RUMORES de Transferências - parte 2

@Ravanelli dos jogadores da lista abaixo , existe algum que tenha ido parar a Juventus nos mesmos moldes que o Matheus Reis ( se vier ) ?

Não faço ideia, não sou uma enciclopédia. :sweat_smile: O Pirlo foi descartado, O Pogba teve aquele conflito com o Sir Alex por nunca o meter a jogar e saiu sem renovar, o Neto nunca foi encostado e jogou até final, o Emre recusou renovar, o Rabiot idem (era reserva) e o Ramsey foi dispensado.

1 Like

A questão vira bastante simples quando o jogador em causa é o Matheus Reis.

1 Like

Então porquê?

Esteve a treinar duas semanas em Alcochete à cerca de um mês. Desconheço o veredicto mas o jogador tem pinta.

Já tinha falado aqui há uns tempos desta nova vaga de miúdos talentosos a aparecer na Estónia, vários dos quais a darem o salto para campeonatos / clubes de topo. Fico contente que o Sporting esteja atento a este fenómeno. Daqui a uns 4 - 6 anos a selecção Estónia será tão boa ou melhor que as actuais selecções escandinavas.

1 Like

Será um feito imenso, considerando que a população da Estónia não chega a 1,5M e por outro lado a Dinamarca ultrapassa os 5M e a Suécia os 10M.

Opiniões… também gostava mais do Marcos Alonso ou do Halstenberg, mas para a nossa realidade, e nestas condições, é uma boa opção.

Parece bom jogador a questão é que às vezes estes países secundários no que toca a futebol passam uma determinada imagem dos jogadores que depois num contexto mais competitivo não se verifica. Daí também eu defender a história dos treinos de captação ou do jogador à experiência, permite ver no meio dos nossos o que é que ele realmente vale.

Igor Rabello? Conhecem? Central do Atl.Mineiro…
Record
Oh wait recusaram 10 milhões dos russos…ok

Acho que pelo nome agradaria ao comentador José Calado, da cmerda tv, ou à “coisa” Pedro Crispim.

Já tiveste uma grande geração islandesa e eles nem 1M de população tem…

Não desgosto mas tenho dúvidas que valha 10 milhões de euros. E depois, central brasileiro e europa… Nem sempre é uma combinação que resulta. Normalmente os centrais que lá se dão muito bem, cá dão-se muito mal. E curiosamente o fenómeno inverso também ocorre (centrais que eles não gostam e cá até se safam bem).

Igor Rabolho?
Deve ser para o outro lado…

3 Likes

Verdade, eles foram a excepção à regra. E como as excepções só acontecem de forma infrequente sou séptico quanto ao sucesso da Estónia a 5, 10, 20, … anos.

1 Like