Skip to main content
(Outros Jogos)
 
(Há 11 edições intermédias do mesmo utilizador que não estão a ser apresentadas)
Linha 14: Linha 14:
 
A época iniciara-se com o Sporting de regresso à Taça dos Campeões Europeus, tornando-se n[[A primeira vitória portuguesa na Taça dos Campeões Europeus|o primeiro Clube português a passar à 2ª eliminatória]] desta competição, afastando os holandeses do DOS Utrecht com uma dupla vitória, que não seria capaz de repetir frente aos belgas do Standard de Liège, com quem perdeu os dois jogos.
 
A época iniciara-se com o Sporting de regresso à Taça dos Campeões Europeus, tornando-se n[[A primeira vitória portuguesa na Taça dos Campeões Europeus|o primeiro Clube português a passar à 2ª eliminatória]] desta competição, afastando os holandeses do DOS Utrecht com uma dupla vitória, que não seria capaz de repetir frente aos belgas do Standard de Liège, com quem perdeu os dois jogos.
  
No Campeonato o Sporting ficou fora da corrida pelo título ainda na 1ª volta, o que acelerou as alterações introduzidas pelo treinador, pelo que a equipa se afundou no 4º lugar. Restou a consolação de na penúltima jornada [[1959-03-15 SPORTING – Benfica|derrotar por 2-1 o Benfica]], entregando assim o título ao FC Porto, no jogo que marcou a estreia de [[Mário Imbelloni]] no comando da equipa principal.
+
No Campeonato o Sporting ficou fora da corrida pelo título ainda na 1ª volta, o que acelerou as alterações introduzidas pelo treinador, pelo que a equipa se afundou no 4º lugar, igualando a pior classificação de sempre do Clube, que ficou a 10 pontos do vencedor da prova. Restou a consolação de na penúltima jornada [[1959-03-15 SPORTING – Benfica|derrotar por 2-1 o Benfica]], entregando assim o título ao FC Porto, no jogo que marcou a estreia de [[Mário Imbelloni]] no comando da equipa principal.
  
O jovem treinador argentino já estava contratado para assumir o comando do futebol jovem do Sporting na época seguinte, mas antecipou a sua entrada em Alvalade prometendo formar um onze forte para discutir a vitória na Taça de Portugal. [[Mário Imbelloni]] manteve na equipa os jovens lançados por [[Enrique Fernandez]] nos sectores mais recuados, mas acabou com as experiências na linha da frente apostando em jogadores mais experientes e no recém chegado [[Faustino Pinto]].
+
O jovem treinador argentino já estava contratado para assumir o comando do futebol jovem do Sporting na época seguinte, mas antecipou a sua entrada em Alvalade prometendo formar um onze forte para discutir a vitória na Taça de Portugal. [[Mário Imbelloni]] manteve na equipa os jovens lançados por [[Enrique Fernandez]] nos sectores mais recuados, mas acabou com as experiências na linha da frente apostando em jogadores mais batidos e no recém chegado [[Faustino Pinto]].
  
Assim depois de eliminar sucessivamente o Leixões, a Académica e o Sp. Braga, o Sporting [[1959-07-08 SPORTING – Benfica|voltou a ganhar por 2-1 no derby de Alvalade]], agora na 1ª mão das meias-finais da Taça de Portugal, no entanto o Benfica vingar-se-ia [[1959-07-13 Benfica – SPORTING|ganhando na Luz por 3-1]] e garantindo o apuramento para a Final que viria a ganhar.
+
Assim, depois de eliminar sucessivamente o Leixões, a Académica e o Sp. Braga, o Sporting [[1959-07-08 SPORTING – Benfica|voltou a ganhar por 2-1 no derby de Alvalade]], agora na 1ª mão das meias-finais da Taça de Portugal, no entanto o Benfica vingar-se-ia [[1959-07-13 Benfica – SPORTING|ganhando na Luz por 3-1]] e garantindo o apuramento para a Final que viria a vencer.
  
Como consolação em Abril o Sporting ganhou a denominada Taça dos Campeões, que pôs frente a frente os dois últimos vencedores do Campeonato Nacional.
+
Como consolação, em Abril o Sporting ganhou a denominada Taça dos Campeões, que pôs frente a frente os dois últimos vencedores do Campeonato Nacional. Para além disso disputaram-se no final da época vários jogos internacionais, que terminaram com uma pequena digressão a Badajoz, onde o Sporting derrotou o clube local mas perdeu com o Atlético de Madrid. No entanto o grande destaque foi a visita a [[Estádio José Alvalade|Alvalade]] do Santos de Pelé, que terminou com um empate a duas bolas, [[Pelé em Alvalade|num jogo]] onde a grande figura foi [[Faustino Pinto]], imediatamente apelidado de "Pelé branco".
  
Para além disso disputaram-se no final da época vários jogos internacionais, que terminaram com uma pequena digressão a Badajoz, onde o Sporting derrotou o clube local mas perdeu com o Atlético de Madrid.
+
No fim de Julho o Sporting já sob o comando do novo treinador [[Fernando Vaz]], visitou os Açores onde defrontou as suas duas [[Delegações]], o [[Clube União Sportiva]] e o [[Sport Clube Lusitânia]], neste caso para disputar dois jogos no âmbito da transferência de [[Mário Lino]].
 +
 
 +
As Reservas falharam a  conquista da Taça Oliveira Duarte, um troféu muito desejado devido ao simbolismo do nome que o batizava, mas em contra-partida o Sporting ganhou o Campeonato Regional, numa época em que a AFL voltou a organizar esta prova depois de vários anos de interregno.
 +
 
 +
Nesta época a Seleção Nacional disputou 5 jogos, incluindo as duas vitórias frente à Alemanha Oriental a contar para a fase prévia de apuramento para o Europeu de 1960. O jovem [[Fernando Mendes]] foi o único representante do Sporting, somando as suas primeiras 5 internacionalizações.
  
 
[[Usuário:To-mane|To-mane]] 16h23min de 22 de Agosto de 2008 (UTC)
 
[[Usuário:To-mane|To-mane]] 16h23min de 22 de Agosto de 2008 (UTC)
Linha 284: Linha 288:
 
|-
 
|-
 
| 28-06-1959||Amigável||Atlético de Madrid – SPORTING|| 2 – 0||[[1959-06-28 Atlético de Madrid – SPORTING|Ficha]]
 
| 28-06-1959||Amigável||Atlético de Madrid – SPORTING|| 2 – 0||[[1959-06-28 Atlético de Madrid – SPORTING|Ficha]]
 +
|-
 +
| 27-07-1959||Amigável||União Sportiva – SPORTING|| 0 – 6||[[1959-07-27 União Sportiva – SPORTING|Ficha]]
 +
|-
 +
| 30-07-1959||Amigável||Lusitânia – SPORTING|| 1 – 4||[[1959-07-30 Lusitânia – SPORTING|Ficha]]
 +
|-
 +
| 03-08-1959||Amigável||Lusitânia – SPORTING|| 0 – 5||[[1959-08-03 Lusitânia – SPORTING|Ficha]]
 +
|-
 +
| 05-08-1959||Amigável||Marítimo – SPORTING|| 1 – 2||[[1959-08-05 Marítimo – SPORTING|Ficha]]
 
|-
 
|-
 
|}
 
|}
Linha 306: Linha 318:
 
==Outros links de interesse==  
 
==Outros links de interesse==  
 
*[[A primeira vitória portuguesa na Taça dos Campeões Europeus]]
 
*[[A primeira vitória portuguesa na Taça dos Campeões Europeus]]
 +
*[[Pelé em Alvalade]]
 
*Portal Sporting Memória: [http://www.sporting.footballhome.net/index.php?option=com_joomgallery&func=viewcategory&catid=76&Itemid=37 Fotos de Equipas]// [http://www.sporting.footballhome.net/index.php?option=com_joomgallery&func=viewcategory&catid=765&Itemid=37 Fotos de Jogos]//  [http://www.sporting.footballhome.net/index.php?option=com_seyret&Itemid=29&catid=288 Vídeos da época]
 
*Portal Sporting Memória: [http://www.sporting.footballhome.net/index.php?option=com_joomgallery&func=viewcategory&catid=76&Itemid=37 Fotos de Equipas]// [http://www.sporting.footballhome.net/index.php?option=com_joomgallery&func=viewcategory&catid=765&Itemid=37 Fotos de Jogos]//  [http://www.sporting.footballhome.net/index.php?option=com_seyret&Itemid=29&catid=288 Vídeos da época]
 
[[Categoria:Épocas do Futebol]]
 
[[Categoria:Épocas do Futebol]]

Edição atual desde as 22h57min de 14 de março de 2019

Começa a renovação

58-59.jpg

O Sporting ganhara o Campeonato Nacional da época de 1957/58 com uma equipa em fim de ciclo pelo que Enrique Fernandez foi forçado a encetar a renovação que se impunha.

Esta foi a última época para jogadores históricos como Caldeira, Joaquim Pacheco, Osvaldinho, Travassos, Vasques e João Martins e já sem Juca que abandonou devido a uma lesão grave, enquanto Carlos Gomes emigrara para Espanha, isto já para não falar de Vadinho que só regressou do Brasil no fim do ano, alegando que a sua mãe estava doente. De certa forma pode-se dizer que do onze base que ganhara o Campeonato anterior restavam o central Galaz, o médio David Júlio e o extremo Hugo.

Assim o técnico uruguaio foi introduzindo alterações progressivamente, promovendo as entradas de Octávio de Sá para a baliza, Mário Lino e Hilário para as laterais e Morais para extremo esquerdo, enquanto Fernando Mendes se impunha definitivamente no meio campo e para o ataque eram contratados o argentino Diego e o uruguaio Caraballo. Mais tarde chegaria o brasileiro Faustino que veio substituir o seu conterrâneo Ivson, que regressara ao Brasil.

Para além disso outros jovens como Carvalho, Morato, António França, Ferreira Pinto, Cafum e Tomé também tiveram as suas oportunidades. Estavam lançadas as sementes de uma nova grande equipa, mas nessa temporada Enrique Fernandez pagou caro a sua ousadia, sendo acusado de mexer muito na equipa e de pôr de parte os mais velhos, acabando por ser despedido em Março após uma derrota na Covilhã, cabendo a Mário Imbelloni a responsabilidade de levar a equipa até ao final da temporada.

A época iniciara-se com o Sporting de regresso à Taça dos Campeões Europeus, tornando-se no primeiro Clube português a passar à 2ª eliminatória desta competição, afastando os holandeses do DOS Utrecht com uma dupla vitória, que não seria capaz de repetir frente aos belgas do Standard de Liège, com quem perdeu os dois jogos.

No Campeonato o Sporting ficou fora da corrida pelo título ainda na 1ª volta, o que acelerou as alterações introduzidas pelo treinador, pelo que a equipa se afundou no 4º lugar, igualando a pior classificação de sempre do Clube, que ficou a 10 pontos do vencedor da prova. Restou a consolação de na penúltima jornada derrotar por 2-1 o Benfica, entregando assim o título ao FC Porto, no jogo que marcou a estreia de Mário Imbelloni no comando da equipa principal.

O jovem treinador argentino já estava contratado para assumir o comando do futebol jovem do Sporting na época seguinte, mas antecipou a sua entrada em Alvalade prometendo formar um onze forte para discutir a vitória na Taça de Portugal. Mário Imbelloni manteve na equipa os jovens lançados por Enrique Fernandez nos sectores mais recuados, mas acabou com as experiências na linha da frente apostando em jogadores mais batidos e no recém chegado Faustino Pinto.

Assim, depois de eliminar sucessivamente o Leixões, a Académica e o Sp. Braga, o Sporting voltou a ganhar por 2-1 no derby de Alvalade, agora na 1ª mão das meias-finais da Taça de Portugal, no entanto o Benfica vingar-se-ia ganhando na Luz por 3-1 e garantindo o apuramento para a Final que viria a vencer.

Como consolação, em Abril o Sporting ganhou a denominada Taça dos Campeões, que pôs frente a frente os dois últimos vencedores do Campeonato Nacional. Para além disso disputaram-se no final da época vários jogos internacionais, que terminaram com uma pequena digressão a Badajoz, onde o Sporting derrotou o clube local mas perdeu com o Atlético de Madrid. No entanto o grande destaque foi a visita a Alvalade do Santos de Pelé, que terminou com um empate a duas bolas, num jogo onde a grande figura foi Faustino Pinto, imediatamente apelidado de "Pelé branco".

No fim de Julho o Sporting já sob o comando do novo treinador Fernando Vaz, visitou os Açores onde defrontou as suas duas Delegações, o Clube União Sportiva e o Sport Clube Lusitânia, neste caso para disputar dois jogos no âmbito da transferência de Mário Lino.

As Reservas falharam a conquista da Taça Oliveira Duarte, um troféu muito desejado devido ao simbolismo do nome que o batizava, mas em contra-partida o Sporting ganhou o Campeonato Regional, numa época em que a AFL voltou a organizar esta prova depois de vários anos de interregno.

Nesta época a Seleção Nacional disputou 5 jogos, incluindo as duas vitórias frente à Alemanha Oriental a contar para a fase prévia de apuramento para o Europeu de 1960. O jovem Fernando Mendes foi o único representante do Sporting, somando as suas primeiras 5 internacionalizações.

To-mane 16h23min de 22 de Agosto de 2008 (UTC)

Figuras

Secção de Futebol

Nome Cargo Jogos V E D Observações
Lobo da Costa Director Até Janeiro
Oliveira Martins Director Desde Janeiro
Abrantes Mendes Secretário-Técnico
Enrique Fernandez Treinador 28 13 7 8 Até 10-03-1959
Mário Imbelloni Treinador 10 6 0 4 Desde 10-03-1959

Plantel

Jogador Posição Obs. CN TP TCE Total
J G J G J G J G
Octávio de Sá Guarda-redes 23 -22 8 -12 4 -10 35 -42
Carvalho Guarda-redes 2 -4 1 0 0 0 3 -4
Alves Pereira Guarda-redes 2 -2 0 0 0 0 2 -2
Caldeira Defesa 14 0 0 0 4 0 18 0
Mário Lino Defesa 13 0 6 0 0 0 19 0
Morato Defesa 9 0 8 0 0 0 17 0
Galaz Defesa 14 1 0 0 4 0 18 1
Pacheco Defesa 10 0 0 0 4 0 14 0
Hilário Defesa 16 0 8 0 0 0 24 0
Fernando Mendes Médio 22 0 5 0 4 1 31 1
David Júlio Médio 16 4 6 0 2 0 24 4
França Médio 9 0 0 0 0 0 9 0
Osvaldinho Médio/Defesa 8 0 2 0 0 0 10 0
Valente Médio 2 0 2 0 0 0 4 0
Pérides Médio 2 0 4 0 0 0 6 0
Hugo Avançado 23 9 8 3 4 1 35 13
Vasques Avançado 11 3 2 3 2 1 15 7
Diego Avançado 13 5 6 5 4 0 23 10
João Martins Avançado 12 3 0 0 3 0 15 3
Caraballo Avançado 10 3 0 0 3 0 13 3
Travassos Avançado 14 4 3 0 0 0 17 4
Morais Avançado 17 4 7 1 3 0 27 5
Quim Avançado 7 2 1 0 0 0 8 2
Ferreira Pinto Avançado 3 0 0 0 0 0 3 0
Pompeu Avançado 1 0 0 0 0 0 1 0
Bispo Avançado 1 1 0 0 0 0 1 1
Cafum Avançado 1 0 0 0 0 0 1 0
Tomé Avançado 3 3 0 0 0 0 3 3
Ivson Avançado Até Fevereiro 7 6 0 0 3 4 10 10
Vadinho Avançado Desde Janeiro 2 0 8 6 0 0 10 6
Faustino Avançado Desde Maio 0 0 4 2 0 0 4 2

Legenda
Competição: CN=Campeonato Nacional, TP=Taça de Portugal, TCE Taça dos Campeões Europeus

Jogos

Campeonato Nacional

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
14-09-1958 1ª Jornada Barreirense – SPORTING 0 – 1 Ficha
21-09-1958 2ª Jornada SPORTING – Sp. Braga 3 – 4 Ficha
28-09-1958 3ª Jornada F.C. Porto – SPORTING 1 – 0 Ficha
05-10-1958 4ª Jornada SPORTING – V. Setúbal 2 – 0 Ficha
12-10-1958 5ª Jornada Lusitano de Évora – SPORTING 3 – 3 Ficha
18-10-1958 6ª Jornada SPORTING – Torreense 4 – 0 Ficha
26-10-1958 7ª Jornada SPORTING – C.U.F. 1 – 0 Ficha
02-11-1958 8ª Jornada V. Guimarães – SPORTING 1 – 3 Ficha
09-11-1958 9ª Jornada SPORTING – Caldas 3 – 0 Ficha
30-11-1958 10ª Jornada Académica – SPORTING 1 – 0 Ficha
07-12-1958 11ª Jornada SPORTING – Sp. Covilhã 8 – 1 Ficha
14-12-1958 12ª Jornada Benfica – SPORTING 4 – 0 Ficha
21-12-1958 13ª Jornada SPORTING – Belenenses 1 – 1 Ficha
28-12-1958 14ª Jornada SPORTING – Barreirense 5 – 1 Ficha
04-01-1959 15ª Jornada Sp. Braga – SPORTING 0 – 0 Ficha
11-01-1959 15ª Jornada SPORTING – F.C. Porto 2 – 2 Ficha
18-01-1959 17ª Jornada V. Setúbal – SPORTING 1 – 0 Ficha
25-01-1959 18ª Jornada SPORTING – Lusitano de Évora 3 – 1 Ficha
08-02-1959 20ª Jornada C.U.F. – SPORTING 1 – 1 Ficha
10-02-1959 19ª Jornada Torreense – SPORTING 0 – 2 Ficha
15-02-1959 21ª Jornada SPORTING – V. Guimarães 4 – 1 Ficha
22-02-1959 22ª Jornada Caldas – SPORTING 0 – 0 Ficha
01-03-1959 23ª Jornada SPORTING – Académica 1 – 1 Ficha
08-03-1959 24ª Jornada Sp. Covilhã – SPORTING 1 – 0 Ficha
15-03-1959 25ª Jornada SPORTING – Benfica 2 – 1 Ficha
22-03-1959 26ª Jornada Belenenses – SPORTING 2 – 1 Ficha

Classificação

Clube J V E D GM - GS P
FC Porto 26 17 7 2 81 - 22 41
Benfica 26 17 7 2 78 - 20 41
Belenenses 26 16 6 4 65 - 27 38
SPORTING 26 12 7 7 50 - 28 31
Vit. Guimarães 26 13 3 10 59 - 55 29

Pontuação: 2 pontos por vitória, 1 por empate, 0 por derrota

Taça de Portugal

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
03-05-1959 1ª Eliminatória SPORTING – Leixões 3 – 0 Ficha
10-05-1959 1ª Eliminatória Leixões – SPORTING 2 – 1 Ficha
24-05-1959 Oitavos de Final Académica – SPORTING 3 – 1 Ficha
28-05-1959 Oitavos de Final SPORTING – Académica 3 – 0 Ficha
02-07-1959 Quartos de Final SPORTING – Sp. Braga 6 – 2 Ficha
05-07-1959 Quartos de Final Sp. Braga – SPORTING 1 – 3 Ficha
08-07-1959 Meias Finais SPORTING – Benfica 2 – 1 Ficha
13-07-1959 Meias Finais Benfica – SPORTING 3 – 1 Ficha

Taça dos Campeões Europeus

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
01-10-1958 1ª Eliminatória D.O.S. Utrecht (Holanda) – SPORTING 3 – 4 Ficha
08-10-1958 1ª Eliminatória SPORTING – D.O.S. Utrecht (Holanda) 2 – 1 Ficha
29-10-1958 Oitavos de Final SPORTING – Standard Liège (Bélgica) 2 – 3 Ficha
12-11-1958 Oitavos de Final Standard Liège (Bélgica) – SPORTING 3 – 0 Ficha

Outros Jogos

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
31-08-1958 Festa da Artur Vaz Vit. Setúbal – SPORTING 2 – 4 Ficha
07-09-1958 Festa do Travassos SPORTING – Benfica 2 – 0 Ficha
24-09-1958 Festa do Calado Benfica – SPORTING 1 – 0 Ficha
01-02-1959 19ª Jornada Torreense – SPORTING 1 – 1* Ficha
29-03-1959 Homenagem a Miguel Lourenço SPORTING – Belenenses 0 – 0 (2–3) Ficha
05-04-1959 Taça dos Campeões SPORTING – FC Porto 2 – 1 Ficha
08-04-1959 Festa do Caldeira SPORTING – Belenenses 0 – 0 (3–2) Ficha
12-04-1959 Taça dos Campeões FC Porto – SPORTING 1 – 2 Ficha
19-04-1959 Amigável Lusitano de Évora – SPORTING 1 – 0 Ficha
13-05-1959 Amigável Vianense – SPORTING 0 – 2 Ficha
17-05-1959 Amigável Misto Gouveia/Covilhã – SPORTING 0 – 6 Ficha
20-05-1959 Amigável SPORTING – Nottingham Forest 0 – 1 Ficha
07-06-1959 Amigável Bétis – SPORTING 4 – 1 Ficha
09-06-1959 Festa do Pacheco SPORTING – Sel. Brasileiros 2 – 1 Ficha
19-06-1959 Amigável SPORTING – Santos 2 – 2 Ficha
25-06-1959 Amigável SPORTING – Bétis 3 – 2 Ficha
27-06-1959 Amigável Badajoz – SPORTING 3 – 4 Ficha
28-06-1959 Amigável Atlético de Madrid – SPORTING 2 – 0 Ficha
27-07-1959 Amigável União Sportiva – SPORTING 0 – 6 Ficha
30-07-1959 Amigável Lusitânia – SPORTING 1 – 4 Ficha
03-08-1959 Amigável Lusitânia – SPORTING 0 – 5 Ficha
05-08-1959 Amigável Marítimo – SPORTING 1 – 2 Ficha
  • Jogo interrompido aos 37m devido ao mau tempo
Resumo da Época
Campeonato Nacional Taça de Portugal Taça dos Campeões Europeus Campeonato Regional - Reservas
4º lugar Meias Finais 2º eliminatória Campeão

Outros links de interesse