Quaresma rende 825 mil €

Parece que foi finalmente vendido por 22 milhões + Pelé (8 Milhões) x 2.75% = 825 mil €.
Esta lei foi um totoloto para nós… :mrgreen:

ADMIN EDIT/ Título do tópico alterado.

A percentagem não se aplica só aos 22 milhões?

Também tenho essa duvida. Se a nossa percentagem se aplica ao valor em dinheiro ou ao valor total (estipulado) da transferencia. Alguém pode esclarecer?

Só aos 22M€

Penso que terà logica que a percentagem seja sobre a totalidade do valor, X dinheiro e mais X inerente do valor do jogador Pèlè !-Os jogadores sao activos dos clubes e como tal podem servir como moeda de troca , mas serà que desta maneira os porcs estao a tentar que o SCP receba menos?! -Tambem estou com duvidas!

Pois, bem me parecia. Tamos sempre a ser gamados nestes negocios :think:

Nop é sobre tudo.

O negocio é de 30 M nao 22… Agora como pagas é outra coisa.

Pelo menos foi assim que percebi quando saiu a lei.

É só sobre os 22M€. Senao o Inter e Porto podem avaliar o Pelé em 1euro sem problemas

Se fizzessem isso, pelo menos o Porto teria que dar explicações a CMVM de ter avaliado um internacional português com 22 anos (não tenho a certeza) por 1 euro …

Sejam quanto for, é dinheiro em caixa sem fazermos nada por isso.

Acho que fizemos alguma coisa quando o formamos, por isso esta lei ou regra.

Sem fazermos nada por isso agora.

Tá melhor assim?

Também penso que seja pelos 22M€! Nos negócios, quanto menos se der aos outros melhor, ou não será assim? Arranjarão maneira de dar o menos possível ao Sporting. No entanto, este ano com Quaresma e patins ganhámos 2M€. Está o Grimi pago…

Se o Sporting estivesse interessado em fazer valer os seus direitos, levava estes clubes a tribunal para ser indemnizado pelo valor total da transferência e não apenas pelo valor que eles declaram. Senão um dia destes o Inter compra o Quaresma por 1 EUR e oferece em troca o Pelé por 30 M EUR! O Sporting veria 2,5% sobre 1 EUR…

O espírito da Lei não é esse, se lhe dão a volta e o Sporting fica calado é porque são ingénuos e preferem usar o departamento jurídico para atacar o Público, o Queirós e o Rui Santos. Estes também devem ser atacados se necessário, mas mais importante deveria ser tentar sacar mais dinheiro a que temos direito nestas transferências.

Há alguém que não sei se tem os euros suficientes, para pôr o que falta para os 40 milhões.

Mesmo assim, acho que até foi um bom negócio para os tripeiros.

Acho que com a vinda do Pelé, o porto fica com muitos jogadores para os mesmos lugares…

http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/FR20057.pdf

Já agora, o Vitória não terá também de receber a sua percentagem por formar o Pelé?

Se receber recebe a percentagem dos 8 milhões…

6 milhões. Vê o comunicado oficial num dos meus posts anteriores.

[b]Dragões recebem 18,6 milhões por Quaresma PASSE DE PELÉ FOI AVALIADO EM 6 MILHÕES[/b]

O FC Porto chegou a um “acordo de princípio” com o Inter de Milão para a transferência do futebolista Ricardo Quaresma por um valor de 18,6 milhões de euros, mais o internacional português Pelé, avaliado em seis milhões.

Numa nota enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o FC Porto diz que o acordo foi fixado em “24,6 milhões de euros e prevê o recebimento de 18,6 milhões de euros, ao qual acrescerá o valor de seis milhões de euros, resultante da aquisição dos direitos de inscrição desportiva do jogador Pelé”.

“Este atleta irá celebrar um contrato desportivo com a FC Porto - Futebol, SAD, o qual será válido por um período ainda a definir”, prossegue o documento.

De acordo com o comunicado pela CMVM, “o valor global a receber por esta transferência poderá atingir os 30,6 milhões de euros, dependendo da performance desportiva do atleta Ricardo Quaresma e do próprio clube que irá representar, o Inter de Milão, durante as próximas três épocas desportivas”.

O treinador do Inter de Milão, o português José Mourinho cumpre assim o seu desejo, enquanto Quaresma realiza o sonho de sair do FC Porto e rumar a um campeonato e clube mais competitivos.

“Mais se informa que a formalização final deste acordo está dependente da celebração dos contratos de trabalho dos atletas supra referidos com os respectivos clubes e da conclusão dos exames clínicos a que se irão submeter”, lê-se igualmente no comunicado.


http://www.record.pt/noticia.asp?id=802871&idCanal=17

Não são 6, são 8 e pelos vistos ainda há mais qualquer coisa por objectivos. Pode chegar aos 30,6 espero que o Sporting não esteja a dormir e faça valer os seus direitos na totalidade.