Taça da Liga: Boavista e Sporting elaboram projecto

O Estádio do Bessa foi esta terça-feira palco do encontro entre Sporting e Boavista, que visou a elaboração de um projecto relativo à Taça da Liga, competição que pode vir a ser introduzida no calendário futebolístico português.
João Loureiro e João Freitas foram os representantes do clube «axadrezado», enquanto os «leões» se fizeram representar por Rogério de Brito. De acordo com o divulgado pelo Boavista, «a reunião foi bastante proveitosa, tendo sido esboçado um projecto, que, após uma nova reunião para alguns acertos, será apresentado na próxima reunião de Direcção da Liga P.F.P».
O clube do Bessa destaca ainda o «excelente momento na relação institucional» com o Sporting.

Axo muito bem porque se fizeram uma Sup€r Liga com menos clubes não podem os xulitos dos players férias 1 mês antes dos outros campeonatos! Veja-se o caso de Inglaterra,Espanha e Itália

Para ter o destino que tem a taca da liga em inglaterra onde e uma competicao quase terciaria, nao sei se vale o esforco e o numero de jogos adicionais…

Estou a favor, quanto mais jogos melhor, vale sempre a pena ver o SCP jogar! :smiley:

Façam a Taça de Portugal a duas mãos. :idea:

Façam a Taça de Portugal a duas mãos. :idea:

:arrow:

A taça da Liga tem que dar um lugar na UEFA ao vencedor como nos outros países onde se disputa.

Qto a taça de Portugal, deixem-na estar como está…

Acho muito útil esta taça, se se aproveitar para testar novos métodos e tecnologias de apoio à arbitragem.

Claramente o vencedor deveria ter acesso à UEFA, para a tornar competitiva.

A Taça de Portugal deveria ser sempre disputada a duas mão até à final que seria disputada num só jogo. Tal e qual a LC.

A não ser que se jogasse em campo neutro.

O palco da final desta Taça deveria ser diferente todos os anos, sendo o palco agendado no início da competição.

Acho um Taça da Liga, perfeitamente desajustada ao futebol português. Achava preferível que se fizesse uma Taça de Portugal mais alargada, abrangendo clubes dos distritais por exemplo, ou então fazendo com o que os clubes da Superliga também estivessem incluídos nas primeiras eliminatórias, obrigando-as assim a fazer mais 3 ou 4 jogos por temporada, se é essa a intenção.

Só acho que uma Taça da Liga fosse concebível no caso de haver por exemplo uma obrigatoriedade de presença de determinado número de jogadores com menos de 23 anos nas convocatórias das equipas para a competição. Ou então a obrigatoriedade de convocação de determinado número de jogadores formados pelo clube. Só assim a competição teria porventura alguma utilidade, servindo de incentivo à formação e à aposta em jovens, podendo assim servir de rampa de lançamento de muitos jovens que de outra forma não teriam oportunidades. Era uma boa forma de sanear certas equipa da Liga que só têm jogadores brasileiros vindos da 3ª divisão brasileira. Caso contrário um Taça da Liga não faria sentido em Portugal.

Acho um Taça da Liga, perfeitamente desajustada ao futebol português. Achava preferível que se fizesse uma Taça de Portugal mais alargada, abrangendo clubes dos distritais por exemplo, ou então fazendo com o que os clubes da Superliga também estivessem incluídos nas primeiras eliminatórias, obrigando-as assim a fazer mais 3 ou 4 jogos por temporada, se é essa a intenção.
Os clubes dos distritais podem ir à Taça de Portugal se vencerem as respectivas taças distritais. Acho que em relação a isso melhor era impossível. Não se vai fazer uma taça com milhares de clubes à mistura.

Qualquer tipo de competição em Portugal centra-se à volta das equipas grandes. Se estas não participarem ou não tiverem interesse, com certeza que o interesse da competição é praticamente nulo.

Ora, uma competição nova, sem prestigio nenhum, que na melhor das hipóteses pode dar lugar a uma equipa na UEFA, com certeza que irá suscitar pouco interesse por parte dos grandes, a não ser para rodar jogadores menos utilizados. Por isso prevejo mais um ‘flop’.

Se virmos bem esta é uma atitude tipica de um politico. Ao invés de enfrentar os problemas reais de frente, não, prefere atirar areia para os olhos da malta, inventando esta história da taça da liga.

O que o futebol precisa e urgentemente é que as competições sejam todas reestruturadas, e para isso é necessário muito trabalho e estudos profundos para se perceber o que é melhor para o nosso futebol. Mas com um politicozinho oportunista à frente da Liga alguém está espera de um trabalho válido e de qualidade? Eu não. :arrow:

... Mas com um politicozinho oportunista à frente da Liga alguém está espera de um trabalho válido e de qualidade? Eu não. :arrow:

A liga ate ao momento nao parece ter nada a ver com o assunto:

O Estádio do Bessa foi esta terça-feira palco do encontro entre Sporting e Boavista, que visou a elaboração de um projecto relativo à Taça da Liga,...
... Mas com um politicozinho oportunista à frente da Liga alguém está espera de um trabalho válido e de qualidade? Eu não. :arrow:

A liga ate ao momento nao parece ter nada a ver com o assunto:

O Estádio do Bessa foi esta terça-feira palco do encontro entre Sporting e Boavista, que visou a elaboração de um projecto relativo à Taça da Liga,...

O nome Taça da Liga não te diz nada…

O facto de ter ocorrido esta reunião no Bessa não significa que a Liga ou outro loureiro nada tenham a ver com o assunto. Recordo-te que quem falou pela 1ª vez nesta taça foi o novo presidente da liga o herminio… :arrow:

Os clubes dos distritais podem ir à Taça de Portugal se vencerem as respectivas taças distritais. Acho que em relação a isso melhor era impossível. Não se vai fazer uma taça com milhares de clubes à mistura.

Por que não? Em Inglaterra só este ano foram 687 clubes a participar na Taça, mesmo tendo eles uma taça da liga. Nestes 687 estão incluídos obviamente clubes de divisões distritais.

Na Taça da Liga deles, também participam clubes de distritais, participando numa pré-eliminatória. O curioso é que nessa Taça da Liga deles, os clubes que participam nas competições europeias só entram em jogo na 3ª eliminatória, para não terem subcarga de jogos. Sendo assim, se um clube que esteja num competição europeia, como o Chelsea por exemplo, chegar à final, faz um total de 5 jogos na Taça da Liga, isto é, disputa a 3ª e 4ª eliminatória, os 4ºs de final, meia-final e final.

A liga ate ao momento nao parece ter nada a ver com o assunto

A liga tem tudo a ver.

Trata-se duma incumbência das vice-presidencias do Sporting e boabosta o estudo do formato e viabilidade de uma eventual taça de liga!

A Liga tem tudo a ver sim, foi a Liga que incumbiu o SPORTING e o boavista de tratarem deste projecto e apresentá-lo, tal como o psilva referiu.

Ricardo: Para mim Taça de Portugal é Taça de Portugal, e isso pode/inclue equipas das distritais.

Vai-se criar outra Liga para o mesmo?!?! A Taça da Liga parece-me a mim que é intenção de colocar os clubes da SuperLiga numa unica taça e porventura algumas da Liga de Honra.

há um dia definido em que as pessoas do futebol português vão perceber que o problema da falta de pessoas nos estádios nao se resolve com mais competições e/ou tantas equipas na superliga.

No dia em que fecharem portas.

Esta é mais uma ideia estúpida que vai provocar mais gastos que receitas.

Reduzam é ainda mais a superliga e não parem durante 2 semanas para preparar difíceis embates contra Cazaquistões.

12 clubes a 3 voltas.
Para terem estadios cheios não vejo nelhor opção.

A Liga tem tudo a ver sim, foi a Liga que incumbiu o SPORTING e o boavista de tratarem deste projecto e apresentá-lo, tal como o psilva referiu. ...

Ah bom… e o que da nao ler jornais… :wink:

Em todo o caso, continuo a dizer que e um disparate, Portugal nos ultimos anos ta com a mania de que tem de ter tudo o que ou outros teem (expos,europeus,tgv’s…) deve ser para por o povo a imaginar que vivem num pais europeu… :arrow:

Fonte: SIC Online
A LPFP aprovou por unanimidade o projecto da Taça da Liga.
Caso a AG da Liga de Clubes dê luz verde, arranca já para a próxima época.

1ª Liga + Liga de Honra (36 equipas), 4 eliminatórias.
1ª eliminatória: 4 grupos.

João Loureiro - “Vamos tentar que haja o máximo de jogadores formados localmente a incluir nas equipas participantes, ou pelo menos, o minimo de jogadores formados localmente para promover a formação. Pomos a possibilidade de haver mais que três subestituições”

Muito bem! =D> =D> =D>