Rugidos de Leão

https://www.facebook.com/scpmuseuleiria/posts/2627155887345374?tn=-R

FREDERICO VARANDAS NO RUGIDOS DE LEÃO

SPORTING 14:37

Por
Redação

O presidente do Sporting, Frederico Varandas, estará esta sexta-feira à noite na Quinta do Paul, na Ortigosa, na 39.ª edição da entrega dos prémios Rugidos de Leão, na qual serão homenageadas as equipas de atletismo (corta-mato feminino), goalball (masculino e feminino), judo, hóquei em patins e futsal pelos títulos europeus conquistados em 2018/2019.

O treinador Silas e alguns elementos do plantel principal, ainda a designar, também estarão na festa organizada pelo Museu Sportinguista de Leiria, e pelo mentor do projeto, José Bernardes Dinis.

O prémio de futebol vai para o antigo treinador, Marcel Keizer, que só não estará na noite verde da Batalha, porque está no ativo, pois após ter sido despedido do Sporting, no início de setembro, regressou aos Emirados Árabes Unidos, mais concretamente ao Al Jazira, do qual tinha saído rumo ao Sporting.

Os outros homenageados serão Paulo Luís, adjunto de Nuno Dias, que vence o prémio Futsal, enquanto Paulo Freitas, campeão europeu de hóquei em patins, fica com o prémio da modalidade. A fechar, Ivan Nikcevic fica com o galardão do andebol.

A Bola

39.ª EDIÇÃO DOS RUGIDOS DE LEÃO

Por Sporting CP
09 Nov, 2019

CLUBE

Atletas e treinadores homenageados numa grande noite de Sportinguismo

Realizou-se na sexta-feira, na Quinta do Paul, em Leiria, a 39.ª edição dos Rugidos de Leão, evento que juntou 1500 Sportinguistas para um jantar de convívio, a distinção de doze figuras do Clube e, ainda, uma homenagem aos responsáveis pelas conquistas europeias em 2018/2019 no atletismo (corta-mato feminino), goalball (feminino e masculino), judo, hóquei em patins e futsal do Sporting Clube de Portugal.

Entre os presentes estiveram o Presidente do Clube, Frederico Varandas, o Vice-presidente, Francisco Salgado Zenha, o Director para as Modalidades, Miguel Albuquerque, e ainda os jogadores da equipa principal de futebol Stefan Ristovski, Rodrigo Battaglia, Jovane Cabral e Rodrigo Fernandes.

“Esta estrutura é a mesma que fez com que o futebol do Sporting CP tivesse a melhor época dos últimos 17 anos. A estrutura de futebol teve que fazer um plantel com menos dez milhões de euros face ao que custava o plantel da época passada. (…) O mercado não funcionou como esperávamos e tivemos de nos adaptar. Tivemos de fazer outras vendas no valor necessário para cumprir as nossas obrigações financeiras, mas não conseguimos dispor dos recursos suficientes para reforçar o plantel como tínhamos planeado inicialmente”, começou por dizer o Presidente do Sporting CP.

Enquanto discursava no evento organizado pelo Museu do Clube de Leiria e, mais precisamente, pelo seu mentor, Bernardes Dinis, Frederico Varandas assegurou ainda que nada nem ninguém o vai demover de dar continuidade ao trabalho desenvolvido até à data.

“A pergunta que importa é se vamos recuar, ceder ou deixar de fazer o que temos de fazer. E a resposta é não. Não vamos ceder, não vamos recuar, não nos faltará coragem e força para continuarmos o rumo que o Sporting CP tem de percorrer”, sublinhou.

Destaque ainda para a o campeão do mundo de judo, Jorge Fonseca, que teve direito a uma merecida homenagem pelo título conquistado este ano no Japão.

Também Marcel Keizer, antigo treinador da equipa de futebol que conquistou uma Taça de Portugal e uma Taça da Liga, foi premiado com um Rugido e acabou por ser muito aplaudido pelos presentes.

Galardoados:

Ivan Nikčević (andebol)
Madjer (futebol de praia)
Marcel Keizer (futebol)
Paulo Luís (futsal)
Cátia Azevedo (atletismo)
João Fernandes (judo)
Paulo Freitas (hóquei em patins)
Hadiley Sacramento (goalball)
Maria Branca (râguebi)
André Santos (kickboxing)
Marco Rodrigues (ténis de mesa)
Luís Duarte (ginástica)

Homenageados: Jorge Fonseca e as modalidades campeãs da Europa

GALA ´RUGIDO DO LEÃO´ CANCELADA

Em declarações ao jornal Record, Bernardes Dinis explicou decisão e afirmou que “no dia 13 vou sentir um vazio, vou emocionar-me, mas quero acreditar que, em 2021, vamos festejar os 41 anos”

Duarte Pereira da Silva

Texto

5 de Novembro 2020, 12:17

Pela primeira vez em 40 anos, a gala ´Rugido do Leão´ não se vai realizar. Segundo avança o jornal Record, o cancelamento deve-se à pandemia Covid-19. Em declarações ao diário desportivo, Bernardes Dinis, um dos organizadores do evento, explicou decisão.

“Já tinha falado com o Fernando Pereira, para que fizesse um hino dos ‘Rugidos’ e estava previsto que a festa durasse até às 3 da manhã. Em fevereiro, já tinha mais de 300 pessoas inscritas”, revelou Bernardes Dinis, acrescentando que “em julho, pedi uma reunião ao Presidente Frederico Varandas para alertá-lo das dificuldades de realizar um evento desta dimensão no atual contexto”.

O organizador do evento finalizou dizendo que “no dia 13 vou sentir um vazio, vou emocionar-me, mas quero acreditar que, em 2021, vamos festejar os 41 anos com a dimensão que se justifica”.

‘Rugidos de Leão’ outra vez adiados

Devido a questões de logística relacionadas com normas da DGS e também lotação do espaço

Os galardoados da edição de 2019

A pandemia de Covid-19 cancelou, em 2020, a 40ª edição dos Rugidos de Leão, icónica festa de fervor sportinguista que se realiza, por norma, na Quinta do Paul, em Leiria. Só que 2021, confirmou a Record o patrono da festa, Bernardes Dinis, também não será o ano do regresso, devido a questões de logística relacionadas com normas da DGS e também lotação do espaço.