Queda de muro mata três estudantes na Universidade do Minho

O Correio da Manhã, a CMTV e a TVI já têem matéria com que se entreter nos proximos 2 meses.

Depois dos 6 no Meco, mais 3 no Minho por causa dessa estupidez chamada praxe.

Paz ás suas almas, e os mais sentidos pesames ás suas familias.

PS: Aposto que o responsavel vai ser o dono do Murro. :whistle:

RIP.

Graças a deus nunca alinhei nessa merda mas foi posto um bocado a parte a pala disso

Podias alinhar era à inteligência de não falar do que não sabes.

Houve um confronto entre cursos que se baseia em cantar músicas do curso correspondente. Os que ganharam, ou acharam que ganharam porque nisto ninguém ganha, quiseram subir o muro e morreram.

Mas é sempre mais fácil seguir a manada, aquela que segue a religião dos Media Sensacionalistas, Casa do Putedo, Revista Maria, CM, etc.

Quem subiu ao muro não morreu, os que ficar em baixo é que acabaram por falecer.

“Entusiasmados, vários estudantes subiram para o muro - que estava degradado há cerca de seis meses. A inclinação, para o lado da rua, era notória. Alguns estudantes em cima do muro terão começado a saltar, o que contribuiu para a derrocada. No meio da confusão, três alunos de Engenharia Informática, que estavam no passeio, foram atingidos pelos blocos e ficaram soterrados. Dois dos corpos foram retirados do local às 20h10 e transportados pelo INEM para a morgue do Hospital de Braga. A terceira vítima mortal só foi retirada do local depois das 22h00. Mário Jorge Real, Luís Pedro, André Ferreira e um outro colega do primeiro ano de curso estavam na parte superior do muro. Caíram por cima do cimento e dos tijolos que mataram os colegas. Aqueles quatro estudantes escaparam com vida, mas ficaram feridos e em choque quando se aperceberam da dimensão do acidente. Em pânico, juntaram se centenas de alunos e de familiares no local, questionando a identidade das vítimas mortais.”

Ler mais em: [url]http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/atualidade/praxe-mata-tres-jovens[/url]

Sim, expliquei me mal :shifty:

Olha que não é o que a imprensa tem dito… Os que tentaram subir o murro é que faleceram. Há algumas incongruências no que tem sido publicado.

As universidades que identifiquem os DUX e esses caloiros parvos que alinham em tudo, e os internem numa ala Psiquiatrica.

Sou a pessoa que mais acha a praxe uma parvoíce pegada, mas fazer uma capa do género não tem explicação possível.

Curiosamente e ao que parece, há pouco tempo a câmara de Braga foi alertada para o estado do muro e considerou continuar em condições…

Subiram para cima de um muro que estava em visivel mau estado e começaram a saltar? Com pessoas em frente a esse mesmo muro?

Que pessoal inteligente.

E a culpa é da praxe, essa mázona.

Metam estas coordenadas no Google Maps e vejam no Street View…

41.558073, -8.399015

Na altura da recolha das fotos pela Google, o muro parecia estar em bom estado e com as caixas de correio funcionais. Entretanto, o muro degradou-se e as próprias fotos que já colocaram aqui têm uma aparência diferente, indicando que as caixas de correio já nem estariam lá, eventualmente desactivadas por falta de segurança para a sua recolha (conjectura minha).

Como vêm, é muito diferente ter isto (versão actual antes da queda):

ou isto (aquando da recolha de imagens pela Google)…

Se o muro efectivamente estava em mau estado, a culpa só pode ficar com quem decidiu ir para cima dele e começar aos saltos. Infelizmente, o que a notícia dá a entender é que as vítimas eram quem estava no passeio no momento em que o muro ruiu, por acção do peso na estrutura, porque o problema não era ser um simples muro - o problema é que o muro tinha uma pala em cima, provavelmente para resguardar as pessoas da chuva quando iam recolher o seu correio e, digo eu, terá sido o peso na pala, somado à instabilidade inicial do muro, que provocou a sua queda.

Falar em praxes ou em negligência da câmara parece-me, mais uma vez, abusivo. A insconsciência humana continua a ser o principal problema em situações destas.

É macabro pensar na quantidade de situações ridiculamente estúpidas em que uma pessoa pode perder a vida. Paz ás vítimas.

A imprensa ainda não faz ideia do que se passou, ontem estavam como abutres no hospital a tentar sacar informação dos que acompanharam os feridos mas zero.
Gtony, para começar no Minho não há Dux, há uma figura “maior” mas que por acaso até estuda em Guimarães e provavelmente nem estava sequer perto daquele muro, sim vamos responsabilizá-la…

Vou tentar pôr isto de uma maneira que faça sentido no contexto Sporting, imagina que o pessoal sai por aí em grupo a cantarolar umas músicas e tal em direcção à lixeira, num daqueles momentos mais empolgantes alguém sobe um muro (que mesmo sendo perigoso e a câmara tenha conhecimento disso, o tal muro não tem nenhum aviso!) , o muro desaba e mata uns quantos, a culpa é do Sporting ou do líder da claque?

Isto agora vai dar para mais 50 reportagens especiais da TVI.

A responsabilidade nesse caso seria dos idiotas que subiriam o murro.

Assim como neste caso, a responsabilidade é de quem subiu o murro. Eu incluo os DUX’s nesta historia, pois são eles os impulsionadores do fenomeno praxe e das imbecilidades que são cometidas.

Atenção, não sou anti-praxe. Nos meus tempos de faculdade fui praxado e foi tudo na boa. Não me sujeitei como caloiro foi a situações estupidas, e a situações que pudessem colocar em causa a minha vida.

Eles eram caloiros (com isto quero dizer que eram relativamente novos naquela zona), se calhar nem sabiam que o muro estava assim tão podre.
Eu já estive ali, e se me encostasse e o muro caísse?A culpa era minha? E dos idiotas que deixaram o muro ao abandono anos e anos?E dos idiotas que nada fizeram para precaver esse acidente?E dos idiotas que ignoraram os MUITOS avisos do pessoal que mora na zona?
O que tem de praxe subir um muro?Como eu disse eles subiram porque estavam lá a cantar com o pessoal deles e ficaram demasiado animados, podia ter acontecido com uma claque, com um grupo de amigos mais bêbado, sei lá. A questão é que o facto de ter caído no decorrer de uma praxe foi uma infeliz coincidência, aquilo provavelmente cairia sozinho nos próximos tempos…

Se fosses tu a estar debaixo do muro era culpa da mesma estupidez que te levou a fazer este comentário?

Muitas pessoas passavam perto daquele muro, paravam para conversar, para fumar, para beber, para o que quisessem e aquele muro não caiu antes porque não calhou. A câmara de braga, apesar do que dizem, foi avisada n vezes do perigo que aquilo representava nunca fez anda, o dono do muro nunca se interessou. A universidade que expulsa os seus alunos do campus por estarem a cantar musicas de curso, que sujeita os alunos a irem para sítios como este.

Agora toda a gente sabia do perigo, toda a gente vê que aquilo não era seguro, mas quantas pessoas não passaram lá, sujeitas a que lhe acontecesse o mesmo não estando em praxe? As pessoas não têm muitas vezes consciência dos perigos que correm, ainda mais jovens de 18/20 anos, a mim poderia ter-me acontecido o mesmo que passei lá tantas vezes, fui tantas vezes perto daquele muro “verter águas”.

Não adianta estar aqui a revoltar-me contra ti, não tens culpa de nada, muito menos escrever vai mudar o que se passou.

Que descansem em paz.

Penso que num caso destes a “praxe” em si pouco interessa mas não me parece muito inteligente andar a subir um muro que estava em mau estado, uma situação que era do conhecimento de todos os que lá estavam. Eu não gosto de praxes e já o assumi por aqui várias vezes mas este jornalismo descredibiliza qualquer opinião “anti-praxe”.

Descansem em paz. Condolências à família.

Vamos por as coisas como elas são.

O Murro caiu por causa de 3 estudantes subirem aquilo. 3 estudantes que obrigados ou voluntariamente, subiram um murro altamente degradado no seguimento de uma praxe académica. O murro desabou na sequência desta subida e faleceram 3 jovens.

Tudo isto são factos.

A unica coincidencia, é que faleceram 9 pessoas nos ultimos 4 meses na sequência de praxes academicas. 9 pessoas devido á sua inconsciencia e em sequência de praxes.

Como diria BdC “São Coincidencias…”

A verdade é que há pouca diferença entre subir uma estrutura em risco de colapso (visível) ou saltar para dentro de um poço, por isso é que eu disse que, com ou sem praxes, enquanto o ser humano primar pela inconsciência, acidentes como estes nunca deixarão de ocorrer e não é por uma acção mais ou menos agressiva das câmaras qus isto vai deixar de acontecer. Seja um muro, seja outra coisa qualquer, tem que haver um mínimo de racionalidade presente em todo e cada momento e, com os dados que temos, isso não parece ter acontecido…

Fodasse. Cada vez com mais receio das brincadeiras. E pleo que parece a culpa nem foi muito dos míudos, o muro estava já em mau estado!

RIP

So it begins again… :wall: