Rank de prioridades para as contratações de 2015/2016

1) Extremo

Com a saída do Nani, temos forçosamente de reforçar as alas. Alguém que chegue e pegue de estaca.

Tal como já aqui foi dito, passará a dois, caso Carrillo saia.

2) Lateral-direto

A confirmar-se a saída de Cédric, precisamos mesmo de reforçar esta posição. Lopes para mim não conta.

3) Avançado/Ponta-de-lança

Conta com as permanências tanto de Montero como de Slimani. No entanto, Tanaka deverá sair, pelo que a contratação de um avançado passa a ser uma prioridade.

4) Defesa-central

Não é fundamental, mas parece-me no mínimo importante que se contrate um quarto central para se juntar a Ewerton, Paulo Oliveira e Tobias.

[hr]

E é isto. Não sugiro nomes, ao contrário da maioria, porque não sigo campeonatos periféricos nem vou lá pelo YouTube.

Os únicos campeonatos que sigo com alguma atenção são o português, o espanhol e o inglês (cada vez menos graças aos ursos).

Deixo isso das sugestões e do “scouting” para quem realmente sabe da coisa.

Sem saídas passa basicamente por aqui:

  • DD
  • 10
  • Extremo

SL

A meu ver 1 DC (Bruno Alves);
1 MD (Danilo Pereira);
1 10 experiente;
1 Extremo;
1 PL

Mas também depende das saídas… é esperar…

Alguém sabe para onde vai o Berbatov?

Se não sair ninguém, o meu ranking de prioridades seria este:

1º Avançado na linha do Slimani mas mais tecnicista
2º Central experiente
3º Médio ofensivo/extremo para substituir o Nani

Três reforços com experiência/veterania para tornarem o plantel mais completo.

Eu apostaria em 3 entradas:
1 Central experiente alto e rápido
2 Defesa direito tb experiente alto e rápido.
Com a defesa de betão constituída a aposta principal seria:
3 Extremo de grande qualidade - ia buscar o mais promissor jovem fora da Europa para estrela da equipa.

SL

Alguém me explica porque é que tanta gente fala em nº10 se o Jesus geralmente joga em 4-4-2?

1 - Central experiente (B. Alves)

2 - Avançado móvel (Campbel)

3 - Extremo para subst. Nani (Ruiz)

4 - Clone de William

5 - Lateral Direito

1º - Pelo menos 1 Defesa Central que entre de caras.

2º - 2 extremos que venham para entrar no 11.

3º - 1 Médio Defensivo experiente no futebol europeu e activo no último ano.

4º - Caso existam saídas nas laterais devem ser devidamente compensadas, tal como na baliza.

Adorei todas as sugestões!

1 - Lateral-direito (presumindo que o Cédric vai sair)
2 - Avançado (concorrente de Slimani)
3 - Central (somar ao lote dos outros 3)

Os tais 3 reforços. Caso não consigam renovar com o Carrillo, torna-se obrigatório a contratação de um extremo, que passará a prioridade número 1 (para somar a Mané, Iuri e Labyad).

Minhas sugestões:

DD - Petar Stojanovic (Maribor) ou Martin Linnes (Molde)
AV - Jhon Córdoba (Granada), Mark Uth (Heerenveen) ou Bryan Ruiz (Fulham)
DC - Pedro Mendes (Parma) ou Vegard Forren (Molde)

No caso de se ter de ir buscar um extremo, contratava o Nabil Bahoui (AIK).

4 aquisições:

Central - Van Dijk
LD - Meunier
10 - Susic
Ext - Kostic (este é que podia dar um grande lateral esquerdo, JJ deve saber isto).

[member=15796]Matchbox Twenty;

Mais que isso. Supostamente anda acima dos 300 mil e não são os italianos a bancar isso tudo. Aliás, tal como o salário do Ezekiel (perto dos 200 mil), que não é (dizem) nem em metade suportado pelos belgas.

A haver um empréstimo dos árabes, tendo em conta o actual treinador, penso que seria melhor o I. Ezekiel. Segundo avançado rápido, pode actuar também descaído na direita ou esquerda. Junto com o Mané, manutenção do Montero, (talvez com o Usami), a posição de 2º avançado estaria bem coberta. Aliás, não saindo Montero e Mané, está bem coberta. Mas saindo um Montero, talvez um Ezekiel (ou o Usami). Se calhar vamos acabar com um Ruiz… é a vida.

O que não quer dizer que despreze o Maxime Lestienne, nomeadamente na posição Nani e Carrillo (caso saia). Podiam vir os dois. :mrgreen:

Para extremo, lanço ainda a sugestão Jesús Corona, que tem evoluído muito nos último tempos. Na época passada salivava-se muito por um ala do campeonato holandês, chamado Kostic, este parece-me bem melhor. Melhor no 1X1, mais irrequieto, mais explosivo (também menos estável).

Laterais direitos… O Gilberto M. Júnior, Gōtoku Sakai (salário alto!), Marcos Rocha (caro!) ou o Sébastien Corchia.

Concorrente ao Slimani no posto de PL, concordando com o Bastón, mas apresento um que possivelmente ficaria mais barato (em todas as vertentes): Tim Matavz. Curiosamente, o Guidetti caberia que nem uma luva num ataque como o do JJ desde que o Cardozo encostou (e depois saiu).

O que mais direcciona a minha atenção nem são essas posições. Bem ou mal, neste momento temos quem as ocupe. A de interior ofensivo é que não. EM principio penso que seja o plano para o Labyad (jogava assim no PSV, pela direita) e a possibilidade de minutos para o Gauld. O Martins já o fez, mas os outros médios são melhores noutras posições (e fazem falta aí). Talvez um Steven Berghuis desse jeito.

Epá, nem me façam sonhar com o Lestienne, já foi incrível poder vê-lo com a camisola dos Griffone vestida durante um ano, então com a do Sporting… :drool: :drool: :drool:

Extremo (também depende da permanência do Carrillo, mas mesmo que ele fique acho que falta aqui alguém)

Pl (depende do sistema do Jesus e se temos jogadores com as características que ele quer)

Dd (saindo Cedric, talvez Jesus até aprecie o Miguel Lopes, não é propriamente baixo para lateral coisa que ele gosta por exemplo e é experiente, mas gostava de ver alguém que desse mais garantias)

Talvez Dc (aqui só se for pela questão do tal “patrão”

As prioridades têm que ser:

  • contratar Ewerton em definitivo;
  • um extremo, independentemente da situação do Carrillo;
  • um central, para complementar bem a dupla Oliveira-Ewerton;
  • um avançado, caso Jesus mantenha o 4x4x2;
  • um lateral-direito.

O extremo, já vi aqui óptimas sugestões. O Botta, uma delas, acho que é perfeitamente alcançável. O [member=9277]Ravanelli falou num dos meus sonhos, que era ver Lestienne de leão ao peito. Jogador formidável, com uma criatividade de fazer inveja a muitos 10, com golo, era fantástico.

Central, vou na “onda” do Poeira, o Sergio Sanchéz podia ser um excelente boost de experiência, e tem qualidade reconhecida. Other than that, continuo a achar que o Yohan era um bom reforço.

Avançado, o sonho era Ruiz ou Campbell. Qualquer um dos dois, no esquema do JJ, causaria imensos estragos.

Lateral direito, pensei automaticamente no Vrsaljko, que nas mãozinhas do Jesus, era capaz de resultar bem.

1º Extremo - Marco Fábian
2º Defesa Direito - Mauricio Isla
3º Defesa Central (Patrão) - Bruno Alves
4º Médio Defensivo (Suplente) - Danilo Pereira
5º PLC (Suplente) - Tomas Necid

1º prioridade - lateral direito

Tomo a saída do Cedric como cada vez mais certa e como não acho o Miguel Lopes um jogador minimamente fiável (a juntar o alto salário), por isso ficamos sem laterais direitos. O Esgaio para mim será um deles, o outro teremos de ir ao mercado. Agrada-me alguns nomes que vou vendo por ai como o Petar Stojanovic (pareceu-me interessante nos jogos que vi) ou o Gilberto (este baseando-me apenas em vídeos, admito);

2º prioridade - avançado

Dado que o mais certo é jogarmos em 4-4-2, teremos de ter mais um avançado no plantel. Montero, Tanaka e Slimani acredito que fiquem (tenho algumas duvidas relativamente ao argelino), fica a faltar um. Não sei até que ponto o Rubio estará pronto para subir para a equipa A (mas também não poderá continuar na B), por isso a minha escolha talvez recaísse para o Guidetti que me parece um jogador bastante interessante.

3º prioridade - extremo

Apenas em caso de saída do Carrillo (que também é provável que ocorra), devemos ir ao mercado. Para mim o Ruíz encaixava bem no provável sistema do JJ e é um ótimo jogador, apesar dos 29 (?) anos.

Ah foda-se, 300.000€…eu que já achava 250 uma bestialidade.

O Ezekiel também gosto muito. Mas sinceramente acho que não faz sentido. Estou como tu: Mané e Montero são os 2ºs avançados de JJ, ou vá, espero que sejam. Ainda por cima dão soluções diferentes para a posição. O português mais vertical, mais de desequilíbrio pela explosão e velocidade, mais mexido. O colombiano mais pelo toque de bola, pela capacidade de jogar apoiado, de jogar e fazer jogar.

Não te contesto na questão Matavz, acordamos já com o rapaz… :mrgreen:

A questão do médio-centro/ofensivo, o tal 8/10 que JJ adora no seu sistema, deixa-me um pouco confuso. Vou precisar de ver os primeiros jogos da pré-temporada, ver como se portam os jogadores que lá vai por. E quem lá vai por também me deixa curioso. Labyad? Gauld? JME? Wallyson até? É muita coisa no ar que pode cair para qualquer lado, como já tinha dito ontem.

Eh… eles não estão lá muito contentes. Na verdade, a passagem dele foi uma desilusão. Para o clube, para ele e para o fundo, que esperava vendê-lo agora por vinte milhões (ou mais). Depois desta época, nem investimento devem recuperar. O Milan é miragem, os múltiplos clubes ingleses duvido que continuem interessados.

Daí até a minha sugestão já com meses: é que durante a época ele não apresentou o suficiente para tal valorização e o Sporting poderia ser uma boa montra. Ao contrário do que ele afirmava inicialmente, a escolha de clube (e campeonato, mas aí pouco havia a fazer) foi péssima.

[hr]

Li por aí, não sei. Até mais em notícias sobre o Ezekiel e os seus (supostos) cerca de 200 e tal mil mês, dizendo-se que o Lestienne era o que recebia mais dos 3 que tinha saído via Qatar. E lá está, acima dos 300 mil, sendo que nem sei como é o pagamento (dupla tributação) que se aplica nos impostos.

Por outro lado, foi referido por um dirigente de um antigo clube do Ezekiel que essa coisa dos 200 a 250 mil eram treta e que ele recebia bem, mas não era isso. Também que quando se falou do Lestienne para o Milan, surgiam diversas “fontes” que apontavam que o jogador iria sem pagamento do empréstimo e com salários de 1 milhão/época (não sei se brutos ou “limpos”).

Sim, era mais no sentido da saída do Montero. Aliás, julgo que falar-se em Ruiz ou em Campbell só faz sentido perante a saída de Montero (ou Mané, que espero que não). Ou então o Mané conta como Salvio. Ou serão esses os Salvios? :think: Isto é uma confusão… :inde: :lol: Nunca mais consegui abrir o Excel. :rotfl:

Bem, o Ezekiel seria sempre nessa onda: avançado centro regular, ala competente ocasional. Partindo que não houvessem já Mané e Montero, senão não vale a pena.

Eu estou a pensar num centro com William e João Mário (ou Adrien, ou Martins, ou Wallyson) e depois o médio ofensivo interior assente em Labyad (como ele muitas vezes fazia no PSV, na sua melhor época, pelo centro-direita e na onda do Gaitán pelo centro-esquerda). O Gauld também só por aí, mas trocando de lado em relação ao Labyad.

Isto se o JJ não se lembrar de tempos mais antigos (pré benfica) ou continuar a ajustar-se, como tem feito desde as sovas pós 1º título. Não esquecer ainda que estas assimetrias em campo, com jogadores a fugirem das aulas de geometria, custaram caro na Champions desta época.