Selecções de Futebol Estrangeiras - Parte II

O Fati já se estreou a marcar pela Espanha, marcou o 3-0 contra a Ucrânia. E bom golo, remate bem colocado de fora da área.

É o mais novo de sempre a marcar pela selecção. O record anterior era de 1925…

O Sérgio Ramos bisou e já tem 23 golos. Já não está muito longe dos 29 do Hierro.

A Noruega ontem espetou 5-1 fora à Irlanda do Norte com o Sorloth e o Haaland a bisarem, e o Haaland ainda fez a assistência para um dos golos do Sorloth.

Têm ali uma bela dupla de avançados para muitos anos. Já estou farto de ver o Haaland mas o tipo impressiona sempre por aquela facilidade de remate que tem, não perde um segundo, só vê baliza. Dois bons golos ontem em excelente remates fortes, colocados e sem qualquer hipótese para o GR.

No Áustria 2-3 Roménia, categoria esta chapelada do Maxim ao 1m14:

E é isto. Aos 17 anos, ao segundo jogo pela França (7-1 à Ucrânia), primeiro como titular…

Na Itália, nos 6-0 à Moldávia destaque para a estreia do Caputo… aos 33 anos e a marcar. Merecido, ele que está a fazer um belo início de época no Sassuolo, depois dos 21 golos da época passada (melhor época da carreira). Está a mandar uma vibe de Di Natale, quando mais velho melhor joga.

O Berardi (colega no Sassuolo) também se estreou a marcar, também ele começou muito bem a época depois de uma excelente época passada. Aliás, o Sassuolo ontem meteu três jogadores na convocatória, e todos titulares, juntando a estes dois o Locatelli. É o reconhcimento do grande trabalho que andam a fazer.

E o Consigli também podia perfeitamente ter sido convocado, seria mais uma estreia aos 33 anos, ele que passou por todos os escalões de formação da Itália e com muitos jogos.

Noruega a dar 4-0 à Roménia com hat-trick do Haaland, que já tem 6 jogos 6 golos na selecção. Mais uma bomba de pé esquerdo este último golo.

E duas assistências do Odegaard para ele. No banco ainda está o Hauge, está aqui um trio para fazer umas coisas engraçadas nos próximos anos para a Noruega, ainda todos sub-21.