Título retirado a equipa que ganhou campeonato com corrupção nos EUA

Equipa de basquetebol perde título por escândalo sexual e paga multa de 600.000 dólares

20 de Fevereiro de 2018

Os Louisville Cardinals vão perder todas as conquistas alcançadas entre 2011 e 2015 por causa dum escândalo sexual e de suborno a jogadores.

A equipa dos Louisville Cardinals vão perder o título nacional de basquetebol universitário masculino que ganhou em 2013. A decisão foi feita pela NCAA, a entidade máxima do desporto universitário nos Estados Unidos, após uma investigação que o FBI levou a cabo durante três anos.

De acordo com a ESPN, é a primeira vez na história que um título universitário de basquetebol é retirado. Alega-se que um ex-membro forneceu strippers e prostitutas para entreter jogadores durante as festas nos campus da universidade entre os anos de 2011 e 2015.

Além disso, há ainda a acusação de suborno a jogadores que ainda estariam na escola. Ou seja, de acordo com as investigações, dirigentes da equipa subornavam jovens e levavam-nos para casa de strippers. Relatos foram descritos num livro chamado «Breaking Cardinal Rules: Basketball and the Escort Queen», escrito por Katina Powell, uma mulher que facilitava estes encontros.

"Eu sabia que elas não eram meninas da faculdade”, disse um ex-recruta à ESPN norte-americana em 2015, quando o livro foi lançado. “Foi uma loucura. Era como se eu estivesse num clube de strip”.

Por isso, a entidade do estado do Kentucky vai ter todas as 123 vitórias retiradas e ainda terá que devolver todo o dinheiro lucrado no período em questão. O valor gira em torno de 600 mil dólares, o equivalente a cerca de 500 mil euros. Apesar de Louisville ter tido o título retirado, a Universidade de Michigan, finalista vencida em 2013, vai permanecer como vice-campeã.

http://www.espn.com/mens-college-basketball/story/_/id/22513517/ncaa-denies-louisville-appeal-rules-cardinals-vacate-2013-national-title

A maior corrupta de todos é a NCAA.