Racismo em Portugal e no mundo

Nao deve ser problema para o ilustre que trabalhapara o banco de portugal…
Quanto a essa pseudo organizacao revoluta e intocável nos merdia, seria interessante o facto cheque da realidade perceber donde cai o guito…

https://x.com/visegrad24/status/1765652407550119998?s=20

This is maga country?

O que é que vocês querem? R: Queremos casas de borla e a nossa familia toda cá.

O que é vocês fizeram por este País? R: NADA.

Assim é fácil, também quero…

7 Curtiram

Um estudo europeu a ser lembrado a quem sempre adora rebaixar Portugal, os Portugueses e a sua História.

2 Curtiram

O que não quer dizer que o racismo não exista, e não tenha de ser erradicado.

Mas sim, é uma boa notícia para esfregar na cara dos SOS Racismos, que mais não fazem do que gerar reacção.

Como diz o Morgan Freeman. Querem acabar com o racismo? Deixem de falar nele!

A sociedade evolui naturalmente, e amadurece com o tempo.

2 Curtiram

https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_destaques&DESTAQUESdest_boui=625453018&DESTAQUESmodo=2&xlang=pt

Resumo

De acordo com os resultados do Inquérito às Condições de Vida, Origens e Trajetórias da População Residente em Portugal (ICOT), as pessoas com idade dos 18 aos 74 anos autoidentificaram-se, ao nível da origem ou pertença étnica, do seguinte modo: 6,4 milhões com o grupo étnico branco; 169,2 mil com o grupo negro; 56,6 mil com o grupo asiático; 47,5 mil com o grupo étnico cigano; e 262,3 mil com o grupo de origem ou pertença mista. A população que se identifica como asiática, origem ou pertença mista, negra e cigana apresenta uma estrutura etária mais jovem do que a que se identifica como branca.

Em Portugal, 1,4 milhões de pessoas têm background imigratório, sendo 947,5 mil imigrantes de primeira geração, estando mais representados nas regiões do Algarve (31,0% e 24,2%, respetivamente) e Área Metropolitana de Lisboa (29,2% e 18,8%, respetivamente). A população que se identifica com os grupos étnicos negro, asiático e origem ou pertença mista apresenta as maiores proporções de background imigratório (90,3%, 83,7% e 69,2%, respetivamente). A maioria dos imigrantes de primeira geração (65,2%) reside em Portugal há mais de dez anos. As razões familiares e profissionais são determinantes na vinda para Portugal.

Mais de três quartos da população (76,3%) afirma ter um sentimento de ligação por Portugal forte ou muito forte e apenas pouco mais de metade (53,5%) tem o mesmo sentimento relativamente à Europa. A população com background imigratório e os imigrantes de primeira geração apresentam maior ligação a Portugal do que ao país de origem da família ou ao país onde nasceram.

Mais de 4,7 milhões de pessoas dos 18 aos 74 anos estavam empregadas (62,4%), com destaque para os grupos étnicos origem ou pertença mista (67,9%), negros (64,3%) e brancos (62,9%). Mais de dois milhões de pessoas tiveram necessidade de trabalhar enquanto estudavam e 1,7 milhões foram forçadas a abandonar os estudos mais cedo do que gostariam.

Para além do português, 486,4 mil pessoas falavam outra língua em casa até aos 15 anos. Atualmente, 661,7 mil falam português em casa e outra língua. Línguas de outros países europeus e as línguas ou dialetos dos PALOP estão entre as mais faladas.

Mais de 1,2 milhões de pessoas (16,1%) já sofreram discriminação em Portugal, mais sentida por pessoas que se identificam como ciganas (51,3%), negras (44,2%), ou com pertença mista (40,4%), assim como pelas mulheres (17,5%), as pessoas mais jovens (18,9%), escolarizadas (18,3%) e desempregadas (24,9%).

Mais de 4,9 milhões de pessoas (65,1%) consideram existir discriminação em Portugal e 2,7 milhões (35,9%) já testemunharam esse tipo de situações. Grupo étnico, cor da pele, orientação sexual e território de origem constituem os fatores mais relevantes na discriminação percebida e testemunhada.

22ICOT2023_PT_rev.pdf (632.3 KB)

image

Os ciganos a sucumbir aos evangélicos.
Ser pastor dá nota.

It’s so over

Porquê? Pelas minhas contas 92% dos inquiridos respondeu a cor “Branco” se é isso que te aflige…

https://www.reddit.com/r/portugueses/comments/1d9gs4x/violência_em_fátima_cerca_de_40_pessoas/?utm_source=share&utm_medium=web3x&utm_name=web3xcss&utm_term=1&utm_content=share_button

https://x.com/WISOG_PT/status/1800315312216383977

https://x.com/theluisribeiro/status/1800958924448846176

https://x.com/VascoAles/status/1802737929313206622

1 Curtiu