Renumeração de Sócios - 2020

Pois foi aquilo que disse… Em Dezembro de 2014, acho que a 27 quando me fiz sócio fiquei com o número 120 e cento e qualquer coisa… Baixei em 2015 para o 114 como disse.

Tenho que fazer um mea-culpa.
O meu número de sócio inicial era 118xxx, confimei agora no meu e-mail. Era capaz de jurar que era 120k, mas estava claramente mal recordado.
De 118k para 54k. Agora sim, está correcto.

2 Likes

Claro que era!!! era o que eu te estava a tentar dizer, era perto de 120 e depois desceu em junho de 2015 para outro valor, que vendo pelo meu, devia ser abaixo dos 114.

Ainda deves ter aí outro mail de Junho de 2015 com outro numero… O 118 deve ser o inicial em 2014, e deves ter outro abaixo de 114k de junho de 2015.

Se és de 2014, não podias ser 118 em 2015. Tinhas ser mais antigo, tipo 116, 115, ou menos… Se te inscreveste primeiro do que eu…:thinking:

Isto não tem importância nenhuma. Tem a ver com a explicação das ultrapassagens e o que me explicaram tem a ver com aqueles que deixaram de pagar quotas e que nas remunerações tinham um -x em vez de -0 no numero… Esses desceram menos que os -0

1 Like

Sim, tem lógica…

A continuar este afastamento entre sócios-clube, em 2025, a sangria vai ser maior ainda…

1 Like

O meu número de sócio INICIAL era 118k. Não me lembro que número me foi atribuído, nem estou com pachorra para voltar a ver os emails, aquando da primeira renumeração. Sei que passei de 118k para 54k (nesta última renumeração).
Simples.

O único ponto que quis fazer é que há uma claríssima e vertiginosa diminuição do número de sócios pagantes. Graças a uma direcção que promove a clivagem entre a massa adepta, clivagem essa que teve e terá consequências muito nefastas nas modalidades.

Sim. Sou de 2014 e era o 113.xxxx

2 Likes

Inicial teria ser bem abaixo, mas pronto não vamos estar aqui com miudezas. Sim, da maneira está, daqui a uns anos nem 40 -50 mil sócios vamos chegar a ter

Será isto?

Aqui idem.

Era o 111k… Passei para 53k…

1 Like

Esse cromo nem sócio é. Já foi desmascarado

1 Like

Descer este valores é mau mas pior é descer 13 mil em valores em cinco anos nos números mais baixos.

Passar do número 33000 para 20000 é sinal que muito pessoal com bastantes anos de sócios saiu do clube.

Aqui, de 20000 para 13000. Não entendo como 7 mil sócios bodas de prata deixam de pagar quotas.

1 Like

isto já foi tudo discutido e explicado, porquê este revivalismo agora? É sabido que na renumeração anterior sócios com 5 anos de quotas em atraso não foram excluídos, o que inflacionou os números, de modos que na prática na do ano passado correspondeu a quase 10 anos de sócios a sairem em vez dos normais 5.

Percebo tanto um caso como o outro - em 2015, num contexto de crescimento em que era preciso demonstrar a força do Sporting para negociar com patrocinadores etc, escolheu-se esse caminho. Podemos achar o que quisermos, mas a verdade é que resultou, ou seja, o Sporting beneficiou com essa estratégia. Em 2020 regressou-se ao procedimento normal, e depois veio com o extra de se poder mostrar que 2015 tinha sido “um erro” (em teoria, acho mal o que se fez em 2015 e acho bem o que se fez em 2020, independentemente dos resultados e das razões, deve haver clareza nestas coisas).

Ou seja, os números estão certos, não há gande coisa a discutir.

Outra coisa certa em que não há gande coisa a discutir é o aumento real da quotização, muito acentuado, entre 2013 e 2018, que permitiu entre outros o investir a sério nas modalidades com o objetivo declarado de ganhar títulos europeus. E o decréscimo desde 2018, por um lado com desilusão e afastamento de muitos sócios no pós-Alcochete, por outro com os “talibans” (como se aqui chamavam antes) a deixarem de pagar quotas. Com estes últimos estou em desacordo completo nessa estratégia. Imaginam que pagar quotas é dar dinheiro a uma Direção da qual não gostam, na realidade, o dinheiro a sério da Direção é o futebol; as quotas vão 100% para as modalidades. Tudo o que estão a fazer é enfraquecer as modalidades, e quando os resultados piorarem, escusam de apontar o dedo à Direção, os responsáveis serão os sócios que deixaram de pagar quotas. Pelos títulos conquistados nos últimos anos e pelo retornar do Basquete, a Direção já provou que está interessada em continuar na senda de sucesso das modalidades iniciada em 2013, de modos que irá reduzir o investimento não por estratégia, mas em função dos recursos (quotas) que tem. Vocês são sportinguistas a fazerem o que acham certo e tenho respeito por isso, mas, no que diz respeito às modalidades, estão completamente enganados, porque estão a enfraquecer não a Direção, mas sim o Clube.

4 Likes

Sejamos honestos, na anterior, e não só… Em todas as anteriores quase só se limpava os mortos.
Para isso basta ver um gráfico que já aqui foi posto sobre todas as remunerações.

E colocado por ti

OK :slight_smile:

Como dizes fui eu que coloquei esse gráfco (aliás fui eu que o fiz, e tenho desde 1906), e o que se passou em 2015 não tem a ver com o que se passava antes. Cá vai outra vez. O normal era contar como sócios “perdidos” quem não pagasse quotas há um a dois anos. Penso eu de que.

PS. Esse post meu antigo que citas é tal qual o que disse agora - 2015 foi atípico, e sim, houve realmente aumento (grande) de quitozação até 2018. Não mudei em nada o discurso. E tudo isso continua a querer dizer só uma coisa: quem não paga quotas por estar contra a Direção não está a ver bem a coisa, pelo menos do ponto de vista do poderio do Sporting enquanto Clube eclético.

Eu só estava a referir que as remunerações não foram só permissivas na de 2015, houve vários casos anteriores com maior ou menor nuance.

Nisto concordo contigo, só com uma ressalva. As pessoas têm direito a fazê-lo e não é por isso que vou criticá-las… Só vou lamentar terem tomado essa opção…

È o mesmo que a greve, toda a gente acha que não leva a lado nenhum, mas se não fosse essas tomadas de posições dos nossos antepassados ainda vivias na idade média em relação ao trabalho sem muitas das protecções e desenvolvimentos que usufruis agora.

1 Like

Eu sou o 5xxx e tenho quotas em atraso. Só volto a pagar quando marcarem assembleia.