Sporting CP - Futebol feminino - Época 2022/2023

E já não é o primeiro comentário desses que vejo aqui :woman_facepalming:

E não se manca. Disse a merda que disse, e em vez de enfiar a viola no saco, vem ripostar para com outros users. Tens demasiado tempo para isto.

4 Curtiram

Calendário

2022.09.18_15H00_2ªBPI: Sporting CP 5-0 Valadares Gaia FC (Aurélio Pereira)

2022.09.25_15H00_T.Liga_QF1: Sporting CP – SF Damaiense (AP)

2022.10.06_17H00_1ºplay-off /Mundial2023: Portugal (27ªRM) – Escócia (23ªRM) (Estádio FC Vizela)

(2022.10.11_??H??_2ºplay-off/Mundial 2023 – Portugal – Islândia (14ªRM). Se POR vencer a 06.10)

2022.10.16_15H00_4ª BPI: Amora FC – Sporting CP

2022.10.23_15H00_3ªBPI: SCU Torreense – Sporting CP

2022.10.30_15H00_5ª BPI: Sporting CP – SC Braga (AP)

2022.11.05_15H00_6ªBPI: Sporting CP – SL Benfica (AP)

(info, site FPF)

1 Curtiu

Apesar do recorrente desprezo diretivo, acredito no que é a RAÇA DE SER SPORTING!!!

Faz milagres.

2 Curtiram

MARIANA CABRAL: “O QUE NOS INTERESSA É O NOSSO CRESCIMENTO”

Por Sporting CP
17 Set, 2022

FUTEBOL FEMININO

Leoas de olhos postos na recepção ao Valadares Gaia FC

Depois da entrada no campeonato com o pé direito em Ourém (0-3), a equipa feminina de futebol do Sporting Clube de Portugal enfrenta, este domingo (15h00), o Valadares Gaia FC na segunda jornada da prova.

Em declarações à Sporting TV, a treinadora Mariana Cabral reconheceu que é “sempre melhor trabalhar sobre uma vitória”, porém quer manter o foco no percurso traçado para a equipa. “Há coisas também a corrigir rapidamente, treinamos isso esta semana e é essa melhoria semanal que nos interessa”, introduziu.

Já apontando ao embate, deixou elogios ao emblema nortenho, embora tenha perdido na jornada inaugural. “Perdeu, mas foi um resultado enganador. Têm uma excelente equipa, passaram aos quartos-de-final da Taça da Liga, têm um bom treinador e vêm sem pressão para nos criar dificuldades”, perspectivou, continuando: “O que nos interessa é o nosso crescimento. Pensamos na forma como temos de atacar, defender e melhorar. Vamos jogar em casa, temos a obrigação de ganhar e de sermos melhores”, atirou Mariana Cabral, antes de apelar à presença dos Sportinguistas no Estádio Aurélio Pereira, na Academia Cristiano Ronaldo.

“Queremos que nos venham apoiar, é algo que sentimos sempre e esperemos que tenhamos uma bancada composta para nos ajudar a chegar à vitória”, concluiu a técnica.

De seguida, Alícia Correia corroborou a mensagem transmitida pela treinadora. “Foi bom entrar a ganhar, mas queremos manter o foco e continuar a melhorar”. Ora, olhando para o próximo encontro, a jovem Leoa deu a receita para vencer o Valadares Gaia FC.

“Querem mostrar a equipa que são, por isso temos de nos manter focadas. Queremos ter muita bola, impor-nos no jogo e mostrar que somos o Sporting CP”, sublinhou, antes de, por fim, se dirigir aos adeptos: “Tivemos uma recepção fantástica em Ourém e aqui acredito que vá ser assim. Queremos mostrar o nosso futebol”.

Que seja a equipa feminina a dar nos alegrias :joy: Ao contrário do que se esperava

Brenda já a fazer o 1-0

Grande mérito da jogada para a capitã Ana Borges. Parte tudo ali naquele corredor direito

4-0 aos 42 minutos. Já está tudo à espera do intervalo :slight_smile: bom jogo

Podíamos ter chegado ao intervalo até com uma vantagem maior. Somos francamente superiores. Tirou-se o pé do acelerador a determinada altura, como é natural.

Se a Chandra melhorasse a finalização era craque. Mas falta definir melhor em frente à baliza. Consegue soltar-se entre 2 e 3 jogadoras mas depois falha. Claudia Neto também uns furos abaixo do habitual ofensivamente. Caso contrário eram uns 6 ou 7 já

2 Curtiram

PRIMEIRA PARTE DE LUXO BASTOU

Por Sporting CP
18 Set, 2022

FUTEBOL FEMININO

Goleada construída cedo frente ao Valadares Gaia FC (5-0)

Resultado e exibição de mão cheia. Pela primeira vez em casa neste campeonato, a equipa principal feminina de futebol do Sporting Clube de Portugal bateu, este domingo, o Valadares Gaia FC por um claro 5-0 na segunda jornada da prova.

A primeira parte demolidora, ilustrada com os golos de Brenda Pérez (dois), Ana Teles e Ana Capeta, encaminharia bem cedo os três pontos para as Leoas, que fechariam a contagem no segundo tempo com mais um tento de Brenda (hat-trick).

Sem qualquer mudança no onze inicial que venceu o CA Ouriense (0-3) na jornada inaugural, as Leoas começaram a todo o gás, monopolizando a posse de bola e com muita paciência na construção. Passados apenas sete minutos, o Sporting CP chegou à vantagem: Ana Borges levou a equipa para a frente num lance de insistência, cruzou e Ana Capeta, de forma inteligente, amorteceu para trás, onde apareceu Brenda Pérez para facturar

O domínio Leonino era total e assim continuou. Já perto do quarto de hora, Capeta teve duas boas oportunidades, numa acertou mal na bola e na seguinte falhou por pouco o desvio decisivo, e Chandra Davidson, em velocidade, atirou por cima.

Porém, eficácia não faltou, a seguir, às Leoas, que num período de sete minutos multiplicaram a sua vantagem até ao 4-0. Primeiro, Ana Teles teve a frieza suficiente para fazer o 2-0 dentro da área, depois Ana Capeta correspondeu da melhor maneira a mais um cruzamento da capitã Ana Borges – sempre muito ofensiva – e, por fim, Brenda Pérez culminou uma fase frenética com um chapéu vistoso desde fora da área.

Assim, de repente, o Sporting CP de um passo de gigante para encaminhar a vitória bem cedo, graças a uma primeira parte de luxo, onde a equipa conseguiu atrair a pressão adversária, aproveitar, depois, a profundidade e resolver os lances com muito acerto – e qualidade – ofensivo. Até ao intervalo, o Valadares Gaia FC, por sua vez, nunca mostrou argumentos para contrariar o poderio Leonino.

Aproveitando a margem confortável no marcador, Mariana Cabral promoveu três alterações durante o descanso: entraram Mariana Rosa, Rita Fontemanha e Inês Gonçalves para os lugares de Ana Borges, Bruna Lourenço e Ana Capeta. Na segunda parte o filme não mudou e a partida continuou a ser praticamente de sentido único, quase se trabalho para Hannah Seabert, guardiã verde e branca.

Chandra, num remate cruzado, Cláudia Neto, de longe, e Joana Martins, ao poste de livre directo, ameaçaram, mas seria, mais uma vez, a centrocampista Brenda Pérez a marcar. Depois de Inês Gonçalves ter acertado no poste, Cláudia Neto recolheu a bola e assistiu a espanhola, que completou o seu hat-trick e a mão cheia de golos para o Sporting CP - quinto golo da talentosa Leoa nesta época.

Antes dos 70 minutos, Diana Silva e Joana Dantas, de apenas 19 anos, também entraram a partir do banco e até final as Leoas, recheadas de juventude, mantiveram-se no controlo das operações num encontro que ficou resolvido desde muito cedo, mas a equipa nunca baixou a fasquia. Pouco antes dos noventa minutos, Joana Martins até teve um pontapé de penálti para alargaram a vantagem, mas o poste negou-lhe essa possibilidade e o 5-0 foi definitivo.

Desta forma, o Sporting CP totaliza os seis pontos neste arranque de campeonato, onde continuam também sem sofrer golos. No próximo fim-de-semana, a formação verde e branca vai estrear-se na edição 2022/2023 da Taça da Liga, recebendo o recém-promovido SF Damaiense na primeira mão dos quartos-de-final.

Sporting CP: Hannah Seabert [C], Ana Borges (Mariana Rosa 46’), Carolina Beckert, Bruna Lourenço (Rita Fontemanha 46’), Alícia Correia, Chandra Davidson (Diana Silva 67’), Cláudia Neto (Joana Dantas 67’), Brenda Pérez, Joana Martins, Ana Teles e Ana Capeta (Inês Gonçalves 46’).

PEDRO ALEGRIA: “ESTUDÁMOS BEM O VALADARES GAIA FC”

Por Sporting CP
18 Set, 2022

FUTEBOL FEMININO

Técnico contente com arranque no campeonato

Após o triunfo claro sobre o Valadares Gaia FC (5-0), Pedro Alegria, técnico das Leoas, analisou a partida em declarações à Sporting TV e salientou o trabalho feito que acabou por facilitar a partida.

“Respeitamos todas as equipas da Liga. Estudamos bem a equipa do Valadares Gaia FC e essa análise, depois com o trabalho da equipa durante o jogo, tornou tudo mais mais fácil para que o jogo tivesse este resultado”, começou por dizer, frisando a ambição verde e branca.

“Vamos lutar para ganhar todos os jogos, agora faltam 20 nesta caminhada. Portanto, foi um jogo importante e agora temos de pensar e preparar o próximo”, referiu. Já questionado sobre os bons arranques de época, com vários golos, de Brenda Pérez e Ana Capeta, Pedro Alegria preferiu valorizar o trabalho da equipa no seu conjunto.

“Para a Brenda e a Capeta fazerem golos há uma equipa por trás que faz com que isso aconteça. Quem faz os golos fica na montra, digamos assim, mas é a equipa que o possibilita”, realçou.

Ora, Capeta, que admitiu ficar “sempre feliz por ajudar a equipa”, sublinhou a importância de continuar a ganhar. “A estratégia passa sempre por respeitar o adversário e foi isso que nos fez crescer no jogo. Conseguimos ficar com a vitória em casa e é isso que importa”, disse, continuando: “Pensamos jogo a jogo e todos têm a mesma importância. Para a semana temos temos uma competição diferente, mas vamos encará-la com a mesma ambição”.

Por fim, a avançada, que regressou esta época ao Sporting CP, considerou que a equipa “está bem” e a união tem sido chave: “Somos muito unidas e damo-nos bem dentro e fora de campo”.

Alguém conhece a Brenda pessoalmente que a possa apresentar? É para um amigo.

2 Curtiram

uma jogadora que gostava de ver no Sporting este tipo de contratações é que o Sporting deveria de fazer

É um bom tipo de jogadora. Mas nós não temos um bom tipo de futebol em Portugal, para jogadoras destas. Seria muito difícil uma jogadora fazer isto com os autocarros da Liga BPI.

Nao circulou ai uma noticia a uns dias atras de uma jogadora brasileira?

21 set, 2022 - 09:31, por Inês Braga Sampaio

Das ruas da Madeira a Alvalade e Espanha. Fátima Pinto, a “menina da ilha” que escreve História no futebol para contar aos netos