Responsabilizar os autores do fosso por todos os danos humanos causados.

Com as multas que vamos pagar por causa de imbecis que lançam petardos (e ontem até uma tocha atiraram) já chegava para comprar umas redes.

Estamos a falar de um solução temporária, que garanta o mínimo de segurança. Também já enoja a conversa de não há dinheiro para nada.

Estamos a falar de redes, caramba! Depois de enfiar quase 50 mil em casa não temos dinheiro para comprar redes?

Menos conversa e mais acção. E nem é preciso andar a publicitar isso. É chegar lá e colocar aquilo e acabou.

O fosso é uma m3rda. Dito isto, se ninguém andar pendurado nas grades feito macaco ninguém cai.

http://www.projectista.pt/wp-content/uploads/2013/04/201101211127-gradil_fiber_line_panel.jpg

Custa assim tanto gastar 100 mil euros e colocar gradil a toda a volta?
Eu tenho uma serralharia se quiserem eu faço isso…

És um bocado careiro.

:lol: :lol:

o fosso é uma merda. mas é perfeitamente seguro não fosse a estupidez das pessoas.

negócios são negócios hahah

O fosso é o pior que o nosso estádio tem, mas talvez seja necessária a ajuda de todos nós para ajudar na obra que necessita de ser feita.

Mas estamos a falar de que valores para fechar aquele aborto?

:arrow:

Pois.

O fosso é um problema que tem que ser resolvido.

Tem razão quem diz que a irresponsabilidade do pessoal tem culpa nos acidentes. Mas isso vai sempre acontecer, vão haver sempre acidentes, até quedas nas bancadas.

Agora, enquanto o fosso existir, vão ocorrer mais acidentes e graves.

Não sou serralheiro, mas por 100 mil, despeço-me e também faço isso. :mrgreen:

Desconhecia a ocorrência até agora. Desejo de rápidas melhoras ao adepto leonino que caiu.

A questão do fosso está identificada. E é para resolver, não era uma prioridade quer pelos recursos disponiveis, quer pela colocação das redes nos topos, consideradas zonas criticas.

Nao encontro as declarações, mas tenho a certeza de ouvir uma entrevista em que as vendas extraordinarias seriam para as infra-estruturas, e nomeou, o fosso, o multidesportivo e o pavilhão

Acho que o ultimo espisódio (mais um) vai fazer acelerar o processo, até talvez aproveitado as sinergias da construção do pavilhão e renovação do multidesportivo para resolver este cancro. Aumentando a rapidez e diminuindo os custos.

O orçamento será para manter, mas a porta não está fechada a entradas. "Ninguém diz que não haverá reforços. O que eu disse é que o orçamento não será aumentado. O Sporting não tem necessidade de vender ninguém para cumprir o seu plano financeiro", vincou. Bruno de Carvalho admite, ainda, a possibilidade de vendas, mas só mediante os pagamentos de cláusulas de rescisão. "[size=18pt][b]Se houver uma receita extraordinária há uma série de investimentos que tem se fazer, nas instalações, uma panóplia de coisas importantíssimas[/b][/size]", frisou, defendendo ainda que "não vale a pena continuar a chamar equipa de tostões" ao Sporting, mas sim "uma equipa adaptada àquilo que vai ser o futebol português. "Espero que continuem [Benfica e FC Porto] a viver acima das suas possibilidades. Continuem, durante muitos anos, porque o Sporting estará cá para aproveitar", desafiou Bruno de Carvalho.

http://www.dn.pt/desporto/sporting/interior.aspx?content_id=3782615

Estás mal informado.
Já foi colocada uma rede. E essa rede teria cobrido todo o fosso, não fosse a maneira como o estádio foi construído, com certos acessos que não permitem que tenhas uma rede a cobrir todo o fosso, tal como ele existe actualmente, como no caso da zona da Porta Maratona, que foi exactamente onde o adepto caiu.

[hr]

[center][size=18pt][b]Comunicado[/b][/size][/center]

O Sporting Clube de Portugal vem lamentar a queda de um adepto e Sócio do Clube, no fosso do Estádio José Alvalade, durante o jogo de ontem.

O adepto acidentado encontra-se livre de perigo, tendo sofrido uma fractura no braço esquerdo e escoriações diversas. Esta madrugada foi transferido do Hospital de Santa Maria, para onde foi evacuado, para o Hospital de Faro e, segundo as últimas informações clínicas disponíveis, o seu estado de saúde encontra-se estável, continuando o Clube a acompanhar de perto a sua evolução.

[b]Como é sabido, o Estádio José Alvalade apresenta algumas vulnerabilidades estruturais desde a sua edificação, as quais a actual Direcção tem tentado mitigar e eliminar sempre que possível. Face a situações ocorridas no passado, a Direcção do Sporting decidiu colocar redes de protecção no fosso, junto aos topos Norte e Sul das bancadas, identificados como os pontos mais críticos.

Estas redes de protecção têm-se revelado fundamentais na segurança dos adeptos, nomeadamente no jogo de ontem, ao evitar algumas quedas durante os festejos.

No entanto o local onde o adepto caiu, na zona lateral do topo Sul junto à Porta da Maratona, não dispõe de rede de protecção, por aí se localizar o único acesso logístico à zona envolvente ao relvado, nomeadamente para entrada de viaturas de emergência médica.[/b]

O Sporting Clube de Portugal está a analisar toda a informação recolhida sobre o acidente ocorrido e, em função das suas conclusões, irá proceder em conformidade.

O Estádio José Alvalade tem a classificação máxima UEFA, sendo um dos seus requisitos cumprir as normas UEFA em questões de ‘Safety’ e ‘Security’.

O Sporting Clube de Portugal deseja ao Sócio acidentados votos de rápidas melhoras.

http://www.sporting.pt/Noticias/Clube/notclube_comunicadoqueda_090215_140494.asp

Tenho toda a informação que preciso: ontem, caiu mais um sportinguista para o fosso e partiu-se todo. Por sorte, não morreu. Portanto, o que aconteceu até agora foi uma tentativa de mitigação do problema, não a eliminação efetiva do perigo. Embora em menos lugares que antes, o problema persiste.

Quando vens falar de redes, ou de soluções imediatas que eliminem o perigo, demonstras que não tens toda a informação.
Porque para colocares redes ou outra qualquer solução imediata naquela zona da Porta Maratona, eliminas a possibilidade de acesso nessa parte do estádio, necessária actualmente tanto para ambulâncias, carrinhas dos bombeiros, etc, pela maneira como o fosso e os acessos existem actualmente.
E por isso mesmo é que existe ali essa tal zona que não é totalmente coberta pela rede que já foi colocada, no inicio desta época, ou ainda pré-época, não me recordo agora com exactidão.

Mas a culpa é de quem construiu o fosso, ou de quem autorizou a construir o fosso ?
As autoridades em Portugal é autêntica anedota.

http://www.youtube.com/watch?v=piSrb21g3HU

Eu nunca presumi de ter a solução para a questão. Não tenho conhecimentos nem competências para tal. Sou apenas um sócio e adepto como qualquer outro. Quem tem de arranjar soluções para isto é a direcção, não sou eu.

O que não se pode fazer, a meu ver, é vir com o argumento de que por questões técnicas vamos ter de deixar uma parte do fosso desprotegida. Se cair alguém lá, olha, azar. É isso Green Heart? Não acredito que penses assim. E pelo vídeo que puseste, a direcção não pensa assim.

Qualquer pessoa vê que dá para meter uma rede no acesso da Porta da Maratona, sem prejudicar o acesso de veículos de emergência, tem mais que altura para isso, a não ser que sejam veículos com 2 pisos.