Voleibol - Séniores Masculinos - Época 2021/2022

Dvoraren de saída?

Epa ninguém diria🤣

Se o Gersinho continua, o vinha vai sair, ainda por cima tendo em conta que querem o Jardim

Vai para um novo club: o VCR (Volley Club da Reforma)

1 Curtiu

Duvido muito que o Gersinho renove.
O Contrato dele expirava este ano? Tinha ideia que era só para o ano.

acho q nem o rascord sabe

Esta secção é exemplificativa do quão má a gestão das modalidades está a ser. E isto não é conversa de direcções porque eu não faço isso, é apenas constatar em como o Miguel Afonso, ou seja quem for que manda nisto, é um incompetente. E como o é, tem de sair e dar lugar a outro.

O Sporting em voleibol masculino e feminino deve gastar uns 500 mil euros(mais coisa menos coisa, coloquei um valor redondo) e tem 0% de chances de ser campeão.

Como é que se explica a lógica de investir meio milhão sem ter uma única chance de ser campeão?

Poderão dizer que nos masculinos até fomos à final e no feminino até ganhamos a fase regular mas isso é conversa engana-tótós porque nos masculinos somos saco de pancada dos lamps e nos femininos somos uns losers(e no próximo ano teremos um benfica muito mais forte). Até poderia aqui acrescentar futsal e hoquei feminino mas vou cingir-me ao tópico e ao volei.

Ora como é que um funcionário do clube decide deitar ao lixo 500 mil euros e continua com emprego?

O Sporting em termos estratégicos não pode cometer este erro. Isto é inadmissível. Ou investimos mais, procuramos soluções, contratamos jogadores a sério e lutamos de igual para igual(podendo ganhar ou perder) ou diminuímos o orçamento, admitimos publicamente que não somos candidatos, procuramos jogadores jovens, tanto cá como em mercados menos explorados, fazendo um projecto de futuro(tanto nos masculinos como femininos) e a longo prazo. A única diferença disto para o que temos agora é que em vez de gastarmos 500 mil euros se calhar gastávamos uns 200, deixávamos de ter brasileiros de sétima categoria e portugueses de segunda, de resto nada mudava, continuaríamos a ver os outros a festejar no JR e a ganhar troféus, como agora.

A grande diferença é que com estes 300 mil euros de diferença dava para investir num craque para o hóquei e noutro para o andebol e aumentávamos as hipóteses de sermos campeões nessas modalidades(mais uma vez repito, no volei ficaria como agora).
Quem sabe se não daria também para trazer um ou dois bons jogadores para o Ténis de Mesa(e quem sabe almejar umas meias da Champions ou ganhar a 2ª prova europeia), que anda aos descaídos desde a saída do Aruna, quem sabe se não daria para aproveitar agora que os Russos estão fora e que alguns clubes franceses e alemães parecem investir menos para trazer jogadores de qualidade, quem sabe se não poderíamos tentar um regresso a Portugal do Marcos, nunca se sabe, mas lá está, isto era ambicioso e não conduz.

5 Curtiram

A questão é:

Como podem existir sócios a verem os seus € deitados ao lixo e justificarem/desculparem isto?

O Gersinho já mostrou bastas vezes não conseguir virar jogos, aliás quantos e quantos sets com grandes vantagens foram perdidos após pausa técnica pedida pelo adversário? Quantos jogos perdemos com Fonte e outros? Também tinham mais recursos?

Pela bitola de alguns, ganhou uma taça mais do que no ano de mais investimento de sempre, por isso deve estar a fazer um bom trabalho.

Atenção que eu também acho que o seu tempo esgotou

Acho que o grande sucesso da vitória na taça num ano de pouco investimento lhe devia dar pelo menos mais 10 anos. Está alinhado com a direcção e com o mais com menos

OFICIAL: DOIS LEÕES DE SAÍDA DO VOLEIBOL

Nas redes sociais, atletas despediram-se do Clube de Alvalade, mostrando-se muito gratos pelo período em que vestiram de verde e branco

Duarte Pereira da Silva

Texto

17 de Maio 2022, 08:00

summary_large_image

João Fidalgo e Robinson Dvoranen estão de saída do voleibol do Sporting. Nesta segunda-feira, 16 de maio, os jogadores utilizaram as redes sociais para se despedirem do Clube de Alvalade.

“Será sempre um até já, nunca uma despedida. Sou Sporting e esta será sempre a minha casa. Orgulho infinito e gratidão eterna a quem me permitiu viver tudo isto”, escreveu João Fidalgo nas suas redes sociais. O líbero (internacional português) estava em Alvalade desde 2017. Desde então, Fidalgo realizou 147 jogos e conquistou um Campeonato Nacional (2015/16) e uma Taça de Portugal (2020/21).

Por sua vez, Dvoranen agradeceu ao Sporting e a Portugal. O brasileiro esteve em Alvalade nas temporadas de 2020/21 e 2021/22, realizando 74 jogos e conquistando uma Taça de Portugal.

Pelos visto buscar um libero estrangeiro

1 Curtiu

a caminho mais uma carrada de entulho?