Sócios e adeptos do Sporting

Já viram a sova q os q cegaram 2 (se não me engano) adeptos do SCP dia 11 de Maio, deram ontem a malta da JL à porta da sede deles? Mais um enxovalho. Um atentado à vida humana. Violência policial é o maior problema do desporto nacional

SPORTINGUISTA COM ALTA HOSPITALAR

Adepto leonino que caiu da bancada superior sul do reduto verde e branco está em recuperação

Redação

Texto

17 de Setembro 2021, 17:04

summary_large_image

No decorrer do clássico entre Sporting e Porto, que os leões empataram a uma bola, um adepto leonino caiu da bancada B do Estádio José Alvalade, estando agora recuperado. O incidente aconteceu na superior sul, com o Sportinguista a cair para a bancada onde, anteriormente, ficavam as claques do emblema leonino.

Após a queda, o adepto foi levado para o hospital, onde fez a sua recuperação. Nesta sexta-feira, 17 de setembro, através de uma publicação nas redes sociais, a claque ‘Directivo Ultras XXI’ informou que o Sportinguista não apresenta nada partido, seguindo para casa apenas com algumas recomendações.

Já conhece Diogo de Oliveira? Mas devia… Este é o menino que tem o Sporting no coração

Jovem craque de 10 anos faz furor nas redes, é amigo de Antony e promete honrar o escudo leonino

No final do encontro entre Sporting e Ajax, na Liga dos Campeões, um vídeo do brasileiro Antony a entregar a camisola do emblema de Amesterdão a um jovem adepto leonino tornou-se viral nas redes sociais. Fomos ‘escavar’ o tema e descobrimos que o miúdo em causa é afinal jogador da formação de Alvalade. E craque… Chama-se Diogo de Oliveira, tem 10 anos e é um futebolista já com muitas histórias para contar. Passou pelo futebol brasileiro e também pelo belga e fixou-se nos leões para continuar a mostrar o que vale. Tem milhares de seguidores nas redes, o apoio de uma popular marca desportiva e, claro está, o reconhecimento do amigo Antony, que à distância é um espectador atento daquilo que Diogo vai fazendo nos verde e brancos. Aliás, vamos mostrar-lhe um vídeo que o canarinho fez especialmente para ele. No que diz respeito aos seus heróis, não esconde o fascínio por Cristiano Ronaldo e João Palhinha. Falámos também com Ronaldo de Oliveira, o pai do craque, que nos explicou como tem sido lidar com este talento precoce e todas as responsabilidades inerentes à carreira de uma criança que sonhar ser ‘gente grande’ no desporto-rei.

Entre os sportinguistas, cabisbaixos, que assistiam a uma derrota dolorosa para a Liga dos Campeões frente ao Ajax, estava um menino que parecia ser a criança mais feliz à face da Terra. Num cenário que tinha tanto de pesado quanto de curioso, Antony tirou a camisola e entregou-a ao pequeno Diogo de Oliveira, o único adepto que vestido de verde e branco esboçava um sorriso de orelha a orelha: nem o próprio esperava tal gesto de quem até já chama de amigo. Pelo meio, confidenciou ao nosso jornal, ficou o convite para que se encontrem na Holanda.

Bolas em tudo o que é canto, vídeos em reprodução constante de fintas de Neymar… O pai do pequeno Diogo, Ronaldo Oliveira, ‘abriu’ a porta de casa e deu a conhecer a história de um menino que tem um relato pouco coincidente com alguém de somente 10 anos. E nesta história aplica-se na perfeição o chavão a que muitas vezes se recorre. Porque filho de peixe… sabe nadar – e não, não nos prendemos na particularidade de também o pai ter nome de craque. “Levei sempre o Diogo comigo para os jogos porque eu também jogava futsal. Comecei a treinar muito cedo com ele. Mesmo agora, quando não há treino no Sporting, passo-lhe uma ou outra coisa para que não esteja parado”, conta, antes de rebobinar no tempo e explicar como se deu o pontapé de saída.

“O Diogo nasceu na Bélgica. Eu e a minha esposa somos brasileiros mas estávamos a viver lá, onde ficámos mais dois anos depois do seu nascimento. Retornámos ao Brasil e, já lá, quando tinha somente três anos, coloquei-o numa escola de bairro com essa idade. Disseram-me: ‘Uau, Ronaldo. O Diogo é diferente, faz coisas que os miúdos que têm a idade dele não fazem. Tem uma coordenação muito avançada’”, partilha.

Foi o que lhe disseram na Escolinha Paulista FC. E foi o que lhe voltaram a dizer mais tarde, depois de a família Oliveira aviar malas para retornar a solo belga. “Voltámos à Bélgica e no Brasil ficaram tristes, porque diziam que era bom jogador e que o colocariam no Corinthians. Na Bélgica estivemos mais quatro anos. Foram campeões por três épocas consecutivas, no Royal Arquet, e ele era o goleador, era o destaque”, explica.

E com poucos toques no francês conseguiu entender-se com os colegas: “Acabou por aprender o idioma nesta segunda ida para a Bélgica. Pensou: ‘Para jogar futebol preciso de aprender a dizer ‘passa a bola’. E assim foi: chegava e dizia a toda a gente ‘Bonjour, passa a bola’. Tive de lhe explicar que quando os colegas lhe diziam o mesmo era para ele passar a bola também…” Fique a nota de que passados três ou quatro meses já o francês não se ficava por um humilde ‘passa a bola’.

As férias – e um homem atento - que lhe mudaram a vida

Até que surgiu uma nova cambalhota na vida do pequeno Diogo – que a julgar pelos acontecimentos teremos de deixar de antecipar o seu nome com tal adjetivo. “Fomos de férias para Portugal e enquanto ele estava a dar uns toques na calçada, alguém o viu e gostou. Era observador do Sporting”, diz Ronaldo, enquanto o estimado leitor estará já a imaginar malabarismos do jogador do Sporting com a bola. “Estávamos a ver um jogo e ele deixou de ver o jogo e passou a ver o Diogo [risos]. Levei-o a um jogo e pediram para assinar. Esteve dois anos em Braga e no ano passado foi chamado para ir para a elite. Era uma excelente oportunidade”.

Antes de viajarmos até Lisboa, paremos em Braga, à conversa com Pedro Queirós, antigo treinador de Diogo. “Era um atleta de um escalão inferior que rapidamente se destacou e integrou o meu grupo de atletas mais velhos, dos sub-10. É um menino que tem uma facilidade de execução ao nível do drible absolutamente fora do normal e depois tem a confiança e a ousadia de colocar toda essa qualidade no jogo… e fazer os chamados ‘cabritos’, ‘cuecas’ ou passes de calcanhar”, lembra. Mas este pequeno, ainda que “grande”, jogador surpreendeu também pela postura: “Pelo fato de ter vindo para Portugal tão jovem e ter contato com um modelo de treino europeu tão cedo tornou-se num jogador muito competitivo em treino e em jogo, o que fez com que a evolução dele disparasse nestes últimos dois anos… e ‘assusta’ imaginar o que será daqui a mais dois ou quatro mantendo este ritmo de evolução. Pelo talento, pela mentalidade e pelo prazer que tem naquilo que faz só me faz acreditar que o futuro será de muito sucesso para ele. E feliz do treinador que fizer parte do seu caminho”, aponta o técnico.

Cristiano Ronaldo e Palhinha no topo da lista

A conversa era com o pai mas Diogo não podia deixar de dar um ar de sua graça. E fê-lo com a mesma assertividade com que remata à baliza. Simples e direto…

“O meu maior sonho é conhecer pessoalmente o Cristiano Ronaldo, é o jogador que marcou o Sporting para sempre. Entre os jogadores atuais do Sporting O meu sonho é conhecer o Palhinha, porque ele é bom em campo e faz a diferença no Sporting de hoje”, revelou.

E os seguidores leoninos também merecem um ‘toque’ do mini craque: “Para os adeptos do Sporting quero dizer que se eu me tornar profissional no Sporting, vou lutar para ganhar os melhores títulos no clube , espero deixar a minha marca, fazer a diferença no Sporting, nunca deixem de acreditar - esforço, dedicação, devoção e glória.”

SÓCIOS HOMENAGEADOS POR 75 ANOS DE DEDICAÇÃO AO CLUBE

Por Sporting CP
24 Set, 2021

NOTÍCIAS

Antes do jogo frente ao CS Marítimo, assistindo também à vitória Leonina

O encontro entre a equipa principal de futebol do Sporting Clube de Portugal e o CS Marítimo serviu, novamente, de oportunidade para os Sócios com 75 ou mais anos de ligação ao Clube receberem os emblemas comemorativos por esta incrível marca.

Este ano, devido às limitações ainda existentes, a entrega tem sido faseada e nesta sexta-feira foi apenas a segunda vez. A primeira tinha acontecido no jogo frente ao FC Porto, dando também a oportunidade a esses Associados de assistirem ao encontro após a cerimónia, tal como aconteceu no dia de hoje.

Desta feita foram seis os Sócios homenageados, com números entre os 65 e o 89.

Todos eles, ou os escolhidos para os representarem, uma vez que dois destes Sócios faleceram nos últimos meses, começaram por visitar o Museu Sporting na companhia dos membros dos órgãos sociais e da SAD Leonina, Francisco Salgado Zenha, Alexandre Ferreira, Tomé de Carvalho e André Bernardo.

Depois da visita ao Museu, onde puderam ver grande parte das conquistas Leoninas, com destaque para as alcançadas na última temporada, os homenageados subiram ao Camarote Presidencial do Estádio José Alvalade onde receberam os respectivos emblemas pelas mãos do presidente do Conselho Directivo, Frederico Varandas.

Leia mais na próxima edição do Jornal Sporting .

BILHETES PARA O FC AROUCA VS. SPORTING CP

Por Sporting CP
25 Set, 2021

FUTEBOL

Ingressos à venda a partir deste domingo

O Sporting Clube de Portugal informa que irá colocar à venda este domingo, dia 26 de Setembro, os bilhetes para a próxima jornada da Liga Portugal.

8.ª JORNADA
FC AROUCA vs. SPORTING CP
DATA DO JOGO: 2 de Outubro (sábado) às 20h30
PREÇOS DISPONÍVEIS: €13, €20 e €30

LOCAL DA VENDA: bilheteiras do Estádio José Alvalade (10h00 às 20h00)

A venda será exclusiva para Sócios do Sporting Clube de Portugal com quota de Setembro de 2021 regularizada. Cada cartão de Sócio válido permite apenas a compra de um bilhete, sendo que cada pessoa pode utilizar o máximo de quatro cartões por compra.

Os Sócios do Sporting Clube de Portugal da região centro e norte, que estejam interessados em assistir ao jogo, podem requisitar a compra do bilhete junto do Núcleo do Sporting CP mais próximo da sua área de residência.

Contamos com o apoio de todos os Sportinguistas em mais uma demonstração da força e do poder da ‘Onda Verde’.