Sporting CP Sub-23- Epoca 20/21-plantel

FILIPE PEDRO ASSUME EQUIPA SUB-23
Por Sporting CP
02 Jul, 2020
SUB-23
Treinador regressa ao Clube e traz Tiago Farinha e Pedro Guerreiro

Filipe Pedro é o novo treinador da equipa sub-23 do Sporting Clube de Portugal.

O técnico, de 33 anos, regressa ao Clube após experiências como treinador-adjunto e principal no GD Estoril Praia, CD Mafra e Casa Pia AC.

“Agradeço à Direcção o convite e a aposta que é de grande responsabilidade. Sinto-me feliz por regressar a casa. Formei-me aqui não só como treinador, mas também como homem, durante seis anos, nos quais passei por quase todos os escalões de formação”, começou por dizer o treinador aos meios de comunicação do Sporting CP, referindo: “Uma vez que conheço os cantos à casa, sinto-me adaptado e quero começar já a trabalhar. Tanto eu como a minha equipa técnica estamos preparados para assumir este projecto e cumprir com as expectativas da Direcção, que são também as nossas”.

“Queremos formar atletas e prepará-los para entrar nas equipas acima, seja na B ou na principal, e para que possam competir ao mais alto nível. Obviamente que, nos sub-23, e como acontece em todas as competições nas quais o Sporting CP entra, queremos ganhar, mas o nosso foco passará por formar jogadores”, afirmou o jovem técnico, relevando que gosta de colocar as equipas a jogar “um futebol positivo”.

Filipe Pedro contará com vários elementos do Clube na sua equipa técnica, mas trouxe consigo Tiago Farinha (ex-CF Santa Iria) e Pedro Guerreiro (ex-Real SC) como adjuntos.

“Agradeço a oportunidade. É, de facto, um desafio muito grande e queremos corresponder. A nossa grande ambição é potenciar os jogadores para outros patamares e fazer com que eles estejam prontos para corresponder àquilo que é a exigência do alto rendimento”, disse Tiago Farinha que conta com passagens pelo SG Sacavenense, SU Sintrense, Casa Pia AC e CD Mafra.

Também Pedro Guerreiro, que esteve vários anos no CF Os Belenenses, se mostrou naturalmente satisfeito pela aposta, falando do objectivo desta equipa técnica: “É uma honra e uma satisfação chegar a este Clube. Vamos procurar estar à altura do desafio e, claro, potenciar jovens jogadores, ajudando-os a chegar ao alto rendimento e à equipa A ou B”.

E começa (ou continua) a chegada de “craques” para os B e Sub 23…

Por acaso parece-me óbvio que vamos precisar de alguns reforços que não temos nos quadros.

Certamente um guarda-redes para a B.

Certamente pelo menos um lateral-esquerdo para a B ou sub-23 (depende de onde vai jogar o Gonçalo Costa).

Certamente um médio para a Equipa B, talvez dois (depende da continuidade de jogadores como Rodrigo Fernandes e Bruno Paz).

Talvez um extremo para os sub-23.

E certamente um ponta-de-lança para os sub-23.

Como já temos poucos jogadores nos quadros o ideal é adquirir mais.

O ideal é termos dois plantéis adequados à equipa B e aos sub-23. E por acaso já tivemos bastante mais nos quadros.

PS - Escusado será dizer que muitos jogadores (Rosier, Bruno Gaspar, André Geraldes, Mauro Riquicho, Lumor, Ilori, Misic, Bruno Paulista, Carlos Jatobá, Rafael Barbosa, Chaby, Francisco Geraldes, Bruno Fernandes, Marco Túlio, Diaby, Mees De Wit, Diogo Alves, Leonardo Ruiz) terão de sair dos quadros a título definitivo.

TANTO ENTULHO MEU DEUS

Rosier, Bruno Gaspar, André Geraldes, Mauro Riquicho, Lumor, Ilori, Misic, Bruno Paulista, Carlos Jatobá, Rafael Barbosa, Chaby, Francisco Geraldes, Bruno Fernandes, Marco Túlio, Diaby, Mees De Wit, Diogo Alves, Leonardo Ruiz, Diogo Sousa, Eduardo , Borja, Luiz Phellype

Já tivemos mais por isso não faz mal continuar a ter muitos e ter de contratar ainda mais para encher a B e os Sub23.

Pois, temos de despachar esses todos, alguns com prejuízos brutais e vamos contratar mais para ter duas equipas que têm praticamente a mesma função.
Vamos cometer os mesmos erros do passado na esperança de ter resultados diferentes.

Eu, com a equipa B, acabava imediatamente com os sub 23.

sinceramente também não percebo o interesse em ter as 2 equipas

Manter os sub-23 foi a contrapartida exigida ao Sporting para começar a B no CNS e não na última divisão (onde por lei poderia ser obrigado a começar).

Eu faria algo como estes plantéis

Equipa B:

Cont, G. Filipe, A. Walker
Hevertton S., Loide A., G. Costa, Cont
J. Silva, J. Ricciulli, G. Inácio
R. Fernandes, Edu P./Edmilson S., B. Paz? (J. Daniel?)
D. Mitrovski, B. Sousa
B. Tavares, N. Moreira, Joelson F.? (D. Brás?)
T. Tomás, Tiago R.

Dúvidas sobre a integração de Bruno Paz e Joelson na B. Se não estiverem, subia o João Daniel e o Diogo Brás.

Equipa de sub-23

D. Almeida, H. Cunha
A. Lami, C. Silva, F. Nazinho, B. Fati
J. Goulart, Rafael F., R. Rêgo
J. Daniel?, Edson S., D. Rodrigues, S. Lobato
T. Ferreira, G. Batalha
Geny C., Cont, D. Brás? (A. Gonçalves?)
Cont, Rodrigo P./P. Agostinho

Dúvidas sobre a integração do João Daniel e do Diogo Brás nos sub-23 (ambos podem eventualmente subir à B). Se não estiverem nesta equipa, ficava com menos um médio (5 em vez de 6) e promovia o André Gonçalves, que será júnior de primeiro ano mas que tem um grande potencial.

Estás a montar um plantel em 4231 quando já foi dito que o esquema usado na B (e muito provavelmente nos u23) vai ser o 343.
Depois duvido que comprem um GR para os B, o Diogo Sousa sendo 3° GR dos A deverá jogar maioritariamente nos B.

1 Like

Seria bastante esquisito e pouco inteligente, quando temos dois números 10 como o Mitrovski e o Benny, jogar sem um número 10.

Por mais que goste da ideia de A e B jogarem no mesmo sistema, não é tão fácil quando o sistema da A é tão complexo. E não é obrigatório para que os jovens se integrem bem na A, como têm provado o Eduardo Quaresma e o Nuno Mendes.

Quanto ao Diogo Sousa, admito que sim. E seria realmente um bom GR para assumir a baliza da equipa B.

O 11 base da B, sem contar com ninguém que esteja atualmente nos A, deve ser qualquer coisa do género:

--------------------------------- Diogo Sousa -‐-------‐------------------------------
---------- Chico Lamba - João Silva - Rodrigo Rego -------------------
Diogo Brás - Bruno Paz - Rodrigo Fernandes - Gonçalo Costa
--------- Bruno Tavares - Tiago Rodrigues - Tiago Ferreira --------

Depois ainda há o Tomás Silva, Mitrovski, Geny e até algumas possíveis contratações, que serão sempre necessárias mas espero que poucas.

1 Like

Jatobá - vergonha
Este brasileiro que se fala - aposta de baixo custo.

E eu estou perfeitamente à vontade. Quem acompanha o fórum sabe a minha opinião e não preciso de a repetir.

2 Likes

Os extremos do RA são quase 10’s. Se é fácil? Provavelmente tens razão e não será fácil mas foi dito que seria assim por isso acho que não faz muito sentido estarmos a tentar prever de forma diferente.

Ainda assim não estranharia totalmente que se começar a correr mal na B mudassem para o 433 habitual da formação.

Os jogadores podem rodar entre equipas?

Nesse caso nem sei se fazia equipas diferentes. Apostava num plantel um pouco mais alargado sendo reforçado pelos juniores.

Teria 3 GR (o 3º da equipa A deve ter muitos minutos na B)
4 laterais (Hevertton, Lami, G. Costa, Fati - Nazinho também pode ter muitos minutos)
6 centrais (Goulart, Rego, Inácio, Ricciuli, C. Silva, R. Fernandes)
6 médios (Mitrovski, B. Sousa, Moreira, J. Daniel, D. Fernandes, Batalha)
5 extremos (Tavares, Joelson, Brás, Geny, Ferreira)
3 PL (Tomas, Rodrigues, Rodrigo)

João Silva, R. Fernandes e Paz seriam emprestados.

Plantel para B e Sub 23 (com reforço dos juniores) Low cost, made in Alcochete e sem contratações para encher chouriços (aceito que se contrate 2/3 jogadores no máximo e com contratos de poucas épocas).

1 Like

Para o ano que se acabe com os sub 23! Há muita gente que não tem a mínima ideia/noção mas a diferença entre um campeonato nacional de juniores e de sub23 é mínima e não justifica o investimento! Agora conseguirmos atingir a segunda liga com a equipa B é mais que vital e acho que não tenho necessidade de frisar o porquê!

O Joelson não pode fazer 1 minuto que seja na equipa B.
Não me esqueço do que fizeram ao Mauro Riquichio.
Já imaginaram o Joelson a jogar contra aqueles centrais trintões em final de carreira que a maior parte das equipas desse campeanato têm?

1 Like

O que fizeram ao Riquicho penso que foi na Segunda Liga, até, e não no CNS…

Se o Jatobá tivesse 19 anos como tem este miúdo, não seria tão grave. Acho que são diferentes. Além disso, o Jatobá tinha aquela cláusula alta caso chegasse a jogar por nós, o que seria claramente mau.