Sporting só com jogadores portugueses.

Mas nem todos os loucos são génios.
hehehehe

:lol:

Mas nem todos os loucos são génios. hehehehe

:lol:

Tb tava a brincar. :wink:
Mas é que eu como gosto tanto do sporting,gostava de um dia ser alguem no clube,mas isso não passa mesmo de um sonho.

Um plantel com 75% de jogadores formados em casa (não necessariamente portugueses) e os restantes 25% compostos de jogadores de categoria recrutados a outros clubes (estrangeiros ou não), para preencher posições carenciadas e conferir um acréscimo de qualidade, estou de acordo.

100% de portugueses, ainda por cima todos vindos da formação, não só é inviável, como é indesejável.

Concordo.

E se esses 25% podessem ser da estirpe do Liedson e do Polga, só tinhamos a ganhar.

Mas nem todos os loucos são génios. hehehehe

:lol:

Tb tava a brincar. :wink:
Mas é que eu como gosto tanto do sporting,gostava de um dia ser alguem no clube,mas isso não passa mesmo de um sonho.

Já somos 2.
Quando me sair o euromilhoes compro uma série de acções da SAD e coloco dirigentes das claques a representarem-me nos conselhos de administração, hehehe.

[b]Mas quando chegam aos 17,18 anos não podem entrar só 2 ou 3 na equipa á que entrar e dar oportunidades a 7 ou 8[/b],a vida é feita de oportunidades e quem não me diz a mim que se não estivessem lá uns quantos "paredes" não tinhamos mais Djalós e Moutinhos???

Sem te querer desrespeitar mas com essa politica nem clube tinhas

O tenho ideia que o River Plate e o Boca fazem isso e é desse modo que verificas muitos jogadores a sairem com 16 e 17 anos…penso eu

Impossivel, mais que não seja pq ja há mtos estrangeiros nas camadas jovens :wink:

Um plantel com 75% de jogadores formados em casa (não necessariamente portugueses) e os restantes 25% compostos de jogadores de categoria recrutados a outros clubes (estrangeiros ou não), para preencher posições carenciadas e conferir um acréscimo de qualidade, estou de acordo.

100% de portugueses, ainda por cima todos vindos da formação, não só é inviável, como é indesejável.

Concordo.

E se esses 25% podessem ser da estirpe do Liedson e do Polga, só tinhamos a ganhar.

Nem mais nem menos :arrow: :arrow:

Eu só acho é que o sporting está neste momento a formar jogadores para daqui a poucachninho tempo poderem substituir o Polga e o Liedson sem que o clube perca qualidade.
Nao os vao subsittui hoje,nem amanha mas um dia…

Olha que das nossas escolas vão sair jogadores naturais de outros paises

Essa ideia do Sporting só com portugueses recorda-me um certo cartaz colocado recentemente no Marquês, em Lisboa…

O que eu quero ver, hoje e sempre, é o Sporting com bons jogadores! Mais, quero ver uma boa equipa! Interessa-me que prestigiem o clube, dignifiquem a camisola e que tenham carácter, fantasia e ambição.

Se são portugueses, naturalizados ou estrangeiros, isso não me preocupa!

Se a questão fosse colocada nestes termos - ‘Gostariam que o Sporting fosse constituído apenas por jogadores oriundos da formação?’ - não tenho dúvidas em responder afirmativamente! Porém, se se continuar a vender todos aos 20/21 anos, isso nunca será possível!

Querer uma equipa, composta apenas por jogadores da oriundos da formação, é impossível. Não há nenhum clube no mundo que o consiga.

Ter uma equipa composta entre 60% a 70% por elementos oriundos da formação e o restante composto por atletas recrutados externamente penso que é o ideal.

Neste momento o plantel é composto por cerca de 42% de jogadores oriundos da formação. Para atingirmos os números desejados seriam necessárias umas 4 ou 5 épocas com estabilidade quer na direcção quer na equipa técnica.

Para poder sustentar o crescimento da equipa e a integração dos mais novos seria necessário garantir que os jogadores oriundos da formação, desde que tenham qualidade, possam fazer pelo menos 4 a 5 épocas na equipa sénior antes de eventualmente serem vendidos.

Os jogadores que entram na equipa principal vindos dos sectores de formação necessitam, normalmente de 2 a 3 épocas na equipa principal para que possam ser claras mais valias.

Tendo em conta este tempo de “adaptação” são necessárias as tais 4 a 5 épocas, pelo menos, para que um jogador mais novo esteja em condições de o substituir.

O ritmo de integração de jogadores deveria ser de 2 a 3 por ano sem pressas. Isto é, os jogadores devem ser integrados por demonstrarem qualidades e apresentarem níveis competitivos aceitáveis e não apenas pela necessidade de integrar jogadores. Caso assim sucedesse corríamos o risco de perder um jogador com futuro e consequentemente enfraquecíamos a equipa.

Para mim seria este o plano ideal, tendo em conta a realidade do Sporting, e seria este que adoptaria caso mandasse alguma coisa. :smiley: