Washington, Pekermans, Fernandezes e Arbitragem

Washington faz recorde do Brasileirão: 32 golos numa época

O brasuca washington estabeleceu um novo recorde au fazer a impressionante soma de 32 golos no brasileirão, o campeonato nacional brasileiro. Um feito.

Ao ler o artigo sobre isto recordei que este washington era o tal que esteve para vir para cá há uns tempos. Pelo que li foi recusado por ser diabético. Se o washington a marcar 32 golos é diabético então o silva e o pinilla são o quê? Zombies? :).

Enfim… se calhar ainda ia a tempo de fazer uma perninha na europa, tipo velho Acosta.

Pekerman lidera com Argentina vs Fernandez

Confesso que sinto que existem foristas que acompanham com muito mais atenção o futebol internacional que eu, habituei-me a seguir com atenção os inputs de alguns de vós neste domínio.

Mesmo assim existiram sempre duas coisas que me surpreenderam: uma a paixão por Fernandez, um treinador a meu ver vulgar, macio e com um curriculum estranho para quem, tendo tanto “capital de confiança”, não ter no curriculum a presença em nenhum clube realmente grande antes do FCP. Acho que este ano de Porto, apesar de minado, está a comprovar o que eu pensava.

Contavam-me o outro dia que um amigo tripeiro comentava que já tinha descoberto pq é que o Porto não ia a lado nenhum este ano: é que passa todos os dias na mesma bomba de gasolina que mtos jogadores e técnicos do Porto e que… com Mourinho este passava antes das 7h e só depois passavam alguns jogadores… com Fernandez certos jogadores passam e só mais tarde se vê passar Fernandez.

Já Perkerman é o contrário. Qd se aventou a possibilidade de este treinador ir para Alvalade fiquei surpreendido com a opinião de alguns, não o querendo. Obviamente que esta surpresa minha se enquadra no facto de para mim quem anda a bolonis, santos e agora Peseiros teoricamente seria menos exigente. Pekerman recebeu finalmente um cargo a sério: treinador da amaldiçoada Argentina. Ao contrário do que esperavam alguns (lá para a terra dele) não só quebrou com o modelo de bielsa como está a mostrar serviço, liderando o grupo sul americano de apuramento, e até mais ver provando que não é um queiroz limitado a lidar com putos. Não servia para o Sporting? Não sei porquê.

Arbitragens
Por vezes não falamos nisso, mas como mais tarde ou mais cedo esse argumento surgirá para justificar alguma coisa e como me envergonho de por vezes parecermos o benfica nesse tipo de justificações, vou mantendo a minha contabilidade.

Destaco o trabalho (se é que se pode chamar isso) do fiscal de linha do Porto - Boavista. Maior incompetência é impossível. Prejudicou ambas as equipas de forma inacreditável, ora anulando golos limpos ora validando golos que não eram, ora não assinalando grandes penalidades claras. Só quando morrer um é que pelos vistos se repensa a arbitragem. Arbitros a trabalhar em mercearias e bancos sem tempo para ganhar traquejo é inaceitável no futebol dos milhões, em que cada ponto vale mto dinheiro.

Actualização desta jornada:

Porto - 1 penalty não assinalado (o golo offside do boavista não o contabilizo pq “corta” com o golo limpo de toskito não assinalado).

Benfica - 1 golo em claro fora de jogo.

Sporting - 1 penalty contra não assinalado.

Sugestão

Para quem gosta de futebol, tácticas e considerandos. O site de Luís Freitas Lobo, autor de “Os Magos do Futebol” e colaborador ocasional (infelizmente) de A Bola. Excelente site.

http://www.planetadofutebol.com/

Meu Caro,

O jornalismo em Portugal anda com as voltas trocadas, o que nos vale são alguns sites como esse que referências e do qual sou assiduo leitor. É pena que seja correspondente da Abola…

O Washington não veio para o Sporting não por ser diabético, mas por tr na altura um problema no joelho. Na minha opinião é um excelente jogador com um estilo parecido ao Jardel …

Pekerman é um sonho meu antigo de velo em Alvalade, e corroboro em tudo o que dizes dele… Era um homem que podia revolucionar a Academia do Sporting com aquilo que é perito, lançar jogadores jovens e praticar um futebol muito bonito …

Sobre arbitragem não gosto de falar, mas recordo mais 2 foras de jogo mal assinalados ao ataque do SCP que deixariam Liedson e Douala isolados …

Já agora gostava de te ouvir sobre o comentador televisivo da TVI …

Em relação ao Washington até admito poder ser um bom reforço, não pelos 32 golos que tem, porque não são comparáveis os campeonatos brasileiro e português. Basta veres a média de golos por jornada para se verificar isso.

De qualquer forma, essa é uma questão subjectiva, ninguém te garante que se ele viesse, não estaria a passar o mesmo que o Pinilla, a diferença é que o Pinilla é um jovem com uma carreira inteira pela frente.

A possível vinda dele agora, encerra outro problema: é um jogador com toda uma época em cima, cujo desgaste se fará sentir, irremediavelmente, mas a sua compleição fisica complementaria bem o leque de avançados que temos.

Quanto ao Peckerman, penso que não vale muito a pena discutirmos sobre treinadores. Já se sabe, são bons quando chegam, já não prestam com as primeiras derrotas. Na altura que se falou da sua vinda, o seu curriculum traria logo uma série de interrogações e consequentemente muitas desconfianças. Mesmo agora, na selecção Argentina, o seu trabalho, apesar do pouco tempo, só não foi alvo de mais criticas porque o Brasil perdeu, a Argentina sofreu para ganhar à Venezuela, equipa que pela primeira vez na história conseguiu marcar golos na Argentina.

Acho que o Peseiro, pela forma como a equipa tem jogado bem, mesmo que a espaços, merece a nossa confiança. Poderá ser um treinador um pouco mole, mas não sei até que ponto houve interferência da direcção no caso Rochemback.
Para mim penso que o mais importante é que a equipa consegue jogar bom futebol, e se vierem alguns reforços, criteriosamente escolhidos, ainda poderemos ter algumas alegrias este ano.

Quanto aos árbitros, acho que há erros inadmisiveis, outros nem por isso. Este fim de semana, tal como aconteceu no merdas x porco querem crucificar o árbitro/assistente por um lance claro de dúvida (golo do boavista). Reparem que o próprio comentarista da tv, disse que queria ver a repetição primeiro. As pessoas esquecem-se que em caso de dúvida no fora de jogo o árbitro deve deixar seguir e foi isso que ele fez, tanto no jogo do porto como no dos lampiões. Penso tb que este mesmo bandeirinha teve bem em anular o golo do toñito, uma vez que o cafu se fez ao lance e inviabilizou completamente a jogada.
O árbitro que esteve pior, ainda foi o do jogo do SCP, ao não assinalar a grande penalidade, o que quanto a mim, acabou eventualmente por nos prejudicar. Se tivesse assinalado teriamos mais tempo de reagir e assim talvez aqueles ultimos minutos miseráveis talvez não tivessem existido.

Só para dizer que em relação ao Washington, já ouvi bocas, de pessoa geralmente bastante conhecedora, que viria para a galinhagem em Janeiro

[b]Arbitragens[/b] Por vezes não falamos nisso, mas como mais tarde ou mais cedo esse argumento surgirá para justificar alguma coisa e como me envergonho de por vezes parecermos o benfica nesse tipo de justificações, vou mantendo a minha contabilidade.

Destaco o trabalho (se é que se pode chamar isso) do fiscal de linha do Porto - Boavista. Maior incompetência é impossível. Prejudicou ambas as equipas de forma inacreditável, ora anulando golos limpos ora validando golos que não eram, ora não assinalando grandes penalidades claras. Só quando morrer um é que pelos vistos se repensa a arbitragem. Arbitros a trabalhar em mercearias e bancos sem tempo para ganhar traquejo é inaceitável no futebol dos milhões, em que cada ponto vale mto dinheiro.

Actualização desta jornada:

Porto - 1 penalty não assinalado (o golo offside do boavista não o contabilizo pq “corta” com o golo limpo de toskito não assinalado).

Benfica - 1 golo em claro fora de jogo.

Sporting - 1 penalty contra não assinalado.

Então e as jornadas anteriores ? Ou só conta a partir de quando o porco é um bocadinho prejudicado ? 8)
Esperarei pacientemente pelas próximas jornadas e respectivas actualizações.

Acompanho este fórum há algum tempo e não posso deixar de achar incoerente e mesmo estranho ver-te, Mauras, alguém que está sempre contra as conversas sobre arbitragens, falar exactamente sobre elas (excelente a mistura com dois ou três outros assuntos menos polémicos, não há dúvida :stuck_out_tongue: ) e iniciar contabilizações , logo na semana que o porco realmente pode ter alguma razão de queixa e que o Sporting tem um penalti contra que ficou por marcar.

Pena que no ano passado não tenhas também feito contabilidades, especialmente no início do campeonato e se as fizeste, sempre gostava de as ver. :wink:

Jagger:

Tb tenho contabilizações de jornadas anteriores, vou mantendo memória.
Não concordo com essa teoria da conspiração, aliás pq a meu ver o Porto já teve razões de queixa logo no arranque do campeonato, em 1 ou 2 jogos, assim como os outros grandes já tiveram. Os três foram tb já benificiados.

Recordo por exemplo que as galinhas falam, falam mas ganharam um jogo em casa 1-0 com um golo em fora de jogo claro de um jogador que não interviu mas que estava na linha da bola…

Recordo o penalty que polga fez a semana passada e ainda outro jogo que não sei precisar onde o árbitro foi nosso amigo…

Recordo tb alguns jogos a favor e contra o Porto.

Isto tudo enquadra uma opinião que tenho habitual e que este ano é ainda mais evidente: o gamanso toca a todos, vejo todos serem benificiados/prejudicados como é costume, ora uns mais numa altura ora outros, e os 3 grandes, sem distinção, a utilizarem a arbitragem ciclicamente como desculpa da sua incompetência desportiva (embora os árbitros sejam de facto incompetentes, aquele fiscal das antas…).

Neste particular o Sporting tem tido até agora atitude correcta (tb não tem assim tantas razões para falar), o Dias da Cunha tem estado impecável.

Mppco:

o fiscal das antas foi mesmo mau: é que não é só o golo do Cafu. É os dois foras de jogo escandalosos tirados ao boavista (Zé manuel) e ainda o penalty claro (sobre o Bosingwa). Totalmente incompetente, aliás nós temos árbitros mais ou menos, os fiscais de linha é que são mesmo do outro mundo neste país.

Em relação a Washington, não o conheço. Já nem me lembrava que chegou a estar nas nossas cogitações.

Sou um dos que defendia o Fernandez como uma possível opção para o Sporting. Tinha-o na conta de um treinador moderno e esclarecido. Agora que o acompanho mais e melhor, mudei de opinião. Acho que ele é um nabo. Porque só um nabo não consegue fazer aquele plantel do FCP (o melhor e mais equilibrado plantel do país, na minha opinião) jogar à bola.

De Pekerman sou fã. E quem me dera tê-lo aqui no Sporting.

Sobre a arbitragem, o Mauras foca um aspecto com o qual concordo em absoluto. Sabemos que há árbitros que são maus, mas também há muitos árbitros que muitas vezes têm actuações desastradas, mais por culpa daqueles que o deveriam assistir, do que por erros próprios. Porque eles não conseguem ver tudo.

De arbitragem ninguem pode falar. Os 3 grandes já foram beneficiados e prejudicados. Portanto é um assunto que nem vale pena discutir, pelo menos na optica dos grandes. A arbitragem é muito má em portugal, basta ver este fim de semana, acho que até agora só o Braga-Estoril se safa, de resto uma miséria e com erros escandalosos.

O Pekerman é um treinador que têm feito carreira ao nivel da selecção da Argentina, primeiro na formação onde foi campeão do mundo sub-21 por 3 vezes. E agora na Selecção principal. No entanto ao nível de clubes não têm história.A sua mais recente passagem pela europa, nem foi para trabalhar como treinador, mas sim como director desportivo do Leganes clube da 2 divisão em Espanha. A pergunta é : terá ele capacidades para ser treinador de um clube ?

Washington têm feito uma época notavel ao serviço do Atl Paranaense que discute o titulo com o Santos. Ontem fez o seu golo número 32 no campeonato, era um jogador que o Sporting podia aproveitar no mercado de inverno.

Jagger:

Tb tenho contabilizações de jornadas anteriores, vou mantendo memória.

Então bom, bom era fazer-se essa contabilidade aqui no fórum, com a participação de todos. Era uma bela forma de se chegar a algumas conclusões.

O Washington não veio, salvo erro, por causa de um tornozelo.

No entanto, se ele ficasse, e tivesse de parar mais de um ano, como esteve, por problemas cardíacos, lá vinhas tu malhar no CF :wink: .

A.A.

Jagger:

Tb tenho contabilizações de jornadas anteriores, vou mantendo memória.

Então bom, bom era fazer-se essa contabilidade aqui no fórum, com a participação de todos. Era uma bela forma de se chegar a algumas conclusões.

És doido :)… olha logo eu a alimentar essas coisas :). O ponto que quis deixar claro é o mesmo que o lapa refere e com o qual concordo a 100%.

Os grandes têm é de estar todos caladinhos. Já comeram todos com roubos a favor e contra. Que joguem mas é à bola e se deixem de lutos, pedidos de recepção ministrial etc.

A.A:

Chiça… vocês já arranjaram problemas ao Washington de:

joelho
tornozelo
coração
diabetes (esta fui eu, a única que li na imprensa).

Ainda matam o homem :). Olha, se o homem tinha problemas cardiacos e foi recusado pelo Sporting não por isso mas por um problema no tornozelo então o nosso dep. médico anda bastante atento realmente lol

Jagger:

Tb tenho contabilizações de jornadas anteriores, vou mantendo memória.

Então bom, bom era fazer-se essa contabilidade aqui no fórum, com a participação de todos. Era uma bela forma de se chegar a algumas conclusões.

És doido :)… olha logo eu a alimentar essas coisas :). O ponto que quis deixar claro é o mesmo que o lapa refere e com o qual concordo a 100%.

Os grandes têm é de estar todos caladinhos. Já comeram todos com roubos a favor e contra. Que joguem mas é à bola e se deixem de lutos, pedidos de recepção ministrial etc.

Claro, concordo plenamente! :slight_smile:

E se bem me lembro, ainda ninguém do Sporting se manifestou sobre arbitragens esta época, pelo menos da maneira que o fizeram no ano passado, com razão na minha opinião.
O Dias da Cunha exagerou, sem dúvida, nas referências ao sistema, mas a verdade é que o Sporting acabou por ser muito mais prejudicado do que os outros dois adversários directos e em alturas fundamentais, o que não aconteceu (ainda) este ano.
Julgo que a luta pelos primeiros lugares da tabela que se vê esta época passa muito por aí.

Os grandes têm é de estar todos caladinhos. Já comeram todos com roubos a favor e contra. Que joguem mas é à bola e se deixem de lutos, pedidos de recepção ministrial etc.

Isto é verdade. Apesar de ainda ser cedo para começarem os roubos de igreja, acho que os porcos e as galinhas enquanto discutem entre eles quem é mais roubado, e vão aos ministros e aos presidentes, se calhar esquecem-se de nós, um pouco como em 2000. :wink:

O Washington não veio, salvo erro, por causa de um tornozelo.
Por acaso tenho a mesma ideia do Mauras, de que lhe diagnosticaram diabetes pelas análises ao sangue.

Quem tinha parafusos nos tornozelos era o Marques que esteve para vir para os lamps. Foi chumbado e veio o Roger… :lol:

Relativamente ao Washington, se não passou nos exames médicos acho bem não o terem contratado, ainda que o rapaz continue a jogar e a marcar. Que seria se ele viesse e lhe desse uma coisa má em campo?

Quanto ao porto ter sido prejudicado, não sei. Além dos fora-de-jogo do Zé Manel, houve também um outro sacado ao Cafu, num lance idêntico ao do golo.
O lance do Tonito é bem anulado, como teria sido o do Diego/Derlei no jogo com o Nacional.

Quanto a nós, não temos razão de queixa. Aliás, tirando este último jogo, tivemos os resultados que merecemos.

[b]Washington faz recorde do Brasileirão: 32 golos numa época[/b]

Sabe-se lá se não ia ser como o Pinilla. Há uma grande diferença entre o cameponato brasileiros e os campeonatos europeus.

[b]Pekerman lidera com Argentina vs Fernandez[/b]
As contas só se fazem no fim. Não é por ele estar em 1º que irá ganhar o Mundial. Os grandes testes irão ser no Campeonato do Mundo.
[b]Arbitragens[/b]

Destaco o trabalho (se é que se pode chamar isso) do fiscal de linha do Porto - Boavista. Maior incompetência é impossível. Prejudicou ambas as equipas de forma inacreditável, ora anulando golos limpos ora validando golos que não eram, ora não assinalando grandes penalidades claras.

O Pinto da Costa anda pelos corredores a reclamar que o Porto foi prejudicado pelo golo em fora de jogo mas esquece-se de três foras de jogo que não existiam tirados pelo fiscal de linha (2 ao Zé Manel e 1 ao Cafú) em que deixava os jogadores do Boavista isolados. O golo do Tonito não posso pronunciar porque as regras alteraram-se e não as sei muito bem. O Tonito não estava em fora de jogo.

Já agora porque é que nenhum jornalista não fala na cara do Pinto da Costa sobre os três foras de jogo mal tirados ao ataque do Boavista? Têm medo? Mas para gozar o Ricardo já não têm. Cambadas de… nem vou dizer o nome…

Washington:

Se lhe foi detectado um problema, fosse ele qual fosse, então foi bem reprovado, independentemente do que tenha conseguido alcançar noutros clubes.

Quanto ao potencial “europeu” do jogador, ele já esteve uma época (julgo que incompleta) no Fenerbahçe, e foi recambiado para o Brasil.

Pekerman:

Também uma das minhas opções para o Sporting, tanto em 2003 como em 2004.

A minha preferência tem na base o futebol do outro mundo apresentado pela jovem Argentina de Saviola, Riquelme, Aimar, Coloccini e Cambiasso, em tempos orientada por Pekerman.

Valha a verdade que este tem um perfil tipo-Queiroz: um planificador com skills para trabalhar com jovens, e sem curriculum nos seniores, e em particular num clube.

Mesmo agora, orientando a selecção principal, Pekerman continua sem experimentar a pressão trabalho diário e dos jogos todas as semanas.

Fernandez:

Também sou (era :?: ) fã, neste caso tendo na memória a gloriosa noite de Vigo.

Penso que é cedo para julgamentos. Fernandez entrou no Porto dias antes do primeiro jogo oficial. Creio que já era altura de o Porto se apresentar mais consistente, mas o facto de ter deitado fora a pré-época deve ser tido em conta. Não esquecer no entanto alguns momentos de futebol a sério que já mostraram (1ª parte com os lamps, 2ª connosco).

Arbitragem:

Como já foi dito, um dia não são dias e no final da época o saldo final há-de ser sempre favorável aos três grandes. É assim todos os anos (Sporting de 98/99 a única excepção de que me lembro).

Washington:

Se lhe foi detectado um problema, fosse ele qual fosse, então foi bem reprovado, independentemente do que tenha conseguido alcançar noutros clubes.

Quanto ao potencial “europeu” do jogador, ele já esteve uma época (julgo que incompleta) no Fenerbahçe, e foi recambiado para o Brasil.

Pekerman:

Também uma das minhas opções para o Sporting, tanto em 2003 como em 2004.

A minha preferência tem na base o futebol do outro mundo apresentado pela jovem Argentina de Saviola, Riquelme, Aimar, Coloccini e Cambiasso, em tempos orientada por Pekerman.

Valha a verdade que este tem um perfil tipo-Queiroz: um planificador com skills para trabalhar com jovens, e sem curriculum nos seniores, e em particular num clube.

Mesmo agora, orientando a selecção principal, Pekerman continua sem experimentar a pressão trabalho diário e dos jogos todas as semanas.

Fernandez:

Também sou (era :?: ) fã, neste caso tendo na memória a gloriosa noite de Vigo.

Penso que é cedo para julgamentos. Fernandez entrou no Porto dias antes do primeiro jogo oficial. Creio que já era altura de o Porto se apresentar mais consistente, mas o facto de ter deitado fora a pré-época deve ser tido em conta. Não esquecer no entanto alguns momentos de futebol a sério que já mostraram (1ª parte com os lamps, 2ª connosco).

Arbitragem:

Como já foi dito, um dia não são dias e no final da época o saldo final há-de ser sempre favorável aos três grandes. É assim todos os anos (Sporting de 98/99 a única excepção de que me lembro).

Essa dos grandes ter sempre um saldo favorável, é uma grande mito que é completamente falso. É óbvio que os grandes como atacam mais, irão ter no fim mais penalties inexistentes a favor assinalados, mais golos em fora de jogo assinalados … pois, mas só que o contrário tambem é verdade; terão mais foras de jogo mal assinalados, muito mais penalties por marcar.

Factos?

Este ano, quantos foras de jogo foram mal assinalados só ao Liedson? Mais de 10 de certeza absoluta! Quantos golos do Sporting foram validados em fora de jogo? Não me estou a lembrar de nenhum …
Quantos penalties favoráveis ao Sporting foram marcados? Nenhum (para a Superliga), nem mal nem bem! Quantos ficaram por marcar? Lembram-se de Setubal onde perdemos, ou até agora em Aveiro onde o Custódio tambem é impedido de saltar.

Claro que é especulação traduzir estes erros em pontos, porque por exemplo acho uma estupidez dizer que se o arbitro marcasse o penalty favorável ao Beira Mar o Sporting perderia 3-2. Se o arbitro marcasse penalty, primeiro teriamos que ver se ele era convertido (tem-se falhado 1 e 3 …). Caso fosse convertido o resultado na altura ficaria 2-2 … a cerca de 25 minutos do fim. Só quem não percebe nada de futebol, é que julgaria que esses 25 minutos iriam ser como foram na realidade. Certamente as substituições do Sporting seriam outras e principalmente a atitude seria outra! Se calhar (lá vou eu especular) até ganhariamos o jogo!

Washington:

Se lhe foi detectado um problema, fosse ele qual fosse, então foi bem reprovado, independentemente do que tenha conseguido alcançar noutros clubes.

Quanto ao potencial “europeu” do jogador, ele já esteve uma época (julgo que incompleta) no Fenerbahçe, e foi recambiado para o Brasil.

Pekerman:

Também uma das minhas opções para o Sporting, tanto em 2003 como em 2004.

A minha preferência tem na base o futebol do outro mundo apresentado pela jovem Argentina de Saviola, Riquelme, Aimar, Coloccini e Cambiasso, em tempos orientada por Pekerman.

Valha a verdade que este tem um perfil tipo-Queiroz: um planificador com skills para trabalhar com jovens, e sem curriculum nos seniores, e em particular num clube.

Mesmo agora, orientando a selecção principal, Pekerman continua sem experimentar a pressão trabalho diário e dos jogos todas as semanas.

Fernandez:

Também sou (era :?: ) fã, neste caso tendo na memória a gloriosa noite de Vigo.

Penso que é cedo para julgamentos. Fernandez entrou no Porto dias antes do primeiro jogo oficial. Creio que já era altura de o Porto se apresentar mais consistente, mas o facto de ter deitado fora a pré-época deve ser tido em conta. Não esquecer no entanto alguns momentos de futebol a sério que já mostraram (1ª parte com os lamps, 2ª connosco).

Arbitragem:

Como já foi dito, um dia não são dias e no final da época o saldo final há-de ser sempre favorável aos três grandes. É assim todos os anos (Sporting de 98/99 a única excepção de que me lembro).

Essa dos grandes ter sempre um saldo favorável, é uma grande mito que é completamente falso. É óbvio que os grandes como atacam mais, irão ter no fim mais penalties inexistentes a favor assinalados, mais golos em fora de jogo assinalados … pois, mas só que o contrário tambem é verdade; terão mais foras de jogo mal assinalados, muito mais penalties por marcar.

Factos?

Este ano, quantos foras de jogo foram mal assinalados só ao Liedson? Mais de 10 de certeza absoluta! Quantos golos do Sporting foram validados em fora de jogo? Não me estou a lembrar de nenhum …
Quantos penalties favoráveis ao Sporting foram marcados? Nenhum (para a Superliga), nem mal nem bem! Quantos ficaram por marcar? Lembram-se de Setubal onde perdemos, ou até agora em Aveiro onde o Custódio tambem é impedido de saltar.

Claro que é especulação traduzir estes erros em pontos, porque por exemplo acho uma estupidez dizer que se o arbitro marcasse o penalty favorável ao Beira Mar o Sporting perderia 3-2. Se o arbitro marcasse penalty, primeiro teriamos que ver se ele era convertido (tem-se falhado 1 em 3 …). Caso fosse convertido o resultado na altura ficaria 2-2 … a cerca de 25 minutos do fim. Só quem não percebe nada de futebol, é que julgaria que esses 25 minutos iriam ser como foram na realidade. Certamente as substituições do Sporting seriam outras e principalmente a atitude seria outra! Se calhar (lá vou eu especular) até ganhariamos o jogo!

Tenho a certeza que washington não ficou por problemas tipo tornozelos ou joelhos. também é normal mascarar alguns problemas mais graves para não queimar o jogador…

E tenho a certeza que esteve mais de um ano parado por razões cardíacas, pois li essa notícia essa semana.

Não era esta, mas serve:

A alegria do jogador é natural. Após fazer uma angioplastia, em dezembro de 2002, o jogador passou a enfrentar uma dura batalha. Com tantos casos de mortes relacionadas a problemas cardíacos no futebol - a do atacante Miklos Feher, do Sporting Lisboa (!!!), foi a última - muitos davam como impossível a volta de Washington aos gramados. Após o infarto e a saída do Fenerbach, da Turquia, o jogador tentou acertar sua ida para alguns clubes europeus, como o Celta de Vigo. Ressabiados, os dirigentes o vetaram.

A.A.