Ténis de Mesa - 06/07

Já que ninguem se chegou a frente tomei a liberdade…
A equipa este ano é contituida por:
Ricardo Filipe
Francisco Santos
Ricardo Roberto

e pelo novo reforço o Chinês Ye Minghui

Já vamos na quarta jornada e os resultados foram os seguintes:
Sporting Porto Santo 4 - Sporting 3
São Roque 3 Sporting 4
Sporting 4 Porta do Pargo 1
Sporting 4 ACM Madeira 2

Pode-se dizer que os resultados foram bons, o Sporting foi ganham a casa do CampeãO Nacional e perderam pela margem minima em Porto Santo.
O Chinês parece ser bom jogador e tenho algumas esperanças que é possivel chegar ao titulo

Brilhante inicio de época, com uma vitória frente aos actuais campeões nacionais.

Acho que temos tudo para voltarmos a ser o que eramos nesta modalidade :slight_smile:

Se for para perder ao menos que seja com outro sporting :slight_smile:

Para já estamos a ir bem e assim haveremos de continuar, desde que não jogue o Ricardo Roberto… 8)

Sporting 4 Galinhas 0
É o chamado “Capote”

A formação do Sporting B, totalmente composta por Juniores, ganhou a sua congére galinacea por 4-0, na 1ª Jornada da Zona Centro do Nacional da III Divisão, no passado sabado no Mutidesportivo Açoreana Seguros.

TÉNIS DE MESA DOIS TRIUNFOS PARA OS "NACIONAIS"

O ténis de mesa do Sporting anotou uma tarde de sábado duplamente vitoriosa. No “Nacional” da I Divisão, na casa do Novelense, por 4-3, preservando a manutenção nos lugares do pódio. Para a Zona Centro Sul do “Nacional” da III Divisão, a formação B “leonina” – totalmente integrada por jogadores juniores – superou, na sala sedeada no Multidesportivo Açorianos Seguros, a congénere do São Martinho do Porto (4-1), mantendo-se, invicta, na liderança classificativa.

Parciais do embate primodivisionário – Zheng Shuen-Ye Minghuin, 2-3 (11-9, 2-11, 11-8, 5-11 e 9-11); Pedro Rufino-Ricardo Roberto, 0-3 (6-11, 9-11 e 8-11); Serguei Brattchenko-Ricardo Filipe, 3-0 (11-7, 11-4 e 11-9); Serguei Brattchenko/Zheng Shuen-Ye Minghuin/Francisco Santos, 3-0 (11-8, 11-5 e 11-7); Zheng Shuen-Ricardo Roberto, 2-3 (11-8, 8-11, 11-6, 9-11 e 7-11); Serguei Brattchenko-Ye Minghuin, 3-1 (13-11, 11-8, 9-11 e 12-10); Pedro Rufino-Ricardo Filipe, 0-3 (2-11, 3-11 e 4-11).

Diante do São Martinho do Porto – Carlos Ribeirinha-Eduardo Moura, 3-1 (9-11, 11-8, 11-7 e 11-9); Lu Reixiang-Manuel Libório, 0-3 (7-11, 2-11 e 9-11); Luís Matos-Mário Fernandes, 3-1 (11-5, 11-7, 8-11 e 11-7); Carlos Ribeirinha/Luís Matos-Manuel Libório/Manuel Fernandes, 3-2 (14-12, 9-11, 5-11, 11-6 e 11-2); Carlos Ribeirinha-Manuel Libório, 3-1 (11-8, 9-11, 12-19 e 11-7).
www.sporting.pt


Dificil, mas vitoria rumo a liderança.
"LEÕES" LIDERAM "NACIONAL"

O Sporting, ao ganhar, no domingo, na casa do Povo da Oliveirinha, por 4-1, ascendeu ao comando do “Nacional” da I Divisão, com cinco vitórias e, somente, um desaire. Triunfo inquestionável dos “leões” numa jornada eivada de surpresas, face às derrotas do Estrela da Amadora no burgo do Novelense – na véspera tinha perdido, apenas, por 4-3, ante os “leões”– e do campeão São Roque no território da Ponta do Pargo, ambos por 4-2.

No sucesso contabilizado pelos pupilos de Chen Shi Chao realçe-se o triunfo de Francisco Santos sobre o chinês Vhou Yun, assim como o auspicioso regresso de Ricardo Roberto à condição de titular, em bom plano nos dois embates disputados no fim-de-semana.

Resultados parciais:
Vhou Yun-Ye Minghui, 0-3 (7-11, 9-11 e 8-11);
Bruno Daniel-Francisco Santos, 3-2 (10-12, 9-11, 11-9, 11-6 e 11-6);
Diogo Carvalho-Ricardo Roberto, 0-3 (10-12, 6-11 e 6-11);
Vhou Yun/Bruno Daniel-Ricardo Roberto/Ricardo Filipe, 0-3 (5-11, 3-11 e 7-119;
Vhou Yun-Francisco Santos, 1-3 (11-9, 9-11, 9-11 e 8-11).

Classificação:
1.º SPORTING (6 jogos/16 pontos);
2.º Estreito (4/12),
3.º 1.º de Maio (4/12),
4.º Estrela da Amadora (6/12),
5.º Ponta do Pargo (6/12),
6.º Novelense (4/8),
7.º São Roque (3/5),
8.º Sp. Porto Santo (3/5),
9.º ACM Madeira (4/4),
10.º Casa do Povo da Oliveirinha (4/4).

Entretanto, para a Zona Centro Sul do “Nacional” da III Divisão a formação do Sporting B (totalmente integrada por mesatenistas juniores) bateu o São Martinho do Porto, por 4-1. Foi a terceira vitória em três jogos, pelo que os jovens “leões” detêm a liderança da classificação.
www.spoting.pt

Já na liderança :wink:

Parece que a equipa este ano está melhor, com a entrada do Ye Minghui. Vamos ver se este ano, quebramos o enguiço. :slight_smile:

Bons velhos tempos aqueles em que o Ténis de Mesa era a única modalidade em que o Sporting conseguia vencer :oops:

[b][size=18px]TÉNIS DE MESA: SPORTING, 4 - ESTRELA DA AMADORA, 2[/size][/b]

O Sporting contabilizou a sexta vitória, em sete jogos, no “Nacional” da I Divisão, ao superar, na tarde de sábado, no Multidesportivo Açoreana Seguros, o Estrela da Amadora, por 4-2.

Os “leões” mantêm-se, assim, na liderança da prova, apenas com um desaire averbado, no confronto inaugural, na sala da filial sportinguista de Porto Santo, por 3-4. Mas não foi, somente, a equipa principal em destaque. Também as congéneres do Sporting “B” e do Sporting “C” – ambas integradas por mesatenistas juniores – saíram incólumes dos confrontos disputados. A primeira ganhou no reduto do Independente Torrense (4-1) solidificando a “pole position” da Zona Centro Sul do “Nacional” da III Divisão. A segunda bateu, em casa, a formação da Aquipa, por 4-0, na estreia no “Distrital” de seniores da I Divisão.

Cerca de três horas e meia de grande espectáculo mesatenistico. Bem jogado e emotivo. É deste modo que se pode catalogar o embate entre “leões” e “estrelistas”, duas das grandes potências do ténis de mesa português. Um duelo equilibrado, pois exceptuando as duas vitórias, por 3-0, anotadas pelo chinês “leonino” Ye Minghui – de facto, um jogador de craveira superior aos demais protagonistas – as restantes quatro partidas foram impróprias para cardíacos. Três delas concluíram-se com o resultado de 3-2 – após reviravoltas incríveis, quer de um lado, quer do outro – e a outra – curiosamente a derradeira – terminou com o triunfo de Ricardo Filipe, por 3-1, é certo, mas com o espectro da negra pairando no horizonte, face à recuperação de Wu Jian de 0-2 para 1-2.

Parciais – Ye Minghuiu-Wu Jian, 3-0 (11-9, 13-11 e 11-4); Ricardo Roberto-Adrian Dudean, 2-3 (9-11, 11-7, 11-6, 8-11 e 9-11); Ricardo Filipe-Ewo Jian, 2-3 (11-9, 11-7, 9-11, 10-12 e 9-11); Ricardo Roberto/Ricardo Filipe-Kolodiejezyk/Adrian Dudean, 3-2 (7-11, 9-11, 11-9, 11-7 e 11-4); Ye Minghuiu-Adrian Dudean, 3-0 (11-7, 11-5 e 11-9) e Ricardo Filipe-Wu Jian, 3-1 (12-10, 11-9, 4-11 e 11-9).

Por seu turno, contribuíram para o sucesso do Sporting “B”, os jovens Carlos Ribeirinha, Luís Matos e Lu Reixiang, enquanto os três pontos averbados pelo Sporting “C” derivaram das prestações rubricadas por Bernardo Law, Luís Nascimento e Diogo Almeida.

in sporting.pt


É bom ver novamente o Ténis de Mesa no Sporting em bom estilo.

4-2!

HomePage|Info|Modalidades|Ténis de Mesa|Notícias

12-11-2006
TÉNIS DE MESA: SPORTING, 4-ESTREITO, 3

O Sporting voltou às vitórias no “Nacional” da I Divisão de ténis de mesa, ao superar, na manhã de domingo, em casa, o Estreito, por 4-3. Os “leões” impuseram não só o primeiro revés ao emblema madeirense, como também preservaram a liderança – ainda que à condição – da prova, redimindo-se do desaire sofrido na tarde do dia anterior ante o 1.º de Maio. Á semelhança do sucedido na véspera, houve espectáculo, qualidade e emoção a rodos. Os mesatenistas vestidos de verde e branco chegaram aos 3-1; viram a formação visitante – uma “sociedade das nações”, repartida por atletas oriundos da China, da Polónia e da Roménia, ou seja, um com o estatuto de estrangeiro e dois abrangidos pela lei comunitária – recuperar até aos 3-3, para, finalmente, Ye Minghui arrumar a questão através de três “sets” sem resposta frente a George Coroian.

O sucesso dos “leões” não justifica a mínima parcela de discussão. Foram o parceiro mais homogéneo e, desta feita, não vacilaram na partida de pares, onde Ricardo Roberto/Ricardo Filipe (sem dúvida alguma, o duo que oferece as melhores garantias de êxito) estiveram soberbos no frente a frente com o homólogo madeirense (11-9, 11-8, 5-11 e 12-10), constituindo, sem dúvida alguma, a “chave” do triunfo. Uma palavra de apreço para Ricardo Roberto. Apesar de lesionado num pé – razão pela qual não jogou, quer no sábado, quer no domingo, em singulares – o jogador “leonino” não deixou de revelar toda a sua experiência e classe numa partida considerada crucial para as aspirações da equipa.

Parciais – Francisco Santos-Sha Chen Bin, 0-3 (5-11, 8-11 e 5-11); Ye Minghui-Martin Jaslovsky, 3-0 (11-7, 11-4 e 11-3); Ricardo Filipe-George Coroian, 3-0 (11-9, 11-6 e 14-12); Ricardo Filipe/Ricardo Roberto-Sha Chen Bin/Martin Jaslovsky, 3-1 (11-9, 11-8, 5-11 e 12-10); Francisco Santos-Martin Jaslovsky, 1-3 (9-11, 11-4, 9-11 e 6-11); Ricardo Filipe-Sha Chen Bin, 1-3 (7-11, 11-9, 8-11 e 4-11); Ye Minghui-Geroge Corain, 3-0 (11-2, 11-3 e 11-9).

Outros resultados
São Roque, 3-Novelense, 4; Sporting Porto Santo, 4-Casa do Povo Oliveirinha, 0 e Est. Amadora, 1-1.º Maio, 4.

Classificação
1.º SPORTING (9 jogos/23 pontos)
2.º Estreito (7/19)
3.º 1.º Maio (7/19)
4.º São Roque (7/15)
5.º Ponta do Pargo (7/15)
6.º Sp. Porto Santo (7/15)
7.º Est. Amadora (9/15)
8.º Novelense (7/13)
9.º ACM Madeira (7/7)
10.º Casa do Povo da Oliveirinha (7/7)

Texto: António Ramos

www.sporting.pt

Regresso as vitorias, o chinês Ye Minghui é um jogador extraordinário.

O regresso as vitorias

Resultados do ultimo Fim-de-Semana

Ponta do Pargo 3-SPORTING, 4
MADEIRA, 3-SPORTING, 4

Classificação
J V D P
1.º 1.º de Maio 13 9 4 31
2.º SPORTING 13 9 4 31
3.º Ponta do Pargo 13 8 5 29
4.º Estreito 12 8 4 28
5.º Novelense 11 7 4 25
6.º Sp. Porto Santo 11 7 4 25
7.º Est. Amadora 13 5 9 24
8.º São Roque 10 6 4 22
9.º ACM Madeira 13 1 12 15
10.º CP Oliveirinha 11 – 11 11

SPORTING, 4-CASA DO POVO OLIVEIRINHA, 0

O Sporting soma e segue na fase regular do “Nacional” da I Divisão de ténis de mesa. Depois de, no sábado, terem batido o Novelense (4-2), foi a vez da formação da Casa do Povo Oliveirinha sair derrotada, por 4-0, do confronto disputado, domingo de manhã, na sala sedeada no Multidesportivo Açoreana Seguros. Um jogo sem história, decidido em pouco mais de uma hora competitiva desprovida de escolhos. Com este duplo sucesso, os “leões” cimentaram a liderança, dando um gigantesco passo em frente com vista ao apuramento para o “playoff”.

Parciais – Francisco Santos-Diogo Carvalho, 3-1 (9-11, 11-7, 11-4 e 11-5); Ye Minghui-Zhao Yun, 3-0 (11-5, 11-3 e 11-4), Ricardo Roberto-Bruno Daniel, 3-0 (11-6, 11-4 e 11-8); Ye Minghui/Ricardo Roberto-Zhao Yun/Diogo Carvalho, 3-0 (11-6, 11-8 e 11-8).
www.sporting.pt

Do site oficial:

TÉNIS DE MESA: 1.º DE MAIO, 3-SPORTING, 4

O Sporting consolidou a liderança da fase regular do “Nacional” da I Divisão, ao vencer, na tarde de sábado, no Pavilhão “Rafael Gomes”, na Madeira, o 1.º de Maio, por 4-3. Um triunfo pela diferença mínima, é certo, mas por exclusiva culpa dos “leões”, os quais chegaram aos 3-1, desfrutaram da hipótese de arrumar, seguidamente, a questão, simplesmente, Ye Minghui – contra todas as expectativas, diga-se de passagem – foi uma sombra de si próprio no duelo com Artur Silva, perdendo por três “sets” a um. O ponto decisivo foi assegurado por Ricardo Filipe, demolidor no frente a frente com Vítor Gouveia (11-4, 8-11, 11-5 e 11-6).

Ricardo Filipe, aliás, foi a “chave-mestra” da formação “leonina”, pois impôs-se, concludentemente, ao chinês Zeng Ying (4-11, 12-10, 11-1 e 11-5).

Parciais
Artur Silva-Ricardo Roberto, 3-2 (5-11, 8-11, 11-6, 11-4 e 11-8 );
Vítor Gouveia-Ye Minghui, 1-3 (9-11, 11-5, 4-11 e 5-11);
Zheng Ying-Ricardo Filipe, 1-3 (11-4, 10-12, 1-11 e 5-11);
Artur Silva/Zheng Ying-Ricardo Filipe/Ricardo Roberto, 0-3 (6-11, 4-11 e 2-11);
Artur Silva-Ye Minghui, 3-1 (11-7, 11-13, 11-9 e 12-10);
Zheng Ying-Ricardo Roberto, 3-1 (12-14, 11-9, 11-6 e 11-8 );
Vítor Gouveia-Ricardo Filipe, 3-4 (4-11, 11-8, 5-11 e 6-11).

Outros resultados
Estreito, 3-Estrela da Amadora, 4;
Novelense, 4-Sporting Porto Santo, 2
Casa do Povo Oliveirinha, 0-São Roque, 4.

Classificação
1.º SPORTING (17 jogos/41 pontos);
2.º Estreito (15/35),
3.º Sporting Porto Santo (15/35),
4.º Estrela da Amadora (17/35),
5.º Ponta do Pargo (16/34),
6.º 1.º de Maio (15/33),
7.º São Roque (15/33),
8.º Novelense (15/33),
9.º ACM Madeira (16/18 ),
10.º Casa Povo Oliveirinha (15/15).

Próxima jornada (domingo, a partir das 10h00) – Novelense-São Roque, Casa do Povo Oliveirinha-Sporting Porto Santo, 1.º de Maio-Estrela da Amadora e Estreito-SPORTING.

TÉNIS DE MESA: ESTREITO, 1-SPORTING, 4

O Sporting, ao vencer no burgo do Estreito, por 4-1, já está no “playoff” do “Nacional” da I Divisão. A duas jornadas do “cair do pano” sobre a fase regular do mais importante evento do ténis de mesa luso, já ninguém retira aos “leões” esse privilégio, consequência de um percurso pautado pela regularidade e progressivo crescendo de forma. Por outro lado, a formação dirigida por Chen Shi Chao só não assegura o primeiro posto da fase regular caso o Sp. Porto Santo vença os dois encontros que ainda tem de realizar. Portanto, o pior que lhe pode suceder é ficar no segundo posto.

Parciais – Sha Chen Bi-Francisco Santos, 3-1 (12-10, 13-11, 9-11 e 11-4); Celso Henriques-Ye Minghui, 1-3 (8-11, 11-9, 2-11 e 10-12); Martin Jaslovsky-Ricardo Filipe, 2-3 (8-11, 13-11, 4-11, 11-9 e 5-11); Sha Bin/Jaslovsky-Filipe/Ricardo Roberto, 2-3 (11-7, 10-12, 11-7, 8-11 e 9-11); Sha Bin-Ye Minghui, 1-3 (6-11, 11-8, 4-11 e 9-11).

Classificação
J V D P
1.º SPORTING 18 13 5 44
2.º Sp. Porto Santo 16 11 5 38
3.º Estreito 16 10 6 36
4.º São Roque 16 10 6 36
5.º 1.º de Maio 16 10 6 36
6.º Est. Amadora 18 9 9 36
7.º Ponta do Pargo 16 9 7 34
8.º Novelense 16 9 7 34
9.º ACM Madeira 16 1 15 18
10.º CP Oliveirinha 16 – 16 16

Próximas jornadas
Sporting Porto Santo-1.º de Maio, São Roque-Estreito, Ponta do Pargo-Novelense, ACM Madeira-Casa do Povo Oliveirinha, Sporting Porto Santo-Estreito, São Roque-1.º de Maio, Ponta do Pargo-Casa do Povo Oliveirinha e ACM Madeira-Novelense.
www.sporting.pt

Uma excelente ponta final que nos garantiu no minimo o 2º lugar na 1ªa fase. Vamos lutar pelo titulo só com 1 estrangeiro, o que não deixa de ser notável.

Ganhamos a primeira fase do Nacional 1ªDivisão de Tenis de Mesa:

1º SPORTING CLUBE PORTUGAL …44 pontos
2º São Roque …42
3º Sporting Porto Santo…42
4º Estreito …40

Playoff (melhor de três jogos)
SPORTING - Estreito
S. Roque - Sp. P.S.

Rumo ao titulo …

Força leões!! :arrow:

ESTREITO, 2 - SPORTING "A" E SPORTING "B", 4 - CASA PIA, 1

O Sporting, ao ganhar, na tarde de 6.ª Feira, no burgo da formação madeirense do Estreito, por 4-2, está, somente, a uma vitória de se qualificar para a final do “playoff” do “Nacional” da I Divisão, a qual poderá ser assegurada já no próximo dia 14 de Abril quando os dois emblemas disputarem, a partir das 15h00, na sala situada no Multidesportivo Açoreana Seguros, o segundo duelo das meias-finais.

O confronto não podia ter começado melhor para os “leões”, face ao triunfo de Francisco Santos ante o eslovaco Martin Jaslovsky, por 3-1 (8-11, 11-6, 11-9 e 13-11). Depois, o chinês Ye Minghui reforçou a vantagem adquirida na sequência da fácil vitória (3-0) sobre Celso Henriques (11-2, 11-4 e 11-4), para, na partida seguinte, Sha Chen Bin “carimbar” o primeiro ponto dos locais diante de Ricardo Filipe (12-14, 11-5, 11-4 e 11-5). Na variante de pares, novo êxito dos visitados (Sha Chen Bin/Martin Jaslovsky) mas felizes nos momentos decisivos do que Ricardo Roberto/Ricardo Filipe, conforme se observa através dos parciais verificados (12-10, 11-13, 11-4 e 17-15).

Com o embate igualado (2-2), adivinhava-se uma recta final empolgante e, quem sabe, só resolvida ao sétimo jogo. Afinal, a “montanha pariu um rato”. Por culpa dos sucessos contabilizados por Ye Minghui e Francisco Santos. O mesatenista asiático não deu a mínima hipótese a Martin Jaslovsky (11-4, 11-8 e 11-8), enquanto essa dedicação chamada Francisco Santos aproveitou, muito bem, a embalagem do primeiro confronto para aplicar um categórico 3-0 a Sha Chen Bin (11-5, 11-6 e 11-8). A equipa “leonina” valeu pelo colectivo, mas seria uma gritante injustiça não tecer loas à brilhante actuação do “veterano” jogador verde e branco. O “ás de trunfo” lançado por Chen Shi Chao.

Entretanto, quase à mesma hora, a sala de Alvalade foi palco de mais uma alegria para o ténis de mesa do Sporting. Protagonizada pela formação “B”, cujo triunfo, por 4-1, diante do Casa Pia, não só lhe garantiu o primeiro lugar na Zona Centro Sul do “Nacional” da III Divisão, como lhe assegurou a entrada na luta pelo título e a subida, na próxima temporada, ao segundo patamar luso da modalidade. Um belo feito dos juniores treinados por Marco Rodrigues.
Parciais – Carlos Ribeirinha-João Tenente (11-6, 11-7 e 11-7), Bernardo Law-Carlos Guilherme (9-11, 13-15 e 5-11); Luís Matos-Artur Raimundo (11-7, 11-3 e 11-7), Carlos Ribeirinha/Luís Matos-Carlos Guilherme/João Tenente (6-11, 11-8, 11-9 e 11-9), Carlos Ribeirinha-Artur Guilherme (11-5, 5-11, 11-8 e 12-10).

Texto: António Ramos
www.sporting.pt

Rumo à final do Playoff e depois ao titulo.
Força Leões