Sobre o seguidismo: a curiosa percentagem de 75%

Melhor do que o número do valor do passivo, o número dos golos do Liedson ou o número de jogos consecutivos feito pelo Moutinho, há um número que todo o Sportinguista sabe de cor desde há uns anos a esta parte: o setenta e cinco (75).

[ul][li]Foram cerca de 75% os votos obtidos por Soares Franco nas últimas eleições.[/li]
[li]É de 75%+1 a percentagem de votos necessária para alterar os estatutos.[/li]
[li]É de aproximadamente 75%, a percentagem de sócios que não têm as quotas em dia.[/li][/ul]

Que diabo…havendo cem valores diferentes que poderiam ser obtidos em cada um daqueles 3 aspectos, como é que o mesmo número aparece em todos? Será mera coincidência ou haverá algum fenómeno comum às três realidades, que as ligue entre si e explique a convergência de tal valor?

Deixarei para vós a resposta a esta pergunta e as devidas extrapolações para aquilo que nos interessa – o Sporting – após vos dar a conhecer o trabalho de Solomon Asch. Este senhor foi um Professor de Psicologia que viveu durante o século XX e que fez investigação no campo da Psicologia Social, o ramo da Psicologia que estuda o comportamento humano em contextos sociais. Os seus estudos mais famosos foram realizados nos anos 50 e ficaram conhecidos como os “Estudos do Conformismo”, sendo a experiência mais paradigmática a que se relata a seguir:

O Paradigma de Asch

1 – Inseria-se o indivíduo “cobaia” num grupo de 5-7 pessoas. Todas essas pessoas eram colaboradoras do investigador, mas o indivíduo não sabia e tomava-as como sendo cobaias tal como ele.

2 – Mostravam-se a esse grupo de pessoas pares de cartões em que o primeiro tinha uma linha desenhada, e o segundo tinha 3 linhas desenhadas mas de comprimentos diferentes:

Então pedia-se às pessoas, uma de cada vez, que dissessem em voz alta qual era a linha (a, b, c) do segundo cartão, que tinha o mesmo comprimento da linha do primeiro cartão, sendo que o indivíduo cobaia era o último ou penúltimo a ser questionado.

3 – Às pessoas que estavam a colaborar com o investigador, era pedido (sem a cobaia saber, claro) que durante as primeiras séries, dessem respostas sinceras e que a partir da terceira ou quarta série de cartões, começassem a dar uma resposta propositadamente errada, que devia ser imitada pelos colaboradores seguintes.

4 – O objectivo da experiência era então ver até que ponto é que as respostas do grupo influenciavam a resposta da cobaia. Será que a cobaia se mantinha fiel ao que via e dava a resposta certa, ou será que, vendo todos os outros participantes a dar a mesma resposta, respondia contra o seu julgamento e dava uma resposta errada? Por outras palavras, será que a influência do grupo é suficiente para um indivíduo se conformar com uma coisa que está claramente errada?

5 – Após se fazer esta experiência com 123 cobaias, verificou-se que de facto, uma parte dos indivíduos testados se conformava com a resposta do grupo e dava a mesma resposta que os restantes, mesmo quando esta era errada. E agora é que vem a parte gira: a percentagem de indivíduos que se conformava pelo menos uma vez era nem mais nem menos do que…75%. :slight_smile:

Pois é: 75% das pessoas conformam-se com o julgamento da maioria. Julgam e decidem contra a sua própria percepção das coisas e deixam-se influenciar pelo julgamento dos outros mesmo quando esse julgamento é objectivamente errado. Apenas 25% das pessoas nunca se conformam, se mantêm fiéis à sua percepção e confiam no seu próprio julgamento mesmo que a maioria se manifeste de forma contrária.

Há coisas fantásticas não há?

:slight_smile:

Aqui fica um vídeo da experiência:

[youtube=425,350]http://www.youtube.com/watch?v=R6LH10-3H8k[/youtube]

E esta hein? Existe um suporte científico para as percentagens de 75%

E o nome do estudo não podia ser melhor: “Estudos do Conformismo” >:D

E é evidente que tal teoria não se pode aplicar aos frequentadores deste fórum… :whistle:

Poderia. Mas no caso do fórum basta ler o que por aqui escrevem uns e outros e basta comparar as respectivas posturas para saber logo quem são os conformistas e quem são os não-conformistas e com base nisso chega-se à conclusão que são muito mais os não-conformistas do que os conformistas.

Pois é , os grupos têm muita força na coacção de um individuo individual , o medo íntrinseco do islomento ou ficar à margem leva a comportamentos destes.

Mas como vê-se tambem no video , o conformismo desce bastante com o voto secreto.

Pode ser um bom lema , fazer como aqueles tipos do anúncio da coca-cola , quem se sentir coagido a votar no JEB , pode sempre secretamente votar no PPC.

Não tenham medo de libertar o leão que há dentro de vocês , o voto é secreto.

Pois é meu caro, isso remete-nos para as célebres AGs de aprovação das medidas da direcção, em que havia duas urnas onde os sócios podiam votar: uma identificada com o SIM, e outra identificada com o NÃO.

:slight_smile:

Isso não acontece por acaso.

Boas,

Mas isso contraria a experiência … Claro que não … Será …

Pois, existem os que se conformam com a maioria diz (no forum) e os que não se conformam, que são claramente uma pequena minoria.
Logo existem os conformistas com a opinião dominante no forum e a pequena minoria que não se conforma. :whistle:

Obviamente que isto não tem em conta a opinião suprema “basta ler…” :angel:.

old lion, bem-vindo de volta. Por onde é que tens andado pá? :slight_smile:

Não há razões para crer que a realidade do Fórum contrarie as conclusões das experiências do conformismo, pelas razões que já apresentei na resposta ao barbicane, mas também por outra razão:

As experiências científicas geralmente são realizadas com amostras representativas de uma população. Como o fórum não constitui uma amostra representativa da população de sócios e adeptos do Sporting (principalmente no aspecto etário) não se lhe pode aplicar a conclusão daquelas experiências.

Abraço

:wink:

Boas, tirei umas ferias grandes. Obrigado pelas boas vindas …

As experiências científicas geralmente são realizadas com amostras representativas de uma população. A população do forum é uma população. É a população do forum SCP. E nessa população:

Existem os que se conformam com a maioria diz (no fórum) e os que não se conformam, que são claramente uma pequena minoria.
Logo existem os conformistas com a opinião dominante no fórum e a pequena minoria que não se conforma.

Abraço,

Quem está a dar a volta ao texto és tu, olha lá bem. :smiley:

A experiência que descrevi é paradigmática de um conjunto alargado de estudos cujas conclusões podem ser generalizadas às sociedades humanas em geral.

A população do fórum é uma população, mas não constitui uma amostra representativa nem das sociedades humanas, nem da população de adeptos e sócios do Sporting. Já o Sporting é um clube cuja população constitui uma amostra representativa da sociedade (em termos de idade, sexo, formação, etc).

Logo, as conclusões da experiência podem ser deduzidas para a população de adeptos e sócios do SCP, mas não podem ser deduzidas para a população do fórum.

:wink:

Em estatística, obviamente.
A população não tem que representar a sociedade, obviamente. Alias a pergunta era qual sociedade? E o que é a sociedade. A população é um conjunto de elementos com uma (ou mais) características comuns que pretendemos estudar. A população do fórum SCP. A população dos sócios do Sporting. A população dos adeptos do Sporting. A população não têm nada a ver com amostras da sociedade humana. Os meus alunos do 7º ano sabem isto muito bem. É uma brincadeira não leves muito a sério. :wink:

Eu sei que a ideia de seguidismo no fórum é particularmente incomoda. Mas se existe seguidismo aqui ele é particularmente evidente. Devido a pressão da esmagadora maioria a opiniões, com opinião própria são quase nulas. Aqui o estudo(seguidismo), seria esmagador(tipo Jumbo :)).

O seguidismo numa população tem a ver com diversos factores e eles aqui são digamos fortes… :angel:
Abraço,

Só agora vi isto. Extraordinário. :lol:

Eu concordo que quer no Sporting quer no fórum existe isto. No SPorting existe o conformismo na continuidade, no fórum existe um conformismo no não conformismo na continuidade ;D . Mas os efeitos são semelhantes parece-me.

[/quote]

Mesmo partido do teu pressuposto estas totalmente errado.

-Dizes " Já o Sporting é um clube cuja população constitui uma amostra representativa da sociedade (em termos de idade, sexo, formação, etc)."
Deves estar a referi-te aos socios efectivos do Sporting, visto que é nestes que existem a percentagem 75%-25%.
E nestes:

  • Sexo - Nos sócios Sportinguistas menos de 20% são Mulheres.
    Em Portugal mais de 50% são mulheres.

  • Distribuição Geográfica - Sócios Sportinguistas - mais de 60% na Grande Lisboa
    Em Portugal a grande Lisboa tem cerca de 30% da população.

  • Camada Socioeconómica: A maioria dos sócios Sportinguistas está entre a Classe Media/Media-Alta. Desde logo por factores económicos, 12 € por mês é insuportável para os 2 milhões de pobres.

  • Formação - O numero de licenciados sócios do Sporting, mais que duplica a media nacional(o que obviamente é pelo factor económico e também pelo factor que nos adeptos, isso também é verificável).

Logo …

Portanto o seguidismo no fórum … é o que … não existe volta a dar. Com argumentos facilmente rebatíveis as quase todas as respostas foram de um seguidismo diria … seguidista :)… seguisdista :slight_smile:

old-lion,

Esses dados sobre o Universo de sócios do Sporting são muito bonitos mas gostava de saber onde os foste buscar, principalmente a parte referente à formação e à classe socio-económica, para as quais não apresentaste valores concretos. Seja como for, o que tu apresentaste foi dados de toda a população de sócios do Sporting e os 75% que se têm verificado é entre as pessoas que votam em Assembleias Gerais e não entre toda a população de sócios.

De resto, já vi que há aqui uma certa obsessão com o eventual seguidismo que há no fórum. O que eu gostava de saber é:

a) qual é o rácio 75-25 aqui do fórum em que te baseias para dizer que nele se verifica seguidismo ou conformismo

b) qual a relação que estabeleces entre o seguidismo no fórum e o seguidismo no Sporting em geral?

A população que vota em assembleia o que eu disse ainda é mais premente. Tanto em relação ao factor Homem/Mulher, como obviamente em relação ao factor geográfico.

Pois eddie a tua teoria (falsa) foi por agua abaixo … nada de grave, afinal é bom ser um comum mortal. As vezes. :slight_smile:

O seguidismo no forum é evidente … basta ver … a vossa superioridade moral não existe. São comuns … :slight_smile:

A teoria não é minha e tu até agora não fizeste nada a não ser explorar preciosismos de afirmações que proferi. Nada do que disseste até agora contradiz a teoria logo não podes dizer que é falsa.

A experiência que descrevi sugere que 75% das pessoas (nota bem: pessoas, não interessa o sexo, a proveniência geográfica ou a formação) se conforma com a opinião da maioria ao ponto de tomar decisões que vão contra a sua própria percepção das coisas. Ponto.

Aqui no fórum discutem-se assuntos, trocam-se argumentos e apresentam-se raciocínios. Argumentos e raciocínios podem ser avaliados em função da sua validade e da sua lógica, respectivamente, portanto a aferição do conformismo no fórum pode ser feita de forma mais palpável e não tem propriamente que obedecer cegamente a um paradigma.

Tu não estás a fazer mais do que, em função da experiência que apresentei, assumir que há uma putativa maioria do fórum que, pela simples e única razão de que é maioria, então é produto de seguidismo. É uma relação causa-efeito que não podes estabelecer, logo não podes concluir que no fórum há seguidismo.