[VOTAÇÃO] Quem preferes a treinar o Sporting (caso MS saia no final da época)

A pergunta a votos neste tópico trata de uma situação hipotética, só responde quem quiser. Agradeço que não tragam à baila a conversa do Marco Silva aqui para este tópico e se cinjam a hipotéticos treinadores para substituir Marco Silva.

Na votação coloquei apenas os nomes que têm sido mais falados aqui no fórum e que não são de pessoal com CVs extensos no futebol internacional / alvos claramente irrealistas numa primeira análise. É por isso que Bielsas, Sampaolis entre outros não estão na lista, já que isso iria inquinar a votação (porque em princípio, toda a gente com neurónios prefere um treinador com grande CV e provas dadas a alguém menos conhecido ou que suscita dúvidas). Por fim, poderia ter colocado o nome de alguns estrangeiros nas mesmas condições dos nomes listados na votação, mas dados os zunzuns existentes nos bastidores do futebol é melhor não dar ideias muito definidas pra já sobre o que tem sido ventilado pelos meandros :mrgreen: (talvez possam ser adicionados caso apareçam na imprensa)

Vítor Pereira.

Embora ache que não faça sentido nenhum a criação deste tópico quando o clube ainda tem uma final da Taça a disputar :inde:

Não consigo perceber de que modo é que andar a discutir hipotéticos treinadores para a próxima temporada pode vir a influenciar positiva ou negativamente a final da Taça a disputar. :inde:

Entre os portugueses: Rui Faria, Vitó, Paulo Sousa.

Embora não esteja satisfeito com o Marco, só mudaria caso se soubesse que inequivocamente a equipa ficava melhor servida.

Não há nenhum português adequado, só o V.Pereira, e mesmo assim… Sem qualquer sugestão, deixo isso para quem os conheça, por mim seria um estrangeiro.

Investir num bom treinador é tão ou mais importante que investir num bom jogador. O barato quase sempre sai caro.

Como é óbvio :arrow:

Não causa influência direta, mas apenas me faz um pouco de confusão falar-se sobre isto quando a época ainda não acabou e ainda há um troféu a disputar.

Mas sem stress, até já dei a minha contribuição ao tópico e tudo :stuck_out_tongue:

Se não percebem a criação do tópico para quê que carregam?

Deixam o resto da malta discutir o que bem entende. O que não faltam são tópicos para todos os gostos.

Rui Jorge. Bom trabalho com jovens, passado no Clube, sabe o que é um Grande, como jogador mas sabe, teve bons treinadores na carreira.

a little bit impossible, but who knows…

Também seria a minha escolha, mas infelizmente parece que ele não está muito virado para estas “caldeiradas”. Disse-o no começo da carreira de treinador e duvido que volte atrás.

O Rui Faria seria uma aposta arriscada, mas muito interessante. De qualquer forma, não me parece que esteja interessado em largar, para já, o Mourinho.

Coloco o nome do Paulo Sousa, caso se confirma saída (e unica e exclusivamente nessa situação), porque apesar de não ser fã do MS desde o ínicio, acho que o clube tem de apostar na estabilidade, isso no meu entender é muito importante e implica não mudar de treinador todos os anos…

O MS chegou esta época, ambientou-se a um grande, a outra realidade e o proprio clube internamente estabilizou, e na proxima época daria continuidade ao trabalho desenvolvido nesta.

Caso o caminho escolhido pelo Presidente seja outro, o Paulo Sousa, acho que tem estado a fazer um trabalho interessante, consistente e aparentemente sempre a subir.

Saudações Leoninas!

[member=15142]RMS não era mau mas ou o Sporting abria os cordões á bolsa ou não temos qualquer hipótese

Dessa lista preferia apostar no Boa Morte. É mais barato.

Não tenho preferencia entre estrangeiros e portugueses.

Se estamos na fase de sugerir treinadores, gostaria que viesse o Rui Jorge.

Parece-me ter estaleca para treinador do Sporting. Mais do que Paulos Fonsecas, Vitórias, Vidigais e afins.

just a feeling

Continuo fiel ao que venho a dizer há anos: o Sporting para ser um clube formador de jogadores, não pode ser ao mesmo tempo um clube formador de treinadores.

Por isso votei um estrangeiro, dado que os portugueses possíveis ou não passam ainda de “wannabe’s”, ou não têm categoria para o Sporting.

O meu desejo pessoal seria a “Velha Raposa”.

Votei vitó mas sinceramente não sei até que ponto estará disponível para treinar em Portugal.
Veremos o que acontece depois da Taça.

Votei Vítor Pereira. O meu favorito de longe.

Caso não seja possível, penso que é hora para olhar seriamente para o mercado estrangeiro. Aí, gosto de alguns espanhóis, com o Marcelino e o Paco à cabeça.

No mercado nacional, Paulo Fonseca e Paulo Sousa seriam hipóteses a ter muito em conta.

O Paulo Fonseca no paços (e vou me concentrar só no trabalho que efectuou na sua primeira e segunda passagem por esse clube) consegue que a sua equipa mostre uma solidez defensível assinalável e alem disso consegue incutir uma enorme solidariedade entre os jogadores.Os atletas em campo demonstram sempre uma grande entreajuda.

Peca contudo nos processos ofensivos onde as suas ideias são parcas e pouco interessantes.

Talvez por esse aspecto possa ser curto para um projecto como o nosso.

Depois temos Rui Vitória, de todos os nomes a treinar parece-me ser aquele que o seu perfil mais encaixa na filosofia da direcção.
Primeiro que tudo é um treinador que assume sem problemas restrições impostas pelas direcções.

Tem como ponto positivo a forma como trabalha com atletas mais jovens e não tem pudor ou problemas em arriscar na sua utilização.Contudo esse parece-me ser o seu único ponto interessante, pois na qualidade como técnico é algo mediano em todos os aspectos gerais (e pessoalmente desgosto do mesmo como comunicador, mas isso é um ponto irrelevante).

Lito Vidigal, fez um trabalho notável no belenenses esta temporada e é um treinador em claro crescendo.

Destas três opções parece-me ser aquele que apresenta um nível mais equilibrado, é um treinador extremamente exigente com os seus atletas mas essa exigência tem reflexos depois nos resultados.

Como ponto “negativo”, ao contrário de Fonseca e Rui Vitória não sei é um treinador que conseguiria manter uma relação harmoniosa e saudável com a direcção.

Depois temos o fan favourite Vitor Pereira.

Quando ninguém ainda imaginava que o mesmo viria a tornar o futuro treinador do porto e as luzes todas residiam em Vilas Boas (que era tido pela generalidade como o próximo Mourinho :shifty: ).

Um conhecido meu com conhecimentos esse clube dizia que o grande trunfo dessa época no banco tinha sido Vitor Pereira.
Dizia-me ela que todo o trabalho táctico passava pelas mãos dele.

É um treinador muito forte nesse aspecto, perde contudo imenso na relação que tem com o balneário pois tem imensa dificuldade em ter uma relação de empatia com os atletas.É algo frio, e segundo relatos de um ex jogador seu (Alex Sandro) na face de certas adversidades( maus resultados) psicologicamente vai se abaixo ( brasileiro falava num ambiente digno de um enterro nessas alturas).

Isso é um grande problema.

O outro (e já esquecendo o facto de ser a opção mais cara “disponível” Portuguesa) será a forma como seria visto pelos Sportinguistas.

No fim seja qual for o nome escolhido o que interessa é se a bola entra ou não na baliza.

Suspeito que a mínima adversidade sofrida grande parte dos Sportinguistas iria apontar o dedo ao treinador (Paulo Fonseca também terá esse problema).Alias não é só com os jogadores que não consegue causar empatia, com os adeptos sofre o mesmo problema e eu recordo-me que adeptos do porto estavam no sempre a criticar por esta ou outra razão.

Resumindo, não vai ser uma escolha fácil.

Contudo não podemos continuar nesta paz podre e com um treinador no banco que não esta minimamente interessado se ganha ou perde.

Vitó