezembro de 2011 (WET)

Revisão das 16h56min de 13 de novembro de 2019

Dados de João Mário João Mário-15.16.jpg
Nome João Mário Naval Costa Eduardo
Nascimento 19 de Janeiro de 1993
Naturalidade Porto - Portugal
Posição Futebolista (médio)
Escalão Época Clube Jogos Golos Titulos Internacionalizações
S/15 S/16 S/17 S/18 S/19 S/20 S/21 AA Golos
Iniciados 2006/07 SPORTING
Iniciados 2007/08 SPORTING Campeonato Nacional 3 0
Juvenis 2008/09 SPORTING 29 6 Campeonato Regional 9 3
Juvenis 2009/10 SPORTING 27 6 17 4
Juniores 2010/11 SPORTING 35 5 9 2 1
Juniores 2011/12 SPORTING 39 2 Campeonato Nacional 12 1
NGS 2012/13 SPORTING 2 0
Total = 3 9 17 9 14 9
1ª Liga 2011/12 SPORTING 1 0
1ª Liga 2012/13 SPORTING 1 0
2ª Liga 2012/13 SPORTING B 31 1 13 1
2ª Liga 2013/14 SPORTING B 13 1 4 1
1ª Liga 2013/14 SPORTING 2 0 Taça de Honra
1ª Liga 2013/14 Vit. Setúbal (emp) 2 0
1ª Liga 2014/15 SPORTING 47 7 Taça de Honra
Taça de Portugal
7 3 2
1ª Liga 2015/16 SPORTING 45 7 Supertaça
Campeonato da Europa
15 0
1ª Liga 2016/17 SPORTING 1 0
Serie A 2016/17 Inter de Milão 7 0
Serie A 2017/18 Inter de Milão 6 1
Premier League 2017/18 West Ham (emp) 9 1
Serie A 2018/19 Inter de Milão 3 0
1ª Liga 2019/20 Lok. Moscovo (emp) 2 0
Total B= 44 2
Total = 97 14 13 13 45 13+2

Oriundo do FC Porto onde começou a jogar futebol nos escalões mais jovens, João Mário veio para o Sporting ainda como Infantil, juntamente com o seu irmão Wilson Eduardo, quando a sua mãe se mudou para Lisboa, e fez toda a sua formação na Academia, destacando-se inicialmente como defesa central, para depois começar a jogar no meio-campo.

Jogador cerebral, muito inteligente na ocupação dos espaços e taticamente evoluído, passou a funcionar como o patrão da equipa e o primeiro organizador de jogo, atuando à frente da defesa e assumindo-se desde cedo como um líder e Capitão.

Foi Campeão Nacional de Iniciados e depressa chegou às Seleções, tendo representado Portugal em todos os escalões dos sub-15 aos sub-19, chegando mesmo a jogar no escalão acima do seu.

Chegado aos Juniores assumiu-se logo como titular indiscutível no Sporting, posição que consolidou na época seguinte, numa altura em que já era considerado como uma das maiores promessas da Academia Sporting.

Assim na época de 2011/12 foi frequentemente chamado por Domingos Paciência para treinar com o plantel principal, tendo inclusivamente participado na pré-temporada, onde fez 2 jogos.

Viria a estrear-se oficialmente na equipa principal, entrando aos 76 minutos de um jogo a contar para a Liga Europa, disputado em Roma no dia 14 de Dezembro de 2011, no qual o Sporting perdeu por 2-0 com a Lázio, poucos dias depois de ter sido distinguido como Prémio Stromp na categoria Academia.

Ainda nessa temporada foi Campeão Nacional de Juniores e esteve presente no Europeu de sub-19, em ambos os casos desempenhando as funções de Capitão da equipa.

Na época de 2012/13 foi integrado na Equipa B do Sporting, numa altura em que este projeto tinha acabado de ser reativado, com a adesão dos principais clubes portugueses, cujas formações B passaram a disputar a 2ª Liga, onde João Mário foi uma das grandes figuras da equipa do Sporting, e talvez tivesse justificado mais do que os poucos minutos que actuou pela equipa principal, num jogo em que o Sporting perdeu em casa com o Marítimo.

No final dessa temporada esteve presente no Mundial de sub-20 que se disputou na Turquia, onde voltou a mostrar a sua grande qualidade, regressando logo de seguida a Alcochete para integrar os trabalhos da Equipa B do Sporting, tendo participado na conquista da Taça de Honra da AFL que se disputou nessa altura em que renovou o seu contrato com o Sporting até 2018, ficando o mesmo blindado com uma cláusula de rescisão no valor de 45 milhões de Euros.

No decorrer dessa época perdeu o lugar de titular indiscutível na Equipa B do Sporting, tendo então a SAD leonina considerado que precisava de novos desafios para continuar a evoluir, pelo que em Janeiro de 2014 foi emprestado ao Vitória de Setúbal, onde rapidamente se afirmou, fazendo uma excelente ponta final de temporada e justificando o regresso ao Sporting.

Rapidamente ganhou um lugar na equipa principal como médio ofensivo, relegando André Martins para o banco e, em Outubro de 2014 estreou-se pela Selecção A, num jogo amigável frente à França, numa época em que participou na campanha que levou o Sporting à conquista de mais uma Taça de Portugal.

Em Novembro de 2014 o Presidente Bruno de Carvalho anunciou ter recuperado os 15% dos direitos económicos sobre o jogador que pertenciam ao Sporting Portugal Found, numa operação envolvida na reestruturação financeira em curso, passando a SAD leonina a deter 75% do passe de João Mário, pertencendo os restantes 25% ao Fundo Quality Football Ireland Limited.

Nomês seguinte recebeu o Prémio Stromp em 2014 na categoria Revelação.

Em 2015 fez parte da Seleção Nacional que esteve presente no Europeu de sub-21 que se disputou na República Checa, onde Portugal chegou à Final, que perdeu nos penáltis, pelo que final do ano foi distinguido com o Prémio Stromp, na categoria Europeu.

Em Agosto de 2015 a Sporting SAD informou ter chegado a acordo com João Mário para a prorrogação do seu do contrato até 2020, ficando estabelecida uma cláusula de rescisão no valor de 60 milhões de Euros.

No dia 1 de Julho de 2016 foi distinguido com o Prémio Leões Honoris Sporting na categoria Futebolista do Ano. Nessa altura já era uma das grandes figuras da equipa de Jorge Jesus e titular da Seleção Nacional, que representou no Europeu de 2016 disputado em França, onde Portugal foi Campeão.

Em Dezembro de 2016 foi distinguido com o Prémio Stromp na categoria "Europeu".

Assim foi com naturalidade que despertou o interesse de alguns grandes clubes europeus e, no final de Agosto de 2016 foi vendido ao Inter de Milão por 40 milhões de Euros, com mais 5 por objetivos, tornando-se assim no jogador mais caro de sempre vendido pelo Sporting, superando largamente a verba recebida pelo passe de Nani.

Teve algumas dificuldades em adaptar-se ao futebol italiano muito tático e físico e nunca conseguiu convencer totalmente os milaneses, acabando por ser emprestado ao West Ham de Inglaterra em Janeiro de 2018, ainda a tempo de integrar os selecionados de Portugal para o Mundial da Rússia.

Na época seguinte regressou ao Inter, mas voltou a não ser feliz em Itália e em Agosto de 2019 foi emprestado ao Lokomotiv Moscovo.

To-mane 20h05min de 14 de Dezembro de 2011 (WET)