Voleibol Feminino - Época 2021/2022

LEOAS VENCEM E CONVENCEM

Por Sporting CP
10 Out, 2021

VOLEIBOL

Triunfo tranquilo sobre o SC Espinho

A equipa feminina de voleibol do Sporting Clube de Portugal recebeu e venceu, este domingo, o SC Espinho por 3-0 (25-15, 25-13 e 25-20) na terceira jornada da primeira fase do Campeonato Nacional.

As Leoas de Rui Pedro Costa foram superiores durante praticamente todo o desafio e venceram os dois primeiros sets por 25-15 e 25-13, respectivamente.

As visitantes deram mais luta no terceiro set e chegaram a estar na frente do marcador, mas o Sporting CP respondeu de forma positiva e conseguiu fechar com 25-20, fazendo o 3-0 final e somando mais um triunfo nesta edição do Campeonato.

Sporting CP: Vanessa Paquete, Amanda Cavalcanti, Daniana Esteves, Margarida Rocha, Thaís Bruzza, Juliana Carrijo, Maria Maio, Claire Vercheval, Katherine Regalado, Jady Gerotto, Aline Timm, Evgeniya Bochkareva, Carolina Garcez [L] e Daniela Loureiro [C] [L].

O Rui Pedro Costa, além do excelente trabalho desportivo, tem lutado pela verdade e justiça desportiva e é um homem ponderado, sóbrio e excelente comunicador. Espero que fique no Sporting por muito tempo.

2 Curtiram

Jady Gerotto (muito rápida e eficiente nas “chinas”) e Juliana Carrijo a fazerem esquecer a distribuidora que foi para o norte e a Gabriella Rocha; bons apontamentos da Katherine Regalado (principalmente nas “pipes”) e da Evgenia; a Claire ainda não está 100% confiante; a Margarida Rocha ainda vai ter de “partir muita pedra”; Dani e Carolina a (muito) bom nível; a Vanessa Paquete entrou muito bem no jogo, com blocos eficientes; a Daniana está mais desenvolta em relação ao ano anterior, mas não acredito que na altura das grandes decisões seja das primeiras opções; a Amanda a atingir um nível muito alto e com bastante eficácia.
Como dizia ontem o comentador da Sporting TV “esta equipa é a menina dos olhos dos sportinguistas”.

P.S. - Esqueci-me de referir a Maria Maio que também entrou muito bem no jogo.

LEOAS VENCEM E CONVENCEM

Por Sporting CP
10 Out, 2021

VOLEIBOL

Triunfo tranquilo sobre o SC Espinho

A equipa feminina de voleibol do Sporting Clube de Portugal recebeu e venceu, este domingo, o SC Espinho por 3-0 (25-15, 25-13 e 25-20) na terceira jornada da primeira fase do Campeonato Nacional.

As Leoas de Rui Pedro Costa foram superiores durante praticamente todo o desafio e venceram os dois primeiros sets por 25-15 e 25-13, respectivamente.

As visitantes deram mais luta no terceiro set e chegaram a estar na frente do marcador, mas o Sporting CP respondeu de forma positiva e conseguiu fechar com 25-20, fazendo o 3-0 final e somando mais um triunfo nesta edição do Campeonato.

Sporting CP: Vanessa Paquete, Amanda Cavalcanti, Daniana Esteves, Margarida Rocha, Thaís Bruzza, Juliana Carrijo, Maria Maio, Claire Vercheval, Katherine Regalado, Jady Gerotto, Aline Timm, Evgeniya Bochkareva, Carolina Garcez [L] e Daniela Loureiro [C] [L].

VOLEIBOL FEMININO: DUPLA JORNADA VITORIOSA

Equipa leonina venceu o SC Caldas no Pavilhão João Rocha, por 3-0

Maria Pinto Jorge

Texto

11 de Outubro 2021, 11:06

summary_large_image

Depois de já terem vencido no passado sábado, dia 9 de outubro, frente do Porto Volei, por 3-1 (LER MAIS AQUI), as leoas do voleibol feminino chegaram ao Pavilhão João Rocha para triunfarem no segundo encontro da dupla jornada do fim-de-semana, vencendo por 3-0 o SC Espinho.

Nos dois sets iniciais, as leoas foram muito superiores, como se pode ver pelos parciais: 25-15 e 25-13; sendo que apenas no último set foi mais equilibrado (25-20), em encontro a contar para a terceira jornada da primeira fase do Campeonato Nacional.

Confira a lista de jogadoras das leoas: Vanessa Paquete, Amanda Cavalcanti, Daniana Esteves, Margarida Rocha, Thaís Bruzza, Juliana Carrijo, Maria Maio, Claire Vercheval, Katherine Regalado, Jady Gerotto, Aline Timm, Evgeniya Bochkareva, Carolina Garcez [L] e Daniela Loureiro [C] [L].

Fotografia de Sporting

Algo aqui não está bem…

1 Curtiu

De momento a Paquete parece-me a menina mais em forma!

1 Curtiu

e que forma :heart_eyes: … se existirem meninas aqui desculpem mas foi mais forte que eu

2 Curtiram

claro que tinha que ser assim , 300 KM para irem bem cansadas jogar contra as porcas

e jogamos todos os jogos importantes desta fase fora. é o chamado azar dos távoras.

Bonito serviço:* “Onde vai um vão todos, Rui Costa! Sporting Sempre!”

O mundo leonino fez guarda de honra nas redes sociais ao Rui Costa, treinador do Sporting CP, depois da conferência de imprensa pós-jogo com o Porto Volei. Eu reforço esse apoio, como sempre o fiz a todos os que defendem os maiores interesses do Sporting CP. O Rui Costa faz parte de um grupo de treinadores competentes e sérios que temos no nosso clube, ao qual eu sinto muito orgulho em ter a defender as nossas cores.

As palavras foram tão assertivas e claras que pouco há a acrescentar. Se, por algum motivo, ainda quisermos um resumo podemos ler o último post no Núcleo de Barcelos.

As palavras foram em defesa do desporto feminino nesta modalidade, mas haveria muito mais a dizer. Parece haver um ataque sério ao nosso clube, estando nós pouco capazes de responder. Aliás, só as vitórias e as conferências de imprensa é que nos podem dar essa defesa, como bem usou o Rui Costa. E relembro acontecimentos para que não seja tudo “no ar”:

– Quem não se lembra das meias-finais do campeonato no ano passado onde a bancada do Leixões SC estava consideravelmente composta quando era totalmente proibida a presença de público? Numa ocasião, até foi chamada a polícia porque estava em causa a segurança da nossa comitiva;
– A inscrição de atletas em janeiro e a sua utilização em março, precisamente na final 4 da taça de Portugal;
– O Sporting CP gosta de aquecer separadamente no campo. Isto significa que a nossa equipa utiliza os dois lados do campo para aquecer. Enquanto isso o adversário espera e avança quando nós terminarmos. Quando adversário estiver a aquecer, o Sporting CP está à espera fora de campo. Estranhamente este ano foi proibido isto. Esta regra INTERNACIONAL foi restringida em Portugal;

Por aqui termino esta defesa séria e sportinguista ao treinador Rui Costa. Até digo que aquele discurso não foi só de coragem, foi também de cansaço. Um cansaço também devido ao nosso clube, que não trata bem o voleibol, a começar pelo Miguel Albuquerque há uns tempos. Atualmente, e dada a infeliz e prematura partida do Jorge Sousa, ainda não temos um novo diretor que, mais que não seja, nos defenderia institucionalmente nesta fase tão importante. O Miguel Afonso deve estar a procurar. Penso que o Tiago Botelho está disponível!

Falando agora de voleibol e de bola no ar.

A equipa feminina jogou no Porto vencendo, por 3-1, o Porto Volei. A equipa nortenha castigou a nossa russa Bochka com 37 receções e ela respondeu com uma percentagem enorme de acertos (68%!!!). A Dani Loureiro e Bruzza juntas receberam 30 bolas. Trata-se de uma percentagem impressionante e frieza para aguentar o jogo todo sob esta pressão. A melhor pontuadora foi a Jady com 16 pontos, que caminha a passos largos para se tornar numa das favoritas dos leões, pelo que vou lendo por aí.

Este sábado jogamos com o CD Aves e no domingo vamos jogar com o campeão nacional AJM/FC Porto. Para o segundo jogo do fim de semana, não tenho a certeza se que já estaremos preparados para vencer. A Regalado e a Bochka chegaram há muito pouco tempo, ainda com poucas rotinas táticas. Não é uma desculpa, é a realidade. Pelo estilo de jogo da AJM prevejo-nos sempre na luta, dado que temos uma recepção forte, tal como bloco e serviço. Ainda assim, como ainda não estamos explosivos no ataque, isto pode gerar dificuldades em fechar os pontos. Será, certamente, um bom jogo de voleibol entre dois rivais!

Neste fim de semana a equipa masculina perdeu, surpreendentemente, contra o SC Espinho. As boas notícias é que vêm, finalmente, os dois cubanos para ajudar e que esta fase de jogos conta pouco. A más notícias é que começaram cedo a criar suspeição e burburinho à sua volta. A exigência no Sporting CP é alta e não se compadece com derrotas como esta. As vitórias fazem esquecer tudo por isso a receita está dada e chama-se trabalho.

*às terças, o Adrien S. puxa a bola bem alto e prega-lhe uma sapatada para ponto directo.

1 Curtiu

RUI PEDRO COSTA: “VÃO SER DOIS BONS ENCONTROS”

Por Sporting CP
15 Out, 2021

VOLEIBOL

​Voleibol feminino defronta CD Aves e AJM/FC Porto este fim-de-semana

A equipa feminina de voleibol do Sporting Clube de Portugal vai enfrentar nova jornada dupla já este fim-de-semana, diante do CD Aves, no sábado, e da AJM/FC Porto, no domingo, em jogos referentes à quarta e quinta jornadas do Campeonato Nacional, respectivamente.

Rui Pedro Costa, treinador do emblema verde e branco, disse esperar “dois bons encontros”.

“Conhecemos muito bem o CD Aves pois fizeram o mesmo percurso que nós, da terceira à primeira divisão, praticamente ao mesmo tempo. É um projecto que tem investido bastante no voleibol feminino e que todos os anos traz muitas jogadoras com alguma qualidade para Portugal. Esta época temos uma jogadora nova que veio de lá: a Jady Gerotto”, começou por afirmar aos meios de comunicação Leoninos, antes de prosseguir com a análise ao adversário.

“É uma equipa que se prepara bem e que tem crescido, normalmente melhoram sempre ao longo da temporada. Têm uma distribuidora nova, que não jogou contra nós na pré-época, portanto temos de estudá-los ainda melhor. O CD Aves dá-nos sempre muito trabalho, temos de ser assertivos no serviço e entrar concentrados na partida. Acima de tudo, temos de ter em atenção o serviço, o bloco e a defesa, que vão ser muito importantes neste jogo”, considerou.

O técnico da turma de Alvalade mostrou-se depois algo cauteloso ao falar sobre a AJM/FC Porto, por ser o segundo jogo do fim-de-semana, mas teceu elogios às azuis e brancas.

“Só falamos do jogo de domingo quando acaba o de sábado. Ainda assim, a AJM/FC Porto é Campeã Nacional e ganhou a Supertaça. Reforçaram-se bem, como sempre, e esta época têm uma equipa praticamente nova. São fortes e têm qualidade, mas nós também. Vai ser um bom jogo para as equipas se conhecerem, testarem-se e sentirem as capacidades do adversário, especialmente quando estamos a disputar a fase regular. No entanto, representamos o Sporting CP e, como tal, não podemos ir a lado nenhum sem a perspectiva de ganhar”, referiu, destacando o apoio demonstrado pelos Sportinguistas no regresso do público aos pavilhões.

“Sentimos sempre muito apoio, mas claro que sentir isso com as pessoas presentes é diferente. Quando as coisas estão a correr mal, os adeptos puxam-nos para cima. É fantástico tê-los connosco pois jogamos para eles, sem público não haveria Campeonato Nacional. O meu objectivo pessoal é ter um dia o Pavilhão João Rocha cheio num jogo de voleibol feminino, assim como no hóquei em patins e no futsal feminino. Acho que isso é possível”, frisou.

Já Amanda Cavalcanti, central verde e branca, garantiu que as Leoas não esperam facilidades.

“Vai ser um fim-de-semana complicado, mas acredito na nossa equipa e estou confiante. Acho que podemos rodar o plantel e ganhar os dois jogos, que vão ser bastante competitivos, tal como gostamos”, atirou, considerando que os adversários são “muito diferentes”.

“Acredito que o jogo com o CD Aves vai dar trabalho, mas vamos superar as dificuldades. O objectivo é ganhar, como sempre”, reforçou, passando depois a analisar a AJM/FC Porto. “É uma equipa difícil. Apesar de terem um plantel diferente da temporada passada, acho que conseguimos vencer se trabalharmos como temos feito sempre. Temos de dar tudo”, concluiu.

1o grande teste da diferença entre os favoritos. Temos uma equipa nova, não vai ser fácil

Que dor de alma ver a Fernanda no boifica!

Que nojo ver a Ana e a Bruna no AJM fcp

Nota: a fruta mete som gravado com claque no pavilhão lol

1 Curtiu

Podes crer , ver a Fernanda nos orcs é uma dor de alma.

2 Curtiram

A nossa equipa do ano passado com a Fernanda, que deixamos sair para o Leixoes, era campeã.

2 Curtiram

Tão linda consegue perder a beleza toda com aquele equipamento horripilante.

3 Curtiram

Leão gif

1 Curtiu