Sporting e Câmara de Lisboa resolvem diferendo de terrenos de 2002

TERRENOS [size=14pt][b]Câmara e Sporting resolvem diferendo com 11 anos[/b][/size] por Lusa

A Câmara de Lisboa aprovou esta quarta-feira a alienação ao Sporting de uma parcela de terreno de 603 metros quadrados e aceitou um pagamento de quase 323.000 euros, para resolver um diferendo com o clube que existia desde 2002.

A proposta, a que a agência Lusa teve acesso, prevê a “a alienação sob a forma de complemento de lote” ao Sporting de uma parcela de terreno na Rua António Stromp, próximo o Estádio José Alvalade, “com a área de 603 metros quadrados, pelo valor de cerca de 93,2 mil euros”.

Foi ainda decidido “aceitar o pagamento” à câmara pelo Sporting “de cerca de 322,8 mil euros, a título de compensação pela não transmissão do direito de propriedade” de uma parcela de um loteamento realizado em 2003 na Quinta de Alvalade, na mesma zona.
Assim, autarquia e clube pretendem “resolver o diferendo entre as partes quanto à interpretação jurídica” de uma cláusula de um contrato-programa celebrado em agosto de 2002 entre aquelas duas entidades e a EPUL (Empresa Pública de Urbanização de Lisboa).

A proposta permite também “aceitar a transmissão para o município da totalidade das rendas mensais” previstas num contrato de cedência de superfície celebrado em julho de 1999 entre o Sporting e a Galp, para um posto de combustíveis.
O documento foi aprovado, mas contou com o voto contra do PCP e as abstenções do PSD e do CDS-PP.

Esta parcela não estava incluído no tal acordo, certo?

Isto é mesmo à tuga, daç. Sempre a reclamar de tudo.

Pedro que quer dizer isto :mrgreen:

SL

Vamos ter espaço para fazer 2 pavilhões :dance:

…e não vamos fazer nenhum! :dance:

(estou só a fazer futurologia tendo em conta a capacidade desta direcção :whistle:)

Se as obras começarem até ao fim do mandato já vamos com sorte.

A primeira parte tem a ver com o que foi dicutido e votado na ag de OUT2011. Tem a ver com o processo de licenciamento da bomba de gasolina

A outra parte, para já, não estou a ver.

Mais logo tento explicar melhor.

Confirmo o que anteriormente escrevi.

A 1ª parte da noticia tem a ver com o que foi aprovado em 14OUT2011 em AG e que diz respeito a um procedimento administrativo que pretende regularizar juridicamente o lote onde se encontra a bomba da GALP, e consequente contrato de constituição do direito de exploração de superficie à mesma, numa operação que já estáva prevista há alguns anos.

A parte deste lote em posse do clube tem 2087m2 podendo ser agora completado, sendo a proposta aprovada, com a compra à CML destes 624.03m2 por aproximadamente 97.000€, calculado nos termos do regulamento municipal de alienação de complementos de lote.

A finalização desta operação vai permitir a regularização das rendas do contrato de cedência de superfície a que o Sporting tem direito e a que a CML aparentemente também.

Por outro lado irá permitiri também ao clube receber da CML, em direito de superficie uma parcela de 4.500m2 na Av. Santos e Castro (entre o aeroporto e a alta de Lisboa, futuramente ligando a 2ªcircular e o eixo N-S), destinada à construção de mais um posto de abastecimento, do qual, presumo, se cosntituirá também contrato de constituição de exploração do direito de superficie.

A 2ª parte não sei do que se trata, mas presumo que será um assunto pendente do loteamento da Quinta de Alvalade. Não estou é a ver bem a maneira como foi calculado o valor (e não estou a discutir a sua justeza).

Daass

Grande confusao

SL

Alguém sabe onde fica exactamente esse terreno ? é um complemento ao terreno já existente para a construção do pavilhão ? ou fica em outro local ?

Com as galinhas,sempre de pernas abertas…com o Sporting é o habitual.

eu até pensava que isto tinha a ver com o nosso pavilhão. Pelos vistos não.

eu sei e explico aqui :wink:

^-^ que pena…