Sebastián Coates (Saída: Nacional (URU))

A pasquinagem já anda a tentar denegrir a imagem do Capitão junto dos Sportinguistas.

Vejam a capa de hoje do Jogo.

É esquecer, o que importa são os títulos que ele conquistou com a nossa camisola.

1 Curtiu

Copo meio vazio, copo meio cheio.

Podes ver isso como um “ataque”.

Eu prefiro pensar que, apesar de o jogador ter vontade de regressar ao Uruguai, pelos motivos que foram apresentados, apesar de se falar nisso há meses, dentro e fora de campo foi sempre um profissional de mão cheia, sem nada a apontar.

Custa-me que ele saia. Pode ter todos e mais alguns motivos. Uma das minhas figuras de topo no nosso clube, desde que me conheço como gente.

1 Curtiu

A mim não estraga imagem nenhuma, pelo contrário, só reforça.

Um jogador que quer voltar e acabar a carreira no clube do coração terá sempre o meu respeito imenso.

Quando vejo o exemplo do nosso maior expoente máximo que não quer acabar cá, só reforça ainda mais essa minha convicção.

Fui um dos seus críticos várias vezes durante os anos que cá esteve, mas merece tudo de bom e vai ser sempre acarinhado da minha parte e visto como um baluarte do Sporting Clube de Portugal pela sua entrega e compromisso e respeito que teve pelo símbolo que representou.

2 Curtiram

Mais a frio depois de ter digerido o assunto, não me lembro de um jogador cuja saída me tenha custado tanto…

Para além do jogador perdemos um homem de caracter que assentaria que nem uma luva nas camadas jovens a ajudar a moldar o caracter dos nossos futuros campeões, teriam um verdadeiro exemplo do que é um capitão do Sporting!

Tenho pena mas não consigo ficar chateado com ele e desejo lhe apenas o melhor.

Saudações capitão!

1 Curtiu

Como pessoa, como Capitão e como jogador. Sem palavras para estes anos de Leão ao peito e ter ficado no Clube, quando tivemos jogadores formados e que deviam tudo ao Clube, a fugirem como ratos. Um exemplo. Obrigado capitão

2 Curtiram

a saída era, naturalmente, inevitável. a idade já dava mostras de querer levá-lo daqui e o rendimento era cada vez mais inconstante. dito isto tenho pena de o ver sair, ainda que as razões não tenham nada a vez com a tal inevitabilidade de que falo.

mesmo com todos os problemas que arrastava consigo, foi importante nesta última época.
em jogos em que estávamos um pouco mais encostados às cordas era importante como voz de comando e no futebol aéreo.

o choque está associado à surpresa. ninguém estava à espera.

até sempre grande Seba. se há alguém que merece sair pela porta grande, como campeão, és tu!

1 Curtiu