Que barbaridade

Os chineses são uns selvagens. :evil:

http://www.youtube.com/watch?v=h8hx9tS0et8

que estupidez. esta bem que têm de alimentar os bichos mas com criancinhas ali a ver.

Como alguém comentou na caixa do Youtube, os tigres não comem maçãs.

Tudo bem que poderá ser chocante dar-lhes um animal vivo, mas tratando-se de uma reserva a ideia é conservar os bichos num estado tão selvagem quanto possível. E na selva os tigres caçam vacas, zebras, gnus e mais um ror de animais. Todos vivos, bem entendido, e não em peças desmanchadas, desossadas e embaladas em vácuo.

O que me parece algo hipócrita é alguém deliciar-se a ver o “BBC Vida Selvagem” no conforto da sua sala, deslocar-se a uma reserva destas para ver a vida animal no seu habitat, e depois chocar-se ao ver aplicada na prática a mais elementar das leis da natureza.

Como alguém comentou na caixa do Youtube, os tigres não comem maçãs.

Tudo bem que poderá ser chocante dar-lhes um animal vivo, mas tratando-se de uma reserva a ideia é conservar os bichos num estado tão selvagem quanto possível. E na selva os tigres caçam vacas, zebras, gnus e mais um ror de animais. Todos vivos, bem entendido, e não em peças desmanchadas, desossadas e embaladas em vácuo.

O que me parece algo hipócrita é alguém deliciar-se a ver o “BBC Vida Selvagem” no conforto da sua sala, deslocar-se a uma reserva destas para ver a vida animal no seu habitat, e depois chocar-se ao ver aplicada na prática a mais elementar das leis da natureza.

totalmente de acordo…

Tudo bem, mas podiam ter entregue uma vaca já morta… com a fome com que eles estavam, nem davam pela diferença.

O que alguns chineses mereciam era serem lançados aos tigres em vez das vacas, da mesma forma que digo que devia acontecer a certas ‘actividades bárbaras’!

Já cá faltava… :slight_smile: :roll:

:-#

:-#

Como alguém comentou na caixa do Youtube, os tigres não comem maçãs.

Tudo bem que poderá ser chocante dar-lhes um animal vivo, mas tratando-se de uma reserva a ideia é conservar os bichos num estado tão selvagem quanto possível. E na selva os tigres caçam vacas, zebras, gnus e mais um ror de animais. Todos vivos, bem entendido, e não em peças desmanchadas, desossadas e embaladas em vácuo.

O que me parece algo hipócrita é alguém deliciar-se a ver o “BBC Vida Selvagem” no conforto da sua sala, deslocar-se a uma reserva destas para ver a vida animal no seu habitat, e depois chocar-se ao ver aplicada na prática a mais elementar das leis da natureza.

nem mais…

sou só eu que acho isto fascinante?

sou só eu que acho isto fascinante?
O que é fascinante?
Como alguém comentou na caixa do Youtube, os tigres não comem maçãs.

Tudo bem que poderá ser chocante dar-lhes um animal vivo, mas tratando-se de uma reserva a ideia é conservar os bichos num estado tão selvagem quanto possível. E na selva os tigres caçam vacas, zebras, gnus e mais um ror de animais. Todos vivos, bem entendido, e não em peças desmanchadas, desossadas e embaladas em vácuo.

O que me parece algo hipócrita é alguém deliciar-se a ver o “BBC Vida Selvagem” no conforto da sua sala, deslocar-se a uma reserva destas para ver a vida animal no seu habitat, e depois chocar-se ao ver aplicada na prática a mais elementar das leis da natureza.

Está bem mas na natureza as vacas , zebras e gnus têm hipóteses de fugir e a maior parte das vezes é o que acontece , ali que hipóteses teve a vaca , na natureza não se passa assim , o almoço não vai ter directamente à boca dos tigres eles tem que ír à caça.

Transformar a fome dos bichos num espectáculo é degradante e selvagem.

Fascinante? :shock: Que parte em concreto? A dúzia de tigres a dilacerar a vaca ou o público deliciado com o espectáculo a que assiste?

Ao contrário do que o FLL diz, o que está documentado neste vídeo dificilmente poderá ser considerado a aplicação da lei da natureza. Claro que os tigres alimentam-se de animais vivos, mas que eu saiba o alimento não lhes é fornecido numa bandeja (neste caso num camião :)), quase como sendo o equivalente a uma ida a um restaurante de luxo para tigres. A prática utilizada nesta reserva chinesa não é mais que uma perversão da natureza, uma doentia manipulação e orquestração de variáveis a que obedece a vida num ambiente selvagem. Doentio porque esta adulteração é essencialmente feita com o intuito de proporcionar, aos sequiosos espectadores, um entretenimento composto por uma dúzia de tigres, acredito que intencionalmente famintos, a extirpar um outro animal.

Também a comparação com o “BBC Selvagem” e sucedâneos não me parece adequada, essencialmente porque a premissa fundamental desses documentários é a enfâse no duelo entre os instintos predatórios dos caçadores e a estratégias de defesa da presa - aí sim retratando um cenário selvagem no seu estado puro - e não a glorificação da morte e da mutilação, como é feito no triste evento desse video.

Porra, eu nao consegui ver nada, a imagem tava péssima.

Mas onde é que isto foi transformado em espectáculo? Ou o meu inglês já não é o que era, ou os comentários dos turistas são todos de choque e horror pelo que estão a ver… :roll:

Acredito que o teu dominio da lingua inglesa seja óptimo, parece-me é que a tua capacidade de observação está um pouco toldada. Ou serei eu a alucinar e imaginar pelo menos três autocarros apinhados de gente a contemplar o festim dos tigres? :roll:

PS: E se eu não estou com problemas de audição, os comentários de choque que se ouvem resumem-se aos de dois ou três turistas (suponho que americanos).

Talvez também estivesses “toldado” e não tinhas lido a sinopse do vídeo, em que o autor explica, lamentando, que quando foram ver a alimentação dos tigres não faziam ideia do que se tratava.

Talvez também estivesses "toldado" e não tinhas lido a sinopse do vídeo, em que o autor explica, lamentando, que quando foram ver a alimentação dos tigres não faziam ideia do que se tratava.

Pois, eu li logo de inicio, mas obrigado pelo aviso. Mas em momento algum o autor do video diz que esse desconhecimento se extendia a todos os que estavam a assistir, ou diz?

Edit: Já agora, vale o que vale - já que não posso assegurar a veracidade do conteúdo, mas transcrevo um dos comentários deixados no youtube:

“theres nothing wrong with feeding live animals to other animals coz thats what happens but at this zoo people pay £100 to see it happen and as it happens so often the tigers are half-heartedly slashing at the cow and being forced to eat it.
usually the cow is still screaming in pain 10mins after it is dropped in”

Aliás, repara que há vários videos com conteudo similar, e filmados na mesma reserva… podes alegar que todos que a visitam desconhecem à partida o que vai decorrer, mas lá que é muita coincidência, isso é… :slight_smile:

Fiz uma rápida pesquisa no google e deparei-me com uma página com um interessante texto sobre esta reserva, e que corrobora que esta matança não é tão alheia aos visitantes quanto o video inicial possa levar a crer.

http://www.beijingnewspeak.com/2007/05/09/the-sham-that-is-the-worlds-largest-siberian-tiger-breeding-base/

E deixo aqui duas citações, a primeira do texto em si e outra de um comentário deixado nessa página:

I visited the park in January and it was a truly depressing experience. A convoy of jeeps trundling through a series of caged enclosures each containing far too many tigers per square metre. I’m no expert but it looked as if there was no effort whatsoever to prepare these animals for the wild. The South China Morning Post reported in 2005 that an agreement had been reached among animal parks and zoos to stop feeding live prey to animals in front of visitors. [b]The menu in the Harbin park says 1,000 yuan for a live cow[/b]. And in December last year, a Xinhua report quoted Liu as saying ”some tigers had become friends”. Hardly preparation for the Siberian wilderness.
[b]I went there before the ban as a part of a class trip. People were purchasing ducks and chickens to feed the lions and tigers [/b]— around RMB20, if I recall correctly. Our trip leader refused to allow anyone to chip in to purchase a cow, am I’m glad that she did, as I was disgusted enough by the park without the thought of a poor live cow running away from the tigers whilst chunks of its flesh are being ripped out.