Sporting CP B- Época 2020/2021

Este rafael camacho e tao mau que nem na segunda parte entrou Fraquíssimo, ee q seja humilde e comece a ver q n e avançado.

Concordo, também procuraria colocar o P.Marques na II ou mesmo I caso exista interesse. Sinto que a equipa não responderia tão bem com a sua ausência, mas o esforço, rendimento e potencial do atleta n minha opinião, assim justifica. Talvez seria uma oportunidade para o Tiago Rodrigues e Skoglund…

Ele é mau mas pelo menos tem margem de progressão, não é como Bolasie, Shikabala, Rúben Ribeiro, Heldon e afins que passaram no nosso clube.

Pelo menos isso…

É um pouco chato estar sempre a repetir o mesmo, mas quando o melhor jogador da equipa B este ano tem sido o Tomás Silva, e nos sub 23 talvez o mais fiável tenha sido o Tiago Ferreira dá vontade de perguntar se há muitas opções para o futuro próximo, é que isto para mim é curto. Já nem falo no Joelson que é da mesma idade que o Francisco Conceição do Porto e vejam o que cada um joga…

Isto é curto para o futuro do Sporting, é preciso mais ambição, mais investimento e melhores treinadores na Academia, se bem que não quero uma Formação de Fast Food, que sirva apenas para vender jogadores, no Sporting a Formação tem de alimentar o plantel principal. Ponto.

Jése, Fernando, Diaby…

Era o que faltava ter que levar sempre com o Camacho por causa do preço e da idade.
Para o ano só tem 21, no seguinte só tem 22… o melhor é ser titular até acabar contrato.

1 Like

Já nem me lembrava do Tiago Rodrigues. Está mesmo desaparecido.
Será que está lesionado?
Ele no início da época chegou a jogar a titular. Pelo menos tenho essa ideia.

Sporting Tático

13 h ·

🔎 Sporting B 2-1 Real SC - Análise

📌 Remontada do Sporting B que desrespeita assim o ‘distanciamento social’ e junta-se ao Estrela na liderança!

A luta pela liderança da Série G do campeonato de portugal continua bem acesa. O Sporting B recebeu e venceu, este domingo, o Real SC por 2-1 na 11.ª jornada da série G do CP. Com este resultado, a equipa orientada por Filipe Çelikkaya chega aos 27 pontos, aproveita o deslize do Estrela de Amadora e iguala os mesmos na liderança da série. Os Leões terminam assim a primeira volta do campeonato invictos com 8 vitórias e 3 empates.

Foi uma vitória muito importante para as aspirações leoninas. A equipa de Alvalade sabia de antemão que não podia perder pontos, pois tinha a oportunidade de partilhar a liderança com o Estrela - que empatou no terreno do Rabo de Peixe por 0-0.

Os pupilos de Çelikkaya continuam a demonstrar que é possível sonhar com o primeiro lugar e posteriormente lutar pela subida de divisão. Sem grandes investimentos para tal, os leões têm-se destacado muito pela positiva. Um plantel formado por jovens jogadores e que à época passada jogavam na Liga Revelação. Hoje, batem-se de igual para igual contra equipas com mais experiência e mais fortes fisicamente - que é das coisas mais exigentes do Campeonato de Portugal. Mérito total para o treinador Filipe Çelikkaya, que preparou e adaptou a equipa a um contexto com maior grau de dificuldade. A resposta dos jogadores tem sido das melhores e esperemos todos que continuem nesta senda de vitórias dignificando o Sporting, rumo ao grande objetivo!

Vamos ao jogo! O Sporting contou com três alterações em relação à última partida. Gonçalo Pinto substituiu André Paulo na baliza, que se encontra neste momento com a equipa principal, Geny Catamo no lugar de Elves Baldé e Rodrigo Fernandes no lugar de Edu Pinheiro. Já se esperava que Geny Catamo fosse promovido ao onze inicial mais tarde ou mais cedo pelas excelentes entradas que tem tido. O internacional Moçambicano é no preciso momento o extremo mais desequilibrador da equipa e não é por acaso que é chamado várias vezes por Rúben Amorim para treinar com a equipa principal. Não se percebe muito bem a saída de Edu Pinheiro do onze inicial, estava a ser das peças mais fundamentais do meio campo, principalmente no equilíbrio defensivo do conjunto leonino. Rodrigo Fernandes não tem tantos minutos esta época e foi uma aposta algo arriscada pela importância do jogo em questão. Qualidade não falta ao jogador, mas como disse acima, tinha pouco ritmo de jogo até aqui e Edu Pinheiro encontrava-se em melhor forma.

À semelhança do jogo anterior, foram os leões que entraram mais fortes na primeira parte. Uma equipa muito pressionante e que chegava ao último terço adversário com alguma facilidade, com processos simples e rápidos, mas foi esquecido levar a eficácia para o jogo. Foram criadas várias oportunidades mas os jogadores não souberam concretizá-las. E como diz o velho ditado: quem não marca, sofre. Os comandados de Çelikkaya foram vítimas disso e sofreram o primeiro golo da partida contra a corrente do jogo e quando menos esperavam, pois tinham o controle do mesmo. A equipa adversária aproveitou uma transição para colocar a bola no fundo das redes numa fífia do guarda-redes leonino, que mais tarde redimiu-se e defendeu uma grande penalidade que pareceu inexistente.

Na segunda parte o conjunto de Alvalade continuou dominador, e obrigou a equipa adversária a baixar as linhas e dar iniciativa aos verdes e brancos. Apesar do domínio, o Sporting não foi capaz de transformar o maior número de posse de bola em grandes oportunidades de golo. Notou-se algum nervosismo e ansiedade, mérito também do adversário que se fechou bem e impediu que os leões criassem grandes dificuldades. Até que através de uma bola parada a equipa verde e branca chegou ao empate. Pontapé de canto batido por Geny Catamo aos 73’ e um frango monumental do GR do Real SC deu origem ao autogolo e empate para o Sporting. Golo esse que deu um grande banho de motivação aos pupilos de Çelikkaya, e nos minutos finais da partida conseguiram chegar à vantagem através de uma grande penalidade convertida por Pedro Marques! Só uma equipa com uma grande atitude e espírito de sacrifício conseguia uma remontada destas. Parabéns a todos.

🔎Destaques:

⚠️ Gonçalo Pinto. Esteve no pior e no melhor.

Ficou muito mal na fotografia no primeiro golo mas redimiu-se e defendeu uma grande penalidade que manteve o Sporting no jogo.

❌ João Ricciulli. Má exibição.

Muitas dificuldades na construção e no controlo da profundidade. Foi ultrapassado com alguma facilidade pelos jogadores adversários e teve uma má abordagem defensiva no primeiro golo do Real SC.

✅ João Silva. Bom jogo.

Foi o melhor elemento da defesa do Sporting. Ajudou muito a equipa na construção, principalmente na segunda parte quando a equipa adversária baixou as linhas. Defensivamente ganhou a maioria dos duelos. Bom jogo.

✅ Loide Augusto. Agitou o corredor direito.

É dos jogadores do Sporting em melhor forma. Incansável, faz o corredor direito todo. Acrescentou muita preponderância ofensiva ao corredor da equipa leonina. Saiu a meio da segunda parte por lesão.

⚠️ Mees de Wit. Boa primeira parte.

Fez uma boa primeira parte, principalmente na parte ofensiva. Na segunda parte não teve muito espaço para progredir diante o bloco baixo da equipa adversária e sumiu do jogo.

⚠️ Rodrigo Fernandes. Inconstante.

Foi uma das novidades no onze inicial e notou-se falta de ritmo de jogo. Foi ultrapassado com alguma facilidade no primeiro golo do Real SC, e fez um pênalti infantil - apesar de achar que no momento da falta o jogador adversário estava fora da área.

Na segunda parte subiu de produção e esteve mais concentrado, mas fazendo um balanço, teve algo inconstante na partida.

✅ Bruno Paz. O melhor elemento do meio campo.

Teve novamente uma exibição positiva. Não tanto como as anteriores mas foi importante e acrescentou muita qualidade, principalmente no passe. Isolou algumas vezes os seus companheiros com passes de rotura e dominou o meio campo.

⚠️ Tomás Silva. Desapareceu na segunda parte.

Fez uma boa primeira parte, criou alguns desequilíbrios no passe e no drible. Na segunda sumiu do jogo e foi incapaz de criar grandes dificuldades ao Real SC.

✅ Geny Catamo. O melhor em campo!

Foi o jogador do Sporting que causou mais problemas ao adversário. Imprimiu muita velocidade e desequilibrou no drible. Foi na origem do seu pontapé de canto que a equipa leonina chegou ao empate na partida. Aproveitou da melhor forma a titularidade.

❌ Rafael Camacho. Continua fora dela.

Mais um jogo apagado de Rafael Camacho. Não conseguiu acrescentar nada ao ataque do Sporting e saiu do jogo logo na segunda parte.

✅ Pedro Marques. Foi decisivo.

Apesar de não ter sido muito solicitado durante o jogo, Pedro Marques foi decisivo depois de uma boa jogada individual que originou o pênalti do Sporting, que foi convertido pelo mesmo. Apareceu no momento certo, deu o triunfo aos leões e chegou assim ao oitavo golo na prova.

✅ Nuno Moreira. Entrou bem.

Entrou logo na segunda parte para substituir o Camacho e teve uma boa entrada. Deu mais criatividade e critério com bola em relação a Camacho.

✅ João Oliveira. Boa entrada.

Entrou para partida aos 56 minutos para substituir o lesionado Loide Augusto e esteve bem. Acrescentou qualidade ofensiva a equipa do Sporting.

⚠️ Elves Balde. Entrou aos 79’ para dar sangue novo ao ataque!

⚠️ Edu Pinheiro. Entrou aos 81’

E a margem de progressão do Ilori?
Há escala para isso?

E tinha, para dar e vender, quando o Domingos o lançou. Podia ser, não o melhor central português, mas um dos melhores do Mundo. Mas dá Deus nozes a quem não tem dentes…

Logicamente que falava no seu regresso e não quando foi lançado…

SANTIAGO MUNÕZ NA MIRA DO SPORTING
SPORTING 12-01-2021 18:15
Por
Redação
O Sporting, sabe A BOLA, está de olho em Santiago Muñoz, avançado internacional mexicano sub-20 (com nacionalidade também norte-americana), de 18 anos, que alinha no Santos Laguna.

Em cima da mesa está a possibilidade de empréstimo de 18 meses com opção de compra, fixada em 2,2 milhões de euros.

Porém, a concretizar-se a operação, Santiago não virá para integrar de imediato a equipa principal do leão, mas sim para a equipa B.

SPORTING CP ESTUDA TRANSFERÊNCIA DE SANTIAGO MUÑOZ, PROMESSA MEXICANA DE 18 PRIMAVERAS

Joga no Santos Laguna, tem 18 primaveras, é «artilheiro» e internacional pelas seleções jovens do México e está no radar do Sporting CP, de entendimento com o jornal Abola.
Santiago Muñoz, que também tem nacionalidade norte-americana, procura ainda afirmar-se no futebol sénior (conta somente com um jogo disputada pela equipa esta temporada), mas pode consegui-lo ao serviço dos leões, que já apresentaram uma oferta ao conjunto mexicano: empréstimo de 18 meses com alternativa de aquisição de 2,2 milhões de euros.
A ideia inicial é a de que o atleta atue numa altura inicial pela turma B, mas há a perspetiva, em função da sua adaptação e agradável rendimento, de subir para a A. Muñoz, saliente-se, deu nas vistas no Mundial sub-17 de 2019.

É esta a qualidade de passe do Rodrigo?

1 Like

O Camacho nem no Campeonato de Portugal consegue fazer 1 coisa de jeito. Um gajo que custou 7 MILHÕES para o clube

1 Like

Continuo sem perceber a insistência em jogadores sem qualquer tipo de compromisso com a equipa: Rodrigo e Camacho.

1 Like

O egoismo do Pedro marques a vir ao de cima.

Camacho, a estrela… cadente.

Não fosse ter custado 7 milhões ao Sporting e até achava piada à sua queda pelo vedetismo que sempre demonstrou.

Daqui a uns anos anda a treinar em sintéticos todos lixados mas não é por opção mas sim porque já ninguém acredita nele.

Não é só as coisas não saírem. Ele não quer, não disputa um lance.

Que triste figurinha. Completamente miserável.