Será que a história se repete?...

Tirado do jornal Record de hoje:

[i]A Nota do Editor

O Sporting foi humilhado na UEFA por uma equipa nórdica cujo trinco é Svensson. No campeonato soma resultados lamentáveis. Os sócios não se revêem na política desportiva e exigem a demissão de técnico e dirigentes. Este é o cenário actual? Também mas não só: é o resumo do que se passava em 99, oito meses antes do fim do jejum. Onde havia Viking agora há Halmstads (com o mesmo Svensson a trinco); onde havia Materazzi agora há Peseiro; onde havia Paulo Abreu agora há Paulo Andrade. Falta apenas um novo Inácio e outro Luís Duque.

João Almeida Moreira[/i]

Não me importava. Até porque iamos à luz ganhar, para a Taça! :smiley:

Duque: apresente-se ao serviço!

(Beira-Mar: desculpa… mas o Inácio é nosso…) :lol:

Bom mas… se o Ricardo é o schmeichel parto-me já todo a rir aqui :slight_smile:

Calma, a comparação foi só a nível de resultados e a nível directivo. Porque não vejo ninguém com o valor do André Cruz. (Mas esse também só veio em Janeiro…)

Pois em Dezembro também faziam jeito um patrão para a defesa, um lateral direito e já agora porque não um extremo razoavel

E quem vai fazer de Duque e Inácio, desta vez ?

O luís Duque vai ficar para sempre na história do clube por ter devolvido O Sporting às grandes conquistas e ter estado envolvido no fim do jejum…e creio ser essa a razão que leva muita gente a querê-lo de volta, para além do seu grande valor enquanto pessoa e pelo seu relacionamento saudável com a equipa. Mas não se esqueçam que Luís Duque não teve uma actuação propriamente feliz a nível das contas do clube e hoje em dia também há que ter isso em consideração…

isto é, não adianta de nada gastar fortunas em jogadores e em salários astronómicos para fazer a dobradinha num ano e depois passar os anos seguintes a sofrer as consequências dos grandes investimentos…tem que haver um equilíbrio…

Para mim vinha já o De Franceschi

Para mim vinha já o De Franceschi

Continuo sem perceber porque ha tanta gente entusiamada com o De Franceschi por aqui, para alem da melena a esvoacar ao vento o que mostrou ele mais? :?:

Só porque foi o último extremo esquerdo de jeito que teve no sporting

.tem que haver um equilíbrio...

Duque pagou a factura ao Verme e ao Luciano D´Onofrio, nao me parece que caisse outra vez… Duque e o seu “know how” seriam no momento ouro sobre “verde”…

Continuo sem perceber porque ha tanta gente entusiamada com o De Franceschi por aqui, para alem da melena a esvoacar ao vento o que mostrou ele mais?
7 assistencias 2 golos em 14 jogos cujos quais nem sempre foi titular, desde Silvinho nunca mais tivemos um extremo esquerdo deste nivel, que nao tenham dado 600 mil contos na altura compreendo, mas se soubesse que era para estar quase 6 anos sem um, nao seria dessa opiniao, revê a época e percebe a importancia deste homem e de Mpenza...
Só porque foi o último extremo esquerdo de jeito que teve no sporting

nem mais.

... revê a época e percebe a importancia deste homem e de Mpenza...

Tenho mesmo de rever, porque o fulano nao me deixou nada de saudades… Mas tambem te digo, neste momento nao sei o que ele viria acrescentar, mas adiante que esse nao é o problema , nem o treinador o é, continuo a achar que mais do que tudo o resto a filosofia desportiva instalada é que é o problema, e sem que esse seja resolvido podemos trocar de trinador um milhao de vezes, ja que nunca saindo dos modelos ‘classe Peseiro’ tambem nunca sairemos da cepa torta.

Ja agora corrigam-me se estiver enganado , mas esse De Franceschi é o mesmo que nas ultimas duas epocas fez 4 (!!) jogos na Serie A? Ve o link abaixo:

http://www.lequipe.fr/Football/FootballFicheJoueur50000000000000000000019972.html

É esse mesmo e acho que tens absoluta razão, na altura 600 mil era demais, mas nunca mais compraram um.
Quanto ao resto do post, concordamos na totalidade :shock: (eu e tu é raro), nesta SAD como está, os exemplos dão-te razao, Materazzi (Inacio por acidente), Boloni, Fernando Santos e Peseiro, o denominador comum é a ignorancia.
Relembro ainda o SMS de alguem para MRT aquando do Silva, “Nem sabes o erro que cometeste”, ou seja todos os que estão de fora percebem menos quem la está… Estranho, muito estranho…

Claro. 600 mil era demais. Mas 5 meses depois, 1,8 milhões pelo Tello foi um preço justo. :wink:

Pois. :? :x