Skip to main content
 
Linha 54: Linha 54:
  
 
Fez parte da equipa que ganhou a [[Campeões Europeus de Atletismo em Pista (F) - 2018|Taça dos Campeões Europeus de Atletismo]] em 2018, contribuindo com uma vitória no Lançamento do Disco.
 
Fez parte da equipa que ganhou a [[Campeões Europeus de Atletismo em Pista (F) - 2018|Taça dos Campeões Europeus de Atletismo]] em 2018, contribuindo com uma vitória no Lançamento do Disco.
 +
 +
Ainda em 2018 esteve presente nos Europeus de Berlim, onde foi 9ª classificada no Lançamento do Disco, ficando a apenas 1 centímetro da possibilidade de fazer os três arremessos finais.
  
 
[[Utilizador:To-mane|To-mane]] 19h09min de 28 de Maio de 2014 (WEST)
 
[[Utilizador:To-mane|To-mane]] 19h09min de 28 de Maio de 2014 (WEST)
 
[[Categoria:Atletas]]
 
[[Categoria:Atletas]]
 
[[Categoria:Atletas Olímpicos]]
 
[[Categoria:Atletas Olímpicos]]

Edição atual desde as 19h15min de 14 de agosto de 2018

Dados de Irina Rodrigues IrinaRodrigues Atletismo.jpg
Nome Irina Cristina Carreira Rodrigues
Nascimento 5 de Fevereiro de 1991
Naturalidade Marrazes - Leiria - Portugal
Posição Atleta (lançamentos)

Irina Rodrigues iniciou a sua carreira de atleta no Juventude Vidigalense, depois de ter praticado Natação, uma modalidade da qual se afastou devido a uma lesão, mas em boa hora resolveu experimentar o Atletismo.

No Vidalguense, o treinador Paulo Reis percebeu que os lançamentos poderiam ser a especialidade adequada para aquela jovem atleta, alta, forte e com uns braços grandes, que rapidamente se começou a destacar no Peso e principalmente no Disco, embora também tenha conseguido bons resultados no Salto em Altura, o que para uma lançadora não deixa de ser um feito notável.

No Lançamento do Disco Irina Rodrigues foi sucessivamente batendo todos os Recordes Nacionais, faltando-lhe apenas superar o máximo absoluto (65,40m), que continua a pertencer a Teresa Machado. Assim os seus Recordes são: Infantis (750g) 39,07m em 2004; Iniciadas (750g) 50,64m em 2006; Iniciadas (1kg) 40,90m em 2006; Juvenis 53,94m em 2008; Juniores 58,21m em 2010; Sub-23 e absoluto 62,91m em 2012.

No que diz respeito a títulos nacionais nos escalões jovens, Irina Rodrigues somou 28 no total: 6 nos Juvenis, 8 nos Juniores e 14 nos sub-23, sendo 12 no Lançamento do Disco, 9 no Lançamento do Peso, 6 no Lançamento do Peso em pista coberta e 1 no Salto em Altura.

Em 2008 ainda com idade de Juvenil, conquistou o seu primeiro título absoluto de Campeã de Portugal no Lançamento do Disco e, no final desse ano transferiu-se para o Sporting Clube de Portugal, onde prosseguiu a sua formação, passando a dominar a nível nacional a sua especialidade de eleição, embora também tenha conseguido bons resultados no Lançamento do Peso.

Entre 2011 e 2018 foi Hoxa-Campeã de Portugal no Lançamento do Disco, somando assim 9 títulos nesta disciplina, aos quais há a somar o título do Lançamento do Peso que conquistou em 2012 e outro tetra-Campeonato conquistado entre 2012 e 2015, também no Lançamento do Peso, mas em pista coberta.

Apesar desta versatilidade, só no Lançamento do Disco é que Irina atingiu resultados e marcas de nível internacional, começando por conquistar em 2007, a Medalha de Ouro no Festival Olímpico da Juventude Europeia, no escalão de Juvenis, depois de nesse ano ter sido 10ª classificada no Campeonato da Europa de Juniores, que se disputou em Hengelo na Holanda.

Regressaria a essa competição em 2009 em Novi Sad na Sérvia, para conquistar a Medalha de Bronze, depois de no ano anterior ter estado no Campeonato do Mundo de Juniores, que se disputou em Bydgoszcz na Polónia, onde não conseguiu o acesso à Final.

Em 2010 foi 5ª classificada no Campeonato do Mundo de Juniores que se realizou em Moncton no Canadá, num ano em que participou nos Campeonatos Ibero-Americanos, que se disputaram em San Fernando na Espanha, onde obteve o 6º lugar.

Em 2011 participou nas Universíadas em Shenzhen, onde registou um 9º lugar e, esteve presente no Campeonato da Europa do escalão de sub-23 disputado em Ostrava, onde se classificou na 5ª posição, numa competição a que regressaria em 2013, em Tampere na Finlândia, para conquistar mais uma Medalha de Bronze.

Em 2012 Irina Rodrigues marcou presença nos Campeonatos da Europa de Atletismo que se realizaram em Helsínquia na Finlândia, classificando-se no 20º lugar com o registo de 53,01m, e nos Jogos Olímpicos de Londres, onde ficou em 32º lugar, com a marca de 57,23m, não passando em ambos os casos das qualificações, isto depois de a 20 de Maio desse ano, no meeting de Halle na Alemanha, ter lançado o Disco a 62,91m, melhorando em 4 metros o seu recorde pessoal e alcançando assim os mínimos para essas duas grandes competições.

A 10 de Agosto de 2013, Irina Rodrigues faz a sua estreia em Mundiais de Atletismo, na circunstância disputados em Moscovo, terminando no 17º lugar na fase de qualificação, com a marca de 57,64m.

Em 2014 voltou a estar presente nos Campeonatos da Europa de Atletismo, que desta vez se disputaram em Zurique, mas também não passou das qualificações, ficando em 14º lugar com a marca de 52,57m.

Esteve presente em 6 edições da Taça da Europa de Lançamentos, conquistando quatro Medalhas no escalão de sub-23, uma de Bronze em 2009 e três de Prata em 2010, 2012 e 2013, falhando o pódio apenas em 2011, quando ficou no 4º lugar e na sua primeira presença em 2008.

Representou Portugal em 6 edições dos Campeonatos da Europa de Selecções, contando com uma vitória em 2017.

Foi distinguida com o Prémio Stromp em 2010 na categoria "Atleta" e em 2013 na categoria "Europeu".

Fez parte da equipa do Sporting que conseguiu o histórico 2º lugar na Taça dos Campeões Europeus de Atletismo da época de 2014, vencendo o concurso do Lançamento do Disco e obtendo o 3º lugar no Lançamento do Peso.

Em Março de 2015 conquistou a Medalha de Bronze no concurso do Lançamento do Disco da Taça da Europa de Lançamentos, que se disputou em Leiria, fixando o seu recorde pessoal em 63,25m e garantindo um lugar nos Mundiais de Pequim, onde no entanto teve uma prestação muito modesta.

A 5 de Março de 2016 Irina Rodrigues consegue a qualificação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, no Lançamento do Disco, ao lançar 63,96m, no decorrer das Jornadas de Lançamentos de Leiria. A atleta leonina conseguiu realizar quatro lançamentos a mais de 61 metros, os melhores dos quais a 63,96m e 63,14m.

Fez parte da histórica equipa que ganhou a Taça dos Campeões Europeus de Atletismo em 2016, contribuindo com uma vitória no Lançamento do Disco.

Nos Jogos Olímpicos do Rio 2016 Irina Rodrigues lesionou-se com gravidade a 9 de Agosto, ao fraturar o perónio durante o seu treino de ginásio, na Aldeia Olímpica, quando realizava exercícios de musculação de levantamento de pesos, falhando assim a sua participação que estava prevista para dia 15.

Regressou em 2017 ainda a tempo de conquistar o seu 8º título de Campeã de Portugal no Lançamento do Disco e de marcar presença nos Mundiais de Londres.

A 11 de Março de 2018 Irina Rodrigues conquistou a Medalha de Prata no Lançamento do Disco da Taça da Europa de Lançamentos que decorreu em Leiria, com a marca de 60,39 metros, ficando apenas a três centímetros da primeira classificada a alemã Nadine Muller.

Fez parte da equipa que ganhou a Taça dos Campeões Europeus de Atletismo em 2018, contribuindo com uma vitória no Lançamento do Disco.

Ainda em 2018 esteve presente nos Europeus de Berlim, onde foi 9ª classificada no Lançamento do Disco, ficando a apenas 1 centímetro da possibilidade de fazer os três arremessos finais.

To-mane 19h09min de 28 de Maio de 2014 (WEST)