Tópico dos Filmes - Parte 2

Muito fixe também, na altura vi umas 3/4 vezes, mas o Spinal Tap tem o extra de ser um mockumentary, dos primeiros que vi e que comédia. Conhecia pessoal que dizia que era mesmo uma banda :sweat_smile: Já agora, não sei se alguma vez reparaste, mas o vocalista é o “Chuck McGill”.

Pois é!! Ahahahahaha

Muito fixe mesmo. Rob Reiner raramente desilude, um dos realizadores mais underrated.

E depois claro, no filme que falei aí uns posts acima…Max Belfort, “The Equalizer”! :joy:

1 Curtiu

E aqui? :rofl:

1 Curtiu

Há uns tempos vi uns episódios disso na RTP memória :joy:

Acho que era uma série algo polémica na altura, pelos temas que abordava (cenas raciais, etc?).

Sim, foi em plenos 70, aliás o Archie Bunker ainda hoje é uma personagem muito conhecida nos States.

Nunca existiria um personagem como o Archie nos dias de hoje. Racista, preconceituoso, machista até ao tutano.

1 Curtiu

A caricatura que o All in the Family faz da sociedade americana da altura é correcta. E serve precisamente para alertar e consciencializar os espectadores para essa realidade. Através da comédia.

O mesmo se passa com Boondocks. Uma série animada incrível, que aborda fortemente o racismo e as questões raciais estadunidenses. É MUITO mais profundo e relevante do que aparenta à primeira vista. É uma reflexão sobre a sociedade, e ao mesmo tempo, uma critica feroz, assertiva e incisiva à mesma.
Hoje em dia, apesar de ter apenas uns 10/15 anos, NUNCA seria exibida, mesmo tendo sido criada por negros.

1 Curtiu

Gosto muito da exploração psicologica do perfil do protagonista e do conceito de sonhos lúcidos.

Mas eu sou fã de quase todos os filmes do Nolan por isso sou suspeito :smiley:

1 Curtiu

O que eu me ria com isto na altura. ahahaa

Já eu sou o contrário. Não sou muito fã dele, nem perto disso. Acho que tem algum hype, mas isto é a minha opinião e o meu gosto pessoal.

Nolan começou muito bem (Memento, The Prestige, The Dark Knight) mas tem vindo a tornar-se refém da sua obsessão com a mesma temática (o tempo) e estilo narrativo, quase que já parece que a cada filme está a fazer histórias para agradar apenas o seu umbigo e um nicho de geeks como ele.

1 Curtiu

Este último Tenet achei terrível mesmo. Os melhores filmes dele para mim são mesmo esses iniciais na carreira, como Memento e Insomnia. A partir daí…

Até gostei dos Batmans, mas de resto…

O que é certo é que há milhões de pessoas que gostam e ainda bem. Se gostam, é porque deve ter algo que as prende.

1 Curtiu

O Tenet também não gostei nada mesmo,mas gostei do Dunkirk e adoro o Interstellar.

1 Curtiu

Noite de cinema de hoje:

:smiling_face_with_three_hearts:

1 Curtiu

Já nem me lembrava do Dunkirk, vê lá! Vi no cinema e acho que é o único sítio em que esse filme vale a pena. Já o vi posteriormente na TV e achei medianíssimo.

1 Curtiu

Com um bom headset é um mimo.

2 Curtiram

Eu gosto do Tenet.

Daqueles filmes que dão um nó no cérebro, obriga a pensar e ao ver segunda e terceira vez captamos sempre pormenores novos.

Mas o meu preferido dele é o Interstellar. Ciencia super exacta e com bom enredo (que muitas vezes falta em filmes Sci-fi).

2 Curtiram

Geralmente quando os críticos dão melhor rating do que os espectadores só há duas opções: ou o filme é muito bom ou é uma merda

Neste caso, tal como ja tinha acontecido com o dunkirk, é a primeira

Grande filme

Grande filme. Tão underrated.

1 Curtiu

Nunca cansa de ver, mete sempre um gajo a sorrir e com bom mood.

Este e o “Dazed” são os filmes a que recorro sempre para me distrair.

1 Curtiu